Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo
Expandir Minimizar

Resumo dos componentes adicionais para Business Desktop Deployment

Resumo dos componentes adicionais

Publicado em: 30/11/2006

O BDD 2007 combina várias tecnologias diferentes em uma única solução integrada para implantações em computadores. Cada tecnologia pode necessitar de software e hardware obtidos de locais diferentes. As seções a seguir resumem as equipes de recursos e ajudam essas equipes a coletar todos os recursos necessários. Essas informações são consolidadas a partir de todos os guias das equipes de recursos. Para obter informações detalhadas, consulte o guia da equipe de recursos correspondente. Para economizar tempo nas Fases Planejar e Desenvolver do projeto, a Microsoft recomenda rever esses requisitos adicionais e coletar os componentes necessários enquanto a equipe de projeto está sendo organizada.

A maioria das equipes de recursos necessita de um ambiente de laboratório. Embora cada equipe possa construir laboratórios separados, a maioria das organizações cria um único laboratório que compartilha recursos, como servidores, redes, backup de sistema e repositórios de dados (como o Microsoft Visual SourceSafe®), com espaços de trabalho separados (computadores e compartilhamentos de rede) para cada equipe de recursos. Com essa configuração, as equipes poderão trabalhar separadamente, quando necessário, e em conjunto, quando apropriado. Ela também permite minimizar o número de computadores e servidores necessários. Para obter mais informações sobre como criar um laboratório de teste, consulte o Guia da equipe de recursos de teste e o Guia da equipe de recursos de atualização de infra-estrutura.

Nesta página

Equipe de recursos de compatibilidade de aplicativos
Equipe de recursos do gerenciamento de aplicativos
Equipe de recursos do Computer Imaging System
Equipe de recursos de implantação
Equipe de recursos de atualização de infra-estrutura
Equipe de recursos de preparação de operações
Equipe de recursos de segurança
Equipe de recursos de migração de perfil do usuário

Equipe de recursos de compatibilidade de aplicativos

images/SE_GetStart03.gif

Antes de mudar da versão atual do sistema operacional Windows para o Windows XP ou o Windows Vista, teste os aplicativos a fim de garantir sua compatibilidade com o novo sistema operacional. A organização pode ter vários milhares de aplicativos instalados nas redes distribuídas. Caso ocorram problemas de compatibilidade com um ou mais desses aplicativos, isso poderá causar paralisações do trabalho dispendiosas. O teste de aplicativos e a solução dos problemas de compatibilidade economizam tempo e dinheiro para a organização.

Embora a maioria dos aplicativos desenvolvidos para as versões anteriores do Windows provavelmente tenha uma boa execução nas novas versões, as novas tecnologias nas novas versões podem fazer com que alguns aplicativos tenham um comportamento diferente. Os aplicativos a serem testados para garantir a compatibilidade são:

  • Aplicativos básicos que façam parte das configurações de desktop padrão, como os conjuntos de produtividade para escritórios.

  • Aplicativos de linha de negócios (LOB), como os conjuntos ERP (Planejamento de Recursos Empresariais).

  • Ferramentas administrativas, como aplicativos antivírus, de compactação, de backup e de controle remoto.

  • Ferramentas personalizadas, como scripts de logon.

Equipe

Os desenvolvedores precisarão de acesso aos especialistas no assunto (SMEs) para todos os aplicativos testados. Em geral, esses são os mesmos SMEs usados como recursos para a USMT e as tarefas de empacotamento de aplicativos.

Laboratório

O laboratório requer computadores de destino. São computadores com imagem de destino baseada no Windows que é instalada para testar a compatibilidade do aplicativo com o Windows.

Software

A equipe de recursos de compatibilidade de aplicativos requer os seguintes aplicativos:

  • Kit de Ferramentas de Compatibilidade de Aplicativos. Para obter mais informações sobre a ACT, consulte o Guia da equipe de recursos da compatibilidade de aplicativos. Baixe a versão mais atual da ACT usando a Deployment Workbench.

  • SQL Server. A ACT armazena o inventário de aplicativos usando o Microsoft SQL Server™, que está disponível em uma mídia licenciada por volume.

Para cada aplicativo a ser testado, os desenvolvedores deverão ter uma cópia da mídia de instalação do aplicativo e qualquer documentação de configuração. O departamento de TI ou o SME deverá fornecer isso.

