Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo
Expandir Minimizar

Planejando o projeto de implantação

Planejar

Publicado em: 30 de novembro de 2006

A figura 2 ilustra as atividades primárias que ocorrem durante a Fase Planejar. Enquanto outras equipes estão desenvolvendo imagens e planos de projetos, entre outros, a equipe de recursos de implantação está começando a se concentrar no ambiente de produção existente para decidir como abordar o implantação. A equipe precisa considerar todos os locais e departamentos cujos computadores serão atualizados, devendo decidir em que ordem as atualizações ocorrerão.

Bb490315.SE_DepFeat02(pt-br,TechNet.10).gif

Figura 2. Atividades durante a Fase Planejar
Nesta página

Funções e responsabilidades
Selecionando cenários de implantação
Selecionando métodos de implantação
Assegurando-se de que a infra-estrutura necessária existe
Determinando as regras de processamento apropriadas
Como determinar o plano de monitoramento
Treinando os membros da equipe
Etapa: Plano de implantação concluído

Funções e responsabilidades

Os seis grupos de funções do Modelo de Equipe do MSF têm uma função na Fase Planejar. A tabela 2 apresenta essas funções e define as áreas de enfoque para cada grupo de função relativo ao processo de implantação na Fase Planejar.

Observação   Para obter mais informações sobre os grupos de funções do MSF, consulte o white paper “MSF Team Model”, em http://www.microsoft.com/technet/itsolutions/msf/default.mspx.

Tabela 2. Funções e responsabilidades da equipe na Fase Planejar

Função

Foco

Gerenciamento de produto

  • Análise dos requisitos comerciais

  • Planejamento das comunicações

Gerenciamento de programa

  • Orçamento

  • Planejamento e agendamento do projeto mestre

Desenvolvimento

  • Planejamento e agendamento do desenvolvimento

  • Estabelecimento do laboratório

  • Design lógico e físico

  • Avaliações da tecnologia

Teste

  • Planejamento e agendamento do teste

  • Definição dos requisitos de teste

Experiência do usuário

  • Requisitos de localização e acessibilidade

  • Cronogramas

  • Planos de treinamento

  • Cenários/casos de uso

  • Documentação do usuário

  • Requisitos do usuário

Gerenciamento de versão

  • Inventário de aplicativos e hardware

  • Interface com a equipe de recursos de segurança e de operações de TI

  • Descoberta de rede

  • Requisitos das operações

  • Planejamento/agendamento do piloto e da implantação

Selecionando cenários de implantação

Como primeira etapa na fase de planejamento, selecione os cenários de implantação apropriados para o ambiente. A Tabela 3 lista os cenários de implantação e fornece uma breve descrição de cada um.

Tabela 3. Cenários de implantação e descrições

Cenário

Descrição

Estado de usuário migrado

Usa computador cliente existente

Sistema de arquivos preservado

Novo computador

Uma nova instalação do Windows é implantada em um novo computador Esse cenário pressupõe que não há dados ou perfis de usuários para preservar.

Não

Não

Não

Atualizar computador

O sistema operacional Windows atual no computador de destino é atualizado para o sistema operacional de destino. Os dados de migração de estado de usuários, os perfis de usuários e os aplicativos existentes são mantidos (pois são suportados pelo sistema operacional de destino).

Sim

Sim

Sim

Atualizar computador

Um computador que executa atualmente um sistema operacional Windows é atualizado. Esse cenário inclui computadores para os quais é necessário criar uma nova imagem para padronização de imagens ou para solução de um problema. Esse cenário pressupõe que a equipe esteja preservando os dados de estado de usuário existentes no computador.

Sim

Sim

Não

Substituir computador

Um computador que executa atualmente um sistema operacional Windows é substituído por outro. Os dados de migração de estados de usuários existentes são salvos a partir do computador original. Em seguida, uma nova instalação do Windows é implantada em um novo computador. Por fim, os dados de estado do usuário são restaurados no novo computador.

Sim

Não

Não

Com base no ambiente existente, a equipe pode selecionar qualquer combinação desses cenários na implantação. Por exemplo, se a organização estiver apenas atualizando computadores existentes, apenas os cenários Atualizar computador e/ou Atualizar computador serão necessários. Se a organização estiver implantando novos computadores para alguns usuários e atualizando os computadores restantes, use os cenários Atualizar computador e Substituir computador.

Para obter mais informações sobre os caminhos de atualização e migração do Windows Vista, consulte “Caminhos de atualização e migração”, no Guia de introdução.

