Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo
1 de 2 pessoas classificaram isso como útil - Avalie este tópico

Preparar o Active Directory e domínios

 

Aplica-se a: Exchange Server 2013

Tópico modificado em: 2014-02-24

Antes de instalar a versão RTM do Microsoft Exchange Server 2013 ou atualizações cumulativas (CU) posteriores em qualquer servidor de sua organização, é preciso preparar o Active Directory e os domínios.

  • Tempo estimado para conclusão: 10 a 15 minutos (não incluindo replicação do Active Directory) ou mais, dependendo do tamanho da organização e do número de domínios filhos

  • Os computadores onde se planeja instalar o Exchange 2013 devem atender aos requisitos do sistema. Para detalhes, consulte Requisitos do sistema do Exchange 2013.

  • Seus domínios e os controladores de domínio devem atender aos requisitos do sistema em "Servidores de rede e de diretório" em Requisitos do sistema do Exchange 2013.

  • Para várias organizações de domínio executando os comandos /Prepare*, é recomendável:

    • Executar os comandos a partir de um site do Active Directory com um servidor Active Directory em qualquer domínio.

    • Executar a primeira instalação de função de servidor de um site do Active Directory com um servidor de catálogo global gravável em cada domínio.

    • Verificar se a replicação de objetos das ações anteriores foi concluída no servidor de catálogo global no site do Active Directory antes de instalar o primeiro servidor Exchange 2013 nesse site.

  • Se o assistente para Instalação do Exchange 2013 for executado com uma conta que tenha as permissões necessárias (Admins. do Esquema, Admins. do Domínio, e Admins. de Empresa) para preparar o Active Directory e o domínio, o assistente automaticamente prepara o Active Directory e o domínio. Para mais informações, consulte Instalar o Exchange 2013 Usando o Assistente de Configuração. Entretanto, você deve primeiro instalar as ferramentas de gerenciamento do Active Directory no computador antes de preparar o esquema ou os domínios. Para fazer isso, consulte a seção Preparação do Active Directory no Pré-requisitos do Exchange 2013.

  • Você deve especificar o parâmetro /IAcceptExchangeServerLicenseTerms ao executar setup.exe para aceitar os termos de licença do Exchange 2013.

  • Para informações sobre atalhos de teclado que possam se aplicar aos procedimentos neste tópico, consulte Atalhos de teclado no Centro de administração do Exchange.

DicaDica:
Problemas? Peça ajuda nos fóruns do Exchange. Visite os fóruns em: Exchange Server, Exchange Online ou Exchange Online Protection

A tabela a seguir mostra os objetos do Exchange 2013 no Active Directory que são atualizados sempre que você instala uma nova versão do Exchange 2013. Você pode comparar as versões de objetos visualizadas com os valores apresentados na tabela a seguir, para verificar se a versão do Exchange 2013 instalada atualizou com êxito o Active Directory durante a instalação.

 

  Versão do Exchange msExchProductId rangeUpper objectVersion objectVersion

Contexto de nomeação

 

Configuration

Schema

Default

Configuration

Contêiner

 

CN=<sua organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Services,CN=Configuration,DC=<domínio>

ms-Exch-Schema-Verision-Pt

Objetos de sistema do Microsoft Exchange

CN=<sua organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Services,CN=Configuration,DC=<domínio>

 

Exchange 2013 RTM

15.00.0516.032

15137

13236

15449

 

Exchange 2013 CU1

15.00.0620.029

15254

13236

15614

 

Exchange 2013 CU2

15.00.0712.024

ImportanteImportante:
Quando msExchProductId é 15.00.712.022, você tem uma versão desatualizada do Exchange 2013 CU2. Para evitar problemas ao mover caixas de correio de pasta pública e garantir que você poderá instalar atualizações futuras, é preciso instalar a última versão do Exchange 2013 CU2. Para obter mais informações, consulte Pastas públicas em Notas de versão do Exchange 2013.

