Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo
Expandir Minimizar

Infra-estrutura necessária para usar o Zero Touch Installation do Solution Accelerator para BDD.

Verificando se a infra-estrutura necessária existe

Publicado em: 30/11/2006

Antes de usar o BDD 2007 para implantar o Windows, verifique se a infra-estrutura necessária para o BDD 2007 existe. Para a maioria dos ambientes de produção, a maior parte dos serviços necessários para a implantação já existe, mas verifique se todos os componentes a seguir estão em vigor antes de continuar o processo de implantação.

Nesta página

Infra-estrutura SMS 2003 suficiente
Fornecendo armazenamento suficiente para dados de migração de perfil do usuário
Fornecendo armazenamento suficiente para os logs de implantação
Fornecendo armazenamento suficiente para o backup de computador
Fornecendo armazenamento suficiente para arquivos de origem do aplicativo e do sistema operacional
Usando os Serviços de Implantação do Windows ou os Serviços de Instalação Remota
Verificando a configuração adequada do computador de destino
Fornecendo a capacidade de rede adequada

Infra-estrutura SMS 2003 suficiente

O BDD 2007 requer que a infra-estrutura inclua o SMS 2003, então verifique se todos os servidores que executam o SMS na organização estão executando essa versão. Além disso, o BDD 2007 apresenta as seguintes necessidades específicas para o SMS 2003:

  • SMS 2003 com SP2. O SMS 2003 com SP2 é obrigatório em todos os servidores de site do SMS dentro da infra-estrutura antes do início da implantação. Para obter mais informações sobre atualização da infra-estrutura para o SMS 2003 com SP2, consulte System Management Server 2003 Service Pack 2 Overview na seção "Formação e referências" deste guia.

  • SMS 2003 OSD Feature Pack. Instale o SMS 2003 OSD Feature Pack em um ou mais servidores de site na organização. O SMS 2003 OSD Feature Pack é um complemento ao SMS 2003 que oferece a capacidade de capturar, distribuir e instalar imagens em computadores de destino e servidores. Para obter mais informações sobre o SMS 2003 OSD Feature Pack, consulte Guia dos Usuários do Microsoft Systems Management Server 2003 Operating System Deployment Feature Pack na seção “Formação e referências” deste guia.

Identificando as necessidades de armazenamento para pontos de distribuição e pontos de implantação

Quando o servidor estiver executando o SMS 2003 com SP2 e a equipe tiver instalado o SMS 2003 OSD Feature Pack, será necessário verificar se há armazenamento suficiente disponível em:

  • Pontos de distribuição SMS das imagens criadas pelo SMS 2003 OSD Feature Pack.

  • Ponto de distribuição do servidor de implantação das imagens usadas para criar as imagens do SMS OSD Feature Pack.

  • Determinação do tamanho de cada imagem e do número de imagens necessárias na implantação.

Crie uma imagem exclusiva para:

  • Cada HAL (camada de abstração de hardware) exclusiva necessária aos computadores de destino quando o sistema operacional de destino for o Windows XP.

  • A cópia do Windows Vista a ser implantada.

  • Cada versão localizada de idioma do sistema operacional necessária (como chinês simplificado ou japonês).

Para fins de planejamento, faça uma estimativa do tamanho de uma imagem que esteja dentro do intervalo de 500 megabytes (MB) a 4 gigabytes (GB), incluindo aplicativos. Se a equipe possuir cinco imagens exclusivas, o armazenamento total em disco disponível em um ponto de distribuição será de 20 GB (4 GB × 5). O ideal é que cada ponto de distribuição tenha pelo menos essa quantidade de armazenamento em disco disponível.

Reduzindo as necessidades de armazenamento para pontos de distribuição e pontos de implantação

Se a equipe não conseguir aumentar o espaço disponível em disco nos pontos de distribuição e de implantação, ela deverá reduzir as necessidades de armazenamento. Para reduzir o armazenamento disponível necessário para os pontos de distribuição e de implantação, use qualquer combinação dos seguintes métodos:

  • Reduzir o número de imagens. Se um número limitado de computadores de destino tiver um HAL específico, pense em outro método para a instalação do Windows XP (como a implantação LTI).

  • Distribuir as imagens só nos pontos de distribuição específicos. Em alguns casos, as imagens podem ser específicas a uma localidade geográfica. (Isso é válido sobretudo para imagens específicas a um idioma.) Distribua apenas as imagens referentes a uma localidade geográfica específica para os pontos de distribuição nas localidades geográficas correspondentes.

