Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo

Guia passo a passo para atualização dos Serviços de Implantação do Windows

Atualizado: maio de 2008

Aplica-se a: Windows Server 2003,Windows Server 2003 R2,Windows Server 2003 with SP1,Windows Server 2003 with SP2,Windows Vista

Este Guia Passo a Passo constitui uma introdução à actualização dos Serviços de Implementação do Microsoft® Windows® para Microsoft Windows Server 2003. Inclui uma descrição geral das funcionalidades, dos cenários que podem ser utilizados para testar os Serviços de Implementação do Windows e detalhes sobre a tecnologia.

Este guia destina-se aos especialistas de implementação, que são responsáveis pela implementação dos sistema operativos Windows numa organização. Este guia assume que o utilizador tem conhecimento operacional das tecnologias de implementação do ambiente de trabalho comuns e de componentes de rede, incluindo o protocolo DHCP (Dynamic Host Configuration Protocol), o sistema DNS (Domain Name System) e o serviço de directório Active Directory®.

O Que São os Serviços de Implementação do Windows?

Os Serviços de Implementação do Windows consistem na versão actualizada e reformulada dos Serviços de Instalação Remota ou RIS (Remote Installation Services). Os Serviços de Implementação do Windows ajudam-no a adoptar e implementar rapidamente os sistemas operativos Windows. Pode utilizá-lo para configurar novos computadores através de uma instalação baseada na rede sem ter de estar presente fisicamente em cada computador nem de instalar directamente a partir de suportes de dados em CD.

Serviços de Implementação do Windows é o nome da funcionalidade correspondente a um conjunto de componentes que, em conjunto, permitem a implementação de sistemas operativos Windows, nomeadamente o Windows Vista®. Estes componentes organizam-se nas três categorias seguintes:

Componentes de servidor. Estes componentes incluem um servidor de ambiente PXE (Pre-Boot Execution Environment) e um servidor de protocolo TFTP (Trivial File Transfer Protocol) para efectuar o arranque da rede de um cliente para carregar e instalar um sistema operativo. Também incluem uma pasta partilhada e um repositório de imagens, que contém imagens de arranque, imagens de instalação e ficheiros necessários especificamente para o arranque da rede.

Componentes de cliente. Estes componentes incluem uma interface gráfica que é executada no ambiente Windows PE (Windows Pre-Installation Environment) e que comunica com os componentes de servidor para seleccionar e instalar uma imagem de sistema operativo.

Componentes de gestão. Estes componentes constituem um conjunto de ferramentas utilizadas para gerir o servidor, imagens do sistema operativo e contas de computador cliente.

O Que Há de Novo nos Serviços de Implementação do Windows?

Os Serviços de Implementação do Windows incluem o snap-in MMC (Microsoft Management Console) dos Serviços de Implementação do Windows, que proporcionam uma gestão abrangente de todas as funcionalidades dos Serviços de Implementação do Windows. Os Serviços de Implementação do Windows também fornecem melhoramentos ao conjunto de funcionalidades do RIS. Estes melhoramentos suportam a implementação dos sistemas operativos Windows Vista e Windows Server 2008. Estas alterações incluem:

  • Suporte nativo para Windows PE como sistema operativo de arranque.

  • Suporte nativo para o formato de ficheiro WIM (Windows Imaging).

  • Um componente de servidor de PXE extensível e de desempenho superior.

  • Um novo menu de cliente para a selecção dos sistemas operativos de arranque.

Quem deve utilizar este guia?

O público alvo inclui:

  • Planificadores ou analistas de TI que avaliem o Windows Vista ou Windows Server 2008.

  • Planificadores ou estruturadores de TI das empresas.

  • Especialistas em implementação interessados em testar uma solução de implementação sólida e "no osso" (sem nenhum sistema operativo instalado nos computadores).

Benefícios dos Serviços de Implementação do Windows

Os Serviços de Implementação do Windows proporcionam os seguintes benefícios:

  • Reduz o custo total de propriedade ou TCO (Total Cost of Ownership) e a complexidade das implementações.

  • Implementa o sistema operativo Windows em computadores "no osso".

  • Suporta ambientes mistos, incluindo Microsoft Windows XP e Microsoft Windows Server 2003.

  • Fornece uma solução ponto a ponto para a implementação de sistemas operativos Windows em computadores cliente e servidor.

  • Baseado nas tecnologias de configuração padrão do Windows Server 2008, incluindo Windows PE, WIM e IBS (Image Based Setup).

