Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo
Expandir Minimizar
Este tópico ainda não foi avaliado como - Avalie este tópico

Novas ferramentas disponíveis para pastas públicas, gerenciamento de caixas de correio e mobilidade

Publicado em: 4 de janeiro de 2006

Com o lançamento do Microsoft Exchange Server 2003 Service Pack 2 (SP2), duas novas ferramentas que podem tornar as tarefas diárias mais fáceis e produtivas foram introduzidas.

A ferramenta de administração baseada no Microsoft Exchange Server Public Folder Distributed Authoring and Versioning (DAV), versão 2.4, foi disponibilizada inicialmente apenas para uso interno, mas agora está disponível publicamente. Essa ferramenta ajuda os administradores de TI a gerenciar várias tarefas de servidor relacionadas a:

  • Pastas públicas

  • Caixas de correio

A ferramenta Microsoft Exchange ActiveSync Mobile Administration Web faz parte do novo recurso global de mobilidade que foi introduzido com o SP2. Ela permite que os administradores de TI gerenciem o processo de apagar ou limpar remotamente dispositivos móveis perdidos, roubados ou comprometidos de alguma forma.

Para obter mais informações sobre como baixar essas ferramentas, consulte Tools for Exchange Server 2003 (em inglês). Baixe essas ferramentas e aproveite as diversas tarefas que elas podem executar na administração de pastas públicas e de caixas de correio, bem como na obtenção de uma experiência avançada de mobilidade para o administrador.

As seções a seguir descrevem as ferramentas em mais detalhes.

Ferramenta de administração baseada no Microsoft Exchange Server Public Folder Distributed Authoring and Versioning (DAV)

A ferramenta de administração baseada no Microsoft Exchange Server Public Folder Distributed Authoring and Versioning (DAV) versão 2.4 (o PFDAVAdmin 2.4) é uma ferramenta do Exchange 2000 e posterior que dá assistência aos administradores do Exchange na realização de várias tarefas de gerenciamento do servidor. Como o seu próprio nome indica, muitas dessas tarefas estão relacionadas ao gerenciamento de pastas públicas, mas essa ferramenta também pode ser usada com caixas de correio.

O que o PFDAVAdmin pode fazer

Provavelmente, o PFDAVAdmin é mais popular no gerenciamento de permissões de pastas públicas. Essa ferramenta é útil especialmente na correção de problemas de permissões provocados pelo exame da unidade M ou por modificações feitas por meio de uma interface não-MAPI. Outro uso comum é para a exportação ou importação de permissões de pastas configuradas em pastas públicas e caixas de correio.

Os exemplos a seguir mostram tarefas adicionais que você pode executar com o PFDAVAdmin.

  • Relatório de conteúdo   

    Você já quis saber quantos itens cada pasta pública contém? Ou deseja saber quando o item mais novo foi criado em uma pasta? O menu Content Report está aqui para ajudá-lo. Use esse menu para criar um relatório de todas as pastas públicas ou de qualquer pasta individual (e suas subpastas) que contenha informações como as seguintes:

    • Contagem de itens

    • Tamanho da pasta

    • Tamanho do maior item da pasta

    • Data da última modificação de qualquer item da pasta

  • Alteração centralizada de permissões   

    Você já quis atribuir uma determinada permissão a todas as caixas de correio de usuários, como uma permissão de revisor nas pastas Calendário de todos os usuários? É possível usar a opção Propagate ACE para adicionar a permissão a todas as pastas denominadas Calendário ou exportar e importar permissões por meio de arquivos de texto.

    Observação:

    Para as pastas Calendário, você deve executar uma ação extra. Para obter mais informações, consulte o artigo 237924 da Base de Dados de Conhecimento Microsoft, "PRB: ACL: Outlook 2000 Doesn't Properly Read ACL Settings" (em inglês).

  • Migração de permissões   

    Você precisa migrar de uma organização do Exchange Server 5.5 para uma nova organização do Exchange Server 2003? Se precisar, talvez você também queira migrar as permissões de pastas públicas em vez de atribuir manualmente as permissões no Exchange Server 2003. É possível usar o PFInfo para exportar permissões das pastas públicas do Exchange Server 5.5 e usar o PFDAVAdmin para importar o arquivo no Exchange Server 2003.