  • Implantar versões Multilingual User Interface (MUI) do Windows. Sempre que possível, implante versões MUI do Windows Vista ou do Windows XP para reduzir o número de imagens necessárias devido às diferenças de idiomas. Evite usar a versão localizada do Windows Vista ou do Windows XP.

Fornecendo armazenamento suficiente para dados de migração de perfil do usuário

Identifique a quantidade de armazenamento necessária para os dados de migração de perfil do usuário salvos pelo USMT durante o processo de implantação. Ao identificar a quantidade de armazenamento necessária, a equipe indica o armazenamento local nos computadores de destino ou nas pastas compartilhadas que podem ser usadas para armazenamento temporário dos dados de migração do usuário.

Determinando as necessidades de armazenamento dos dados de migração de perfil do usuário

Para fins de planejamento, a equipe pode estimar as necessidades de armazenamento de migração de perfil do usuário:

  • Executando o Scanstate.exe no USMT com a opção de comando /p para estimar o tamanho dos dados de migração de perfil do usuário. A opção de comando /p permite aos integrantes da equipe estimar as necessidades de espaço em disco sem realmente executar a migração. Para obter mais informações, consulte Guia da Equipe de Recursos de Migração de Perfil do Usuário do Business Desktop Deployment na seção “Formação e referências” deste guia.

  • Visualizando o tamanho do conteúdo das pastas no perfil do usuário. Os integrantes da equipe podem tirar amostras aleatórias dos computadores de destino para identificar uma quantidade média de armazenamento necessária para o backup da migração de perfil do usuário. Lembre-se de que pode haver diversos perfis (pastas de nome de usuário) em cada computador de destino, portanto a equipe deve incluir cada perfil que planeja migrar.

A equipe também deve saber por quanto tempo os dados de migração de perfil do usuário devem ficar armazenados. Armazene os dados de migração de perfil do usuário caso haja uma falha na atualização e a equipe necessite reverter a configuração. Após confirmar o êxito da atualização, a equipe poderá excluir os dados de migração de perfil do usuário.

Calcule as necessidades de armazenamento dos dados de migração de perfil do usuário multiplicando o tamanho desse perfil pelo número de computadores simultâneos que estão sendo atualizados (tamanho da migração × número de computadores simultâneos).

Determinando onde armazenar os dados de migração de perfil do usuário

Depois de identificar as necessidades de armazenamento dos dados de migração de perfil do usuário, determine onde armazená-los. Armazene os dados de migração de perfil do usuário:

  • No computador de destino local para reduzir o tempo de implantação do Windows Vista ou do Windows XP e reduzir a utilização de rede (recomendado).

    Observação   Use essa opção apenas no cenário Atualizar Imagem do Computador.

  • Em uma pasta compartilhada localizada em um servidor local para oferecer um método consistente de armazenamento dos dados de migração de perfil do usuário ou quando o armazenamento local não estiver disponível.

Se a equipe optar por armazenar os dados de migração do usuário no computador de destino local, ela deverá designar uma pasta compartilhada em que o processo ZTI possa armazenar os dados de migração de perfil do usuário. (Por padrão, o processo tenta armazenar os dados de perfil do usuário no disco rígido local para os cenários Atualizar Imagem do Computador. No entanto, a equipe pode substituir esse comportamento por definições de configurações no arquivo CustomSettings.ini.) Caso haja espaço em disco insuficiente para o perfil do usuário e a imagem nova, o processo ZTI tentará armazenar as informações em uma pasta compartilhada. Ter à disposição uma pasta compartilhada como local de armazenamento alternativo torna o processo de implantação mais confiável. Utilize a pasta compartilhada de forma que haja uma conexão de largura de banda alta entre a pasta compartilhada e o computador de destino.

Fornecendo armazenamento suficiente para os logs de implantação

Os logs de implantação registram o processo para cada computador de destino por meio do processo de distribuição de imagens. Identifique a quantidade de armazenamento necessária para os logs de implantação salvos durante o processo de implantação. Ao identificar a quantidade de armazenamento necessária, a equipe indica as pastas compartilhadas que podem ser usadas para armazenamento temporário dos logs de implantação.

Determinando as necessidades de armazenamento dos logs de implantação

Para fins de planejamento, a equipe pode estimar as necessidades de armazenamento do log de implantação para um único computador seguindo as seguintes etapas:

  1. Execute o processo de atualização no laboratório de teste para determinar o tamanho dos logs de implantação.

  2. Determine por quanto tempo os logs de implantação precisam ser mantidos.

  3. Multiplique o tamanho dos logs de implantação de um computador pelo número de computadores que estão sendo atualizados simultaneamente.