Modos de funcionalidade de servidor

Para ajudar a descrever o nível de funcionalidade associado às diferentes configurações possíveis dos Serviços de Implementação do Windows, obtidas quer através de instalações de raiz, quer de actualizações do RIS, o funcionamento do servidor e a experiência de administração podem ser agrupados numa das seguintes classificações, conhecidas como modos de servidor.

  1. RIS Legado

    • Ambiente de arranque = OSChooser

    • Tipos de Imagem: RISETUP e RIPREP

    • Experiência de administração = conjunto de ferramentas do RIS

  2. Serviços de Implementação do Windows - Misto

    • Ambiente de arranque = OSChooser e Windows PE

    • Tipos de Imagem: WIM, RISETUP e RIPREP

    • Experiência de administração = conjunto de ferramentas do RIS e WDS MGMT

  3. Serviços de Implementação do Windows - Nativo

    • Ambiente de arranque = Windows PE

    • Tipos de Imagem: WIM

    • Experiência de administração = WDS MGMT

Modo legado

O modo Legado dos Serviços de Implementação do Windows corresponde, do ponto de vista funcional, ao modo Legado dos Serviços de Instalação Remota; são os binários dos Serviços de Implementação do Windows com a funcionalidade do RIS. Neste modo, apenas o OSChooser estará presente como sistema operativo de arranque. Assim, só são suportadas imagens RISETUP e RIPREP. Do ponto de vista da capacidade de gestão, as novas ferramentas de gestão dos Serviços de Implementação do Windows não serão utilizadas; em vez disso, só será possível gerir o servidor através dos utilitários legados do RIS. O modo Legado dos Serviços de Implementação do Windows só pode existir no Windows Server 2003.

Modo misto

O modo Misto dos Serviços de Implementação do Windows é utilizado para descrever um estado do servidor em que estão disponíveis as imagens de arranque OSChooser e Windows PE. Neste modo, o acesso aos tipos de imagem antigos RISETUP e RIPREP será possível através do OSChooser. Além disso, será possível aceder ao novo formato WIM através de uma imagem de arranque Windows PE (imagem de arranque Windows PE do Windows Server 2008 com o cliente de Serviços de Implementação do Windows). Do ponto de vista do cliente, um menu de arranque permitirá a selecção de RIS ou Windows PE do Windows Server 2008. Do ponto de vista da capacidade de gestão, um administrador utilizará as ferramentas de gestão legadas para gerir imagens RISETUP e RIPREP, bem como as novas ferramentas de gestão dos Serviços de Implementação do Windows para gerir todas as facetas do servidor e as imagens WIM. O modo Misto dos Serviços de Implementação do Windows só pode existir no Windows Server 2003.

Modo nativo

O modo Nativo dos Serviços de Implementação do Windows descreve um Servidor de Serviços de Implementação do Windows apenas com imagens de arranque Windows PE. Neste modo, o OSChooser não estará presente e as imagens WIM são o único tipo de imagem suportado a implementar nos clientes. A gestão do servidor ocorrerá inteiramente através dos novos utilitários de gestão dos Serviços de Implementação do Windows. O modo Nativo dos Serviços de Implementação do Windows pode existir no Windows Server 2003 e no Windows Server 2008. No Windows Server 2008, é o único modo de Servidor de Serviços de Implementação do Windows suportado.

O objectivo de permitir uma transição entre modos de servidor consiste em fornecer um caminho de migração claro entre a funcionalidade do RIS existente e a nova funcionalidade dedicada, exclusiva dos Serviços de Implementação do Windows, que existirá no Windows Server 2008.

A passagem da funcionalidade do RIS pura para os Serviços de Implementação do Windows no modo Legado (binários dos Serviços de Implementação do Windows com uma funcionalidade semelhante ao RIS) ocorre quando um servidor de RIS existente é actualizado para bits dos Serviços de Implementação do Windows. A partir deste momento, a utilização das ferramentas de gestão dos Serviços de Implementação do Windows (tais como MMC ou CLI) para inicializar o servidor resultará numa transição para o modo Misto dos Serviços de Implementação do Windows. A mudança para o modo nativo é concluída quando os tipos de imagem legadas são convertidos no formato WIM e a funcionalidade OSChooser é desactivada (através do comando /forceNative).