Perguntas freqüentes

As perguntas a seguir são feitas com freqüência.

  • Pergunta   O PFDAVAdmin funciona apenas em pastas públicas?

    Resposta   Não, apesar de seu nome, o PFDAVAdmin também funciona em caixas de correio.

  • Pergunta   É possível executar o PFDAVAdmin no Exchange Server 5.5?

    Resposta   Não, o PFDAVAdmin funciona apenas com o Exchange 2000 e servidores posteriores. No entanto, o PFDAVAdmin pode funcionar com os dados exportados do Exchange Server 5.5 com ferramentas como o PFInfo.

  • Pergunta   É possível executar o PFDAVAdmin a partir de uma linha de comando?

    Resposta   Sim. Você pode especificar várias opções para indicar o tipo das operações que deseja executar, bem como o escopo das operações. Para ver quais opções estão disponíveis, digite pfdavadmin -? em um prompt de comando.

  • Pergunta   É possível executar o PFDAVAdmin a partir de um computador que não seja membro da floresta onde o servidor Exchange de destino reside?

    Resposta   Sim. Esse recurso é novo na versão 2.4. Você também poderá usar uma conta que não seja membro da floresta do Exchange, se ela tiver permissões adequadas de administrador do Exchange (por exemplo, em um cenário de floresta de recursos).

  • Pergunta   Qual é a taxa de 'pastas por hora' típica que o PFDAVAdmin pode processar?

    Resposta   Esta resposta depende de muitos fatores, como as especificações de hardware do servidor e do cliente e os tipos de operações (permissões de exportação, listas de réplicas de exportação, relatório de conteúdo). Geralmente, você pode obter um desempenho mais alto quando executa o PFDAVAdmin no Exchange Server 2003 em vez de no Servidor Exchange 2000. Além disso, no Exchange Server 2003, ele é mais rápido quando instalado no Microsoft Windows Server™ 2003. Fazendo uma estimativa ampla, de 20.000 a 50.000 pastas por hora é um bom benchmark. Mas observe que o desempenho da versão 2.4 é significativamente superior ao das versões anteriores.

Ferramenta Microsoft Exchange ActiveSync Mobile Administration Web

A ferramenta Microsoft Exchange ActiveSync Mobile Administration Web permite que os administradores gerenciem o processo de apagar remotamente dispositivos móveis perdidos, roubados ou comprometidos de alguma forma.

Usando a ferramenta Exchange ActiveSync Mobile Administration Web, os administradores podem executar as seguintes ações:

  • Exibir uma lista de todos os dispositivos em uso por qualquer usuário corporativo.

  • Selecionar ou cancelar a seleção de dispositivos a serem apagados remotamente.

  • Exibir o status de solicitações de exclusão remota pendentes de cada dispositivo.

  • Exibir um log de transações que indica quais administradores emitiram comandos de exclusão remota, além dos dispositivos aos quais esses comandos estavam relacionados.

Instalação

Para instalar a ferramenta Exchange ActiveSync Mobile Administration Web em um servidor front-end que executa o Exchange Server 2003 com Service Pack 2 (SP2), execute o pacote .msi. O pacote de instalação cria o diretório virtual MobileAdmin, por meio do qual a ferramenta pode ser acessada.

Quando instalada corretamente, a ferramenta Exchange ActiveSync Mobile Administration Web fica disponível em qualquer computador remoto que possua um navegador que possa acessar o diretório virtual associado à ferramenta. No entanto, para acessar a ferramenta Exchange ActiveSync Mobile Administration Web no mesmo computador no qual ela está instalada, você deve seguir uma destas abordagens:

  • Adicione o nome do servidor à lista Intranet local do Internet Explorer: No Internet Explorer, clique em Ferramentas, Opções da Internet, Segurança, Intranet local e, em seguida, clique em Sites.

  • Use hostlocal como o nome do servidor ao especificar a URL do mobileAdmin no navegador (por exemplo, https://hostlocal/mobileAdmin).