15281

13236

15688

 

Exchange 2013 CU3

15.00.0775.038

15283

13236

15763

Para acompanhar o progresso da replicação do Active Directory, você pode usar a ferramenta repadmin (repadmin.exe), a qual é instalada como parte do Windows Server 2012 e do recurso Windows Server 2008 R2 Active Directory Domain Services Tools (RSAT-ADDS). Para obter mais informações sobre como usar o repadmin, consulte Repadmin.

  1. A partir de uma janela do Prompt de Comando, execute o comando a seguir. (Se quiser, pode pular esta etapa e preparar o esquema como parte da Etapa 2.)

     

    setup /PrepareSchema ou setup /ps

     

    ImportanteImportante:
    Se existirem múltiplas florestas na organização, verifique se a preparação da floresta está sendo executada da floresta correta do Exchange. A preparação da instalação faz a configuração mudar para a floresta; ela poderia configurar uma não floresta do Exchange incorretamente.
    ObservaçãoObservação:
    Não há suporte para o uso da ferramenta LDIF Directory Exchange (LDIFDE) para importar manualmente as alterações de esquema do Exchange 2013. A Instalação deve ser usada para atualizar o esquema.

    Esse comando executa as seguintes tarefas:

     

    • Conecta-se ao controlador de esquemas e importa arquivos LDIF (Data Interchange Format) do LDAP para atualizar o esquema com atributos específicos do Exchange 2013. Os arquivos LDIF são copiados no diretório Temp e são excluídos depois de serem importados no esquema.

       

    • Define a versão do esquema (ms-Exch-Schema-Verision-Pt). Para ver a versão que deveria ser mostrada após a conclusão desse comando, procure a versão do Exchange 2013 que está instalando, na tabela de Versões do Active Directory do Exchange 2013.

     

    Observe o seguinte:

     

    • Para executar esse comando, o usuário deve ser membro do grupo Administradores de Esquemas e do grupo Administradores de Empresa.

    • Esse comando deve ser executado em um computador 64 bits no mesmo domínio e no mesmo site do Active Directory do controlador de esquemas.

    • Se o parâmetro /DomainController for utilizado com esse comando, o controlador de domínio que é o controlador de esquemas deve ser especificado.

    • Depois de executar esse comando, aguarde até que as alterações sejam replicadas por toda a organização do Exchange antes de continuar com a próxima etapa. O período de tempo necessário dependerá da topologia do site do Active Directory.

    • Para obter mais informações, consulte Alterações de Esquema do Active Directory no Exchange 2013.

       

  2. A partir de uma janela do Prompt de Comando, execute o comando a seguir.

     

    setup /PrepareAD [/OrganizationName:<nome da organização>] ou setup /p [/on:<nome da organização>]

     

    Esse comando executa as seguintes tarefas:

     

    • Se o contêiner do Microsoft Exchange não existir, este comando o cria em CN=Serviços,CN=Configuração,DC=<domínio raiz>.

       

    • Se não existir um contêiner da organização do Exchange em CN=Microsoft Exchange,CN=Serviços,CN=Configuração,DC=<domínio raiz >, um nome de organização deve ser especificado usando o parâmetro /OrganizationName. O contêiner da organização será criado com o nome especificado.

      O nome da organização do Exchange só pode conter os seguintes caracteres:

      A a Z

      a a z

      0 a 9

      Espaço (exceto no início ou no final)

      Hífen ou travessão

      O nome da organização não pode ter mais de 64 caracteres. O nome da organização não pode ficar em branco. Se o nome da organização contiver espaços, deve ser colocado entre aspas (").

       

    • Verifique se o esquema foi atualizado e se a organização está atualizada conferindo a propriedade objectVersion no Active Directory. A propriedade objectVersion está no contêiner CN=<sua organização>, CN=Microsoft Exchange,CN=serviços,CN=configuração,DC=<domínio>. Para ver a versão que deveria ser mostrada após a conclusão desse comando, procure a versão do Exchange 2013 que está instalando, na tabela de Versões do Active Directory do Exchange 2013.

