Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo
Expandir Minimizar

Estabilizando para a migração de perfil do usuário

Estabilização

Publicado em: 30 de junho de 2006 | Atualizado em: 30/11/2006

Durante a fase de estabilização, a equipe de recursos de migração de perfil do usuário trabalha junto com a equipe de recursos de teste para identificar e corrigir bugs nos arquivos de controle do USMT. A Figura 6 ilustra as atividades da fase de estabilização

Bb490198.SE_UserState06(pt-br,TechNet.10).gif

Figura 6. Atividades de migração de perfil do usuário durante a fase de estabilização
Nesta página

Funções e responsabilidades
Testes do USMT
Atualizando o servidor de implantação
Etapa: Revisão da preparação da implantação
Funções e responsabilidades
Teste a implantação do Office
Crie um projeto-piloto da implantação do Office
Etapa: Prontidão da implantação revista
Funções e responsabilidades
Usando a diretiva de grupo
Atribuir o 2007 Office system aos computadores
Atribuir o 2007 Office system aos usuários
Publicar o 2007 Office system para os usuários
Usando instalações com script
Fazendo a transição para operações
Etapa: Transição das estações de trabalho para operações

Funções e responsabilidades

Todos os seis grupos de funções do Modelo de equipe do MSF exercem uma função na fase de estabilização da iniciativa. A Tabela 5 lista essas funções e define as áreas de foco de cada grupo de funções. Para obter mais informações sobre os Grupos de Funções do MSF, consulte o Microsoft Solutions Framework em http://www.microsoft.com/technet/itsolutions/msf/default.mspx.

Tabela 5. Funções e responsabilidades durante a fase de estabilização

Função

Foco

Gerenciamento do produto

  • Execução do plano de comunicações

  • Planejamento do início da implantação

Gerenciamento do programa

  • Acompanhamento do projeto

  • Gerenciamento de bugs

Desenvolvimento

  • Resolução de bugs

  • Otimização de script

  • Estratégias de redução de aplicativos

Experiência do usuário

  • Material de treinamento

Teste

  • Testes de unidade, funcional e integração

Gerenciamento de versão

  • Gerenciamento e suporte ao piloto

  • Planejamento da implantação

  • Treinamento de operações e suporte

  • Estratégias de redução de aplicativos

Testes do USMT

Após a atualização dos arquivos de controle do USMT pela equipe de recursos de migração de perfil do usuário, esta deve testar os arquivos antes de incluí-los no servidor de implantação. Os desenvolvedores do USMT devem trabalhar com os SMEs de aplicativos para testar a coleta e restauração das configurações e dos arquivos de dados de aplicativos.

Para testar cada aplicativo, os computadores do laboratório devem estar configurados com o aplicativo original. Em geral, as imagens dos computadores de produção são úteis como computadores de origem para esses testes, porque elas refletem com exatidão as configurações de produção. Além disso, os computadores de destino que executam o Windows XP (se o plano do projeto exigir) e a nova imagem do Windows Vista serão necessários como destino dos dados USMT.

A equipe de recursos de migração de perfil do usuário pode executar o processo USMT manualmente nos computadores de origem e de destino para agilizar o processo de testes. A equipe pode realizar os testes de aplicativo individualmente ou agrupá-los em uma seqüência lógica, como todos os aplicativos do departamento fiscal. Ao usar uma ferramenta de distribuição de software, verifique também se testou completamente a execução do USMT. As permissões podem ser diferentes. A conta na qual o USMT é executado também pode ser uma conta não interativa. Use os arquivos de log e progresso para monitorar os resultados.

Quando esses testes têm êxito, a equipe de recursos de migração de perfil do usuário pode fazer a transição dos arquivos de controle USMT para o Grupo de Funções de Gerenciamento de Liberação para inclusão nos testes do piloto. No piloto, os testes USMT ponta a ponta serão realizados como parte do processo automatizado de implantação.

Observação   Para promover a separação entre as funções de desenvolvimento e de teste dentro da equipe de recursos de migração de perfil do usuário, considere a escolha de não desenvolvedores dentro da equipe para a realização da função de testes.