Modo Servidor inicial

O método de instalação e as acções de configuração subsequentes ditam o modo de servidor inicial:

  1. Para aceder ao modo Legado dos Serviços de Implementação do Windows:

    1. Instale o componente opcional RIS no Windows Server 2003 com SP1.

    2. Instale o pacote de correcções.

    3. Execute RISETUP e adicione uma imagem.

  2. Para aceder ao modo Misto dos Serviços de Implementação do Windows:

    1. Instale o componente opcional RIS no Windows Server 2003 com SP1.

    2. Execute RISETUP e adicione uma imagem.

    3. Instale o pacote de correcções.

    4. Execute WDSUTIL /initialize-server.

  3. Para aceder ao modo Nativo dos Serviços de Implementação do Windows:

    1. Instale o componente opcional RIS no Windows Server 2003 com SP1.

    2. Instale o pacote de correcções.

    3. Execute WDSUTIL /initialize-server.

      noteObservação
      A instalação do Windows Server 2003 Service Pack 2 instala automaticamente a actualização dos Serviços de Implementação do Windows se os Serviços de Instalação remota estiverem presentes.

Neste guia

Cenários-chave para os Serviços de Implementação do Windows

Este guia descreve os seguintes cenários:

  • Instalar os Serviços de Implementação do Windows

  • Configurar os Serviços de Implementação do Windows

  • Efectuar o arranque de PXE de um cliente para instalar o Windows

  • Configurar o menu de arranque

Instalar os Serviços de Implementação do Windows

  • Pode instalar a função de servidor de Serviços de Implementação do Windows utilizando o windows_deployment_services_update.exe fornecido com o Kit de Instalação Automática do Windows ou Windows AIK (Windows Automated Installation Kit).

Pré-requisitos para Instalar os Serviços de Implementação do Windows

Para concluir esta tarefa, o seu ambiente informático tem de cumprir os seguintes requisitos técnicos:

  • Active Directory Um servidor de Serviços de Implementação do Windows tem de ser membro de um domínio do Active Directory ou controlador de um domínio do Active Directory. As versões de domínio e floresta do Active Directory são irrelevantes; todas as configurações de domínio e floresta suportam os Serviços de Implementação do Windows.

  • DHCP. Tem de ter um servidor DHCP operacional com âmbito activo na rede porque os Serviços de Implementação do Windows utilizam PXE que, por sua vez, utiliza DHCP.

  • DNS. É necessário um servidor DNS operacional na rede para executar os Serviços de Implementação do Windows.

  • Suportes de dados de instalação. É necessário um suporte de dados de Windows AIK (Windows Automated Installation Kit) ou uma localização de rede que contenha a instalação do Windows AIK para instalar a actualização dos Serviços de Implementação do Windows.

  • Uma partição NTFS no servidor de Serviços de Implementação do Windows. O servidor com os Serviços de Implementação do Windows requer uma partição NTFS para o arquivo de imagens.

  • Windows Server 2003 SP1 com RIS instalado. O RIS não tem de estar configurado, mas tem de estar instalado para que a actualização seja executada.

Credenciais Administrativas

A instalação dos Serviços de Implementação do Windows requer que o administrador seja membro do grupo Administradores Locais no servidor de Serviços de Implementação do Windows. Para efectuar o arranque para o cliente de Serviços de Implementação do Windows, tem de ser membro do grupo Utilizadores do domínio.

Passos para instalar os Serviços de Implementação do Windows

Para instalar os Serviços de Implementação do Windows, utilize um dos seguintes procedimentos:

  • A partir da Interface do Windows.

  • A partir da linha de comandos.

Instalar a actualização a partir do Explorador do Windows

Para instalar a actualização a partir do Explorador do Windows
  1. Utilizando o Explorador do Windows, localize a actualização localmente ou num recurso partilhado de rede.

  2. Faça duplo clique em windows-deployment-services-update para iniciar a instalação.

  3. No Assistente de Configuração dos Serviços de Implementação do Windows, siga todas as recomendações e, depois, clique em Seguinte para continuar.

  4. Na página Termos de Licenciamento para Software Microsoft, clique em Aceito os termos do Contrato de Licença e, depois, clique em Seguinte para continuar.

  5. É aberta a página A Actualizar o Sistema, mas não é necessária nenhuma acção.

  6. É aberta a página Resumo e Configuração, mas não é necessária nenhuma acção.

  7. Na página Conclusão, clique em Seguinte para reiniciar.

Instalar a actualização a partir da linha de comandos

Para instalar a actualização a partir de uma linha de comandos
  1. Mude para a pasta que contém a actualização.

