Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo
Expandir Minimizar

Gerenciador de Recursos do Servidor de Arquivos da Microsoft

Cartão de Valor de TI

Publicado em: 17 de dezembro de 2005

Logotipo do Showcase de TI


O grupo de Tecnologia da Informação da Microsoft Corporation utiliza o Gerenciador de Recursos do Servidor de Arquivos do Microsoft Windows Server 2003 R2 como ferramenta centralizada para gerenciar servidores de arquivos localizados em filiais por todo o mundo. O Gerenciador de Recursos do Servidor de Arquivos é um conjunto de ferramentas que permite aos administradores entender, controlar e gerenciar a quantidade e os tipos de dados armazenados nos servidores.

Nesta página

Sinopse
Situação
Solução
Notas de Implantação
Vantagens
Práticas recomendadas
Ambiente Global da TI da Microsoft

 

Vantagem

Origem ou Derivação

Administração

50% menos tempo gasto no gerenciamento de servidores de arquivo

Após a implementação de um sistema de cota exata

Hardware

15% de redução nos custos de hardware

Com base na habilidade de medir o uso atual com maior precisão e avaliar a demanda futura

Operações

25% a 50% de pedido de armazenamento nos servidores existentes, em média

Relatórios FSRM sobre Arquivos Acessados com Menor Freqüência Recentemente e envio de mensagens de e-mail automatizadas aos usuários

Operações

Estimativa de redução de armazenamento de 1,8 terabytes

Com base em 55.000 funcionários da Microsoft e cerca de 35.000 parceiros e fornecedores que utilizam recursos da TI da Microsoft, cada um deles excluindo apenas 20 megabytes de dados não utilizados por meio de cotas FSRM. Estima-se que a redução real venha a ser muito maior.

Sinopse

O grupo de TI da Microsoft Corporation (TI da Microsoft) utiliza o FSRM (Microsoft® File Server Resource Manager) como ferramenta centralizada para gerenciar servidores de arquivo localizados em filiais e data centers em todo o mundo. O FSRM, que pode ser encontrado no sistema operacional Microsoft Windows Server™ 2003 R2, ajuda a equipe da TI da Microsoft a melhor monitorar, controlar e gerenciar a quantidade e os tipos de dados armazenados nos servidores da empresa. O Windows Server 2003 R2 é a segunda versão do Windows Server 2003, a base do aplicativo de servidor integrado Windows Server System™.

Situação

A demanda por dados parece crescer sem limites, na medida em que as empresas se tornam cada vez mais eficientes, desde a criação de alternativas digitais até processos e registros feitos anteriormente em papel. Para a equipe da TI da Microsoft — e para administradores de rede e outras empresas — isso significa encarar o desafio de supervisionar uma infra-estrutura de armazenamento maior e mais complexa. Adquirir mais capacidade de armazenamento não é o suficiente. Os administradores de rede também precisam manter controle sobre o tamanho, a disponibilidade e o tipo de dados a serem armazenados. Cada vez mais, os administradores de rede exigem diretivas das empresas em relação ao tipo e à quantidade de dados que podem ser armazenados por usuário ou por grupo. A Microsoft Corporation, uma das maiores empresas de desenvolvimento de software do mundo, opera em 89 países. Assim como em outras grandes empresas, o gerenciamento de servidores de arquivo da Microsoft implantado remotamente em filiais e em outros locais representa um desafio. Administradores de rede em todas as empresas normalmente precisam estar aptos a:

  • Observar uma cota de tamanho para o armazenamento no servidor de arquivos.

  • Observar regras comerciais sobre os tipos de arquivos permitidos em um determinado servidor de arquivos.

  • Monitorar mais atentamente o status dos servidores de arquivos por meio da geração de relatórios.

Solução

A TI da Microsoft está aprimorando sua capacidade de gerenciar dados corporativos por meio da implantação do Microsoft Windows Server 2003 R2 com o FSRM. O FSRM é o novo snap-in do MMC (Microsoft Management Console, Console de Gerenciamento Microsoft) que oferece um conjunto de ferramentas para os administradores de rede utilizarem em servidores e em ambientes de agrupamento de servidores. O FSRM possibilita aos administradores de rede:

  • Estabelecer cotas de tamanho em pastas e volumes.

  • Bloquear arquivos.