Adicionando administradores

Por padrão, o acesso à ferramenta Exchange ActiveSync Mobile Administration Web é restrito aos administradores do Exchange e aos administradores locais. Um usuário de um desses grupos pode permitir que usuários adicionais acessem a ferramenta, modificando as configurações de segurança na pasta MobileAdmin no diretório de instalação. Essa alteração é feita quando você clica com o botão direito do mouse na pasta e seleciona sharing & security, o que exibe a caixa de diálogo de propriedades Insert Folder Security.

Ao usar essa interface do usuário, um administrador pode adicionar usuários ou grupos clicando em Add e digitando o nome do usuário ou grupo ao qual o administrador deseja conceder acesso.

De modo semelhante, o usuário ou grupo poderá ser removido se você selecionar esse usuário ou grupo e clicar em Remove.

Usando a ferramenta

A tela Welcome apresenta uma lista de opções administrativas disponíveis ao administrador. Selecione uma dessas opções para iniciar a página da Web associada. As opções a seguir são exibidas na página Welcome.

  • Remote Wipe   Executa um comando de apagamento remoto em um dispositivo móvel perdido ou roubado.

  • Transaction Log   Exibe um log de ações administrativas, indicando hora/ação/usuário.

Executando e monitorando um apagamento de dispositivo remoto

O console do administrador Remote Device Wipe fornece as seguintes funções:

  • Emite um comando de apagamento remoto em um dispositivo móvel perdido ou roubado.

    Para emitir um comando de apagamento remoto, procure os dispositivos móveis de um usuário, especificando o nome do usuário. A ferramenta exibe a identificação e o tipo do dispositivo, além da hora em que o dispositivo fez a última sincronização com o servidor de cada um dos dispositivos do usuário. Localize o dispositivo desejado e clique em Wipe. A ferramenta exibe o status atualizado do dispositivo, exibindo quando ou se o dispositivo foi apagado com êxito.

  • Exibe o status de um comando de apagamento remoto pendente.

    Quando uma ação Wipe é especificada para um dispositivo, ela fica ativa até que o administrador especifique o contrário. Isso significa que, depois de concluído o apagamento remoto inicial, o servidor continuará a enviar uma diretiva de apagamento remoto, se o mesmo dispositivo tentar se conectar novamente.

  • Desfaça (cancele) um comando de apagamento remoto, se um dispositivo perdido ou roubado for recuperado.

    Se um dispositivo perdido for recuperado, o administrador poderá cancelar essa diretiva para permitir que o dispositivo se conecte com êxito novamente. Você cancela o apagamento localizando o dispositivo móvel que possui o conjunto de ações de apagamento remoto e, em seguida, clicando em Cancel Wipe.

  • Exclua uma parceria de dispositivo.

    O administrador pode usar o console de apagamento remoto para excluir uma parceria de dispositivo do servidor. Essa ação tem o efeito de limpar todo o estado associado a um dispositivo especificado no servidor e é essencialmente útil para fins de organização. Se um dispositivo tentar conectar-se depois de sua parceria ter sido excluída, ele será forçado a restabelecer essa parceria com o servidor por meio de um processo de recuperação que é transparente para o administrador de TI e para o usuário do dispositivo. Essa ação é executada localizando-se o dispositivo móvel e, em seguida, clicando em Delete.

Exibindo um log de transações de apagamento remoto

O log de transações exibe as seguintes informações para todas as ações administrativas críticas executadas com a ferramenta Exchange ActiveSync Mobile Administration Web:

  • Data e Hora   A data e a hora em que a ação foi executada

  • Usuário   O usuário que executou a ação

  • Caixa de correio   A caixa de correio com a qual a ação estava relacionada

  • Identificação do dispositivo   O dispositivo com o qual a ação estava relacionada

  • Tipo   O tipo de dispositivo com o qual a ação estava relacionada

  • Ação   A ação executada pelo administrador

Para obter mais informações

Para obter mais informações sobre como baixar essas ferramentas, consulte Tools for Exchange Server 2003 (em inglês).

Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários
Mostrar:
© 2014 Microsoft. Todos os direitos reservados.