  2. Escreva windows-deployment-services-update /quiet.

  3. Clique em OK para reiniciar depois de concluída a instalação.

ImportantImportante
Se o sistema que está a tentar actualizar não cumprir os requisitos mínimos, será apresentada uma página A instalação falhou. Se isso ocorrer, anote os motivos da falha, execute a acção de correcção adequada e execute novamente a actualização.

Durante o processo de instalação, ocorrem os seguintes passos:

  • É instalado o serviço TFTP (Trivial File Transfer Protocol).

  • É instalado o serviço Serviços de Implementação do Windows.

  • São instalados o snap-in Serviços de Implementação do Windows e os respectivos utilitários.

Configurar os Serviços de Implementação do Windows

A configuração dos Serviços de Implementação do Windows é executada através do Assistente de Configuração dos Serviços de Implementação do Windows ou de WDSUTIL na linha de comandos. A configuração dos Serviços de Implementação do Windows envolve as seguintes acções:

  • Criar uma pasta partilhada, para conter os ficheiros necessários para o arranque de PXE, os ficheiros para o arranque Windows PE para RAMDISK, as imagens de arranque Windows PE e as imagens de instalação para o Windows Vista ou Windows Server 2008.

  • Carregar uma imagem do sistema operativo de arranque da versão Windows Server 2008 do Windows PE no formato WIM.

  • Carregar uma imagem do sistema operativo de instalação do Windows Vista, Windows Server 2008, Windows Server 2003 ou Windows XP no formato WIM.

  • Configurar as definições de resposta do serviço de escuta PXE para controlar se e como o serviço irá servir os pedidos de arranque de cliente a receber.

Pré-requisitos para configurar os Serviços de Implementação do Windows

Para concluir esta tarefa, o seu ambiente informático tem de cumprir os seguintes requisitos técnicos:

  • Todos os requisitos de instalação. Todos os requisitos descritos na secção anterior, "Instalar os Serviços de Implementação do Windows".

  • Instalação concluída com êxito. Conclusão com êxito de todos os passos descritos na secção anterior, "Instalar os Serviços de Implementação do Windows".

Credenciais Administrativas

A instalação dos Serviços de Implementação do Windows requer que o administrador seja membro do grupo Administradores Locais no servidor de Serviços de Implementação do Windows. Para efectuar o arranque para o cliente de Serviços de Implementação do Windows, tem de ser membro do grupo Utilizadores do Domínio.

Problemas conhecidos relacionados com a configuração dos Serviços de Implementação do Windows

Poderá encontrar os seguintes problemas ao instalar os Serviços de Implementação do Windows.

  • Não é possível carregar imagens WIM expandidas. Em vez disso, tem de voltar a colocar as imagens expandidas num único ficheiro WIM contíguo.

Passos para configurar os Serviços de Implementação do Windows

Para configurar os Serviços de Implementação do Windows, utilize um dos seguintes procedimentos:

  • Utilizando o Assistente de Configuração dos Serviços de Implementação do Windows.

  • Utilizando WDSUTIL na linha de comandos.

Utilizando o Assistente de Configuração dos Serviços de Implementação do Windows

Para configurar os Serviços de Implementação do Windows utilizando a interface do Windows
  1. No menu Iniciar, clique em Ferramentas Administrativas e, em seguida, clique em WdsMgmt.

  2. No painel da esquerda da MMC WdsMgmt, clique para expandir Serviços de Implementação do Windows.

  3. Clique com o botão direito do rato no nó Servidores e, em seguida, clique em Adicionar Servidor.

  4. Na caixa de diálogo Adicionar Servidor, por predefinição, é seleccionado o servidor local. Clique em OK para continuar.

  5. Na caixa de diálogo Aviso de Adicionar Servidor, clique em Sim para adicionar o servidor.

  6. Expanda Servidores.

  7. Clique com o botão direito do rato no servidor e clique em Configurar Servidor para iniciar o Assistente de Configuração dos Serviços de Implementação do Windows.

  8. Na página Bem-vindo, clique em Seguinte.

  9. Na página Localização da Pasta de Instalação Remota, clique em Seguinte para aceitar a localização predefinida (C:\RemoteInstall).

  10. Se o serviço Microsoft DHCP localizado no servidor estiver a ser configurado como servidor de Serviços de Implementação do Windows, defina a Opção 60 de DHCP como PXEClient e defina os Serviços de Implementação do Windows como Não escutar na Porta 67.