  • Gerar relatórios de armazenamento abrangentes.

  • Gerenciar as configurações de agrupamento do servidor.

  • Gerenciar recursos de armazenamento em um servidor remoto.

Cotas de Tamanho em Pastas e Volumes
O recurso de Gerenciamento de Cotas do FSRM fornece à equipe da TI da Microsoft e a outros administradores de rede as ferramentas de criação de cotas para limitar o espaço permitido em um volume ou uma pasta e gerar notificações quando esses limites são aproximados ou excedidos. Valendo-se de modelos de cotas, os administradores de rede podem facilmente definir cotas de armazenamento que serão aplicadas aos volumes e pastas novos ou já existentes em uma empresa. Também é possível aplicar automaticamente os Modelos de Cota a qualquer nova subpasta criada posteriormente. Os administradores de rede podem utilizar o FSRM para criar dois tipos de cotas:

  • Cota Exata (Hard). A cota exata (hard) impede que o usuário salve arquivos após ter excedido o limite de espaço e gera notificações quando o volume de dados atinge os limites configurados. Por exemplo, o FSRM pode ser configurado para que seja gerada uma mensagem de e-mail para o administrador de rede ou para um usuário específico assim que o volume ou pasta atingir 85% da cota, e para que outra mensagem seja gerada quando 100% da cota for atingida. O FSRM também pode ser configurado para gerar entradas de log ou para executar um script que arquive automaticamente, por exemplo, dados antigos para aplicar cotas exatas.

  • Cota Estimada (Soft). A cota estimada (soft) ativa todas as notificações configuradas e outras ações, mas não aplica o limite de cota.

Bloquear Arquivos
O recurso Gerenciamento de Filtragem de Arquivos do FSRM é um mecanismo de filtragem personalizável usado para controlar os tipos de arquivos que podem ser salvos em um volume ou uma pasta. Ele também pode ser configurado para enviar notificações sempre que os usuários tentarem salvar arquivos bloqueados. O FSRM pode ser usado para definir modelos de bloqueio de arquivos que podem ser facilmente aplicados a novos volumes ou novas pastas em toda a empresa, se necessário. A equipe de TI pode também usar o FSRM para criar exceções de bloqueio de arquivo que ampliem a flexibilidade das regras de bloqueio. Por exemplo, a equipe de TI pode criar um bloqueio de arquivo para evitar que usuários armazenem arquivos de áudio e vídeo em pastas pessoais no servidor.

FSRM Figura 1

Figura 1. O recurso de Gerenciamento de Bloqueio de Arquivos do FSRM facilita o bloqueio de vários formatos de arquivo.

O FSRM oferece diversos modelos padrão de bloqueio de arquivos para uso no bloqueio de arquivos de áudio e vídeo, executáveis, de imagem, mensagens de e-mail e outros tipos de dados. Ele também possibilita que a equipe de TI crie filtros personalizados de bloqueio de arquivos. Os modelos configuram bloqueios de arquivo ativos ou passivos e fornecem uma notificação padrão por e-mail.

Gerar Relatórios de Armazenamento Abrangentes
O recurso Gerenciamento de Relatórios de Armazenamento do FSRM permite aos administradores de rede a geração de relatórios de armazenamento por demanda, bem como agendar relatórios periódicos que ajudem a identificar tendências no uso do disco. Os relatórios também podem ser criados para monitorar tentativas de todos os usuários ou de um grupo específico de usuários quanto a salvar arquivos não-autorizados.

Gerenciar Configurações de Agrupamento do Servidor
No caso de implantação em empresas, o FSRM pode ser usado para gerenciar o agrupamento de servidores com até oito nós. Isso é especialmente útil para empresas que oferecem suporte a farms de servidores ou que utilizam agrupamento de servidores para assegurar alta disponibilidade de sistema.

Gerenciar Recursos de Armazenamento em um Servidor Remoto
A equipe de TI pode gerenciar recursos de armazenamento em um servidor remoto conectando-se ao computador de FSRM. Quando conectado, o painel Resultados exibe os objetos criados no computador remoto, permitindo aos administradores de rede gerenciá-los no Console de Gerenciamento Microsoft. É preciso que o computador remoto esteja sendo executado no Windows Server 2003 R2, com o FSRM instalado. Para conectar-se ao servidor remoto, o administrador de rede deve estar conectado em uma conta de domínio que tenha direitos administrativos sobre o computador remoto.

