Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo
Expandir Minimizar

Apêndice B do guia da equipe de recursos da compatibilidade de aplicativos

Publicado em: 30/11/2006

Apêndice B: Solucionando a compatibilidade de aplicativos no Windows Vista

A equipe de recursos de compatibilidade de aplicativos pode avaliar e solucionar problemas de compatibilidade de aplicativos no Windows Vista usando o ACT 5. Assim como nas versões anteriores do ACT, há ferramentas para coleta de inventários de aplicativos e hardware, análise de compatibilidade de dados e implantação de pacotes de atenuação. O ACT 5 é gerenciado centralmente a partir do Application Compatibility Manager. O Agent Framework atualizado fornece avaliadores adicionais específicos para o Windows Vista.

Após coletar e analisar as informações de compatibilidade para a organização, use o Online Compatibility Exchange para compartilhar as informações com outros profissionais de TI e aproveitar suas informações. As informações compartilhadas de compatibilidade podem reduzir significativamente os requisitos do tempo de teste dos aplicativos em ambientes maiores.

Para obter mais informações sobre o ACT 5, consulte Windows Application Compatibility em http://www.microsoft.com/technet/prodtechnol/windows/appcompatibility/default.mspx.

Nesta página

Testando a compatibilidade básica no Windows Vista
Problemas de compatibilidade.

Testando a compatibilidade básica no Windows Vista

Esta seção fornece orientações sobre como testar e avaliar a compatibilidade de um aplicativo no Windows Vista. Este nível simples de testes de aplicativos tem duas situações de teste: uma situação de instalação limpa do Windows Vista e a outra de uma instalação atualizada do Windows Vista a partir do Windows XP SP2.

Teste os aplicativos em uma instalação limpa do Windows Vista

Essa situação presume que o Windows Vista tenha sido instalado em um computador formatado recentemente. Esse tipo de instalação irá expor rapidamente problemas de compatibilidade de aplicativos causados por componentes preteridos ou alterações específicas de versões no sistema operacional.

  • Instalação normal. Instale o aplicativo em um computador de teste que execute o Windows Vista. Se for solicitada uma permissão para instalar o aplicativo, clique em Permitir e continue. Se o aplicativo completar essa etapa sem problemas, prossiga com os testes de funcionalidade.

  • Instalação privilegiada. Se a instalação do aplicativo falhar e não surgir nenhuma solicitação de permissão para instalação, clique com o botão direito do mouse no arquivo executável do instalador, e clique em Executar este programa como administrador. Tente instalar o programa novamente.

  • Camada de compatibilidade. Se for exibida uma mensagem de erro que impeça que a configuração do aplicativo prossiga, clique com o botão direito do mouse no arquivo executável do instalador, clique na guia Compatibilidade, e selecione o modo de compatibilidade do Windows XP SP2. Teste novamente. Se a instalação do aplicativo continuar falhando, considere-o incompatível e consulte o fabricante sobre uma atualização.

Após instalar o aplicativo e solucionar os problemas de configuração, passe para o teste da funcionalidade do aplicativo:

  • Inicie o aplicativo. Se o aplicativo não iniciar adequadamente ou se surgirem erros, aplique o modo de compatibilidade do Windows XP SP2 para o arquivo executável do aplicativo e tente novamente.

  • Realize os testes de funcionalidade. Se o aplicativo iniciar com êxito, execute todo o conjunto de testes geralmente usados para testar o aplicativo no Windows XP. Verifique a funcionalidade do aplicativo e confirme se o aplicativo é executado adequadamente.

Se o aplicativo falhar nessas etapas, as alterações no Windows Vista o afetaram. Consulte o fabricante do aplicativo sobre atualizações para o programa ou sobre uma versão mais atualizada que funcione com o Windows Vista.

Teste os aplicativos no Windows Vista (atualização do Windows XP SP2)

Essa situação presume que o Windows Vista tenha sido instalado como uma atualização do Windows XP SP2. Nesse caso, os arquivos de suporte podem ainda estar localizados no disco rígido do computador, o que permitirá que o aplicativo seja executado normalmente, enquanto a nova instalação não tem esses arquivos de suporte mais antigos. Teste os aplicativos nas duas situações para identificar os aplicativos que podem ser afetados com a perda dos arquivos de suporte em uma nova instalação do Windows Vista.

  • Instale o Windows XP SP2 em um computador, e instale o aplicativo. Verifique se todos os recursos do aplicativo funcionam adequadamente antes de continuar.

  • Atualize o computador de teste para o Windows Vista

  • Inicie o aplicativo. Se o aplicativo não iniciar adequadamente ou se surgirem erros, aplique o modo de compatibilidade do Windows XP SP2 ao aplicativo e reinicie o programa.

  • Se o aplicativo iniciar com êxito, execute todo o conjunto de testes normalmente usados para testar o aplicativo no Windows XP. Verifique a funcionalidade do aplicativo e confirme se o aplicativo é executado adequadamente.