  11. Na página Definições Iniciais do Servidor de PXE, clique em Responder a todos os computadores cliente e, em seguida, clique em Avançadas.

  12. Na caixa de diálogo Definições Avançadas, clique em Adicionar automaticamente o computador cliente e marcá-lo como conhecido e, em seguida, clique em OK.

    noteObservação
    Estas são as definições recomendadas para um ambiente de laboratório. Utilize as definições mais adequadas ao seu ambiente. Para obter informações sobre como preparar previamente computadores cliente, consulte Preparar previamente computadores cliente (http://go.microsoft.com/fwlink/?LinkId=50166).

  13. Clique em Concluir para concluir a configuração.

  14. Clique para desmarcar Adicionar imagens ao Servidor de Implementação do Windows agora e, em seguida, clique em Concluir.

Para adicionar uma imagem de arranque utilizando WdsMgmt
  1. No painel da esquerda da MMC WdsMgmt, clique para expandir o servidor a que pretende adicionar a imagem de arranque.

  2. Clique com o botão direito do rato no nó Imagem de Arranque e, em seguida, clique em Adicionar Imagem de Arranque.

  3. Procure a imagem de arranque para selecção e clique em Abrir.

  4. Na página Ficheiro de Imagem, clique em Seguinte.

  5. Na página Descrição da Imagem, clique em Seguinte para seleccionar o nome predefinido e a descrição.

  6. Na página Resumo, clique em Seguinte.

  7. Clique em Concluir.

Para adicionar uma imagem de instalação utilizando WdsMgmt
  1. Siga as instruções fornecidas na secção "Criar Imagens com os Serviços de Implementação do Windows", posteriormente neste documento, para criar e adicionar uma imagem de captura com base na imagem de arranque adicionada no procedimento "Para adicionar uma imagem de arranque utilizando WdsMgmt".

  2. Siga as instruções fornecidas na secção "Criar Imagens com os Serviços de Implementação do Windows", posteriormente neste documento, para capturar uma imagem de instalação e adicioná-la ao servidor de Serviços de Implementação do Windows.

Utilizando WDSUTIL na linha de comandos

Para configurar os Serviços de Implementação do Windows a partir da linha de comandos
  1. O WDSUTIL, a ferramenta de gestão da linha de comandos dos Serviços de Implementação do Windows, requer privilégios elevados para execução: clique em Iniciar, seleccione Todos os Programas, seleccione Acessórios, clique com o botão direito do rato em Linha de Comandos e, em seguida, clique em Executar com Privilégios Elevados.

  2. Numa linha de comandos, escreva:

    WDSUTIL /initialize-server /reminst:" letraunidade \ nomepasta "

    Em que letraunidade é o nome da unidade formatada com NTFS e nomepasta é o nome do directório onde pretende criar a pasta partilhada.

  3. Para definir a política de resposta para responder a todos os clientes, escreva:

    WDSUTIL /set-server /answerclients:all

    noteObservação
    Se estiver a instalar os Serviços de Implementação do Windows num sistema com o Microsoft DHCP instalado, agora escreva WDSUTIL /set-server /usedhcpports:no /DHCPoption60:yes

  4. Para adicionar uma imagem de arranque, escreva:

    WDSUTIL /add-image /imagefile:\\server\share\sources\boot.wim /imagetype:boot

    Em que o caminho é o caminho completo para a imagem de arranque.

  5. Para adicionar uma imagem de instalação, escreva:

    WDSUTIL /add-image /imagefile:\\server\share\sources\install.wim /image type:install

    Em que o caminho é o caminho completo para a imagem de instalação.

    noteObservação
    Está disponível Ajuda para WDSUTIL escrevendo WDSUTIL /? numa linha de comandos.

Efectuar o arranque de PXE de um cliente para instalar o Windows

Os Serviços de Implementação do Windows baseiam-se na tecnologia PXE (Pre-boot Execution Environment) para permitir o arranque da rede de um computador cliente e a respectiva ligação remota através de uma ligação à rede TCP/IP a um servidor de Serviços de Implementação do Windows para instalar um sistema operativo. Os computadores cliente que utilizam este processo têm de suportar o arranque remoto com uma memória ROM PXE.

