Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo
2 de 2 pessoas classificaram isso como útil - Avalie este tópico

Volume Activation 2.0 Guia de Operações

para

Windows Vista® e Windows Server® 2008

Microsoft Corporation

Publicado em: março de 2008

Resumo

O Volume Activation 2.0 foi desenvolvido para automatizar e gerenciar o processo de ativação para os clientes de licenciamento por volume. Este documento fornece orientação operacional para os clientes de Licenciamento por volume da Microsoft que implementaram o Volume Activation 2.0 no ambiente de suas organizações.

En esta página

Introdução
Ferramentas de gerenciamento do Volume Activation
    Ferramenta de gerenciamento do Volume Activation (VAMT)
    Systems Management Server (SMS) 2003 SP3
    Suporte à Diretiva de Grupo
Solução de Problemas do Volume Activation
    Etapas para a solução de problemas de ativação do KMS
    Etapas para a solução de problemas de ativação da MAK
Operações do Volume Activation
    Monitoramento da integridade do KMS
    Relatórios de Atividade do KMS
       Trabalhar com hosts KMS do Windows Vista 64 Bits
    Falha do host KMS
    Desativação da Atualização do Windows Anytime para Windows Vista
    Requisitos de Backup
Gerenciamento dos estados de licença
    Recuperação de um estado não-licenciado
    Recuperação do RFM
       Recuperação de um estado não-original
    Ativação de computadores OEM Windows
Apêndice 1: Classes e Propriedades de Licenciamento de Software WMI
    Propriedades da WMI
       Novas propriedades somente no Windows Vista SP1 e Windows Server 2008
    Métodos WMI
    Chaves / Valores de Registro do KMS
    Eventos do KMS registrados no Log de eventos do Window
    Mensagens RPC do KMS
Apêndice 2: Solução de problemas por código de erro

Introdução

Este guia contém informações para auxiliá-lo no gerenciamento de ativações de edições de volume do Windows Vista® e Windows Server® 2008 em seu ambiente. Os tópicos abrangidos incluem ferramentas de gerenciamento disponíveis, solução de problemas, recuperação de estados não licenciados e solução de problemas Não-originais, bem como informações específicas sobre o gerenciamento de cada método de ativação por volume.

Ferramentas de gerenciamento do Volume Activation

Há várias ferramentas disponíveis para monitorar e gerenciar o status de ativação das edições de licença por volume dos Windows Vista e Windows Server 2008.

Ferramenta de gerenciamento do Volume Activation (VAMT)

A VAMT permite gerenciar sistemas ativados por MAK no ambiente. A VAMT coleta dados do Proxy MAK e dos clientes de ativação independente MAK, como informações sobre chaves de produto e estados de licença atuais. A VAMT armazena MAKs em um arquivo CIL (computer information list, lista de informações sobre o computador). Isso permite aos administradores consultar os servidores de ativação da Microsoft® on-line para determinar o número de ativações restantes nas MAKs de uma organização. O CIL é um arquivo XML e pode ser lido usando-se qualquer editor de texto, como o Bloco de notas.

Para obter mais informações sobre a VAMT, consulte o Guia Passo a Passo da VAMT incluído com os arquivos de instalação da VAMT. Faça o download da VAMT em http://go.microsoft.com/fwlink/?LinkID=77533.

Systems Management Server (SMS) 2003 SP3

O Systems Management Server (SMS) 2003 Service Pack 3 (SP3) contém relatórios integrados de inteligência de ativos, que utiliza a WMI (Windows® Management Interface) para gerar relatórios detalhados sobre a ativação de computadores com Windows Vista e Windows Server 2008 ativados por MAK e KMS.

Suporte à Diretiva de Grupo

Não há configurações específicas para a ativação por volume em Diretiva de grupo. Entretanto, todos os dados de configuração e propriedade do VA 2.0 estão acessíveis por meio da WMI e do registro do Windows, podendo ser gerenciados com a Diretiva de grupo.

Solução de Problemas do Volume Activation

Todos os eventos de ativação são registrados. O nome do provedor de eventos de todos os eventos de ativação é Microsoft-Windows-Security-Licensing-SLC. Esses eventos são salvos no log de eventos do aplicativo do Windows, exceto os eventos de atividade do KMS que tenham o número 12290. Esses eventos são salvos no log do Serviço de Gerenciamento de Chaves, localizado na pasta Aplicativos e Serviços folder.

É possível usar Slui.exe para exibir uma descrição da maioria dos códigos de erro relacionados a ativação. Esta é a sintaxe geral deste comando:

Slui.exe 0x2aErrorCode

Por exemplo, se o evento 12293 contiver o código de erro 0x8007267C, é possível exibir uma descrição desse erro executando este comando:

Slui.exe 0x2a 0x8007267C

Etapas para a solução de problemas de ativação do KMS

A tabela abaixo apresenta problemas comuns que podem ocorrer durante ativações do KMS e etapas que podem ser seguidas para resolvê-los.

Tabela 1: Etapas para a solução de problemas comuns de ativação do KMS

Problema

Resolução

O computador está ativado?

Procure Windows ativado no Centro de Boas-Vindas ou no aplicativo Sistema no Painel de controle. Também é possível executar Slmgr.vbs com o parâmetro /dli.

O computador não se ativa.

Verifique se o limite de ativações do KMS foi atendido. Execute Slmgr.vbs com o parâmetro /dli no host KMS para determinar a contagem atual do host. Os clientes Windows Vista se ativam somente quando o KMS tiver contagem de 25. Os clientes KMS do Windows Server 2008 requerem contagem de 5 para serem ativados.

No cliente KMS, procure o evento 12289 no log de eventos do aplicativo.

Verifique no evento:

  • O código do resultado é 0? Qualquer outro resultado é um erro.

  • O nome do host KMS no evento está correto?

  • A porta do KMS está correta?

  • O host KMS está acessível?

  • Se o cliente estiver executando firewall de terceiros, é necessário configurar a porta de saída?

No host KMS, procure o evento 12290 no log de eventos do KMS.

Verifique no evento:

  • O host KMS registrou uma solicitação do computador cliente? Verifique se o nome do cliente KMS está listado. Verifique se há comunicação entre o cliente e o host KMS. O cliente recebeu a resposta? Confirme se os roteadores não bloquearam o tráfego que usa a porta TCP 1688, se a porta padrão está sendo usada e se o tráfego de monitoração de estado para o cliente KMS está permitido.

  • Se nenhum evento estiver registrado no cliente KMS, a solicitação não alcançou o host KMS ou o host não conseguiu processá-la.

O que significa esse código de erro?

Se o script Slmgr.vbs retornar um código de erro hexadecimal ou o evento 12288 contiver um código de resultado além de 0, determine a mensagem de erro correspondente executando este comando:

Slui.exe 0x2a ErrorCode

Os clientes não estão sendo adicionados à contagem do KMS.

É necessário executar sysprep /generalize ou slmgr /rearm para redefinir a ID do computador cliente (CMID) e outras informações de ativação do produto. Caso contrário, todos os computadores clientes parecerão idênticos e o host KMS não os contará como clientes KMS individuais.

Os hosts KMS não conseguem criar registros SRV em um servidor DNS que não seja Microsoft.

O DNS pode restringir o acesso a gravação ou pode não ser compatível com DDNS (dynamic DNS). Nesse caso, é necessário fornecer ao host KMS acesso de gravação no banco de dados do DNS ou criar o registro SRV manualmente. Para obter mais informações sobre isso, consulte o Guia de Implementação do Volume Activation 2.0.

Somente o primeiro host KMS consegue criar registros SRV em um servidor DNS Microsoft.