Notas de Implantação

A TI da Microsoft implantou o FSRM em cerca de 180 servidores de arquivo em localidades de empresas em todo o mundo. A maior implantação encontra-se na sede da empresa da Microsoft em Redmond, Washington, onde o FSRM está implantado em um agrupamento de servidor de quatro nós que hospeda 12 terabytes de dados. O agrupamento foi criado utilizando servidores com quatro processadores, cada qual com quatro gigabytes de RAM.

No caso de implantação em filiais, a TI da Microsoft geralmente instalou o FSRM em um único servidor de arquivos, implementando-o em dois servidores em instalações maiores. Todas as implementações do FSRM pela TI da Microsoft seguiram as mesmas etapas básicas:

  • Instalar o Windows Server 2003 R2.

  • Ativar o Gerenciador de Recursos do Servidor de Arquivos.

  • No console FSRM, utilizar os Modelos de Cota para determinar cotas, observando que modelos diferentes podem ser criados de acordo com as necessidades de trabalho do usuário, os tipos de dados e outras classificações.

  • Ajuste de cotas pós-implantação para atender às necessidades reais.


Observação: Embora a Microsoft esteja atualmente administrando as implantações de FSRM localmente, o FSRM pode ser utilizado para gerenciar recursos de armazenamento em um computador remoto por meio do console FSRM.

Vantagens

A TI da Microsoft goza de uma série de vantagens desde a implantação do FSRM, incluindo melhor utilização do armazenamento, menor tempo gasto no gerenciamento de servidores de arquivos, redução dos custos de hardware, maior precisão no controle de cotas, habilidade de bloqueio por tipo de arquivo e menor número de usuários excedendo cotas.

Melhor Utilização do ArmazenamentoPor meio dos relatórios de Arquivos Acessados com Menor Freqüência Recentemente e Arquivos Duplicados, e de mensagens de e-mail automatizadas aos usuários sobre arquivos não-acessados nos últimos dois anos, a equipe da TI da Microsoft descobriu que os usuários excluem dados, liberando de 25% a 50% da capacidade de armazenamento do servidor. As vantagens acumulam-se rapidamente. Se os 55.000 funcionários da Microsoft e os cerca de 35.000 parceiros e fornecedores que utilizam recursos da TI da Microsoft excluírem uma média de apenas 20 megabytes de dados cada, a redução nas necessidades de armazenamento seria de 1,8 terabytes.

Menor Tempo Gasto no Gerenciamento de Servidores de ArquivosA equipe de TI da Microsoft descobriu que, uma vez estabelecidas as cotas exatas, os administradores de rede contam com uma redução de 50% do tempo gasto no gerenciamento de servidores de arquivos.

Redução dos Custos de HardwareA implantação do FSRM pela Microsoft ajudou os administradores de rede a reduzir gastos em novo hardware de servidor de arquivos em estimados 15%, oferecendo uma visão mais precisa do uso atual e das demandas futuras.

Maior Precisão no Controle de Cotas A TI da Microsoft vem se beneficiando com um controle mais preciso de armazenamento do servidor desde a implantação do FSRM. O FSRM oferece maior precisão do que a precisão disponível nos sistemas operacionais Windows® 2000 Server e Windows Server 2003 anteriores, que controlavam o uso de disco por meio de volumes NTFS. A tabela a seguir descreve as vantagens de utilização das ferramentas de gerenciamento de cotas do FSRM em comparação às cotas de disco NTFS.

Recurso de Cota

Gerenciador de Recursos do Servidor de Arquivos

Cotas de Disco NTFS

Controle de Cotas

Por pasta ou por volume

Por usuário em um volume

Cálculo do Uso de Disco

Espaço real em disco

Tamanho de arquivo lógico

Mecanismos de notificação

E-mail, relatórios personalizados, execução de comandos, logs de eventos

Somente logs de eventos

Habilidade de Bloqueio por Tipo de Arquivo
A TI da Microsoft ainda não implementou o bloqueio de arquivos, mas considera a implementação muito importante, especialmente nos dois cenários abaixo:

  • Restrição de Tipos de Arquivo por Servidor. Por exemplo, o Gerenciamento de Bloqueio de Arquivos pode evitar que arquivos executáveis sejam carregados. Isso ajuda na proteção contra vírus, ao mesmo tempo em que fornece uma metodologia para manter os executáveis em locais definidos, onde possam ser atualizados e gerenciados mais facilmente.