Hardware

A equipe deverá ter um computador baseado no Windows para hospedar a ACT e o banco de dados.

Outro

A equipe deverá ter um mecanismo de implantação para a ACT. Esse mecanismo pode ser um script de logon, um site ou outro mecanismo de implantação.

Equipe de recursos do gerenciamento de aplicativos

images/SE_GetStart04.gif

Centenas ou milhares de aplicativos podem residir nos computadores da organização. Em geral, cada aplicativo é instalado de forma diferente em cada computador, dependendo de quem tiver feito a instalação. Essa inconsistência nos computadores gera problemas de usabilidade e suporte.

Se um aplicativo estiver empacotado, ele poderá ser instalado em um computador cliente sem a intervenção do usuário. A pessoa responsável pelo empacotamento terá tomado as decisões sobre onde instalar o aplicativo e quais configurações ou opções selecionar. O resultado será um arquivo executável consistente em toda a organização e simples de instalar. O único procedimento necessário será clicar duas vezes ou digitar uma linha de informações para iniciar e executar a instalação completa. Esse componente descreve algumas abordagens do empacotamento de aplicativos para ser usado com a solução.

Esse módulo também mostra como configurar o 2007 Office system para implantação como parte da imagem base do computador cliente. O Microsoft Office é geralmente um conjunto de aplicativos padrão corporativo. Portanto, várias organizações o consideram parte integral da implantação de computadores.

Equipe

Os desenvolvedores deverão ter acesso aos SMEs para todos os aplicativos a serem empacotados. Em geral, esses SMEs são os mesmos usados na USMT e no teste de compatibilidade de aplicativos.

Laboratório

O laboratório deve ter:

  • Computadores de destino. Computadores com a imagem de destino do Windows instalada para testar os pacotes do aplicativo com o Windows

  • Compartilhamentos de rede. Compartilhamentos que armazenem o software da mídia de instalação original e os pacotes de aplicativos concluídos

Software

A equipe de recursos do gerenciamento de aplicativos deve ter:

  • Software de aplicativos suplementares. (Por exemplo, InstallShield e Wise para Windows Installer.)

  • Mídia de origem de instalação de aplicativo. (Para cada aplicativo a ser testado, os desenvolvedores deverão ter uma cópia da mídia de instalação e qualquer documentação de configuração do aplicativo. O departamento de TI ou o SME deverá fornecer isso.)

  • Mídia licenciada por volume do Microsoft Office (necessária).

  • 2007 ORK.

Equipe de recursos do Computer Imaging System

images/SE_GetStart05.gif

Os membros de equipe provavelmente estão familiarizados com as ferramentas de geração de imagens, como o ImageX, mas talvez não saibam como usá-las para oferecer suporte à implantação de desktops. O uso eficaz dessas ferramentas representa um grande desafio. Uma solução específica é recomendada para a geração de imagens dos sistemas operacionais e dos aplicativos básicos que fazem parte de um desktop padrão. A solução é modular; ela permite que os membros de equipe gerenciem separadamente cada componente do sistema. A vantagem é que, quando as alterações ocorrerem — e isso é certo — os membros de equipe não precisarão fazer a reengenharia de todo o processo. A solução também fornece as ferramentas e os scripts que permitem instalar, configurar e personalizar as plataformas do Windows e incorporar atualizações e drivers de dispositivo. O processo serve como ponto inicial robusto para a criação de sistemas que sejam extensíveis de modo fácil e abrangente.

O processo Computer Imaging System inclui as seguintes etapas:

  • Criar um servidor de compilação.

  • Configurar um compartilhamento de distribuição.

  • Criar e personalizar compilações.

  • Criar imagens inicializáveis do Windows PE.

  • Criar imagens iniciais do sistema operacional.

Laboratório

Configure o laboratório de teste com, pelo menos, os itens descritos na seção “Requisitos de laboratório” do Guia da equipe de recursos do Computer Imaging System. E, na medida do possível, configure o laboratório para representar integralmente o ambiente de produção. O laboratório deve ter o seguinte hardware:

  • Servidor de compilação. Um servidor ou um computador cliente que hospede o BDD 2007, incluindo a Deployment Workbench. A equipe desenvolverá, capturará e armazenará imagens nesse computador.