Se houver mais de um host KMS, os outros hosts não poderão atualizar o registro SRV exceto se as permissões padrão de SRV forem alteradas. Para obter mais informações sobre isso, consulte o Guia de Implementação do Volume Activation 2.0.

Instalei uma chave KMS no cliente KMS.

As chaves KMS devem ser instaladas somente em hosts KMS e não devem ser instaladas em clientes KMS. Execute slmgr.vbs -ipk <SetupKey>. O Guia de Implementação do Volume Activation 2.0 contém uma tabela de chaves de instalação que podem ser usadas para reverter o computador para cliente KMS. Essas chaves são de conhecimento público e são específicas por edição. Lembre-se de excluir os registros desnecessários dos recursos do serviço DNS e reinicie os computadores.

Etapas para a solução de problemas de ativação da MAK

A tabela abaixo apresenta problemas comuns que podem ocorrer durante ativações da MAK e etapas que podem ser seguidas para resolvê-los.

Tabela 2: Etapas para a solução de problemas comuns de ativação da MAK

Problema

Resolução

Como saber se o computador está ativado?

Procure Windows ativado no Centro de Boas-Vindas ou no aplicativo Sistema no Painel de controle. Também é possível executar Slmgr.vbs com o parâmetro /dli.

O computador não se ativa pela Internet.

Confirme se o computador pode acessar a Internet. Confirme e configure as definições necessárias de proxy, usando o navegador da Internet ou o Painel de controle. Se o computador não puder conectar à Internet, use a ativação por telefone.

Falha na ativação pela Internet e por telefone.

Contate o centro de ativação local. Para obter os números de telefone dos centros de ativação em todo o mundo, visite http://go.microsoft.com/fwlink/?LinkId=107418. Ao ligar, será necessário fornecer informações do contrato de Licença por volume e prova de compra.

Slmgr.vbs /ato retorna um código de erro.

Se o Slmgr.vbs retornar um código de erro hexadecimal, determine a mensagem de erro correspondente executando este script:

Slui.exe 0x2a 0x ErrorCode

Operações do Volume Activation

Monitoramento da integridade do KMS

É possível monitorar as ativações do KMS usando o Pacote de gerenciamento do KMS (Serviço de gerenciamento de chaves) para o System Center Operations Manager (Ops Mgr) 2005. O Pacote de gerenciamento do KMS monitora a integridade dos hosts KMS procurando condições de erro e disponibilidade. Ele alerta os administradores sobre problemas potenciais, como falhas de inicialização do KMS, problemas de publicação de SRV do DNS, quando a contagem do KMS cai abaixo dos limites de ativação e quando nenhuma atividade do KMS ocorre por mais de 8 horas.

Para fazer o download do Pacote de Gerenciamento do KMS, consulte o catálogo de produtos do Systems Center Operations Manager, em http://go.microsoft.com/fwlink/?LinkID=110332. Esse download inclui um Pacote de gerenciamento que abrange instalação, configuração e regras inclusas. Vários registros de amostra também estão inclusos, bem como da preparação de dados e processos de indexação.

Relatórios de Atividade do KMS

Se um agente OpsMgr 2005 estiver instalado nos hosts KMS, os dados do log de eventos gerado no host KMS serão coletados e encaminhados para o data warehouse de Operações. Depois, os dados são agregados no data warehouse de operações para que estejam disponíveis para relatórios. A Tabela 3 descreve os relatórios incluídos no Pacote de Gerenciamento do KMS.

Tabela 3: Relatórios inclusos no Pacote de Gerenciamento do KMS

Nome do relatório

Descrição

Resumo da contagem de ativações

Exibe o número de ativações do KMS para cada edição do Windows em uma quantidade de momentos do histórico.

Resumo da máquina virtual

Exibe, por edição do Windows, o número de computadores clientes KMS virtuais e físicos ativados nos últimos 14 dias.

Resumo da atividade do KMS

Exibe novas ativações do KMS para cada edição do Windows no dia anterior. É possível exibir dados de todos os hosts KMS ou adicionar um filtro para exibir dados de um subconjunto de hosts KMS.

Resumo do status de licenciamento

Exibe o número de dias restantes até que o cliente KMS precise renovar sua ativação, bem como o estado de licença de cada cliente KMS que se conectou a um host KMS.

Gráfico de vencimento da máquina

Exibe o número de computadores que estão em períodos de cortesia OOB (Initial/Out of Box), OOT (Out of time)/Expirado ou Não-original e que podem entrar em condição de não licenciados nos próximos 30 dias.

Detalhe do Vencimento da Máquina

Lista os computadores que estão em períodos de cortesia OOB (Initial/Out of Box), OOT (Out of time)/Expirado ou Não-original e que podem entrar em condição RFM nos próximos 7 dias.

Trabalhar com hosts KMS do Windows Vista 64 Bits

O agente OpsMgr 2005 está disponível somente como aplicativo de 32 bits application. Como resultado, as versões de 64 bits do Windows Vista RTM não são automaticamente adicionadas ao grupo do computador KMS definido pelo Pacote de Gerenciamento do KMS. Os hosts do KMS que executam Windows Vista SP1 ou Windows Server 2008 não são afetados por esse problema. Os computadores que não são membros desse grupo não enviam dados ao data warehouse de Operações. Como os relatórios são gerados a partir desse data warehouse, os computadores com versões de 64 bits do Windows Vista não são incluídos automaticamente nos relatórios do pacote de gerenciamento do KMS.

Para resolver esse problema, é possível criar um grupo de computadores personalizado no console do OpsMgr 2005 e adicionar os hosts KMS Windows Vista RTM de 64 bits.

Falha do host KMS

Se um host KMS falhar, será necessário instalar a chave KMS em um novo host e ativá-la. Depois, será necessário confirmar que o novo host KMS tenha um registro de recursos SRV no banco de dados do DNS. Se você instalar o novo host KMS com o mesmo nome de computador e endereço IP do host KMS que falhou, o novo host KMS poderá usar o registro SRV do DNS SRV do host que falhou. Se o novo host tiver nome de computador diferente, será necessário remover manualmente o registro SRV do DNS do host que falhou. Se a rede estiver usando DDNS, o novo host KMS criará automaticamente um novo registro SRV no servidor DNS. O novo host KMS começará a coletar solicitações de renovação e começará a ativar os clientes assim que o limite de ativações do KMS for atingido.

Se os clientes KMS estiverem usando descoberta automática, escolherão automaticamente outro host KMS se seus respectivos hosts KMS originais não responderem às solicitações de renovação. Se você não estiver usando descoberta automática, será necessário atualizar os computadores clientes KMS que foram atribuídos ao host KMS que falhou.

Desativação da Atualização do Windows Anytime para Windows Vista

O programa Atualização do Windows Anytime (WAU) permite que os usuários do Windows Vista Business adquiram a atualização diretamente da Microsoft clicando no link Atualização do Windows Anytime na subpasta Extras e Atualizações do menu Todos os programas. Esse link e o programa estão somente nas edições do Windows Vista Business disponíveis por meio de canais licenciados por volume e de varejo.

Os administradores de sistema podem optar por desativar a WAU para os usuários adicionando um valor de registro à imagem de referência antes de implementar o Windows. Quando a WAU está desativada e um usuário clica em seu link, a mensagem de erro exibida na Figura 1 é exibida. Isso impede que o usuário obtenha uma licença de atualização usando o Painel de controle.

Figura 1: WAU desativada

Cc303695.Volume_Activation_20_Operations_Guide-New_image001.jpg

Aviso    Alguns procedimentos nesta seção contêm alterações no registro. Problemas sérios podem ocorrer se você modificar o registro incorretamente usando o Editor do Registro ou outro método. Esses problemas podem exigir a reinstalação do sistema operacional. A Microsoft não pode garantir que esses problemas possam ser resolvidos. Modifique o registro por sua conta e risco.

