Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo
Arp
At
Cd
Cls
Cmd
Del
Dir
Fc
For
Ftp
If
Ldp
Lpq
Lpr
Md
Mmc
Msg
Nlb
Rcp
Rd
Reg
Rem
Ren
Rsh
Rsm
Rss
Sc
Set
Sfc
Ver
Vol
Expandir Minimizar
Este artigo foi traduzido por máquina. Coloque o ponteiro do mouse sobre as frases do artigo para ver o texto original. Mais informações.
Tradução
Original

Modo

Exibe o status do sistema, altera as configurações do sistema ou reconfigura portas e dispositivos. Se usado sem parâmetros, o modo exibe todos os atributos controláveis do console e os dispositivos COM disponíveis.

Você pode usar o modo de executar as seguintes tarefas — cada tarefa usa uma sintaxe diferente:

Para configurar uma porta de comunicações serial

Sintaxe


modo com <M> [:] [baud = <B>] [paridade = <P>] [dados = <D>] [stop = <S>] [= {on | off}] [xon = {on | off}] [odsr = {on | off}] [octs = {on | off}] [dtr = {on|off|hs}] [rts = {on|off|hs|tg}] [idsr = {on | off}]

Parâmetros

Parâmetro Descrição

Com <M> [:]

Especifica o número de async Prncnfg.vbshronous porta de comunicações.

baud = <B>

Especifica a taxa de transmissão em bits por segundo. A tabela a seguir lista as abreviações válidas para b e suas taxas relacionadas.

  • 11 = 110 bauds

  • 15 = 150 bauds

  • 30 = 300 baud

  • 60 = 600 bauds

  • 12 = 1200 bauds

  • 24 = 2400 bauds

  • 48 = 4800 baud

  • 96 = 9600 baud

  • 19 = 19.200 baud

paridade = <P>

Especifica como o sistema utiliza o bit de paridade para verificar se há erros de transmissão. A tabela a seguir lista os valores válidos para P. O valor padrão é e. Nem todos os computadores suportam os valores m e s.

  • n = nenhum

  • e = mesmo

  • o = ímpar

  • m = marca

  • s = espaço

dados = <D>

Especifica o número de bits de dados em um caractere. Valores válidos para d estão no intervalo de 5 a 8. O valor padrão é 7. Nem todos os computadores aceitam os valores 5 e 6.

Parar = <S>

Especifica o número de bits de parada que define o final de um caractere: 1, 1,5 ou 2. Se a taxa de transmissão for 110, o valor padrão é 2. Caso contrário, o valor padrão é 1. Nem todos os computadores aceitam o valor 1,5.

a = {no | off}

Especifica se o processamento de tempo limite infinito está ativado ou desativado. O padrão é desativado.

Xon = {no | off}

Especifica se o protocolo xon ou xoff para controle de fluxo de dados está ativado ou desativado.

odsr = {no | off}

Especifica se o handshaking de saída que utiliza o circuito Data Set Ready (DSR) está ativado ou desativado.

octs = {no | off}

Especifica se o handshaking de saída que utiliza o circuito para enviar (CTS) está ativado ou desativado.

DTR = {no | off | hs}

Especifica se o circuito Data Terminal Ready (DTR) está ativado ou desativado ou definido para handshake.

RTS = {no | off | hs | tg}

Especifica se o circuito de solicitação para enviar (RTS) é definido como ativado, desativado, handshake ou alternado.

idsr = {no | off}

Especifica se a sensibilidade do circuito DSR está ativado ou desativado.

/?

Exibe a Ajuda no prompt de comando.

Para exibir o status de todos os dispositivos ou de um único dispositivo

Sintaxe


modo [<Device>] [/status]

Parâmetros

Parâmetro Descrição

<Device>

Especifica o nome do dispositivo para o qual você deseja exibir o status.

/status

Solicita o status de impressoras paralelas redirecionadas. Você pode abreviar a opção /status como /sta.

/?

Exibe a Ajuda no prompt de comando.

Comentários

Se usado sem parâmetros, o modo exibe o status de todos os dispositivos instalados no sistema.

Para redirecionar a saída de uma porta paralela para uma porta de comunicações serial

Sintaxe


modo lpt [:] <N> = <M> [:] com

Parâmetros

Parâmetro Descrição

LPT <N> [:]

Obrigatório. Especifica a porta paralela. Valores válidos de n estão no intervalo de 1 a 3.

com <M> [:]

Obrigatório. Especifica a porta serial. Valores válidos de m estão no intervalo de 1 a 4.