       

    • Define o valor de msExchProductId no objeto da organização do Exchange. A propriedade msExchProductId está no contêiner CN=<sua organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Serviços,CN=Configuração,DC=<domínio>. Para ver a versão que deveria ser mostrada após a conclusão desse comando, procure a versão do Exchange 2013 que está instalando, na tabela de Versões do Active Directory do Exchange 2013.

       

    • Caso não existam, crie os seguintes contêineres e objetos em CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Serviços,CN=Configuração,DC=<domínio raiz>, necessários para o Exchange 2013:

       

      CN=Contêiner de Listas de Endereços,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Serviços,CN=Configuração,DC=<domínio raiz>

       

      CN=Políticas de Caixas de Correio AddressBook,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Serviços,CN=Configuração,DC=<domínio raiz>

       

      CN=Endereços,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Serviços,CN=Configuração,DC=<domínio raiz>

       

      CN=Grupos Administrativos,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Serviços,CN=Configuração,DC=<domínio raiz>

       

      CN=Aplicativos de Aprovação,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Serviços,CN=Configuração,DC=<domínio raiz>

       

      CN=Configuração de Autenticação,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Serviços,CN=Configuração,DC=<domínio raiz>

       

      CN=Availability Configuration,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Services,CN=Configuration,DC=<domínio raiz>

       

      CN=Acesso para Cliente,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Serviços,CN=Configuração,DC=<domínio raiz>

       

      CN=Conexões,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Serviços,CN=Configuração,DC=<domínio raiz>

       

      CN=Contêiner de Pastas ELC,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Serviços,CN=Configuração,DC=<domínio raiz>

       

      CN=Diretivas de Caixas de Correio ELC,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Serviços,CN=Configuração,DC=<domínio raiz>

       

      CN=ExchangeAssistance,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Serviços,CN=Configuração,DC=<domínio raiz>

       

      CN=Federation,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Services,CN=Configuration,DC=<domínio raiz>

       

      CN=Federation Trusts,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Services,CN=Configuration,DC=<domínio raiz>

       

      CN=Configurações Globais,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Serviços,CN=Configuração,DC=<domínio raiz>

       

      CN=Configuração Híbrida,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Serviços,CN=Configuração,DC=<domínio raiz>

       

      CN=Diretivas de Caixas de Correio Móveis,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Serviços,CN=Configuração,DC=<domínio raiz>

       

      CN=Mobile Mailbox Settings,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Services,CN=Configuration,DC=<domínio raiz>

       

      CN=Configurações de Monitoramento,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Serviços,CN=Configuração,DC=<domínio raiz>

       

      CN=Políticas de Caixas de Correio OWA,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Serviços,CN=Configuração,DC=<domínio raiz>

       

      CN=Contêiner de Política de Provisionamento,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Serviços,CN=Configuração,DC=<domínio raiz>

       

      CN=Push Notification Settings,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Services,CN=Configuration,DC=<domínio raiz>

       

      CN=RBAC,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Serviços,CN=Configuração,DC=<domínio raiz>

       

      CN=Diretivas do Destinatário,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Serviços,CN=Configuração,DC=<domínio raiz>

       

      CN=Contêiner de Políticas de Contas Remotas,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Serviços,CN=Configuração,DC=<domínio raiz>

       

      CN=Contêiner de Políticas de Retenção,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Serviços,CN=Configuração,DC=<domínio raiz>

       

      CN=Contêiner de Marca de Política de Retenção,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Serviços,CN=Configuração,DC=<domínio raiz>

       

      CN=ServiceEndpoints,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Serviços,CN=Configuração,DC=<domínio raiz>

       

      CN=Diretivas do Sistema,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Serviços,CN=Configuração,DC=<domínio raiz>

       

      CN=Políticas de Provisionamento de Caixas de Correio de Equipe,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Serviços,CN=Configuração,DC=<domínio raiz>

       

      CN=Configurações de Transporte,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Serviços,CN=Configuração,DC=<domínio raiz>

       

