Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo
Este artigo foi traduzido manualmente. Coloque o ponteiro do mouse sobre as frases do artigo para ver o texto original. Mais informações.
Tradução
Original

SQL Server Service Broker

O SQL Server Service Broker oferece suporte nativo para aplicativos de mensagens e enfileiramento no Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server. Isso facilita para os desenvolvedores a criação de aplicativos sofisticados que usam os componentes do Mecanismo de Banco de Dados para comunicação entre bancos de dados díspares. Os desenvolvedores podem usar o Service Broker para criar facilmente aplicativos distribuídos e confiáveis.

Os desenvolvedores de aplicativos que usam o Service Broker podem distribuir cargas de trabalho de dados por vários bancos de dados sem programação de comunicação complexa e mensagens internas. Isso reduz o trabalho de desenvolvimento e teste porque o Service Broker controla os caminhos de comunicação no contexto de uma conversa. Isso também melhora o desempenho. Por exemplo, bancos de dados front-end que oferecem suporte a sites podem gravar informações e enviar tarefas intensivas de processamento para enfileiramento em bancos de dados back-end. O Service Broker garante que todas as tarefas sejam gerenciadas no contexto de transações para assegurar a confiabilidade e a consistência técnica.

A documentação de referência do Service Broker está incluída na documentação do SQL Server 2014. Esta documentação de referência inclui as seguintes seções:

Consulte a documentação publicada anteriormente para saber mais sobre conceitos do Service Broker e sobre tarefas de desenvolvimento e gerenciamento. Esta documentação não é reproduzida na documentação do SQL Server 2014 devido ao pequeno número de alterações no Service Broker no SQL Server 2014.

Nenhuma alteração significativa foi introduzida no SQL Server 2014. As alterações a seguir foram introduzidas no SQL Server 2012.

As mensagens podem ser enviadas a vários serviços de destino (multicast)

A sintaxe da instrução SEND (Transact-SQL) foi estendida para habilitar o multicast, oferecendo suporte a vários identificadores de conversa.

Filas expõem o tempo de enfileiramento da mensagem

Filas têm uma nova coluna, message_enqueue_time, que mostra quanto tempo uma mensagem permaneceu na fila.

A manipulação de mensagens suspeitas pode estar desabilitada

As instruções CREATE QUEUE (Transact-SQL) e ALTER QUEUE (Transact-SQL) agora têm a capacidade de habilitar ou desabilitar a manipulação de mensagens suspeitas, adicionando a cláusula, POISON_MESSAGE_HANDLING (STATUS = ON | OFF). A exibição do catálogo sys.service_queues agora tem a coluna is_poison_message_handling_enabled para indicar se a mensagem suspeita está habilitada ou desabilita.

Suporte AlwaysOn no Service Broker

Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários

Contribuições da comunidade

ADICIONAR
Mostrar:
© 2014 Microsoft