Selecionando métodos de implantação

Na maioria dos casos, a equipe usará uma combinação da LTI e da ZTI para implantar os sistemas operacionais de destino nos computadores de destino. No BDD 2007, a LTI e a ZTI usam o mesmo conjunto comum de scripts e arquivos de configuração (como CustomSettings.ini) para implantação do sistema operacional de destino. Entretanto, existem casos em que um método de implantação pode ser mais vantajoso.

Para obter informações sobre:

  • Implantação da ZTI, consulte o Zero Touch Installation Guide (em inglês).

  • Implantação da LTI, consulte o Lite Touch Installation Guide (em inglês).

Implantando sistemas operacionais com o uso da LTI

A LTI requer uma infra-estrutura mínima para operação. A equipe pode implantar sistemas operacionais de destino na rede usando uma pasta compartilhada ou localmente usando um armazenamento removível (como CD, DVD, unidade de disco rígido USB ou outros dispositivos). Os membros da equipe podem iniciar o processo de implantação automaticamente (usando o Windows DS) ou manualmente. Inicialmente, eles configuram o LTI usando o Deployment Workbench e, em seguida, personalizando ainda mais o arquivo CustomSettings.ini referente ao ambiente.

Na implantação LTI, a equipe fornece definições de configuração para grupos de computadores. As definições de configuração para cada computador individual costumam ser fornecidas manualmente durante o processo de implantação. Como resultado, a personalização da LTI geralmente é mais simples que a personalização da ZTI.

Implantando sistemas operacionais com o uso da ZTI

A ZTI requer o SMS 2003, o SMS 2003 SP2 e o SMS 2003 OSD Feature Pack. A equipe implanta sistemas operacionais de destino a partir de pontos de pontos de distribuição do SMS 2003. O processo de instalação pode ser iniciado pelo SMS 2003 ou pelo Windows DS. O processo de implantação da ZTI é sempre iniciado automaticamente. Como a LTI, a equipe inicialmente configura a ZTI usando o Deployment Workbench e, então, personaliza ainda mais o arquivo CustomSettings.ini referente ao ambiente.

Na implantação ZTI, a equipe deve fornecer todas as definições de configuração para cada computador de destino que está sendo implantado pela ZTI. Por definição, não há configuração manual na ZTI. Como resultado, a personalização da ZTI geralmente é mais complexa que a personalização da LTI.

Contraste entre a LTI e a ZTI

A Tabela 4 contrasta o uso da LTI e da ZTI na implantação.

Tabela 4. Contraste das implantações da LTI e da ZTI

Implantação da LTI

Implantação da ZTI

Fornece definições de configuração comuns a um grupo de computadores de destino.

Fornece todas as definições de configuração necessárias para cada computador de destino.

Requer menos tempo de configuração inicial.

Requer mais tempo de configuração inicial.

Pode ser usada com conexões de baixa velocidade ou em casos em que não existe conectividade de rede.

Requer conexão persistente de alta velocidade.

Requer pouca ou nenhuma infra-estrutura para suportar a implantação.

Requer uma infra-estrutura suficiente para implantar imagens de sistema operacional usando o SMS 2003 OSD Feature Pack.

Suporta implantação via rede ou localmente.

Suporta apenas implantações de rede.

Os computadores de destino não precisam ser gerenciados pelo SMS 2003 (ou outras ferramentas de gerenciamento de software).

Os computadores de destino devem ser gerenciados pelo SMS 2003.

Oferece suporte para diretivas em que a instalação automática de softwares é proibida.

Oferece suporte apenas para segurança em que a instalação automática de softwares é permitida.

Oferece suporte para implantação de computadores de destino isolados por firewalls.

Requer comunicação RPC (Remote Procedure Call) com os computadores de destino (e, nesse sentido, geralmente requer que muitas portas permaneçam abertas em firewalls).

Oferece suporte para o cenário de implantação Atualizar computador.

O cenário de implantação Atualizar computador não é suportado.

Assegurando-se de que a infra-estrutura necessária existe

Antes de usar o BDD 2007 para implantar o Windows, assegure-se e que a infra-estrutura necessária para o BDD 2007 exista. Para a maioria dos ambientes de produção, a maior parte dos serviços necessários para a implantação já existe, mas verifique se todos os componentes a seguir estão efetivados antes de continuar o processo de implantação.

Para obter uma listagem detalhada da infra-estrutura detalhada para:

  • BDD 2007, consulte “Requisitos de software”, no Guia de introdução.

  • LTI, consulte “Ensuring That the Required Infrastructure Exists”, no Lite Touch Installation Guide (em inglês).