      CN=Atendedor Automático da UM,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Serviços,CN=Configuração,DC=<domínio raiz>

       

      CN=Plano de Discagem da UM,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Serviços,CN=Configuração,DC=<domínio raiz>

       

      CN=IPGateway da UM,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Serviços,CN=Configuração,DC=<domínio raiz>

       

      CN=Diretivas de Caixas de Correio da UM,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Serviços,CN=Configuração,DC=<domínio raiz>

       

      CN=Configurações de Gerenciamento de Carga de Trabalho,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Serviços,CN=Configuração,DC=<domínio raiz>

       

    • Se não existirem, cria os seguintes contêineres e objetos em: CN=Configurações de Transporte,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Serviços,CN=Configuração,DC=<domínio raiz>

       

      CN=Accepted Domains,CN=Transport Settings,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Services,CN=Configuration,DC=<domínio raiz>

       

      CN=ControlPoint Config,CN=Transport Settings,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Services,CN=Configuration,DC=<domínio raiz>

       

      CN=DNS Customization,CN=Transport Settings,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Services,CN=Configuration,DC=<domínio raiz>

       

      CN=Interceptor Rules,CN=Transport Settings,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Services,CN=Configuration,DC=<domínio raiz>

       

      CN=Malware Filter,CN=Transport Settings,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Services,CN=Configuration,DC=<domínio raiz>

       

      CN=Message Classifications,CN=Transport Settings,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Services,CN=Configuration,DC=<domínio raiz>

       

      CN=Message Hygiene,CN=Transport Settings,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Services,CN=Configuration,DC=<domínio raiz>

       

      CN=Rules,CN=Transport Settings,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Services,CN=Configuration,DC=<domínio raiz>

       

      CN=MicrosoftExchange329e71ec88ae4615bbc36ab6ce41109e,CN=Transport Settings,CN=<Nome da Organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Services,CN=Configuration,DC=<domínio raiz>

       

    • Atribui permissões específicas em toda a partição de configuração.

       

    • Importa o arquivo Rights.ldf. Isso adiciona os direitos estendidos necessários para o Exchange instalar no Active Directory.

       

    • Cria a UO (unidade organizacional) dos Grupos de Segurança do Microsoft Exchange no domínio raiz da floresta e atribuiu permissões específicas a essa UO.

       

    • Cria os seguintes grupos de funções de gerenciamento dentro da UO dos Grupos de Segurança do Microsoft Exchange:

      Gerenciamento de Conformidade

      Instalação Representada

      Gerenciamento de descoberta

      Assistência Técnica

      Gerenciamento de Higienização

      Servidores de disponibilidade gerenciada

      Gerenciamento da Organização

      Gerenciamento de Pasta Pública

      Gerenciamento de Destinatários

      Gerenciamento de Registros

      Gerenciamento do Servidor

      Gerenciamento da UM

      Gerenciamento da Organização Somente para Exibição

       

    • Adiciona os novos USGs (grupos de segurança universal) que estão dentro da UO dos Grupos de Segurança do Microsoft Exchange ao atributo otherWellKnownObjects armazenado no contêiner CN=Microsoft Exchange,CN=Serviços,CN=Configuração,DC=<domínio raiz>.

       

    • Cria o contato Remetente de Voz da Unificação de Mensagens no contêiner Objetos de Sistema do Microsoft Exchange do domínio raiz.

       

    • Prepara o domínio local para o Exchange 2013. Para informações sobre quais tarefas devem ser concluídas para preparar um domínio, consulte a Etapa 3.

     

    Observe o seguinte:

     

    • Para executar esse comando, o usuário deve ser membro do grupo Administradores de Empresa.

    • O computador em que este comando é executado deve conseguir contatar todos os domínios da floresta na porta 389.

    • O comando deve ser executado em um computador no mesmo domínio e no mesmo site do Active Directory do controlador de esquemas. A Instalação fará todas as alterações de configuração no controlador de esquemas para evitar conflitos devido à latência de replicação.