Atualizando o servidor de implantação

Para que o processo de implantação use os arquivos de controle modificados, a equipe de recursos de migração de perfil do usuário deverá copiar os arquivos atualizados (MigSys.xml, MigApp.xml e MigUser.xml) na pasta Tools\x86 ou Tools\x64 de cada servidor de implantação. Em seguida, o USMT usará esses arquivos atualizados na próxima vez que o BDD 2007 executá-lo. As localizações de todos os binários USMT e os arquivos de controle são detalhados no "Apêndice E: Preparando o compartilhamento de distribuição BDD".

Etapa: Revisão da preparação da implantação

Asetapas são pontos de sincronização de toda a solução. Para obter mais informações, consulte o Guia de Planejamento , Criação e Implantação.

Nesta etapa, mostrada na Tabela 6, a equipe de recursos de migração de perfil do usuário testou os arquivos do USMT e os preparou para a implantação.

Tabela 6. Resultados finais

ID do resultado final

Descrição

Relatório do teste de configuração do USMT

Os arquivos do USMT foram testados e atualizados adequadamente e estão prontos para a implantação.

Estabilizar

Com os servidores de aplicativos atualizados com a configuração personalizada do 2007 Office system, é possível fazer testes. Quando as equipes de recursos de configuração do Office, migração e implantação estiverem satisfeitas com a instalação do 2007 Office system, no sentido de que ela está funcionando conforme planejado, o pacote do 2007 Office system estará pronto para transformação em projeto-piloto durante a Fase de estabilização do projeto do BDD 2007. Durante as fases de estabilização e implantação do projeto de implantação, a equipe de recursos de configuração do Office está concentrada em solucionar rapidamente quaisquer problemas detectados nas instalações personalizadas. A Figura 5 mostra as atividades durante a Fase de estabilização.

Bb490198.SE_OfficeUp05(pt-br,TechNet.10).gif

Figura 5. Atividades da Fase de estabilização

Funções e responsabilidades

Todos os seis grupos de funções do Modelo de Equipe do MSF desempenharão uma função nesta fase do projeto. O Guia de planejamento , criação e implantação para atualizações do Office lista as funções e define as áreas de enfoque para cada grupo de funções. A tabela 5 define essas áreas de enfoque dos diferentes grupos de funções para esta fase específica do projeto. Para obter mais informações sobre os grupos de funções da equipe do MSF, consulte a página da Web do Microsoft Solutions Framework (em inglês), no endereço http://www.microsoft.com/technet/itsolutions/msf/default.mspx.

Tabela 5. Funções e responsabilidades durante a Fase de planejamento

Grupo de funções

Foco

Gerenciamento de produtos

Execução do plano de comunicações; planejamento da ativação de implantações

Gerenciamento de programas

Rastreamento de projetos; gerenciamento de bugs

Desenvolvimento

Resolução de bugs

Experiência do usuário

Material de treinamento

Teste

Testes e relatórios de bugs

Gerenciamento de versões

Gerenciamento e suporte de projetos-piloto; planejamento de implantação; treinamento de operações e suporte

Teste a implantação do Office

Os testes devem ser realizados de forma a garantir que a configuração do 2007 Office system e a solução de implantação planejada funcionem conforme planejado. Divida as tarefas de testes por área funcional, como as seguintes:

  • O servidor de implantação

  • A configuração do 2007 Office system

  • Os testes de processo de implantação

Convém realizar os testes em hardwares variados que representem os hardwares existentes na sua organização. Documente todos os resultados dos testes para análise.

Crie um projeto-piloto da implantação do Office

A solução estará pronta para a criação de projeto-piloto da implantação assim que uma compilação completa tiver sido totalmente testada e aprovada.

Siga o plano-piloto, revisando conforme necessário de forma a incorporar novos desenvolvimentos no projeto. Use materiais de comunicação e treinamento desenvolvidos para manter os usuários informados sobre a natureza e o progresso do projeto-piloto. Um projeto-piloto bem-planejado de uma solução suficientemente testada apresentará poucas surpresas.

Embora você não tenha implantado a solução no ambiente completo de produto neste ponto, será necessário ter pelo menos parte da estrutura de suporte em vigor para abordar os problemas resultantes de projeto-piloto, com pessoal de suporte alocado para prestar assistência aos usuários.

