Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo
Expandir Minimizar

Microsoft Enterprise Platform para profissionais de UNIX: Tecnologias Windows

Capítulo 6 - Tecnologias Windows disponíveis

Publicado em: 10 de novembro de 2004

Os maciços e contínuos investimentos em pesquisa e desenvolvimento de software são outro fator que tornam a plataforma Windows uma forte candidata a ser o destino de uma migração. As inovações mais significativas da plataforma Windows são as seguintes:

  • SFU (Windows Services for UNIX). Conjunto abrangente de ferramentas que permitem a integração e a interoperação de ambientes Windows e UNIX.

  • Visual Studio. Esse é o ambiente integrado de desenvolvimento que permite o aproveitamento dessas tecnologias.

  • .NET Framework. Ambiente de desenvolvimento e integração de aplicativos que oferece altos níveis de desempenho e confiabilidade.

  • ADO. Nova maneira de gerenciar e acessar dados, que atende especificamente às necessidades de aplicativos móveis e usuários que ocasionalmente se conectam a recursos através da Internet.

Nesta página

SFU (Services for UNIX)
Visual Studio
.NET
ADO.NET

SFU (Services for UNIX)

Os clientes podem usar o SFU como ferramenta de migração, no desenvolvimento de sistemas para várias plataformas, para integrar uma rede corporativa heterogênea com sistemas UNIX e Windows, ou executar aplicativos UNIX de produção em uma plataforma Windows. O SFU também incorpora recursos NFS (Sistema de Arquivos de Rede) de cliente e servidor, além de permitir a integração da autenticação de usuários, inclusive sincronização de senhas entre domínios UNIX e Windows através do NIS (Serviço de Informação de Rede) ou do Microsoft Active Directory.

O SFU conta com o Interix, um subsistema original totalmente portátil compatível com a POSIX (Interface do Sistema Operacional), executado no kernel do Windows. O Interix fornece suporte completo para a compilação e a execução de aplicativos do UNIX no Windows, permitindo que as empresas usem e migrem facilmente os aplicativos personalizados existentes. Ele também fornece aos desenvolvedores de UNIX suporte completo para mais de 2 mil APIs do UNIX, permitindo que scripts e aplicativos escritos para funcionar em sistemas UNIX sejam facilmente transferidos para o Windows. O Interix suporta muitas ferramentas de código aberto, entre elas Perl, compiladores GNU, Python, Emacs e o servidor de Web Apache.

Para obter mais informações sobre os Services for UNIX, consulte:
http://www.microsoft.com/windows/sfu (em inglês)

Para obter mais informações sobre como configurar e usar o SFU e compartilhar conhecimentos sobre interoperabilidade com outros usuários, inscreva-se no grupo de notícias do Services for UNIX:
news://msnews.microsoft.com/
microsoft.public.servicesforunix.general
. (em inglês)

Para obter as mais recentes ferramentas de Código Aberto compiladas para o SFU e ter acesso a um fórum de desenvolvedores para discussão de questões de portabilidade, consulte:
http://www.interopsystems.com/tools (em inglês)

Visual Studio

O Visual Studio .NET é um ambiente avançado de desenvolvimento interativo para aplicativos Windows em Visual Basic®, Visual C++®, Visual C#®; aplicativos de Web utilizando o ASP.NET, aplicativos de Serviços de Web, aplicativos de console ou linha de comando sem a GUI do Windows, e Controles ActiveX® que podem ser usados para ampliar e personalizar a GUI do Windows e da Web. Parceiros também acrescentaram suporte para COBOL, Fortran e muitas outras linguagens de programação no Visual Studio.

O Visual Studio é um ambiente de desenvolvimento de altíssima produtividade, tanto devido à sua facilidade de uso como aos seus recursos internos de redução de erros:

  • Os recursos do IntelliSense® mostram quais elementos de sintaxe são obrigatórios ou esperados em tempo real, no momento em que o código está sendo escrito.

  • Classes, atributos e métodos de todas as bibliotecas de objetos presentes no ambiente de desenvolvimento aparecem automaticamente para preenchimento de todas as expressões antes que elas sejam totalmente digitadas.

  • A sintaxe é verificada automaticamente no momento da criação do código.

  • Os códigos de cores do código-fonte são automáticos e configuráveis.

  • Os modos de exibição de Linhas Gerais e a segmentação de código permitem a ocultação ou exposição seletiva de detalhes do programa.

  • Sólidos recursos de digitação e outros recursos de uniformização podem ser usados de maneira seletiva.