  • Computadores cliente. No laboratório, duplique qualquer tipo exclusivo de configuração de computador que será encontrado durante a produção. Esse procedimento permitirá testar cada configuração de hardware.

Software

É necessário que a equipe tenha a mídia de instalação de cada versão do Windows que estiver sendo implantada, incluindo as chaves de licença de volume. A equipe também deverá baixar os componentes adicionais necessários aos computadores de destino. Os componentes adicionais incluem drivers de dispositivo, aplicativos específicos de hardware e atualizações para os computadores de destino nos quais o Windows está sendo implantado pela equipe. Para obter uma lista completa dos componentes adicionais necessários aos computadores de destino do Woodgrove National Bank, consulte a ajuda de trabalho Requisitos de compilação do cliente.

Equipe de recursos de implantação

images/SE_GetStart06.gif

Em organizações de grande porte, a implantação é um processo demorado e que demanda muitos recursos. Essa solução fornece detalhes das etapas de planejamento que agilizam o trabalho inicial. Ela também descreve as etapas de implantação específicas que simplificam bastante a instalação dos computadores cliente. O planejamento da implantação e o teste do piloto devem fazer parte de qualquer processo desenvolvido internamente. Os processos se distinguirão principalmente pelas tecnologias usadas para a implantação.

O processo de implantação consiste nas quatro seguintes fases:

  • Planejar o posicionamento do servidor.

  • Avaliar a capacidade da rede e do servidor.

  • Instalar os compartilhamentos e as ferramentas de distribuição.

  • Implantar os computadores cliente.

Laboratório

A equipe de recursos de implantação deve ter:

  • Uma réplica do ambiente base de produção para testar a unidade dos esforços combinados de todas as outras equipes de recursos.

  • Dois tipos de compartilhamentos de servidor de rede: um para o compartilhamento de distribuição e outro para o compartilhamento do servidor de dados. Esses compartilhamentos podem estar todos no mesmo servidor físico ou em servidores separados para dar suporte aos objetivos de desempenho.

  • Computadores de origem com dados de usuário carregados (os mesmos necessários para a equipe de recursos de migração de perfil do usuário). Esses computadores são usados para a implantação de teste da unidade.

Software

A equipe deve ter o arquivo baixado .msi contendo os componentes do BDD 2007. Consulte o Guia da equipe de recursos de implantação para obter os componentes adicionais de cada cenário.

Equipe de recursos de atualização de infra-estrutura

images/SE_GetStart07.gif

A compreensão do ambiente de rede é fundamental para qualquer projeto que envolva alterações. Para planejar e preparar a incorporação dessas alterações, é necessário primeiro compreender o status atual do ambiente da organização, identificar outras fontes de alteração que possam afetar esse projeto, realizar uma abordagem de redução de riscos das alterações e, então, incorporar as alterações propostas. Tem sido demonstrado que as organizações podem solucionar e possivelmente evitar a maioria dos problemas de rede, criando e mantendo a documentação de rede adequada. Com uma ferramenta de rede, a equipe poderá:

  • Reunir todas as informações necessárias que ajudarão a compreender a rede existente atual.

  • Planejar o crescimento.

  • Diagnosticar os problemas que ocorrerem.

  • Atualizar as informações com as alterações de rede — em tempo real ou agendadas.

  • Trabalhar com as informações para gerenciar os ativos de rede. (Em geral, uma alteração de configuração aparentemente simples poderá resultar em uma falha inesperada.)

  • Apresentar as informações visualmente, de modo que a estrutura de rede seja exibida da forma mais detalhada possível para cada tarefa.

Software

É necessário que a equipe de recursos de atualização de infra-estrutura tenha o SQL Server, disponível na mídia de licença por volume. A equipe usará o SQL Server para criar relatórios de inventário de hardware no banco de dados de compatibilidade de aplicativos. Essa pode ser a mesma instalação usada pela equipe de recursos de compatibilidade de aplicativos.

Outro

A equipe deve ter acesso aos diagramas de topologia de rede atuais e às informações de inventário dos dispositivos de rede.

Equipe de recursos de preparação de operações

images/SE_GetStart08.gif

A equipe de recursos de preparação de operações é responsável por uma entrega bem-sucedida e sem problemas da solução implantada à equipe de operações de TI in-loco. Esse aspecto do projeto geral é importante, pois o sucesso da entrega reflete diretamente no sucesso do projeto de implantação. Para garantir o êxito dessa entrega, as atividades das equipes de recursos devem ser integradas às funções contínuas de operação e gerenciamento da equipe de operações de TI.