Pré-requisitos para efectuar o arranque de PXE de um cliente para instalar o Windows

Para concluir esta tarefa, têm de ser cumpridos os seguintes requisitos:

  • O computador cliente tem de suportar o arranque de PXE.

  • O ambiente tem de cumprir os requisitos descritos na secção "Configurar os Serviços de Implementação do Windows".

  • Tem de estar disponível no domínio um servidor de Serviços de Implementação do Windows configurado correctamente.

  • A sua conta de utilizador tem de ser membro do grupo Utilizadores do Domínio.

Problemas conhecidos relacionados com o arranque de PXE de um cliente para instalar o Windows

Poderá encontrar os seguintes problemas ao tentar o arranque de PXE e a instalação do Windows utilizando os Serviços de Implementação do Windows.

  • As imagens do sistema operativo disponíveis não aparecem na página Selecção de Imagem do cliente de Serviços de Implementação do Windows. As causas mais comuns deste problema são:

    • A conta cujas credenciais foram introduzidas no ecrã de recolha de credenciais do cliente de Serviços de Implementação do Windows não tem permissões para ler os ficheiros .wim que contêm as imagens do sistema operativo em \\<WDSServer>\Reminst\Images\<Grupo de Imagens>.

    • O tipo de arquitectura do cliente com arranque efectuado (x86, Itanium, x64) não corresponde ao tipo de arquitectura da imagem no servidor de Serviços de Implementação do Windows. Por exemplo, um cliente que arranca para uma imagem Windows PE baseada em x86 e que contém o cliente de Serviços de Implementação do Windows só poderá ver imagens de instalação baseadas em x86 na página Selecção de Imagem.

  • Os computadores cliente baseados em x64 não recebem uma imagem de arranque Windows PE x64. Isso pode ocorrer se a implementação do sistema BIOS (Basic Input/Output System) PXE do computador com arranque de rede não se identificar correctamente como sendo capaz de trabalhar com computadores baseados em x64.

    • Para contornar este problema, active a detecção de arquitectura nos programas de arranque. Para efectuar este procedimento, escreva:

      WDSUTIL /set-server /architecturediscovery:yes

Passos para efectuar o arranque de PXE de um computador para instalar o Windows

Para efectuar o arranque de PXE de um computador para instalar um sistema operativo Windows, conclua os passos descritos nesta secção.

Para efectuar o arranque de PXE do computador cliente
  1. Configure a BIOS do cliente como Enable PXE boot e defina a sequência de arranque de maneira a que Boot from network ocorra primeiro.

  2. Quando lhe for solicitado, prima F12 para iniciar o processo de arranque de PXE.

  3. Seleccione a imagem de arranque Windows PE adequada no menu de arranque.

    noteObservação
    O menu de selecção da imagem de arranque só fica disponível se tiver concluído os passos descritos em "Configurar o Menu de Arranque".

  4. Na página de boas-vindas do Assistente de Configuração do Windows, clique em Seguinte.

  5. Quando lhe for solicitado, forneça um nome de utilizador e uma palavra-passe com credenciais suficientes para instalar imagens do servidor de Serviços de Implementação do Windows.

  6. Seleccione um sistema operativo disponível e clique em Seguinte.

  7. Introduza um ID de produto válido e clique em Seguinte.

  8. Em Particionar e configurar o disco, clique em OK para seleccionar a partição predefinida. Opcionalmente, pode carregar um controlador de armazenamento em massa, se requerido, premindo F6.

  9. Clique em Seguinte para iniciar a fase da instalação de cópia de imagem.

  10. Quando a instalação da imagem estiver concluída, o computador será reiniciado e a Configuração do Windows será continuada.

Configurar o menu de arranque

Após o arranque de PXE, antes de o sistema operativo ser carregado, o cliente de Serviços de Implementação do Windows apresenta um menu de arranque. O menu de arranque permite que os Serviços de Implementação do Windows suportem arquitecturas de arranque diferentes, bem como uma escolha de imagens de arranque para cada tipo de arquitectura. Este mecanismo utiliza a mesma estrutura de menu BCD que é utilizada nos sistema operativos Windows.

Com os Serviços de Implementação do Windows, é possível ter computadores baseados em x64 e efectuar o arranque de imagens de arranque baseadas em x64. Por exemplo, parte de um processo de construção de servidor poderá requerer o arranque de computadores baseados em x64 para uma versão do Windows PE baseada em x64 para testar um controlador de placa de rede de 64 bits antes da instalação. Ainda que seja possível executar uma versão de 32 bits do Windows PE no computador de 64 bits, não é possível validar o controlador de placa de rede de 64 bits.