  • Aplicação de Diretrizes da Empresa. As empresas podem utilizar o bloqueio de arquivos para ajudar na aplicação de diretrizes contra o download de músicas e arquivos de vídeo não-licenciados e que ocupam espaço.

Menor Número de Usuários Excedendo Cotas
A Microsoft obteve uma redução no número de usuários que excediam a cota, por meio da geração automática de mensagens aos usuários que estiverem se aproximando do limite de espaço alocado de armazenamento em disco. À medida que a Microsoft passou a usar cotas exatas, o problema de usuários excedendo cotas diminuiu proporcionalmente. Em vez de continuar a encher o servidor, os usuários que se aproximam da cota exata optam por usar a memória alocada de maneira mais eficiente ou buscar alocação de armazenamento adicional. A Microsoft também prevê uma redução nas chamadas relacionadas às cotas para o suporte ao cliente.

Práticas recomendadas

Desde a experiência da implantação, a TI da Microsoft recomenda que as empresas levem em consideração algumas práticas, entre elas:

  • Utilize o Modelo de Cotas. Com o Modelo de Cotas é possível criar um limite de cota padrão (por exemplo, 200 megabytes para cada pasta de usuário no servidor) e definir um conjunto padrão de limites de notificações que possa ser aplicado em toda a empresa. O Modelo de Cotas facilita a aplicação de alterações de cotas em toda uma classe de usuários. Se, por exemplo, a decisão for aumentar a cota alocada para cada usuário, o Modelo de Cotas pode ser simplesmente modificado e a opção para atualizar automaticamente todas as cotas baseadas no modelo é selecionada.

  • Execute o Relatório de Arquivos Duplicados. O relatório de Arquivos Duplicados é extremamente útil porque ele não somente lista todos os arquivos duplicados em um volume ou uma pasta como também apresenta dados estatísticos relacionados ao espaço que estes arquivos ocupam no disco. A informação coletada neste relatório pode ser usada para recuperar rapidamente espaço desperdiçado em disco.

Ambiente Global da TI da Microsoft

A empresa Microsoft é ampla, complexa e está em constante mudança. A missão do grupo de TI da Microsoft é bastante singular. Além de administrar um utilitário de ponta que mantém a produtividade dos negócios, sua principal missão é ser o primeiro e o melhor cliente da Microsoft. Isso envolve testar todos os softwares empresariais nos estágios iniciais de desenvolvimento beta, implantando-os em toda a empresa e fornecendo comentários valiosos para que os grupos de produtos possam garantir serviços previsíveis e confiáveis a consumidores, clientes e parceiros. Os dados a seguir dão uma idéia do ambiente em que tudo isso ocorre (os números são aproximados):

  • Cerca de 90.000 usuários de TI

  • Mais de 300.000 computadores e dispositivos

  • Suporte oferecido a mais de 400 sites em todo o mundo

  • Aplicativos LOB (line-of-business, linha de negócios) globais (por exemplo, Siebel, Clarify, MS Sales e World-Wide Sales e Marketing Database)

  • Suporte Virtual Global

  • Sete sites executando o Microsoft Exchange Server em âmbito global

  • 110 servidores executando o Exchange Server

  • 38 servidores de correio eletrônico

  • Mais de 3 milhões de mensagens de e-mail internas por dia

  • Mais de 8,8 milhões de mensagens de e-mail externas por dia

  • Mais de 6,8 milhões de mensagens de e-mail bloqueadas por dia

  • Mais de 7,5 milhões de conexões remotas por mês

For More Information

Para obter mais informações sobre os produtos e serviços da Microsoft nos EUA, ligue para (800) 426-9400. No Canadá, ligue para o Microsoft Canada Information Centre, telefone (800) 563-9048. No Brasil, entre em contato com a Microsoft Informática Ltda., telefone (11) 5853-2345. Para acessar informações na Internet, vá para:
http://www.microsoft.com/technet/itshowcase

Download

Gerenciador de Recursos do Servidor de Arquivos da Microsoft
179 KB
Microsoft Word file

Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários
Mostrar:
© 2014 Microsoft