Para desativar o link da WAU
  1. Faça logon no computador cliente.

  2. Abra um prompt de comando com privilégio elevado. Para isso, clique em Iniciar, Todos os Programas, Acessórios, clique com o botão direito do mouse em Prompt de Comando e clique em Executar como administrador.

  3. No prompt de comando, digite regedit.exe e pressione Enter.

  4. Vá até
    HKLM\SOFTWARE\Microsoft\Windows\CurrentVersion\Policies\Explorer\WAU. Se necessário, crie as chaves Explorer e WAU. Para criar a chave Explorer, clique com o botão direito do mouse na chave Diretivas, aponte para Novo e clique em Chave. Digite Explorer como nome da nova chave e pressione Enter. Para criar a chave Explorer, clique com o botão direito do mouse na nova chave Explorer, aponte para Novo e clique em Chave. Digite WAU como nome da nova chave e pressione Enter.

  5. No painel de árvore, clique na chave WAU. Clique com o botão direito do mouse no painel de detalhes, aponte para Novo e clique no valor DWORD (32 bits).

  6. Digite Disabled como nome do novo valor e pressione Enter.

  7. Clique com o botão direito do mouse no novo valor Disabled e clique em Modificar.

  8. Na caixa de dados Valor, digite 1 e clique em OK.

  9. Saia do editor do registro.

  10. Conclua a imagem de referência e implemente-a usando técnicas padrão.

Requisitos de Backup

Backup não é requerido para os hosts KMS. Entretanto, se o log de eventos for usado para rastrear ou documentar ativações do KMS, exporte periodicamente o log de eventos do Serviço de gerenciamento de chaves da pasta Logs de Aplicativos e Serviços. Se você usar uma ferramenta para executar limpeza rotineira dos logs de eventos, poderá perder o histórico de ativações armazenado nos logs. Se você usar o System Center Operations Manager 2005, os dados do log de eventos serão coletados e armazenados no data warehouse de Operações para relatórios, portanto nenhum backup do log de eventos será necessário.

Gerenciamento dos estados de licença

O parâmetro /dli (exibir informações sobre a licença) do Slmgr.vbs exibem o estado de licença atual dos computadores com Windows Vista e Windows Server 2008. O resultado desse parâmetro também inclui informações gerais sobre a licença atual, o tempo restante antes do vencimento e o tempo restante no período de cortesia.

Este é um exemplo das informações exibidas quando o script Slmgr.vbs /dli é executado em um cliente KMS.

Nome: Windows(TM) Vista, Enterprise Edition

Descrição: Windows Operating System - Vista, ENVIRONMENT channel

Chave de produto Parcial: RHXCM

Status da licença: Licenciado

Vencimento da ativação por volume: 43162 minutos (29 dias)

Data de término da avaliação: 11/29/2007 4:59:59 PM


Informações sobre o cliente do Serviço de Gerenciamento de Chaves

    

Identificação da Máquina Cliente (CMID): 45d450a8-2bef-4f04-9271-6104516a1b60

    

Descoberta automática de DNS: Nome do KMS não disponível no DNS

    

PID estendida da máquina KMS: 11111-00140-008-805425-03-1033-5384.0000-1752006

    

Intervalo de ativação: 120 minuto(s)

    

Intervalo de renovação: 10080 minuto(s)

Este é um exemplo das informações exibidas quando o script Slmgr.vbs /dli é executado em um host KMS.

Nome: Windows(TM) Vista, Enterprise Edition

Descrição: Windows Operating System - Vista, ENVIRONMENT channel

Chave de produto Parcial: RHXCM

Status da licença: Licenciado

Vencimento da ativação por volume: 43162 minutos (29 dias)

Data de término da avaliação: 11/29/2007 4:59:59 PM


O Serviço de Gerenciamento de Chaves está ativado nesta máquina

    

Contagem atual: 7

    

Escutando na porta: 1688

    

Publicação de DNS: Ativado

    

Prioridade do KMS: Normal

Mais informações detalhadas sobre licenciamento estão disponíveis usando o parâmetro /dlv. Este é um exemplo das informações exibidas quando o script Slmgr.vbs /dlv é executado em um host KMS.

Versão do serviço de licenciamento de software: 6.0.5384.4

ActivationID: 14478aca-ea15-4958-ac34-359281101c99

ApplicationID: 55c92734-d682-4d71-983e-d6ec3f16059f

PID estendida: 11111-00140-009-000002-03-1033-5384.0000-1942006

ID da instalação: 000963843315259493598506854253663081409973656140419231

Observação    Ambos os comandos /dli e /dlv funcionam quando executados em computadores ativados comerciais e OEM. Para obter mais informações sobre os métodos de ativação disponíveis e estados de licença possíveis, consulte o Guia de Implementação do Volume Activation 2.0.

Recuperação de um estado não-licenciado

Esta seção fornece uma descrição da experiência do usuário quando um computador com Windows Vista ou Windows Server 2008 falha no estado não licenciado ou de notificação, e a descrição das opções para retornar o computador a um estado licenciado.

Recuperação do RFM

O RFM se aplica somente aos sistemas que executem instâncias do Windows Vista RTM. Quando um sistema está no RFM, ao fazer logon, o usuário vê uma caixa de diálogo, exibida na Figura 2. É recomendável que o sistema seja ativado ou passe para um período de cortesia antes da aplicação do Windows Vista Service Pack 1 (SP1).

Figura 2: Caixa de diálogo do RFM (aplicável somente ao Windows Vista RTM)

Cc303695.Volume_Activation_20_Operations_Guide-New_image002.jpg

A opção escolhida pelo usuário dependerá do método de ativação desejado.

  • Clicar em Ativar o Windows on-line agora resulta em o sistema tentar conectar-se a um host KMS ou aos serviços de ativação hospedados Microsoft, dependendo se o sistema estiver configurado como cliente KMS ou se tiver uma MAK instalada.

  • Os usuários que precisarem adquirir uma chave de produto devem clicar em Adquirir uma nova chave do produto online.

  • Os usuários que tiverem outra chave de produto, como uma MAK, devem clicar em Digite novamente a chave do produto.

  • Os usuários que não tiverem conexão à Internet devem clicar em Mostrar outros métodos de ativação para usar a ativação por telefone. Essa opção não estará disponível se uma conexão à Internet for detectada no sistema.

No Windows Vista SP1 e Windows Server 2008, o RFM foi removido do produto e substituído por uma experiência baseada em notificações.

É possível retornar um cliente ao estado de ativação inicial da licença atual usando o script Slmgr.vbs com a opção /rearm. Essa opção redefine o timer de ativação do computador e reinicializa alguns parâmetros de ativação, como a CMID (client computer ID) do cliente KMS.

O número de vezes em que é possível redefinir os timers de ativação é limitado e depende de quantas vezes sysprep /generalize foi executado para criar a mídia de distribuição. O número máximo de redefinições possíveis do Windows Vista Business e Windows Server 2008 é três. É possível redefinir o Windows Vista SP1 Enterprise edition cinco vezes.

Recuperação de um estado não-original

Se uma chave KMS ou MAK for perdida ou usada incorretamente, a chave de produto poderá ser marcada como Não-original e inválida para ativação. Nesse caso, a chave de produto verificada durante a validação será considerada inválida e haverá falha na validação do sistema. Uma marca d’água será adicionada à área de trabalho e notificações periódicas serão exibidas para lembrar o usuário de validar o status de licença do sistema. Além disso, o computador pode entrar em um período de cortesia de estado não-original de 30 dias. Isso permitirá o tempo necessário para obtenção de uma nova chave de produto.