    • Depois de executar esse comando, aguarde até que as alterações sejam replicadas por toda a organização do Exchange antes de continuar com a próxima etapa. O período de tempo necessário dependerá da topologia do site do Active Directory.

    • Para verificar se essa etapa foi concluída com êxito, verifique se há uma nova UO no domínio raiz chamada Grupos de Segurança do Microsoft Exchange. Essa OU deve conter os novos USGs do Exchange a seguir:

      Gerenciamento de Conformidade

      Instalação Representada

      Gerenciamento de descoberta

      Servidores do Exchange

      Subsistema confiável do Exchange

      Permissões do Exchange Windows

      ExchangeLegacyInterop

      Assistência técnica

      Gerenciamento de Higienização

      Servidores de disponibilidade gerenciada

      Gerenciamento da Organização

      Gerenciamento de Pasta Pública

      Gerenciamento de Destinatários

      Gerenciamento de Registros

      Gerenciamento do Servidor

      Gerenciamento da UM

      Gerenciamento da Organização Somente para Exibição

       

  3. A partir de uma janela de Prompt de Comando, execute um dos seguintes comandos:

     

    • Execute setup /PrepareDomain ou setup /pd para preparar o domínio local. Não é necessário executá-lo no domínio onde a Etapa 2 foi executada. A execução do comando setup /PrepareAD prepara o domínio local.

       

    • Execute setup /PrepareDomain:<FQDN do domínio que deseja preparar> para preparar um domínio específico.

       

    • Execute setup /PrepareAllDomains ou setup /pad para preparar todos os domínios da organização.

     

    Esses comandos executam as seguintes tarefas:

     

    • Se essa for uma organização nova, esse comando criará o contêiner Objetos do Sistema do Microsoft Exchange na partição do domínio raiz no Active Directory e definirá permissões nesse contêiner para os Servidores Exchange, os grupos Administradores da Organização do Exchange e Usuários Autenticados. Este contêiner é usado para armazenar os objetos de proxy de pasta pública e os objetos de sistema relacionados ao Exchange, como a caixa de correio do banco de dados de caixa de correio.

       

    • Esse comando define a propriedade objectVersion no contêiner Objetos do Sistema do Microsoft Exchange em DC=<domínio raiz>. Para ver a versão que deveria ser mostrada após a conclusão desse comando, procure a versão do Exchange 2013 que está instalando, na tabela de Versões do Active Directory do Exchange 2013.

       

    • Cria um novo grupo global de domínio no domínio atual chamado Servidores do Domínio de Instalação do Exchange. O comando coloca este grupo no contêiner Objetos de Sistema do Microsoft Exchange. Também adiciona o grupo Servidores de Domínio de Instalação do Exchange ao USG dos Servidores Exchange no domínio raiz.

      ObservaçãoObservação:
      O grupo Servidores do Domínio de Instalação do Exchange é usado se o Exchange 2013 for instalado em um domínio filho que está em um site do Active Directory diferente do domínio raiz. A criação desse grupo permite evitar erros de instalação se os membros do grupo não foram replicados para o domínio filho.
    • Atribui permissões no nível de domínio para o USG dos Servidores Exchange e o USG de Gerenciamento de Organização.

     

    Observe o seguinte:

     

    • Para executar o comando setup /PrepareAllDomains, o usuário deve ser membro do grupo Admins. de Empresa.

    • Para executar o comando setup /PrepareDomain, se o domínio que está sendo preparado já existia antes da execução do setup /PrepareAD, o usuário deve ser membro do grupo Administradores do Domínio no domínio. Se o domínio que está sendo preparado tiver sido criado após a execução do setup /PrepareAD, o usuário deve ser membro do grupo Administradores da Organização do Exchange e do grupo Administradores do Domínio no domínio.

    • Para domínios que estão em um site do Active Directory diferente do domínio raiz, o comando /PrepareDomain pode falhar com as seguintes mensagens:

       

      "PrepareDomain para o domínio <SeuDomínio> foi parcialmente concluído. Devido à configuração do site do Active Directory, aguarde pelo menos 15 minutos para que a replicação ocorra e execute PrepareDomain para <SeuDomínio> novamente".