O Visual Studio .NET fornece um único depurador integrado para todas as linguagens do Visual Studio. Veja alguns desses recursos:

  • Depuração de várias linguagens: Visual Basic .NET, Visual C++ .NET, Visual C# .NET e SQL

  • Depuração de aplicativos escritos para o tempo de execução comum de linguagem do Microsoft .NET Framework e de aplicativos originais do Win32®

  • A capacidade de examinar o conteúdo das variáveis do programa sem precisar inserir mais chamadas para gravar os valores resultantes

  • Capacidade de inserir pontos de interrupção no código para cessar a execução no ponto de interesse

  • No modo de interrupção, capacidade de examinar variáveis locais e outros dados relevantes

  • No modo de interrupção, capacidade de editar ou alterar o conteúdo de memória das variáveis

  • Uma janela de “desmontagem” para exibir as instruções criadas a partir do código-fonte

Para obter mais informações sobre o Visual Studio, consulte:
http://msdn.microsoft.com/vstudio/ (em inglês)

.NET

O Microsoft .NET é uma estrutura de software usada para criar e executar diferentes tipos de software, inclusive aplicativos Web, aplicativos para smart clients e serviços da Web em XML. Os componentes do .NET permitem o compartilhamento de dados e funções em uma rede local ou na Internet através de protocolos padronizados, independentes de plataforma, tais como a XML (Extensible Markup Language), o SOAP (Protocolo Simples de Acesso a Objetos) e o HTTP (Protocolo de Transferência de Hipertexto).

O .NET gerencia muitos detalhes das comunicações e do controle entre aplicativos em relação ao desenvolvimento de software, permitindo que os desenvolvedores se concentrem no código principal da lógica de negócios. O .NET Framework impede que os programas interfiram um com o outro, além de permitir que o comportamento dos programas seja certificado como compatível com padrões seguros de computação.

O .NET consiste no CLR e em um conjunto unificado de bibliotecas de classes. O CLR é responsável pelos serviços de tempo de execução, tais como integração de linguagens; fiscalização de segurança; e gerenciamento de memória, processos e segmentos. Além disso, o CLR possui uma robusta nomenclatura de tipos de variáveis, tratamento de exceções para várias linguagens e vinculação dinâmica. Esses recursos reduzem a quantidade de código que um desenvolvedor deve escrever para transformar a lógica de negócios em um componente reutilizável de aplicativo.

As classes básicas do .NET oferecem funções padronizadas tais como entrada/saída, manipulação de cadeias, gerenciamento de segurança, comunicações de rede, gerenciamento de segmentos, gerenciamento de texto e recursos de design de interfaces de usuário.

A capacidade do .NET Framework de usar várias linguagens permite que os desenvolvedores usem a linguagem de programação mais adequada a uma determinada tarefa ou a um determinado nível de qualificação e combinem linguagens em um único aplicativo. Os componentes escritos em diferentes linguagens podem consumir funções entre si de maneira imperceptível, sem exigir trabalho a mais do desenvolvedor. Já foi anunciado que mais de 20 linguagens de programação comerciais e acadêmicas, entre elas APL, Visual Basic, C#, C++, COBOL, Eiffel, Forth, Fortran, Java, J#, Prolog, Pascal, Delphi, Perl, Python e RPG podem ser usadas com o .NET Framework.

O .NET Framework também aumenta o desempenho dos aplicativos Web típicos. A Middleware Company, fundadora do fórum de desenvolvedores em J2EE TheServerSide.com, conduziu a avaliação de desempenho do .NET Framework e do J2EE e concluiu que o .NET Framework supera muito o desempenho do J2EE para hospedagem de aplicativos Web, serviços de Web e transações distribuídas. O .NET Framework também possui consideráveis vantagens de velocidade de escalabilidade em relação à tecnologia ASP anterior, devido à sua compilação "just-in-time" e ao armazenamento em cache.

Para obter mais informações sobre o .NET, consulte:
http://www.microsoft.com/net/ (em inglês)

ADO.NET

O ADO.NET é a tecnologia de manipulação de dados preferida para os aplicativos .NET. O ADO.NET fornece acesso uniforme a fontes de dados tais como o Microsoft SQL Server, além de qualquer fonte de dados exposta através de BDs OLE, que incluem os DBMS de praticamente todos os fornecedores e sistemas de arquivos simples.

Os aplicativos podem usar o ADO.NET para conectar-se a essas fontes de dados e acessar, manipular e atualizar dados. Os resultados podem ser processados diretamente ou colocados em um objeto DataSet do ADO.NET para exposição ao usuário no momento em que forem necessários, combinados com dados de várias fontes ou acessados remotamente entre os níveis dos aplicativos. O objeto DataSet do ADO.NET também pode ser usado de maneira independente para gerenciar dados locais do aplicativo, obtido da XML ou tornado persistente na XML.

Isso permite que os aplicativos usem conjuntos de dados conectados ocasionalmente, como se estivessem conectados a um RDBMS. Isso é importante para aplicativos móveis e aplicativos que devem enviar transações pela Internet. Os Conjuntos de Dados do ADO podem ser usados como ser fossem tabelas de um RDBMS local e as atualizações são aplicadas automaticamente ao DBMS real quando a conexão for restabelecida.

Para obter mais informações sobre o ADO.NET, consulte:
http://msdn.microsoft.com/data/technologyinfo/
framework/default.aspx
(em inglês)

Links relacionados

Download

Veja a Introdução à Microsoft Enterprise Platform para profissionais de UNIX

Notificações de atualização

Inscreva-se para receber informações sobre atualizações e novas versões

Comentários

Envie seus comentários ou suas sugestões


Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários
Mostrar:
© 2014 Microsoft