Quando evidências de violação do sistema são detectadas, o sistema entra em estado Não-original ou de violação dependendo da adulteração. Se o computador tiver arquivos adulterados, o melhor modo de recuperação é reinstalar o sistema operacional e reativá-lo. Se um host ou cliente KMS estiver marcado como Não-original devido a uma chave de produto comprometida, você deve substituir a chave KMS em todos os hosts KMS configurados com essa chave. Depois, será possível forçar uma reativação imediata dos clientes KMS usando Slmgr.vbs /ato ou permitir que os clientes se reativem de acordo com o agendamento de renovação da ativação. Se a chave original estiver comprometida em um computador ativado por MAK, será necessário instalar uma nova MAK.

Antes de poder recuperar após uma falha de validação, primeiro é necessário determinar porque houve falha na validação do computador, depois é possível seguir as etapas de recuperação apropriadas. Comece procurando no log de eventos do aplicativo a ID de evento 8209. O motivo da falha na validação estará listado nesse evento.

Após um computador ser reativado, ele deve visitar o site Software Microsoft Original em http://go.microsoft.com/fwlink/?LinkId=64187 para que a validação passe do estado Não-original para Original.

Ativação de computadores OEM Windows

Os Windows Vista e Windows Server 2008 têm direitos de utilização diferentes de acordo com o canal utilizado em sua aquisição. Geralmente, os direitos de utilização do produto para produtos licenciados OEM (Original Equipment Manufacturer) proíbem a conversão de uma instalação OEM de um sistema operacional em uma instalação licenciada por volume. No entanto, há exceções. Se uma das exceções se aplicar, é possível alterar uma versão OEM do Window Vista ou Windows Server 2008 para uma versão licenciada por volume.

Uma exceção que permite a alteração de uma instalação OEM para uma instalação licenciada por volume é se a Garantia de Software for adquirida em 90 dias da compra do produto OEM. Essa exceção se aplica somente aos Windows Vista ou Windows Server 2008. Outra exceção é se o produto OEM for o mesmo para o qual você tenha um contrato de licenciamento por volume. Os clientes de licenciamento por volume têm direitos de criar novas imagens e podem ser elegíveis a atualizar uma instalação OEM usando a mídia de licenciamento por volume. Para obter mais informações sobre direitos de imagem, consulte http://go.microsoft.com/fwlink/?LinkId=110334.

Os computadores obtidos por meio de canais OEM que tenham uma tabela ACPI_SLIC no BIOS do sistema precisam ter um marcador válido do Windows na mesma tabela ACPI_SLIC. A aparência do marcador do Windows é importanta para os clientes de licença por volume que planejem usar a mídia de licença por volume do Windows Vista para recriar a imagem ou atualizar um sistema OEM por meio de direitos de recriação de imagem contidos no contrato de licença por volume. Os computadores que têm uma tabela ACPI_SLIC sem um marcador válido do Windows geram um erro quando uma edição de volume do Windows Vista é instalada.

Não é possível ativar esses sistemas com o KMS, mas é possível ativá-los usando uma MAK ou chave comercial. Também é possível contatar o OEM para obter uma placa-mãe que contenha um marcador válido do Windows na tabela ACPI_SLIC ou adquirir novos computadores que tenham sistema operacional e BIOS válido instalados.

Apêndice 1: Classes e Propriedades de Licenciamento de Software WMI

O VA 2.0 usa Slmgr.vbs para fazer alterações de configuração. O Slmgr.vbs usa a WMI para acessar classes e propriedades da WMI.

Propriedades da WMI

Privilégio requerido: Usuário padrão

Classe

Nome

Tipo

Descrição

Escopo

Exemplos

Slmgr

SoftwareLicensingProduct

ApplicationID

string

Identificação do aplicativo atual do produto.

Todas

55c92734-d682-4d71-983e-d6ec3f16059f

 

SoftwareLicensingProduct

Descrição

string

Descrição do produto

Todas

Windows Operating System - Vista, VOLUME_KMSCLIENT channel

did

SoftwareLicensingProduct

EvaluationEndDate 

datetime

Data de vencimento do aplicativo desse produto. Após essa data, LicenseStatus mudará para Não licenciado e o produto não poderá ser ativado.

Todas

8/29/2007 4:59:59 PM [formatted]

dli

SoftwareLicensingProduct

GracePeriodRemaining

uint32

Tempo restante em minutos para que o aplicativo pai torne-se não licenciado.  Para os clientes de volume, esse é o tempo restante para que a reativação seja requerida.

Todas

43193

dli

SoftwareLicensingProduct

ID

string

Identificador do produto

Todas

14478aca-ea15-4958-ac34-359281101c9

did, ato

SoftwareLicensingProduct

LicenseDependsOn

string

Identificador de dependência da família de SKUs usadas para determinar relacionamentos de licença dos complementos.

Todas

14478aca-ea15-4958-ac34-359281101c8

 

SoftwareLicensingProduct

LicenseFamily

string

Identificador de família de SKUs usadas para determinar relacionamentos de licença dos complementos.

Todas

14478aca-ea15-4958-ac34-35928110112

 

SoftwareLicensingProduct

LicenseIsAddon

boolean

Indica verdadeiro se o produto estiver identificado como licença de complemento.

Todas

TRUE

 

SoftwareLicensingProduct

LicenseStatus

uint32

Status de licença do aplicativo desse produto.  0=Não licenciado, 1=Licenciado, 2=OOBGrace, 3=OOTGrace, 4=NonGenuineGrace.

Todas

1

dli

SoftwareLicensingProduct

MachineURL

string

URL do servidor de licenciamento de software do certificado de vinculação.

Varejo, MAK,

KMS

http://go.microsoft.com/fwlink/?LinkId=51099

dli

SoftwareLicensingProduct

Nome

string

Nome do Produto

Todas

Windows(TM) Vista, Enterprise Edition

ato, dli

SoftwareLicensingProduct

OfflineInstallationId

string

Identificador de instalação offline do aplicativo desse produto. Usado para ativação offline. Retorna nulo se a chave de produto não estiver instalada.

Varejo, MAK, KMS

000963843315259493598506854253663081409973656140419231

atp, dli

SoftwareLicensingProduct

PartialProductKey 

string

Últimos cinco caracteres da chave desse produto. Retorna nulo se a chave de produto não estiver instalada.

Todas

RHXCM

dli

SoftwareLicensingProduct

ProcessorURL 

string

URL do servidor de licenciamento de software do certificado de processo.

Varejo, MAK, KMS

http://go.microsoft.com/fwlink/?LinkId=51098

dli

SoftwareLicensingProduct

ProductKeyID 

string

ID da chave de produto. Retorna nulo se a chave de produto não estiver instalada.

Todas

11111-00140-009-000002-03-1033-5378.0000-1262006

dli

SoftwareLicensingProduct

ProductKeyURL

string

URL do servidor de licenciamento de software do certificado do produto.

Varejo, MAK, KMS

http://go.microsoft.com/fwlink/?LinkId=51100

dli

SoftwareLicensingProduct

UseLicenseURL

string

URL do servidor de licenciamento de software da licença do usuário.

Varejo, MAK, KMS

http://go.microsoft.com/fwlink/?LinkId=51101

dli

SoftwareLicensingService

ClientMachineID

string

Identificador único desse computador cliente KMS. O cliente KMS gera a CMID na primeira vez em que tenta conectar-se ao Serviço de Gerenciamento de Chaves. CMID = NULL normalmente.

