Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo

XrML

A tecnologia do RMS utiliza um vocabulário XML para expressar direitos digitais, o XrML (eXtensible rights Markup Language), versão 1.2.1.

A Microsoft acredita nos benefícios dos padrões da indústria e em especificações técnicas bem documentadas, como HTTP, TCP/IP e XML, que foram testados e revistos por uma organização de padrões. Padrões da indústria devem mostrar competência técnica. Portanto, organizações de padrões, como a World Wide Web Consortium (W3C) e a Moving Pictures Experts Group (MPEG), revêem padrões propostos para garantir que seus desenvolvedores seguiram as diretrizes corretas. Além disso, as organizações de padrões testam padrões propostos em vários cenários independentes e em rede.

A aderência voluntária a uma linguagem padrão de expressão de direitos desenvolverá benefícios de interoperabilidade de gerenciamento de direitos críticos que são latentes atualmente. O padrão emergente, XrML (que foi reconhecido pela MPEG), oferece muitos benefícios de interoperabilidade inata. O XrML fornece propriedades digitais com um método universal simples de usar para expressar direitos que estão vinculados ao uso e proteção de informações digitais, incluindo serviços da Web. Os desenvolvedores podem integrar sistemas de gerenciamento de direitos novos e existentes facilmente com o XrML. Além disso, o XrML atualmente é a única linguagem de expressão de direitos que é usada para implementar soluções de gerenciamento de direitos. A Microsoft, que utilizou o XrML desde o seu início, aguarda ansiosamente pelos muitos benefícios importantes que a interoperabilidade de gerenciamento de direitos (com base no padrão XrML) trará.

Como o XrML funciona

O XrML especifica uma linguagem de expressão de direitos que sistemas confiáveis que estão em um ambiente confiável podem usar para expressar diretivas de informações digitais. Você pode aplicar licenças de XrML a informações confiáveis que estão em qualquer formato, como email, ferramentas de produtividade de escritório, conteúdo de banco de dados, downloads de e-commerce, programas de linha de negócios e sistemas de gerenciamento de relacionamento com clientes, sistemas de gerenciamento, entre outros. Em seguida, é possível reforçar licenças XrML por meio de qualquer sistema de gerenciamento de direitos confiáveis que use o padrão XrML.

Os direitos a serem gerenciados são expressos em uma licença de publicação XrML que é anexada ao arquivo. A licença de publicação é uma expressão de como o proprietário das informações deseja que elas sejam usadas, protegidas e distribuídas. A licença de publicação e a identidade do usuário são passadas para o sistema de gerenciamento de direitos que constrói uma licença.

Essas licenças são facilmente interpretadas e gerenciadas pelos vários sistemas interoperáveis de gerenciamento de direitos porque todos eles usam o padrão XrML. O gerenciamento de informações online usando licenças fornece facilidade de acesso de qualquer local. Depois que a licença é baixada, o gerenciamento de direitos é efetivo tanto online quanto offline porque os direitos persistem com o arquivo aonde quer que ele vá.

O XrML oferece suporte a uma lista extensiva de direitos. Além disso, os aplicativos podem definir direitos adicionais para atender a necessidades específicas. Ao definir direitos adicionais, as empresas podem criar vários modelos de negócios, usos e fluxos de trabalho para atender a seus requisitos específicos.

Para obter mais informações sobre XrML, consulte o site da XrML (http://go.microsoft.com/fwlink/?LinkId=6347).

Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários

Contribuições da comunidade

ADICIONAR
Mostrar:
© 2014 Microsoft