Se o aplicativo falhar nessas etapas, as alterações no Windows Vista o afetaram. Consulte o fabricante do aplicativo sobre atualizações para o programa ou sobre uma versão mais atualizada que funcione com o Windows Vista.

Problemas de compatibilidade.

Os problemas de compatibilidade de aplicativos que se aplicam especificamente ao Windows Vista, geralmente, podem ser agrupados nas seguintes áreas:

  • UAC (Controle de Conta de Usuário) do Windows Vista

  • WRP (Proteção de Recursos do Windows).

  • Alterações na plataforma X64

  • Componentes preteridos

Controle de Conta de Usuário

O UAC limita os direitos e as permissões inerentes associados às contas de usuário no Windows Vista. Por padrão, até mesmo os administradores recebem solicitação de permissões para executarem tarefas que podem afetar a segurança do computador. O UAC não tem um impacto no uso normal de aplicativos, mas pode haver um impacto em aplicativos que requerem privilégios administrativos para instalação ou realização de atualizações.

O Windows Vista tenta detectar processos de atualização para aplicativos instalados. Se ele identificar corretamente a atualização do programa, ele estará capacitado para elevar automaticamente o processo do usuário e executar a atualização sem fazer solicitações ao usuário. Por padrão, os aplicativos que requerem acesso administrativo para instalação ou atualização irão solicitar credenciais do usuário para elevar o processo.

Devido aos privilégios limitados do usuário serem um princípio importante de segurança de computadores e de redes, tente eliminar aplicativos que exigem acesso administrativo para execução, a menos que eles sejam necessários para funções administrativas. Exiba a opção para elevar o processo do usuário, e execute o aplicativo como um administrador e como uma solução alternativa e não permanente.

A maioria dos problemas de compatibilidade do UAC ocorre tanto durante a configuração inicial, como durante a atualização do aplicativo. O Windows Vista pode identificar vários tipos de programas de atualização do aplicativo, mas pode ter dificuldades em identificar o seguinte:

  • Atualizadores que não fazem parte do processo. Programas de atualização que executados fora do processo do aplicativo principal.

  • Executáveis sobrecarregados. Os executáveis do aplicativo que contêm o programa principal e o atualizador em um único arquivo executável binário.

Para obter mais informações sobre como solucionar os problemas de compatibilidade do UAC no Windows Vista, consulte “Compreendendo e configurando o Controle de Conta de Usuário no Windows Vista” em http://www.microsoft.com/technet/windowsvista/library/00d04415-2b2f-422c-b70e-b18ff918c281.mspx.

Proteção de Recursos do Windows

O WRP restringe o acesso a arquivos essenciais do sistema operacional e a chaves do registro. As atualizações para recursos protegidos são restritas a instaladores confiáveis, como os serviços do Windows. O WRP protege o Windows Vista contra aplicativos ou usuários que tentem substituir arquivos essenciais ou configurações.

As tentativas de substituir ou alterar recursos podem resultar em:

  • Instaladores e atualizadores de aplicativos que tentam acessar recursos protegidos com falhas, apresentando uma mensagem de erro indicando que o recurso não pôde ser atualizado.

  • Tentativas de gravar novas chaves de registro ou valores para chaves de registros protegidas com falhas, que apresentam uma mensagem de erro indicando que o acesso foi negado.

Alterações na plataforma X64

As edições x64 do Windows Vista têm suporte total para processadores de 64 bits da AMD e da Intel. A versão de 64 bits do Windows Vista pode executar todos os aplicativos de 32 bits com a ajuda do emulador WOW64. Entretanto, não há suporte para os aplicativos de 16 bits e drivers no modo kernel de 32 bits não assinados.

Enquanto a maioria dos aplicativos de 32 bits não é executada nas edições de 64 bits do Windows Vista, podem ocorrer problemas que incluem:

  • Edições de 64 bits do Windows Vista que exigem que todos os drivers de 64 bits sejam assinados digitalmente. Não há suporte para drivers não assinados e eles não serão instalados no Windows Vista de 64 bits.

  • As alterações no caminho de pasta incluem pastas de Arquivos de Programas para aplicativos de 64 e 32 bits.

Componentes preteridos

Cada novo sistema operacional incorpora novos recursos e, ocasionalmente, remove ou pretere , componentes antigos. Os aplicativos que dependem dos componentes removidos podem falhar na execução ou podem perder a funcionalidade. Esse problema de compatibilidade vai de alterações de chamadas de API a componentes de suporte removidos do sistema operacional.

Algumas dessas alterações são mais propensas a ter um impacto em aplicativos existentes, inclusive:

  • Drivers de impressão que não são mais carregados no modo kernel. No Windows Vista, todos os drivers de impressão são necessários para seguir o UMDF (Estrutura de Driver em Modo de Usuário ). Para obter mais informações, consulte “Introdução ao UMDF” em http://msdn.microsoft.com/library/default.asp?url=/library/en-us/umdf_d/hh/UMDF_d/umdfobjectdg_6a21eab3-a7eb-4aa8-b517-578024932e26.xml.asp.