Cliente KMS

387c843f-9cb6-4176-bfcd-82129c770b55

dli

SoftwareLicensingService

IsKeyManagementServiceMachine

uint32

Indica se o computador está com o Serviço de Gerenciamento de Chaves ativado: 1 para verdadeiro, 0 para falso.

KMS

1

dli

SoftwareLicensingService

KeyManagementServiceCurrentCount

uint32

Contagem de clientes de volume atualmente ativos. -1 indica que o computador não está ativado como Serviço de Gerenciamento de Chaves ou não recebeu nenhuma solicitação de licenciamento de clientes.

KMS

50

dli

SoftwareLicensingService

KeyManagementServiceFailedRequests

uint32

Contagem total de solicitações do KMS.

KMS

50

dlv

SoftwareLicensingService

KeyManagementServiceLicensedRequests

uint32

Contagem de solicitações do KMS dos clientes com Status de licença 1=Licenciado.

KMS

50

dlv

SoftwareLicensingService

KeyManagementServiceMachine

string

Nome registrado do computador do Serviço de Gerenciamento de Chaves. Retorna nullo se SetKeyManagementServiceMachine não tiver sido chamado.

Cliente KMS

kms01.contoso.com

dli

SoftwareLicensingService

KeyManagementServiceNonGenuineRequests

uint32

Contagem de solicitações do KMS dos clientes com Status de licença 4=NonGenuineGrace.

KMS

50

dlv

SoftwareLicensingService

KeyManagementServiceOOBGraceRequests

uint32

Contagem de solicitações do KMS dos clientes com Status de licença 2=OOBGrace.

KMS

50

dlv

SoftwareLicensingService

KeyManagementServiceOOTGraceRequests

uint32

Contagem de solicitações do KMS dos clientes com Status de licença 3=OOTGrace.

KMS

50

dlv

SoftwareLicensingService

KeyManagementServiceProductKeyID 

string

ID da chave de produto do Serviço de Gerenciamento de Chaves. Retorna nulo se não aplicável.

Cliente KMS

11111-00140-008-800002-03-1033-5358.0000-1102006

 

SoftwareLicensingService

KeyManagementServiceTotalRequests

uint32

Contagem total de solicitações válidas do KMS.

KMS

50

dlv

SoftwareLicensingService

KeyManagementServiceUnlicensedRequests

uint32

Contagem de solicitações do KMS dos clientes com Status de licença 0=Não licenciado.

KMS

50

dlv

SoftwareLicensingService

PolicyCacheRefreshRequired 

uint32

Sinalizador que indica se o cache da diretiva de licenciamento está obsoleto.  1=Atualização requerida, 0=não requerida.

Todas

0

dli

SoftwareLicensingService

RequiredClientCount 

uint32

Número mínimo de clientes requeridos para conexão a um computador do Serviço de Gerenciamento de Chaves para ativar o licenciamento de volume.

Cliente KMS

25

 

SoftwareLicensingService

Versão

string

Versão do Serviço de licenciamento de software.

Todas

6.0.5378.0

dlv

SoftwareLicensingService

VLActivationInterval

uint32

Freqüência de ativação, em minutos, de quantas vezes o computador atual deve contatar o computador do Serviço de Gerenciamento de Chaves até o cliente estar licenciado.

KMS, cliente KMS

120

dli

SoftwareLicensingService

VLRenewalInterval

uint32

Freqüência de renovação, em minutos, de quantas vezes o computador atual deve contatar o computador do Serviço de Gerenciamento de Chaves após o cliente estar licenciado.

KMS, cliente KMS

10080

dli

Novas propriedades somente no Windows Vista SP1 e Windows Server 2008

SoftwareLicensingService

LicenseStatusReason

uint32

O motivo HRESULT do status da licença atual.

Todas

0xHC004F009

 

SoftwareLicensingProduct

LicenseStatus

uint32

Status de licença do aplicativo desse produto.  0=Não licenciado, 1=Licenciado, 2=OOBGrace, 3=OOTGrace, 4=NonGenuineGrace.

5=Notificação

Todas

1

dli

SoftwareLicensingService

KeyManagementServiceNotificationRequests

uint32

Contagem de solicitações do KMS dos clientes com Status de licença 5=Notificação.

KMS

50

dlv

Métodos WMI

Aplicam-se a todos os licenciamentos, não apenas ao licenciamento por volume.

Privilégio requerido: Administrador

Observação: Aplicado pelo Serviço de Licenciamento de Software e ACLs do registro. A substituição do registro no Windows Vista permite a um usuário padrão chamar métodos específicos. Estes são designados com (*) após o nome do método. Para isso, o administrador deve criar e definir este novo valor do registro:

  • HKLM\SOFTWARE\Microsoft\Windows NT\CurrentVersion\SL

  • Nome do valor: UserOperations

  • Tipo: DWORD

  • Dados do valor: 1

Aviso:    Problemas sérios podem ocorrer se você modificar o registro incorretamente usando o Editor do Registro ou outro método. Esses problemas podem exigir a reinstalação do sistema operacional. A Microsoft não pode garantir que esses problemas possam ser resolvidos. Modifique o registro por sua conta e risco.

Classe

Nome

Tipo

Parâmetros

Descrição

Escopo

SoftwareLicensingService

InstallProductKey*

unit32

[in] string ProductKey

Instale uma chave de produto.

Todas

SoftwareLicensingService

InstallLicense*

uint32

[in] string License

Instale uma licença para o produto atual.

Todas

SoftwareLicensingService

InstallLicensePackage*

uint32

[in] string LicensePackage

Instale um pacote de licenças para o produto atual.

Todas

SoftwareLicensingService

SetKeyManagementServiceMachine

uint32

[in] string MachineName

Define o nome do computador do Serviço de Gerenciamento de Chaves a ser usado pelo Volume Activation.

Cliente KMS

SoftwareLicensingService

ClearKeyManagementServiceMachine

uint32

 

Limpa o nome do computador do Serviço de Gerenciamento de Chaves.

Cliente KMS

SoftwareLicensingService

SetVLActivationInterval

uint32

[in] uint32 ActivationInterval

Freqüência de ativação, em minutos, de quantas vezes o computador atual deve contatar o computador do Serviço de Gerenciamento de Chaves até o cliente estar licenciado. A freqüência deve ser superior ou igual a 15 e inferior ou igual a 43200. Um erro será retornado se o método for chamado e o computador não for o Serviço de Gerenciamento de Chaves.

KMS

SoftwareLicensingService

SetVLRenewalInterval

uint32

[in] uint32 RenewalInterval

Freqüência de renovação, em minutos, de quantas vezes o computador atual deve contatar o computador do Serviço de Gerenciamento de Chaves após o cliente estar licenciado. A freqüência deve ser superior ou igual a 15 e inferior ou igual a 43200. Um erro será retornado se o método for chamado e o computador não for o Serviço de Gerenciamento de Chaves.

KMS

SoftwareLicensingService

ClearProductKeyFromRegistry

uint32

 

Remova a chave de produto do registro.

Todas

SoftwareLicensingService

ReArmWindows*

uint32

 

Redefina o status de licenciamento do computador.

Todas

SoftwareLicensingService

RefreshLicenseStatus*

uint32

 

Atualize o status de licenciamento do computador para que os aplicativos tenham acesso às informações atuais sobre licenciamento.

Todas

SoftwareLicensingService

AcquireGenuineTicket

uint32

[in] string TemplateId,

[in] string ServerUrl

Adquira um tíquete original on-line.

Todas

SoftwareLicensingProduct

UninstallProductKey

unit32

 

Desinstale essa chave de produto.

Todas

SoftwareLicensingProduct

Activate* 

uint32

 

Ativa esse produto.