/?

Exibe a Ajuda no prompt de comando.

Comentários

Você deve ser membro do grupo Administradores para redirecionar a impressão.

Exemplos

Para configurar seu sistema para que ele envia a saída da impressora paralela a uma impressora serial, você deve usar o comando mode duas vezes. Na primeira vez, use o modo de configurar a porta serial. Na segunda vez, use o modo para redirecionar a saída da impressora paralela para a porta serial especificada no primeiro comando mode .

Por exemplo, se sua impressora serial opera a 4800 baud com paridade par e estiver conectado à porta COM1 (primeira conexão serial no seu computador), digite:



e 48, modo com1, lpt1 bmode = com1

Se você redirecionar a saída da impressora paralela de LPT1 para COM1, mas você decide que você deseja imprimir um arquivo usando LPT1, digite o comando a seguir antes de imprimir o arquivo:



modo lpt1

Este comando impede que o arquivo de LPT1 para COM1.

Para selecionar, atualizar ou exibir os números das páginas de código para o console

Sintaxe


modo <Device>codepage select = modo de <YYY> <Device>codepage [/status]

Parâmetros

Parâmetro Descrição

<Device>

Obrigatório. Especifica o dispositivo para o qual você deseja selecionar uma página de código. CON é o nome válido somente para um dispositivo.

codepage select =

Obrigatório. Especifica qual página de código para usar com o dispositivo especificado. Você pode abreviar codepageSelecione como cpsel.

<YYY>

Obrigatório. Especifica o número da página de código para selecionar. A lista a seguir mostra cada código página é suportada e seu país ou idioma.

437: Estados Unidos

850: Multilíngüe (Latino I)

852: Eslavo (Latim II)

855: Cirílico (Russo)

857: Turco

860: Português

861: Islandês

863: Francês

865: Nórdico

866: Russo

869: Grego moderno

página de código

Obrigatório. Exibe os números do código de páginas (se houver) que são selecionados para o dispositivo especificado.

/status

Exibe os números das páginas de código atual selecionadas para o dispositivo especificado. Você pode abreviar /status para /sta. Se você especificar /status, ou não mode codepage exibe os números das páginas de código selecionados para o dispositivo especificado.

/?

Exibe a Ajuda no prompt de comando.

Para alterar o tamanho do buffer de tela do prompt de comando

Sintaxe


mode con [:] [cols = <C>] [linhas = <N>]

Parâmetros

Parâmetro Descrição

CON [:]

Obrigatório. Indica que a alteração se aplica a janela Prompt de comando.

cols = <C>

Especifica o número de colunas no buffer de tela do prompt de comando.

linhas = <N>

Especifica o número de linhas no buffer de tela do prompt de comando.

/?

Exibe a Ajuda no prompt de comando.

Para definir a velocidade de digitação do teclado

Sintaxe


mode con [:] [taxa = <R>atraso = <D>]

Parâmetros

Parâmetro Descrição

CON [:]

Obrigatório. Refere-se ao teclado.

taxa = <R>

Especifica a taxa na qual um caractere é repetido na tela quando você mantém pressionada uma tecla.

atraso = <D>

Especifica a quantidade de tempo decorrido após você pressionar e manter uma tecla pressionada antes que a saída de caractere se repete.

/?

Exibe a Ajuda no prompt de comando.

Comentários
  • A taxa de digitação é a taxa na qual um caractere se repete quando você mantém pressionada a tecla desse caractere. A taxa de digitação tem dois componentes, a velocidade e o atraso. Alguns teclados não reconhecem este comando.

  • Usando taxa =r

    Valores válidos estão no intervalo de 1 a 32. Esses valores são iguais a aproximadamente 2 a 30 caracteres por segundo. O valor padrão é 20 para teclados compatíveis com IBM AT e 21 para teclados PS/2 e compatíveis com IBM. Se você definir a taxa, você também deve definir o atraso.

  • Usando delay=D

    Valores válidos para d são 1, 2, 3 e 4 (representando 0,25, 0,50, 0,75 e 1 segundo). O valor padrão é 2. Se você definir o atraso, você também deve definir a taxa.

Referências adicionais

Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários

Contribuições da comunidade

ADICIONAR
Mostrar:
© 2014 Microsoft