  • Serviços para o Macintosh não estão incluídos no Windows Vista.

  • O D3DRM (Direct3D Retained Mode) não está incluído no Windows Vista.

  • O Windows Vista não oferece suporte NetDDE (Troca de Dinâmica de Dados na Rede) para aplicativos. Como uma solução alternativa onde for possível, use uma tecnologia de comunicação e rede como DCOM ou WCF (Windows Communication Foundation).

  • As extensões do servidor do Microsoft Office FrontPage® não estão inclusas no Windows Vista.

Centro de Ajuda e Suporte

O HelpCtr.exe (Centro de Ajuda e Suporte), projetado para o Windows XP e Windows Server 2003, exibiu arquivos de Ajuda compilados com a extensão do nome de arquivo .chm. O Centro de Ajuda e Suporte não está incluído no Windows Vista, e não há suporte para seus recursos. Os arquivos Compilados de Ajuda (.cmh) podem ser exibidos no Windows Vista se for aberto diretamente e não através do Centro de Ajuda e Suporte.

Plataforma de Assistência ao Cliente

A Plataforma de Assistência ao cliente (HelpPane.exe) é um novo mecanismo de ajuda para o Windows Vista. Ela não é compatível com nenhuma versão anterior do Windows. A Plataforma de Assistência ao cliente é necessária para exibir arquivos de Ajuda com a extensão do nome de arquivo .hls.

No Windows Vista, os OEMs (fabricantes do equipamento original), os criadores de sistemas e os clientes corporativos sob contrato de licença com a Microsoft podem personalizar a Plataforma de Assistência ao cliente, mas programas que não são da Microsoft não podem usá-lo. Para obter mais informações sobre a personalização da Plataforma de Assistência ao cliente, consulte o Windows SDK.

Windows Vista Display Driver Model

O Windows Vista utiliza um novo modelo de driver para dispositivos de vídeo. O WVDDM (Windows Vista Display Driver Model) dá suporte para recursos que incluem a nova interface de “transparência”, uma habilidade de alterar os drivers de vídeo sem reiniciar o computador e a recuperação dinâmica de condições de estender os processadores gráficos.

A maioria dos aplicativos devem ser completamente compatíveis com o WVDDM. Entretanto, alguns aplicativos mais antigos podem ter problemas de compatibilidade nas seguintes áreas:

  • Problemas de compatibilidade com o jogo Microsoft DirectX®, em caso que os jogos precisarem de suporte inexistente para certa funcionalidade.

  • Funcionalidade móvel como tecla de acesso, cloneview, brilho e zoom podem não funcionar corretamente.

  • Os aplicativos de acessibilidade projetados para o Windows XP, especificamente para utilidade de ampliação de tela, podem não funcionar no Windows Vista.

Manipulação Segura de Exceções

Vários aplicativos mais antigos podem ter usado funções como IsBadReadPtr e IsBadWritePtr para validar parâmetros de chamadas. Não há suporte para essas funções no Windows Vista. Os aplicativos que dependem dessas funções para validar esses parâmetros irão falhar.

O método preferido para fornecer SEH (Manipulação Segura de Exceções) é fornecer rotinas de verificação adequada de erros no aplicativo em si, em vez de confiar no Windows para manipular exceções de aplicativos.

Troca Rápida de Usuários

A FUS (Troca Rápida de Usuários) está disponível em todas as versões do Windows Vista, inclusive computadores membros de um domínio. Os aplicativos precisam ser capazes de manipular várias sessões do usuário e casos de servidores terminais. Para informações sobre a FUS, consulte "Troca Rápida de Usuários do Microsoft Windows: Guia para desenvolver aplicativos de negócios” em http://go.microsoft.com/fwlink/?LinkId=62693.

Alterações de Códigos da Seção Crítica

A operação do código de Seção Crítica foi alterada no Windows Vista. Os aplicativos que usam bloqueios de seções críticas:

  • Devem sempre iniciar as seções críticas

  • Não devem entrar em objetos não-documentados para procurar seções críticas e nem alimentá-las.

  • Devem evitar "fome" de threads. Os aplicativos que ficam em Suspensão esperando o bloqueio de seção crítica, podem causar condições de "fome" para outros threads que precisam de bloqueio. Para evitar essa situação, emita a chamada LeaveCriticalSection antes de emitir a chamada de Suspensão.

Para obter mais informações, consulte “Objetos da Seção Crítica” em http://go.microsoft.com/fwlink/?LinkId=63273.

Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários
A Microsoft está realizando uma pesquisa online para saber sua opinião sobre o site do MSDN. Se você optar por participar, a pesquisa online lhe será apresentada quando você sair do site do MSDN.

Deseja participar?
Mostrar:
© 2014 Microsoft