      "A operação do Active Directory falhou em <SeuServidor>. Esse erro não é passível de repetição. Informações adicionais: O tipo de grupo especificado é inválido.

      Resposta do Active Directory: 00002141: SvcErr: DSID-031A0FC0, problem 5003 (WILL_NOT_PERFORM), data 0

      The server cannot handle directory requests." (O servidor não pode manipular solicitações de diretório.)

       

      Se essas mensagens forem exibidas, aguarde ou force a replicação do Active Directory entre esse domínio e o domínio raiz e execute o /PrepareDomain novamente.

    • Este comando deve ser executado em todos os domínios nos quais o Exchange 2013 será instalado. Este comando também deve ser executado em todos os domínios que terão usuários habilitados para email, mesmo se o domínio não tiver o Exchange 2013 instalado.

     

    Para verificar se a etapa 3 foi concluída com sucesso, confirme o seguinte:

    • Existe um novo grupo global no contêiner Objetos do Sistema do Microsoft Exchange chamado Servidores de Domínio de Instalação do Exchange. (Para exibir o contêiner Objetos do Sistema do Microsoft Exchange em Usuários e Computadores do Active Directory, no menu Exibir, clique em Recursos Avançados.)

    • O grupo Servidores de Domínio de Instalação do Exchange é membro do USG dos Servidores Exchange no domínio raiz.

    • Em cada controlador de domínio em um domínio em que o Exchange 2013 for instalado, o USG dos Servidores Exchange tem permissões na diretiva Domain Controller Security Policy\Local Policies\User Rights Assignment\Manage Auditing and Security Log.

Faça o seguinte para verificar se o Active Directory foi preparado com êxito:

  • No contexto de nomeação Configuração, verifique se a propriedade msExchProductId no contêiner CN=<sua organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Services,CN=Configuration,DC=<domínio> está configurado com o valor mostrado para a sua versão do Exchange 2013, na tabela de Versões do Active Directory do Exchange 2013.

     

    ObservaçãoObservação:
    Se a propriedade msExchProductId estiver definida com o valor correto para a versão do Exchange 2013 que foi instalada, o Active Directory foi preparado com sucesso. Você não precisa verificar nenhum dos valores restantes nessa lista. As informações abaixo são para fins informativos apenas e para aqueles que separam as etapas PrepareSchema e PrepareAD.
  • No contexto de nomeação Esquema, verifique se a propriedade rangeUpper em ms-Exch-Schema-Verision-Pt está configurado com o valor mostrado para a sua versão do Exchange 2013, na tabela de Versões do Active Directory do Exchange 2013.

     

  • No contexto de nomeação Configuração, verifique se a propriedade objectVersion no contêiner CN=<sua organização>,CN=Microsoft Exchange,CN=Services,CN=Configuration,DC=<domínio> está configurado com o valor mostrado para a sua versão do Exchange 2013, na tabela de Versões do Active Directory do Exchange 2013.

     

  • No contexto de nomeação Padrão, verifique se a propriedade objectVersion no contêiner Objetos de Sistema do Microsoft Exchange em DC=<domínio raiz está configurada com o valor mostrado para a sua versão do Exchange 2013, na tabela de Versões do Active Directory do Exchange 2013.

     

Você pode também verificar o log de configuração do Exchange para checar se a preparação do Active Directory foi concluída com êxito. Para mais informações, consulte Verificar uma Instalação do Exchange 2013.

ObservaçãoObservação:
Você não conseguirá usar o cmdlet Get-ExchangeServer mencionado no tópico Verificar uma Instalação do Exchange 2013 até concluir a instalação de pelo menos uma função de servidor de Caixa de Correio e uma função de servidor de Acesso para Cliente em um site do Active Directory.
 
Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários
Mostrar:
© 2014 Microsoft. Todos os direitos reservados.