Informe aos usuários por quanto tempo durará o período de feedback e como eles devem comunicar os seus comentários. Processe o feedback de acordo com o plano-piloto. Se você estiver usando um banco de dados de controle de problemas durante o desenvolvimento, continue a usá-lo durante o período para registrar problemas revelados pelos usuários.

Quando o feedback de clientes e usuários indicar que o projeto-piloto está funcionando, faça com que a equipe revise o trabalho que foi realizado durante essa fase e continue até a Fase de implantação.

Etapa: Prontidão da implantação revista

Esta etapa representa a revisão bem-sucedida do ambiente de implantação e dos resultados do teste, além de apresentar os seguintes resultados, que são os mesmos da etapa anterior:

Tabela 6. Resultados finais

ID do resultado final

Descrição

Ambiente de implantação

Os servidores de implantação, dados e aplicativos estão disponíveis no ambiente de produção e prontos para implantação.

Relatório de teste

Os resultados do processo de teste serão documentados.

Implantar

Com as Fases de desenvolvimento e estabilização concluídas, os servidores ficam prontos para processar implantações da estação de trabalho. A Figura 6 fornece a decomposição detalhada de tarefas para a Fase de implantação.

Bb490198.SE_OfficeUp06(pt-br,TechNet.10).gif

Figura 6. Atividades da fase de implantação

Funções e responsabilidades

Além das tarefas definidas na descrição de processo a seguir, anote as responsabilidades alocadas para os grupos de funções. A tabela 7 define essas áreas de enfoque para os diferentes grupos de funções durante essa fase.

Tabela 7. Funções e responsabilidades durante a Fase de implantação

Função

Foco

Gerenciamento de produtos

Execução do plano de comunicações; planejamento da ativação de implantações

Gerenciamento de programas

Rastreamento de projetos; gerenciamento de bugs

Desenvolvimento

Resolução de bugs; otimização de código

Experiência do usuário

Material de treinamento

Teste

Testes e relatórios de bugs

Gerenciamento de versões

Gerenciamento e suporte de projetos-piloto; planejamento de implantação; treinamento de operações e suporte; execução das implantações

Usando a diretiva de grupo

O Microsoft Windows 2000 e sistemas operacionais mais recentes incluem ferramentas com as quais os administradores podem instalar e manter aplicativos de software com base na diretiva de grupo. Usando recursos de instalação de software da diretiva de grupo, você pode atribuir ou publicar o 2007 Office system e pacotes MUI para todos os usuários ou computadores em um grupo designado.

O uso da diretiva de grupo para implantar o 2007 Office system pode ser uma boa opção nas seguintes configurações:

  • Organizações de pequeno ou médio porte que já implantaram e configuraram o serviço de diretório Microsoft Active Directory®

  • Organizações ou departamentos que abrangem uma única área geográfica

  • Organizações com configurações consistentes de hardware e software em clientes e servidores

Existem três formas de instalar e gerenciar programas do 2007 Office system por diretiva:

  • Atribuir o 2007 Office system aos computadores.

  • Atribuir o 2007 Office system aos usuários.

  • Publicar o 2007 Office system para os usuários.

Atribuir o 2007 Office system aos computadores

Atribuir o 2007 Office system aos computadores é a forma mais simples de usar a diretiva de grupo para gerenciar um pacote tão grande e complexo. Com esse método, o 2007 Office system é instalado no computador da próxima vez que esse computador é iniciado e disponibilizado a todos os seus usuários.

Os aplicativos atribuídos são flexíveis. Se um usuário remover um programa da versão do 2007 Office system do computador, o Windows irá reinstalá-lo automaticamente da próxima vez que esse computador for iniciado. Os usuários podem reparar os programas do 2007 Office system no computador, mas apenas um administrador por remover programas.

Atribuir o 2007 Office system aos usuários

Quando você atribui o 2007 Office system aos usuários, as informações sobre os software serão anunciadas no registro do Windows dos computadores dos usuários e no menu Iniciar ou na área de trabalho do Windows na próxima vez que os usuários efetuarem logon. Quando um usuário clicar em um atalho de aplicativo do 2007 Office system, o Windows Installer recuperará o pacote do ponto de distribuição do software, instalará o aplicativo no computador do usuário e iniciará esse aplicativo. Se você optar por ativar a instalação por extensão de arquivo, clicar no item do 2007 Office system (como um documento do Office Word 2007 ou em uma planilha de trabalho do Office Excel 2007) instalará automaticamente o aplicativo correspondente da mesma maneira.