Determinando o local de armazenamento dos logs de implantação

Depois de identificar as necessidades de armazenamento dos logs de implantação, determine onde armazená-los. Armazene os logs de implantação em uma pasta compartilhada que esteja conectada aos computadores de destino por uma conexão de largura de banda alta.

Fornecendo armazenamento suficiente para o backup de computador

Como etapa opcional do processo de implantação no cenário Atualizar Imagem do Computador, você pode fazer o backup de um computador de destino antes de implantar o sistema operacional. A finalidade desse backup é a recuperação dos dados de migração de perfil do usuário.

Você pode executar o backup em:

  • Unidades locais no computador de destino.

  • Pastas compartilhadas de rede.

O processo de backup no BDD 2007 é executado usando a ferramenta Imagex.exe. Ele cria uma imagem do volume de disco onde os dados de migração do perfil do usuário estão armazenados.

Para fins de planejamento, você pode estimar as necessidades de armazenamento do backup do computador para um único computador seguindo as seguintes etapas:

  1. Execute o processo no cenário Atualizar Imagem do Computador no laboratório de teste para determinar o tamanho do arquivo de backup.

  2. Determine por quanto tempo o arquivo de backup precisa ser mantido.

  3. Multiplique o tamanho do arquivo de backup de um computador pelo número de computadores que estão sendo implantados simultaneamente usando o cenário Atualizar Imagem do Computador.

Fornecendo armazenamento suficiente para arquivos de origem do aplicativo e do sistema operacional

Cada ponto de implantação de seu ambiente necessita de acesso aos arquivos de origem do aplicativo e do sistema operacional para serem usados no processo de implantação. Você pode fornecer acesso a esses arquivos de origem criando uma cópia dos mesmos em:

  • Uma pasta compartilhada de rede comum que seja acessível a todos os servidores que hospedam os pontos de implantação. A vantagem deste método é que basta fornecer armazenamento para apenas uma cópia dos arquivos de origem. A desvantagem é que os pontos de distribuição devem acessar os arquivos de origem pela rede, o que aumenta a utilização da rede e é mais demorado do que acessar esses arquivos localmente.

  • Cada servidor que hospeda os pontos de implantação. A vantagem deste método é que o acesso aos arquivos de origem é mais rápido do que a partir de uma pasta compartilhada de rede. A desvantagem é que você precisa fornecer armazenamento suficiente para os arquivos de origem em cada servidor que hospeda os pontos de distribuição.

Para fins de planejamento, você pode estimar as necessidades de arquivo de origem do aplicativo e do sistema operacional para um único ponto de implantação (ou pasta compartilhada comum) seguindo as seguintes etapas:

  1. Crie uma cópia de cada arquivo de origem do aplicativo e do sistema operacional em uma pasta compartilhada.

  2. Determine a quantidade de armazenamento em disco necessária para todos os arquivos de origem do aplicativo e do sistema operacional.

Se você estiver:

  • Usando uma pasta compartilhada de rede comum para ser acessada por todos os pontos de distribuição, selecione um servidor com armazenamento em disco disponível suficiente para os arquivos de origem.

  • Fornecendo uma cópia local para cada ponto de distribuição, verifique se cada servidor que hospeda um ou mais pontos de distribuição possui armazenamento em disco disponível suficiente para os arquivos de origem.

Usando os Serviços de Implantação do Windows ou os Serviços de Instalação Remota

Use o Windows DS para implantar o Windows PE com o objetivo de preparar o computador de destino para a implantação. Use o Windows DS quando:

  • O SMS não gerenciar o computador.

  • Um computador não estiver executando o SMS Advanced Client.

  • Um computador não tiver sistema operacional.

O Windows DS executa as mesmas funções que o RIS nas implantações baseadas no SMS OSD Feature Pack. O SMS OSD Feature Pack é exigido pelo ZTI. O SMS OSD Feature Pack só é compatível com métodos RIS de implantação. Para usar o Windows DS, execute o Windows DS no modo Herdado ou no modo Misto, compatível com os métodos RIS de implantação.

Usando o SMS 2003 OSD Feature Pack, os integrantes da equipe podem criar uma imagem Windows PE personalizada que permita a instalação do Windows Vista ou do Windows XP a partir do ponto de distribuição SMS mais próximo.

Observação   O suporte ao Windows DS é necessário apenas para implantar o Windows PE, que oferece suporte ao SMS OSD Feature Pack.

Use o Windows DS para automatizar a implantação do Windows PE:

  • Para computadores de conexão constante e de alta velocidade com um servidor Windows DS.