  • ZTI, consulte “Ensuring That the Required Infrastructure Exists”, no Zero Touch Installation Guide (em inglês).

Determinando as regras de processamento apropriadas

Os processos de implantação da ZTI e da LTI usam regras de processamento que determinam as etapas e os parâmetros de configuração durante o processo de implantação das imagens nos computadores de destino. Essas configurações são armazenadas e gerenciadas em CustomSettings.ini.

Para obter mais informações sobre:

  • Como determinar as regras de processamento necessárias para a funcionalidade mínima na LTI, consulte “Configuring the Appropriate Processing Rules”, no Lite Touch Installation Guide. (em inglês)

  • Como determinar as regras de processamento necessárias para a funcionalidade mínima na ZTI, consulte “Configuring the Appropriate Processing Rules”, no Zero Touch Installation Guide. (em inglês)

  • Como estender a funcionalidade na LTI e na ZTI, consulte o Guia de configuração para implantação.

  • Como fornecer exemplos para configuração das regras de processamento na LTI e na ZTI, consulte o Guia de exemplos de configuração para implantação.

Como determinar o plano de monitoramento

O ZTI Management Pack para MOM 2005 monitora a implantação de imagens do sistema operacional nos computadores de destino e coleta dados e os membros das equipes podem usar esses dados para monitorar os processos de implantação da ZTI e da LTI também. Com o MOM Reporting Services, os membros da equipe podem gerar relatórios sobre o processo de implantação. Para obter mais informações sobre o ZTI Management Pack, consulte o Zero Touch Installation Management Pack.

Treinando os membros da equipe

Antes de iniciar a implantação, certifique-se de que todos os membros da equipe estejam corretamente treinados para implantar, gerenciar, operar, solucionar problemas e dar suporte ao processo de implantação e aos computadores implantados. Personalizar o treinamento para cada equipe.

Para treinar os membros da equipe:

  • Identifique os requisitos de treinamento para a organização. Cada equipe tem diferentes requisitos de treinamento. Pelo menos, todos os membros da equipe devem poder descrever as etapas de alto nível no processo de implantação. Outros membros da equipe exigem conhecimentos detalhados sobre as tecnologias e os processos envolvidos no processo de implantação.

  • Determine os requisitos de orçamento para treinamento. Inclua o treinamento como parte das estimativas de orçamento. Além do custo de treinamento, inclua todos os custos com recursos humanos e despesas de viagens.

  • Inclua o treinamento no plano de projeto. Assegure a alocação de recursos para permitir a participação no treinamento ao longo do plano do projeto. Enquanto os membros da equipe participarem do treinamento, não estarão disponíveis para outras tarefas no projeto.

  • Agende o treinamento dos membros da equipe antes do seu envolvimento no projeto. O treinamento deve ocorrer antes que os membros da equipe se comprometam com o projeto. Certifique-se de que o treinamento seja fornecido cedo o suficiente no processo para dar aos membros da equipe tempo suficiente para se familiarizarem com as tecnologias e os processos.

Etapa: Plano de implantação concluído

As etapas são pontos de sincronização de toda a solução. Para obter mais informações, consulte o Guia Planejar , Criar , e Implantar para o BDD 2007.

Nesta etapa, mostrada na Tabela 5, a equipe concluiu as tarefas necessárias e o plano de implantação está concluído.

Tabela 5. Etapas do projeto e descrições dos resultados da fase Planejar

Etapa da fase Planejar

Descrição do resultado final

Proprietário

Cenário de implantação apropriado selecionado

A combinação apropriada de cenários (Novo computador, Atualizar computador e/ou Substituir computador) está identificada.

Desenvolvimento

Método de implantação apropriado selecionado

A combinação apropriada de métodos de implantação (LTI ou ZTI) está selecionada.

Desenvolvimento

A infra-estrutura necessária existe

As tecnologias e a infra-estrutura de pré-requisito existem para a realização da implantação.

Desenvolvimento

Regras de processamento apropriadas determinadas.

As regras de processamento usadas pela ZTI e pela LTI estão configuradas.

Desenvolvimento

Plano de monitoramento concluído

A lista de servidores, serviços e recursos de sistema a serem monitorados foi criada. A freqüência de monitoramento também foi decidida.

Desenvolvimento

Equipes treinadas

Ocorre qualquer treinamento necessário pela equipe de recursos de implantação e de pela equipe de recursos de operações de TI para garantir que ambas as equipes estejam preparadas no momento em que a implantação ocorrer.

Gerenciamento de programa

Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários
Mostrar:
© 2014 Microsoft