Todos exceto OEM_SLP

SoftwareLicensingProduct

DepositOfflineConfirmationId*

uint32

[in] string InstallationId

Ativa esse produto depositando um Identificador de Confirmação Offline desse produto durante a ativação por telefone.

Varejo, MAK, KMS

Chaves / Valores de Registro do KMS

Caminho do Registro: HKLM\SOFTWARE\Microsoft\Windows NT\CurrentVersion\SL

Valor

Tipo

Descrição

Escopo

DisableDnsPublishing

REG_DWORD

Defina em um valor além de zero para bloquear a publicação automática de DNS.

KMS

EnableKmsLowPriority

REG_DWORD

Defina em um valor além de zero para minimizar a contenção do KMS em um ambiente co-hospedado. Observe que isso pode levar o KMS à privação, dependendo de quais outros aplicativos ou funções do servidor estiverem ativas. Use com cuidado.

KMS

KeyManagementServiceName

REG_SZ

Defina esse valor para forçar o uso de um sistema KMS específico pelo cliente KMS. Sem padrão. (Observação: slmgr -skms <KMS> faz essa definição)

Cliente KMS

KeyManagementServicePort

REG_SZ

Defina esse valor para forçar o uso de uma porta TCP específica pelo cliente KMS quando se comunicar com um KMS. Sem padrão.

Cliente KMS

KeyManagementServiceListeningPort

REG_SZ

Defina isso no computador KMS para fazer com que os clientes que usam descoberta automática de DNS comuniquem-se por essa porta. Sem padrão.

KMS

DnsDomainPublishList

REG_MULTI_SZ

Crie uma lista de domínios totalmente qualificados que o KMS usará para publicar automaticamente o registro SRV. O domínio inicial do KMS sempre é usado, portanto não é necessário incluí-lo aqui. Depende da configuração de DisableDnsPublishing.

KMS

VLActivationInterval

REG_DWORD

Inicialmente definido nos clientes e servidores MSC. Padrão = 120 (em minutos, 2 horas). A WMI é compatível com definição de método, mas funciona apenas em computadores ativados por KMS.

O cliente KMS inicialmente obtém esse intervalo no registro, mas alterna para a configuração do KMS após receber a primeira resposta do KMS.

KMS

VLRenewalInterval

REG_DWORD

Inicialmente definido nos clientes e servidores MSC. Padrão = 10080 (em minutos, 7 dias). A WMI é compatível com definição de método, mas funciona apenas em computadores ativados por KMS.

O cliente KMS inicialmente obtém esse intervalo no registro, mas alterna para a configuração do KMS após receber a primeira resposta do KMS.

KMS

KeyManagementServiceVersion

REG_SZ

Defina para descoberta automática de MOM do Serviço de Gerenciamento de Chaves (o padrão atual é usar a propriedade da versão SoftwareLicensingService da WMI). Exclua esse valor se o KMS não mais estiver funcional no computador.

KMS

UserOperations

REG_DWORD

Crie e defina em 1 para permitir que usuários padrão instalem chaves de produto, ativem e rearmem computadores. Com essa configuração do registro ativada, todas as solicitações de instalação de chave de produto, ativação e rearmar devem ser feitas usando o script integrado Slmgr.vbs.

Todos (não apenas KMS)

Caminho do Registro: HKLM\SOFTWARE\Microsoft\Windows NT\CurrentVersion\SL\Activation

Valor

Tipo

Descrição

Escopo

Manual

REG_DWORD

0 = Permitir ativação automática (Padrão)

1 = Desativar ativação automática

Todos (não apenas KMS)

NotificationDisabled

REG_DWORD

0 = Os avisos e balões de ativação serão exibidos (Padrão)

1 = Todos os avisos de ativação relacionados serão ocultos. Não recomendado

Todos (não apenas KMS)

Caminho do Registro: HKCU\SOFTWARE\Microsoft\Windows NT\CurrentVersion\SL

Fisicamente em HKUsers\S-1-5-20\SOFTWARE\Microsoft\Windows NT\CurrentVersion\SL

(S-1-5-20 é NetworkService SID bem conhecida)

Valor

Tipo

Descrição

Escopo

KeyManagementServiceRegisteredDomainName

REG_SZ

Nome do domínio em cache quando o KMS está ativado. Usado principalmente quando o domínio do computador KMS é alterado para publicar novamente o RR do DNS. Sem padrão. Essa é a configuração do registro do KMS.

KMS

KeyManagementServiceRegisteredHostName

REG_SZ

Nome do host em cache quando o KMS está ativado. Usado principalmente quando o nome do computador KMS é alterado para publicar novamente o RR do DNS. Sem padrão. Essa é a configuração do registro do KMS.

KMS

KeyManagementServiceRegisteredPortNumber

REG_SZ

Número da porta em cache quando o KMS está ativado. Usado principalmente quando o nome do computador KMS é alterado para publicar novamente o RR do DNS. Sem padrão. Essa é a configuração do registro do KMS.

KMS

DiscoveredKeyManagementServiceName

REG_SZ

Nome do computador KMS em cache por meio de descoberta no cliente KMS. Sem padrão.

Cliente KMS

DiscoveredKeyManagementServicePort

REG_SZ

Número da porta KMS em cache por meio de descoberta no cliente KMS. Sem padrão.

Cliente KMS

CustomerPID

REG_SZ

CSVLK PIDX em cache após o cliente KMS ser ativado. A ser usado pelos Serviços de Suporte Técnico. Sem padrão.

Cliente KMS

Eventos do KMS registrados no Log de eventos do Windows

Nome do arquivo de log (exceto 12290):  Logs dos Aplicativos do Windows

Nome do arquivo de log 12290):  Serviço de gerenciamento de logs de Aplicativos e Serviços\Chave

Nome do provedor do evento:  Microsoft-Windows-Security-Licensing-SLC

Nome de origem:  Serviço de Licenciamento de Software

EventID

Registrado por

Descrição

Mensagem

Parâmetros

Campos inclusos em seqüência delimitada por vírgulas

Exemplos

 

 

 

 

NomeDescrição

 

12288

Cliente

Falha ao gerar a solicitação ou após o envio da RPC (cliente)

O cliente enviou uma solicitação de ativação ao computador do serviço de gerenciamento de chaves.%nInformação:%n%1

HRESULT

Código de retorno

0x0,

 

 

 

 

Status

Sinalizadores (nota 1)

0x8,

 

 

 

 

Server:Port

Name:port

kms01.contoso.com:1688

 

 

 

 

CMID

Identificação da máquina cliente

08c3bda0-c556-4b61-9e4e-7bf6d4df80be,

 

 

 

 

Hora do cliente

Carimbo de data/hora da solicitação

2006/1/14 2:30,

 

 

 

 

Informação de VM

Não usado

1,

 

 

 

 

Status do licenciamento

Status da licença

0 – Não licenciado

1 - Licenciado (Ativado)

2 - Cortesia OOB

3 - Cortesia OOT

4 - Cortesia não original

2,

 

 

 

 

Prazo de vencimento

Tempo restante (minutos)

40123,

 

 

 

 

ActID

ID de ativação – identifica a licença

cf67834d-db4a-402c-ab1f-2c134f02b700,

 

 

 

 

N-Policy

O cliente com contagem mínima precisa ser ativado

25

12289

Cliente

Após a validação da resposta do KMS (cliente)

O cliente processou uma resposta de ativação do computador do serviço de gerenciamento de chaves.%nInformação:%n%1

HRESULT

Código de retorno

0x0,

 

 

 

 

Status

Sinalizadores (nota 1)

0x4000008,

 

 

 

 

fBound

Sinalizador ativado

0,

 

 

 

 

Não usado

Não usado - ignorar

0,

 

 

 

 