Os aplicativos atribuídos a usuários também são flexíveis. Se um usuário remover um aplicativo do 2007 Office system do computador, o Windows restaurará automaticamente as informações do registro e os atalhos do Windows Installer da próxima vez que o usuário fizer logon.

Observação Não atribua o 2007 Office system a um usuário e a um computador ao mesmo tempo. Quando atribuídos a um computador, os aplicativos do 2007 Office system são instalados localmente (com base em configurações na transformação). Quando atribuídos a um usuário, esses aplicativos são publicados no computador, mas apenas são instalados quando o usuário os ativa: um atalho do Windows Installer por vez. A atribuição do 2007 Office system a usuários e computadores ao mesmo tempo pode criar conflitos nos quais os aplicativos parecem estar instalados localmente, mas, na verdade, estão realmente apenas anunciados. Além disso, se você atribuir o 2007 Office system a usuários e computadores simultaneamente e também aplicar diferentes transformações, o Windows desinstalará e reinstalará automaticamente o 2007 Office sempre que o computador for iniciado ou quando o usuário fizer logon.

Publicar o 2007 Office system para os usuários

Quando você publica o 2007 Office system para os usuários, nenhuma informação sobre o software está presente no registro ou no menu Iniciar. Entretanto, os usuários podem clicar em Adicionar ou Remover Programas, no Painel de Controle, e visualizar uma lista de todos os softwares publicados.

Se um usuário selecionar o 2007 Office system a partir dessa lista, o item Adicionar ou Remover Programas recuperará informações sobre o local de instalação do 2007 system a partir do Active Directory, e o Windows Installer instalará o pacote no computador e aplicará qualquer transformação associada ao pacote do 2007 Office system.

Se você planeja fazer com que os usuários executem o 2007 Office system por conta própria (por exemplo, se a sua organização costuma disponibilizar vários aplicativos de software para os usuários a partir de um local de instalação na rede), considere a publicação do 2007 Office system para os usuários. Nesse caso, os usuários no grupo designado podem instalar o 2007 Office system a partir de Adicionar ou Remover Programas a qualquer momento que desejarem.

Ao contrário de aplicativos atribuídos, os aplicativos publicados não são automaticamente reinstalados. Se um usuário remover o 2007 Office system após a sua instalação por meio de Adicionar ou Remover Programas, os atalhos e as informações de registro não serão automaticamente reaplicados ao computador. Entretanto, da próxima vez que o usuário fizer logon na rede, o 2007 system será republicado em Adicionar ou Remover Programas.

Usando instalações com script

Para implantações pequenas em organizações de pequeno a médio porte, um processo de implantação LTI pode ser um método viável para a implantação do 2007 Office system. Em um cenário LTI, os seguintes métodos podem ser usados para ativar a instalação:

  • Scripts de logon

  • Atalhos para o programa de configuração enviados por email ou publicados na Intranet

  • Visitas de desktop por um técnico para iniciar a instalação

Fazendo a transição para operações

Depois de a implantação inicial ter sido concluída e as estações de trabalho terem sido confirmadas como adequadamente operacionais, o processo deixa de ser uma iniciativa de implantação e passa a ser uma iniciativa operacional. O grupo de operações de TI é então responsável pela manutenção e suporte contínuos da estação de trabalho. Em geral, esse processo é bem estruturado e formal, incluindo documentação, conhecimento e outros materiais, sendo formalmente transferido de um grupo para outro.

Etapa: Transição das estações de trabalho para operações

Essa etapa representa o término do processo de implantação e uma transição para operações diárias. Ele apresenta os seguintes resultados finais:

Tabela 8. Resultados finais

ID do resultado final

Descrição

Conclusão da implantação

Todas as estações de trabalho identificadas foram atualizadas.

Transição para operações

O grupo de operações em TI assume responsabilidades operacionais para implantação.

Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários
Mostrar:
© 2014 Microsoft