  • Nos cenários Novo Computador, Atualizar Imagem do Computador e Substituir Computador.

Instale o Windows PE para preparar os computadores de destino usando o Windows DS ou utilizando um CD do Windows PE localmente nos computadores. Esses métodos oferecem a mesma funcionalidade. Use o método do CD quando o Windows DS não estiver disponível, como nos casos em que os computadores de destino possuem conexões de largura de banda baixa com os servidores Windows DS.

Observação   Qualquer referência neste documento à configuração RIS ou aos arquivos de configuração RIS servem para oferecer suporte à execução do Windows DS no modo Herdado ou Misto. O processo e as ferramentas de configuração usados para o Windows DS nos modos Herdado ou Misto são iguais aos do RIS.

Verificando a configuração adequada do computador de destino

Antes de implantar uma imagem do SMS 2003 OSD Feature Pack em um computador de destino, verifique se o computador possui a configuração correta. Para implantar uma imagem em um computador de destino, primeiro:

  • Verifique se o computador possui as versões corretas de software.

  • Verifique se o computador possui os recursos de sistema adequados.

  • Identifique as diferenças na implantação de 64 bits e de 32 bits

Verificando as versões corretas de software do computador de destino

Antes de os demais scripts do BDD 2007 serem executados, o ZTIPrereq.vbs é executado primeiramente para verificar se o computador de destino de 64 bits atende às necessidades de execução dos scripts remanescentes. Os pré-requisitos de script incluem:

  • Microsoft Windows 2000 Professional SP4, Windows XP SP2 ou algum sistema operacional Windows posterior.

  • SMS Advanced Client para SMS 2003 SP2.

  • Windows Script Host (WSH) versão 5.6 ou posterior instalada e em operação.

  • Microsoft Core Extensible Markup Language (MSXML) Services versão 3.0 ou posterior (qualquer nível de service pack) instalado e em operação.

  • Microsoft Data Access Components (MDAC) versão 2.0 ou posterior instalada e em execução.

    Observação   A versão do MSXML deve ser a 3.0. As versões 4.0 e 6.0 do MSXML não são compatíveis com os scripts do BDD 2007.

Verificando os recursos adequados do computador de destino

Depois que o ZTIPrereq.wsf identificar se o computador de 64 bits atende às necessidades para execução dos scripts remanescentes, o ZTIValidate.wsf verifica se o computador de destino possui os recursos apropriados para implantar o sistema operacional de destino. Os requisitos incluem:

  • O computador de destino é um desktop ou computador portátil (não um servidor).

  • A propriedade OSInstall, se definida, deve ser marcada como SIM para dar continuidade à implantação.

  • O computador de destino deve ter pelo menos 512 MB de RAM total (448 MB para o sistema operacional e 64 MB de memória de vídeo compartilhada).

  • O processador do computador de destino deve funcionar a uma velocidade superior a 990 megahertz (MHz). (A maioria dos fornecedores de computador vende esses sistemas como 1 gigahertz [GHz], mas os métodos usados para medir a velocidade do processador variam de um fornecedor para outro.)

  • O computador de destino deve ter espaço em disco disponível suficiente para a imagem que está sendo implantada nele.

  • O sistema operacional atual do computador de destino deve estar sendo executado na partição da unidade C (apenas no cenário Atualizar Imagem do Computador).

  • A unidade C deve ser a primeira partição no primeiro disco do computador de destino (apenas no cenário Atualizar Imagem do Computador).

  • É necessário haver mais espaço em disco disponível quando os dados de migração de perfil do usuário e os logs de implantação são armazenados localmente no computador de destino.

  • O computador de destino deve ter espaço livre em disco suficiente para armazenar os arquivos de log do Windows PE (aproximadamente 150 MB).

  • O computador de destino deve ter espaço total em disco suficiente para armazenar o Windows PE e a imagem (tamanho da imagem expandida mais 150 MB).

  • O computador de destino deve ter uma conexão de rede direta com os servidores e pontos de distribuição do Windows DS. (As conexões de rede que não recebem suporte incluem as conexões de Rede Virtual Privada [VPN] e sem fio.)

Observação   Os computadores de destino que tentarem instalar uma imagem por conexão VPN ou sem fio não conseguirão se conectar a um ponto de distribuição depois de serem reinicializados no Windows PE, resultando em falha no processo de implantação.

Use o SMS (ou outra ferramenta de inventário de software) para ajudar a verificar se algum computador existente possui recursos de sistema inadequados usando as consultas e os relatórios do SMS. A equipe pode atualizar esses computadores antes de implantar o Windows Vista ou o Windows XP.