Contagem

Contagem atual do KMS

4,

 

 

 

 

Intervalo de ativação

Intervalo de solicitação quando não ativado (minutos)

120,

 

 

 

 

Intervalo de renovação

Intervalo de solicitação quando ativado (minutos)

10080,

 

 

 

 

Hora do cliente

Carimbo de data/hora da solicitação

1/14/2006 2:30

12290

KMS

Log do servidor KMS de cada solicitação

Uma solicitação de ativação foi processada.%nInformação:%n%1

HRESULT

Código de retorno

0x0,

 

 

 

 

N-Policy

A contagem mínima de produtos do cliente precisava ser ativada

25,

 

 

 

 

Máquina

Nome do computador cliente

kms03.site5.contoso.com,

 

 

 

 

CMID

Identificação da máquina cliente

e5c98033-aab6-4d0b-9af9-1d399597dd56,

 

 

 

 

Hora do cliente

Carimbo de data/hora da solicitação

2006/1/14 22:36,

 

 

 

 

Informação de VM

O SO do cliente está sendo executado em uma máquina virtual

1,

 

 

 

 

Status do licenciamento

Status da licença

0 – Não licenciado

1 - Licenciado (Ativado)

2 - Cortesia OOB

3 - Cortesia OOT,

4 - Cortesia não original

2,

 

 

 

 

Prazo de vencimento

Tempo restante (minutos)

40123,

 

 

 

 

ActID

ID de ativação – identifica a licença

cf67834d-db4a-402c-ab1f-2c134f02b700

12291

KMS

Falha de inicialização do KMS

O cliente licenciado por volume não pode inicializar o timer de renovação do Serviço de Gerenciamento de Chaves.%nInformação:%n%1

HRESULT

Código de retorno

 

12292

KMS

Falha na inicialização do timer de renovação

Falha do Serviço de Gerenciamento de Chaves (KMS) ao inicializar o timer de renovação.%nInformação:%n%1

HRESULT

Código de retorno

 

12293

KMS

Falha na publicação do DNS-RR

Falha ao publicar o Serviço de Gerenciamento de Chaves (KMS) no DNS no domínio '%2'.%nInformação:%n%1

P1: HRESULT

P2: Domínio DNS

P1: Código de retorno

P2: Nome do domínio DNS

12294

KMS

Êxito na publicação do DNS-RR

Êxito na publicação do Serviço de Gerenciamento de Chaves (KMS) no DNS no domínio '%1'.%n

Domínio DNS

Nome do domínio DNS

 

Sinalizadores:

  • SL_VL_BINDING_STATUS_OTHER_PC    0x00000008

  • SL_VL_BINDING_ERROR_NO_BINDING_SERVER_REGISTRATION    0x01000000

  • SL_VL_BINDING_ERROR_INVALID_REGISTRATION_DATA_TYPE        0x02000000

  • SL_VL_BINDING_ERROR_NOT_ENOUGH_COUNT    0x04000000

  • SL_VL_BINDING_ERROR_NOT_WINDOWS_SLP    0x08000000

O primeiro é apenas um aviso: Definido para E_SLP_MISSING_ACPI_SLIC para verificação de OEM. Os demais são códigos de status do código de erro.

Mensagens RPC do KMS

Solicitação RPC

Nome

Tipo

Tamanho

[bytes]

Descrição

Versão

DWORD

4

Controle de versão da solicitação

VMInfo

DWORD

4

Instância da máquina virtual se não for zero

LicenseStatus

DWORD

4

Status do licenciamento

0 – Não licenciado

1 - Licenciado (Ativado)

2 - Cortesia OOB

3 - Cortesia OOT

4 - Cortesia não original

BindingExpiration

DWORD

4

Intervalo até o vencimento (minutos)

AppID

UUID

16

ID do Aplicativo

ActID

UUID

16

ID de configuração da ativação (Produto)

KMSID

UUID

16

ID do Serviço de Gerenciamento de Chaves

CMID

UUID

16

Identificação da máquina cliente

N-Policy

DWORD

4

Diretiva N-Policy

ClientTime

FILETIME

8

Carimbo de data/hora da solicitação do cliente

CMID_prev

UUID

16

Identificação anterior da máquina cliente

MachineName

STRING

128

Nome de domínio totalmente qualificado do computador cliente

MAC

BLOB

16

Blob MAC de todos os dados acima

Total

 

252

Tamanho da solicitação

Resposta RPC

Nome

Tipo

Tamanho

[bytes]

Descrição

Versão

DWORD

4

Controle de versão da solicitação

Tamanho da PID

DWORD

4

Tamanho da PID

Dados da PID

BYTE

Variável

ID da Chave de produto do KMS. A seqüência unicode inclui terminador nulo (exemplo: “11111-00116-106-000474-00-1033-5231.0000-2782005”  tamanho: 98 (0x62))

CMID

UUID

16

Identificação da máquina cliente

ClientTime

FILETIME

8

Carimbo de data/hora da solicitação do cliente

Contagem

DWORD

4

Contagem atual do KMS

VLActivationInterval

DWORD

4

Diretiva do intervalo de ativação

VLRenewalInterval

DWORD

4

Diretiva do intervalo de renovação

MAC

BLOB

16

Blob MAC de todos os dados acima

Total

 

60 + PID (70+98=158 por exemplo)

 

Apêndice 2: Solução de problemas por código de erro

A tabela abaixo oferece ajuda para a solução de problemas durante o uso de edições de volume dos sistemas operacionais Windows Vista e Windows Server 2008.

Código de erro

Mensagem de erro

Tipo de Ativação

Causa possível

Etapas da solução de problemas

0xC004C001

O servidor de ativação determinou que a chave de produto especificada é inválida

MAK

MAK inválida inserida.

Verifique se a chave é a MAK fornecida pela Microsoft.

Contate a Central de Atendimento de Ativação Microsoft para verificar se a MAK é válida.

0xC004C003

O servidor de ativação determinou que a chave de produto especificada está bloqueada

MAK

A MAK está bloqueada no servidor de ativação.

Contate a Central de Atendimento de Ativação Microsoft para obter uma nova MAK e instalar/ativar o sistema.

0xC004B100

O servidor de ativação determinou que o computador não pôde ser ativado.

MAK

A chave é incompatível.

Verifique se a chave é a MAK fornecida pela Microsoft.

Contate a Central de Atendimento de Ativação Microsoft para verificar se a MAK é válida.

0xC004C008

O servidor de ativação determinou que a chave de produto especificada não pôde ser usada

KMS

A chave KMS excedeu o limite de ativações.

As chaves KMS ativam até 10 vezes, em 6 computadores diferentes. Se mais ativações forem necessárias, contate a Central de Atendimento de Ativação Microsoft.

0xC004C020

O servidor de ativação relatou que a Chave de Ativação Múltipla excedeu seu limite.

MAK

A MAK excedeu o limite de ativações.

Por padrão, as MAKs têm um número limitado de ativações. Contate a Central de Atendimento de Ativação Microsoft para obter uma nova MAK ou aumentar o limite na chave existente.

0xC004C021

O servidor de ativação relatou que a extensão da Chave de Ativação Múltipla foi excedida.

MAK

A MAK excedeu o limite de ativações.

Por padrão, as MAKs têm um número limitado de ativações. Contate a Central de Atendimento de Ativação Microsoft para obter uma nova MAK ou aumentar o limite na chave existente.

0xC004F009

O serviço Licenciamento de software reportou que o período de cortesia expirou.

MAK

O período de cortesia expirou antes que o sistema fosse ativado e agora ele está no modo RFM.

Siga as instruções de recuperação do RFM (Modo de Funcionalidade Reduzida) no Guia de Operações do Volume Activation 2.0.