A equipe de recursos de preparação de operações poderá facilitar a implantação executando as seguintes tarefas:

  • Confirmar se as funções de estação de trabalho identificadas na especificação funcional ainda são válidas.

  • Analisar e avaliar as ferramentas de gerenciamento em uso no momento.

  • Avaliar a maturidade atual do ambiente de operações nas principais áreas operacionais.

  • Estabelecer processos e ferramentas de gerenciamento efetivos nas principais áreas deficientes.

  • Desenvolver um programa de treinamento para a equipe de operações e suporte.

  • Preparar a equipe de operações para o piloto.

A equipe de recursos de preparação de operações inicialmente não requer equipe, laboratório ou recursos de software adicionais para esse projeto.

Equipe de recursos de segurança

images/SE_GetStart09.gif

A equipe de recursos de segurança desempenha uma importante função para o sucesso geral do projeto de implantação. A segurança é uma preocupação principal em todas as organizações, e o objetivo dessa equipe é proteger os dados da organização. A segurança inadequada em uma organização pode resultar em perda de dados ou dados corrompidos, tempo de inatividade da rede, perda de produtividade, frustração dos funcionários, sobrecarga de trabalho para os funcionários de TI e, possivelmente, roubo de informações proprietárias e, conseqüentemente, perda de receita.

Para assegurar que medidas de segurança adequadas estejam em vigor, a equipe de recursos de segurança deve:

  • Analisar e determinar o nível de segurança existente na organização.

  • Identificar as vulnerabilidades causadas por atualizações de software e atualizar as especificações de segurança de rede apropriadamente.

  • Assegurar que as medidas de segurança estejam atualizadas.

A equipe de recursos de segurança inicialmente não requer equipe, laboratório ou recursos de software adicionais para esse projeto.

Equipe de recursos de migração de perfil do usuário

images/SE_GetStart10.gif

Uma das tarefas mais demoradas e tediosas durante a implantação consiste em identificar os arquivos de dados e as configurações nos computadores atuais dos usuários, salvá-los e, em seguida, restaurá-los. A equipe pode facilmente ignorar essa tarefa, julgando-a desnecessária. Entretanto, a experiência da Microsoft mostra que os usuários perdem boa parte do tempo restaurando itens, como papel de parede, proteções de tela e outros recursos personalizáveis. Além disso, a maioria dos usuários não se lembra de como reaplicar essas configurações. A migração desses itens pode aumentar a produtividade e a satisfação do usuário. Para realizar essa tarefa, essa solução propõe um processo passo a passo chamado Migração de Perfil do Usuário.

A lista a seguir descreve o processo de desenvolvimento da Migração de Perfil do Usuário:

  • Fazer o inventário dos aplicativos de produção existentes no computador cliente.

  • Identificar aplicativos com requisitos de migração de dados ou preferências.

  • Priorizar a lista de aplicativos a ser tratada.

  • Identificar os SMEs para cada aplicativo.

  • Identificar os requisitos de arquivo de dados para cada aplicativo.

Equipe

Os desenvolvedores deverão ter acesso aos SMEs no caso de todos os dados de aplicativo e configurações a serem migrados. Esses SMEs são geralmente os mesmos usados no teste de compatibilidade de aplicativos e na automação de instalações (empacotamento de aplicativos).

Laboratório

O laboratório deve ter os seguintes elementos:

  • Computadores de origem. Os computadores representantes a serem usados para testar os arquivos de configuração (As imagens dos computadores de produção podem ser as mais indicadas para isso.)

  • Armazenamento intermediário. Um compartilhamento de rede no qual a equipe de recursos de migração de perfil do usuário possa colocar os arquivos e as configurações de dados do usuário (Se a equipe estiver implantando o Windows Vista, os membros de equipe poderão armazenar opcionalmente os dados de perfil em cada computador de destino.)

  • Computadores de destino. Computadores com a imagem de destino do Windows instalada para testar a restauração das configurações e dos arquivos de dados

Software

É necessário que a equipe de recursos de migração de perfil do usuário tenha os executáveis e os arquivos de configuração da USMT. Baixe os arquivos da USMT usando a Deployment Workbench.

Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários
Mostrar:
© 2014 Microsoft