Se a equipe verificar que alguns recursos de sistema dos computadores são inadequados para a implantação do Windows Vista ou do Windows XP, os integrantes da equipe poderão tomar uma das seguintes medidas:

  • Atualizar os recursos de sistema nos computadores existentes.

  • Substituir os computadores existentes por novos.

  • Eliminar os computadores existentes da atualização.

Identificando as diferenças na implantação de 64 bits e de 32 bits

Na maioria dos casos, a implantação de versões de 64 bits do Windows é igual à implantação das versões de 32 bits do Windows. No entanto, há diferenças que influenciam o modo como a equipe implementa as versões de 64 bits do Windows e como o BDD 2007 detecta que o computador de destino possui um processador de 64 bits.

Observação   O BDD 2007 oferece suporte apenas aos processadores habilitados pelo Intel EM64T e pela família de processadores AMD64. Não é oferecido suporte à família de processadores Intel Itanium e ia64 no BDD 2007.

A maior parte das funções e dos recursos encontrados nas versões de 32 bits do Windows é igual nas versões de 64 bits do Windows. Contudo, é importante levar em conta as seguintes diferenças ao implantar as versões de 64 bits do Windows:

  • A versão do Windows PE deve corresponder à versão do Windows que está sendo implantada. Se a equipe estiver implantando uma versão de 64-bits do Windows Vista, será obrigatória uma versão de 64-bits do Windows PE. Por outro lado, se a equipe estiver implantando uma versão de 32 bits do Windows Vista, será obrigatória uma versão de 32 bits do Windows PE.

  • Os aplicativos são instalados em pastas de Arquivos de Programas separadas. Nas versões de 64 bits do Windows, os aplicativos de 64 bits são instalados na pasta Arquivos de Programas e os aplicativos de 32 bits são instalados na pasta Arquivos de Programas (x86). Verifique a estrutura de pasta apropriada quando procurar os aplicativos previamente instalados.

  • A descoberta da arquitetura do processador no Windows DS pode precisar ser forçada nos computadores de 64 bits. Nem todos os computadores de 64 bits informam devidamente o tipo de processador e, portanto, é possível que o BDD 2007 não detecte adequadamente que se trata de um processador de 64 bits. Force o Windows DS a implantar versões de 64 bits usando o seguinte comando:

    WDSUTIL /set-server /architecturediscovery:yes

    Para obter mais informações, consulte os arquivos de ajuda do Windows DS.

  • As versões de 64 bits do Windows PE 2.0 não executam aplicativos de 32 bits. Verifique se os aplicativos compilados usados por uma versão de 64 bits do Windows PE são versões de 64 bits.

  • As versões de 64 bits do Windows requerem drivers de dispositivo de 64 bits. Os drivers de dispositivo de 32 bits não podem ser usados em versões de 64 bits do Windows.

Fornecendo a capacidade de rede adequada

Devido ao tamanho das imagens do SMS 2003 OSD Feature Pack que estão sendo distribuídas nos computadores de destino (500 MB–4 GB), os computadores de destino precisam ter uma conexão persistente e de alta velocidade com os servidores usados no processo de implantação. Os servidores incluem:

  • Servidores de site do SMS.

  • Pontos de distribuição do SMS.

  • Servidores Windows DS.

  • Servidores que hospedam pastas compartilhadas usadas para armazenar dados de perfil do usuário e logs de implantação.

Esses servidores devem estar em sub-redes adjacentes aos computadores de destino para assegurar a conectividade de alta velocidade aos computadores. Se a organização não puder fornecer capacidade de rede suficiente para a implantação em um computador, execute uma das ações a seguir:

  • Coloque temporariamente os servidores apropriados (por exemplo, ponto de distribuição do SMS ou servidor Windows DS) mais próximos do computador durante a migração.

  • Transfira temporariamente os computadores para uma área de teste onde os computadores de destino possam ser implantados e, em seguida, retornados ao local original.

  • Armazene os dados de migração de perfil do usuário localmente no computador.

  • Execute implantações automatizadas localmente usando uma combinação de um CD do Windows PE ou um CD da imagem do SMS 2003 OSD Feature Pack.

Além disso, para fazer a implantação nos computadores de destino por meio de um firewall, a equipe deverá verificar se as devidas portas TCP e UDP estão abertas nos firewalls. Para obter mais informações, consulte:

  • "Ports that SMS 2003 uses to communicate through a firewall or through a proxy server" em "Formação e referências" neste guia.

Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários
Mostrar:
© 2014 Microsoft