0xC004F00F

O servidor de licenciamento de software reportou que a vinculação da ID do hardware está além do nível de tolerância.

Cliente MAK/KMS/host KMS

O hardware foi alterado ou os drivers foram atualizados no sistema.

MAK - Reative o sistema durante o período de cortesia Fora de tolerância usando ativação on-line ou por telefone.1

KMS – Reinicialize ou execute slmgr.vbs /ato 2

0xC004F014

O serviço Licenciamento de software reportou que a chave de produto não está disponível.

Cliente MAK/KMS

Nenhuma chave de produto está instalada no sistema.

Instale a chave de produto MAK ou a chave de instalação KMS encontrada em \sources\pid.txt na mídia do produto.

0xC004F02C

O serviço Licenciamento de software reportou que o formato dos dados de ativação offline está incorreto.

Cliente MAK/KMS

O sistema detectou que os dados inseridos durante a ativação por telefone não são válidos.

Verifique se a ID de Confirmação foi inserida corretamente.

0xC004F035

O Serviço de licenciamento de software reportou que o computador não pôde ser ativado com uma chave de produto de licença para volume. Os sistemas Windows Vista licenciados por volume requerem atualização de um sistema operacional qualificado. Contate o administrador do sistema ou use uma chave de tipo diferente.

Cliente/host KMS

As edições de volume do Windows Vista são licenciadas somente para atualização. A instalação de um SO de volume em um computador que não tenha um SO qualificado instalado não é permitida.

Instale uma versão de SO Microsoft qualificado e reinstale o SO de volume.

0xC004F038

O Serviço de licenciamento de software reportou que o computador não pôde ser ativado. A contagem reportada pelo KMS (Serviço de Gerenciamento de Chaves) é insuficiente. Contate o administrador do sistema.

Cliente KMS

A contagem no host KMS não é alta o suficiente. A contagem do KMS deve ser ≥5 para Windows Server 2008 ou ≥25 para Windows Vista.

Mais computadores físicos são necessários no grupo do KMS (mínimo de 5 para Windows Server 2008 ou 25 para Windows Vista) para que os clientes KMS sejam ativados. Execute Slmgr.vbs /dli para obter a contagem atual no host KMS.

0xC004F039

O Serviço de licenciamento de software reportou que o computador não pôde ser ativado. O KMS (Serviço de Gerenciamento de Chaves) não está ativado.

Cliente KMS

Esse erro ocorre quando uma solicitação do KMS não é respondida.

Solucione os problemas de conexão de rede entre o KMS e o cliente. Verifique se a porta TCP-1688 (padrão) não está bloqueada por firewall ou se não está sendo filtrada.

0xC004F041

O serviço de licenciamento de software determinou que a chave KMS (Serviço de gerenciamento de chaves) não foi ativada. O KMS precisa ser ativado.

Cliente KMS

O host KMS não está ativado.

Ative o host KMS por ativação on-line ou por telefone.

0xC004F042

O serviço de licenciamento de software determinou que a chave KMS (Serviço de gerenciamento de chaves) especificada não pode ser usada.

Cliente KMS

Divergência entre o cliente KMS e o host KMS.

Verifique se um cliente Beta não está sendo ativado em ante um host KMS Lançado ou um cliente Lançado ante um host KMS Beta.

0xC004F050

O software Licensing Service reportou que a chave de produto é inválida.

KMS, cliente KMS, MAK

Isso pode ser causado por erro de digitação na chave KMS ou por digitação de uma chave Beta em uma versão Lançada do Sistema Operacional.

Instale a chave KMS correta na versão correspondente do Windows. Verifique a digitação. Se a chave estiver sendo copiada e colada, certifique-se de que os travessões não foram substituídos por traços na chave.

0xC004F051

O serviço Licenciamento de software reportou que a chave de produto está bloqueada.

MAK/KMS

A chave de produto no servidor de ativação foi bloqueada pela Microsoft.

Obtenha uma nova chave MAK/KMS, instale-a no sistema e ative.

0xC004F064

O serviço Licenciamento de software reportou que o período de cortesia não-original expirou.

MAK

O Windows Genuine Advantage determinou que o sistema não é original.

Siga as instruções de recuperação do RFM não-original no Guia de Operações do Volume Activation 2.0.

0xC004F065

O serviço Licenciamento de software reportou que o aplicativo está sendo executado durante o período não-original válido.

Cliente MAK/KMS

O Windows Genuine Advantage determinou que o sistema não é original.  O sistema continuará a ser executado durante o período de cortesia Não-original.

Obtenha e instale uma chave de produto original e ative o sistema durante o período de cortesia. Caso contrário, o sistema entrará no modo RFM não-original no final do período de cortesia.

0xC004F066

O serviço Licenciamento de software reportou que a SKU do produto não foi encontrada.

Cliente MAK/KMS

A mídia de volume foi usada com uma chave que não é de volume.

Compatibilize a chave de produto à edição do SO.

Contate a Central de Atendimento de Ativação de Produtos para obter auxílio.

0xC004F069

O Serviço de licenciamento de software reportou que o computador não pôde ser ativado. O KMS (Serviço de Gerenciamento de Chaves) determinou que o carimbo de data/hora da solicitação é inválido.

Cliente KMS

A hora do sistema no computador cliente é muito diferente daquela no host KMS.

A sincronização da hora é importante para a segurança do sistema e da rede por vários motivos. Corrija o problema alterando a hora do sistema no cliente para sincronizar com o KMS. O uso de uma origem de tempo NTP ou AD para a sincronização é recomendado. Esse problema usa a hora UTP e é independente da seleção de fuso horário.

0x80070005

Acesso negado. A ação solicitada requer privilégios elevados.

Cliente KMS/host MAK/KMS

O UAC (Controle de Acesso do Usuário) proíbe que os processos de ativação sejam executados em um prompt de comando não elevado.

Execute slmgr.vbs em um prompt de comando elevado. Clique com o botão direito do mouse em cmd.exe e escolha “Executar como Administrador”.

0x8007232A

Falha do servidor DNS.

Host KMS

O sistema tem problemas de rede ou DNS.

Solucione problemas de rede e DNS.

0x8007232B

O nome DNS não existe.

Cliente KMS

O cliente KMS não conseguiu encontrar os registros de recursos SRV do KMS no DNS.

  1. Aponte o cliente KMS para o host KMS usando slmgr.vbs /skms <kmshostname>

  2. Instale o host KMS.

  3. Obtenha uma MAK e altere a chave de produto, depois ative o sistema.

  4. Solucione os problemas de DNS.

0x800706BA

O servidor RPC está indisponível.

Cliente KMS

As configurações do firewall não estão definidas no host KMS ou os registros SRV do DNS são obsoletos.

Confirme se o acesso da porta do KMS está permitido no firewall do host KMS e se os registros SRV apontam para um host KMS válido.

Solucione os problemas de conexão da rede.

0x8007251D

Nenhum registro encontrado para a consulta do DNS.

Cliente KMS

O cliente KMS não conseguiu encontrar os registros de recursos SRV do KMS no DNS.

Solucione problemas de conexão de rede e DNS.

1.A SLUI 4 exibe a lista de números de telefone para ativação.

2.Run Execute os comandos do Slmgr.vbs em um prompt de comando elevado usando Executar como administrador.

Baixar Volume Activation 2.0Guia de Operações

Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários
A Microsoft está realizando uma pesquisa online para saber sua opinião sobre o site do MSDN. Se você optar por participar, a pesquisa online lhe será apresentada quando você sair do site do MSDN.

Deseja participar?
Mostrar:
© 2014 Microsoft. Todos os direitos reservados.