Pré-requisitos para configurar o menu de arranque

Para concluir esta tarefa, certifique-se de que concluiu as acções descritas na secção anterior, "Configurar os Serviços de Implementação do Windows".

Credenciais administrativas

Para concluir esta tarefa, tem de ser membro do grupo Administradores Locais no servidor de Serviços de Implementação do Windows.

Problemas conhecidos relacionados com a configuração do menu de arranque

Poderá encontrar os seguintes problemas ao configurar o menu de arranque.

  • O menu de arranque não pode conter mais de 13 imagens de arranque devido a uma limitação no número de caracteres apresentados no menu de arranque do programa de carregamento do sistema operativo.

  • Os conjuntos de caracteres de byte duplo utilizados como nomes de imagens podem não ser apresentados correctamente no menu de arranque. Este problema está relacionado com as cadeias localizadas. As limitações nos conjuntos de caracteres da BIOS não permitem a apresentação correcta dos caracteres.

  • O nome do ficheiro WIM (Windows Imaging) que contém a imagem de arranque só pode conter letras ou números; não pode conter espaços.

Passos para configurar o menu de arranque

O menu de arranque dos Serviços de Implementação do Windows é configurado quando existe mais de uma imagem de arranque no servidor de Serviços de Implementação do Windows. Para fazer com que isso aconteça, efectue um dos seguintes procedimentos:

  • Carregue duas ou mais imagens Windows PE, cada uma de uma arquitectura diferente (x86, Itanium ou x64). Por exemplo, o carregamento de uma imagem de arranque baseada em x86 e baseada em x64 para o servidor de Serviços de Implementação do Windows faz com que os clientes baseados em x64 tenham duas imagens de arranque disponíveis para selecção (suportam o arranque de imagens baseadas em x86 e baseadas em x64) e vejam ambas no menu de arranque

  • Carregar duas ou mais imagens Windows PE da mesma arquitectura

  • Os seguintes procedimentos descrevem como configurar o menu de arranque. O primeiro procedimento explica o processo para adicionar imagens x86 e x64. O procedimento seguinte explica como adicionar uma imagem de arranque personalizada.

Para adicionar uma imagem Windows PE de uma arquitectura baseada em x86 e baseada em x64 utilizando o snap-in WdsMgmt
  1. No menu Iniciar, clique em Ferramentas Administrativas e, em seguida, clique em WdsMgmt.

  2. No painel da esquerda da MMC WdsMgmt, clique para expandir Serviços de Implementação do Windows.

  3. Clique para expandir a lista Servidores e, em seguida, clique para expandir o servidor ao qual pretende adicionar a imagem.

  4. Clique com o botão direito do rato no nó Imagem de Arranque e, em seguida, clique em Adicionar Imagem de Arranque.

  5. No ecrã Assistente para Adicionar Imagens - Localização da Imagem, escreva ou navegue para a localização da imagem que pretende adicionar. Clique em Seguinte para continuar.

    noteObservação
    Para testar o arranque de um computador baseado em x64 para um menu de arranque que suporte arquitecturas x86 e x64, escolha uma imagem da arquitectura diferente da que foi seleccionada originalmente.

  6. No ecrã Metadados de Imagem, introduza o nome e a descrição da imagem de arranque ou aceite as predefinições fornecidas. Clique em Seguinte para continuar.

  7. O ecrã de resumo lista o nome da imagem, o grupo de imagens e a localização do ficheiro de imagem a copiar. Se houver algum erro nas informações fornecidas, clique em Anterior para fazer alguma correcção. Caso contrário, clique em Seguinte para copiar a imagem.

  8. Quando a cópia da imagem tiver sido concluída com êxito, clique em Concluir para sair do Assistente.

  9. Se não tiver adicionado uma imagem durante a configuração inicial, repita os passos descritos anteriormente para instalar uma imagem de um tipo de arquitectura alternativo (x86 ou x64).

  10. Siga os passos detalhados na secção "Efectuar o arranque de PXE de um cliente para instalar o Windows".

    Quando tiver concluído este procedimento, ficam disponíveis duas imagens de arranque Windows PE para clientes baseados em x64: uma imagem baseada em x86 e uma imagem baseada em x64. Ao efectuar o arranque de um computador baseado em x64, deverá aparecer um menu de arranque com as duas imagens Windows PE, baseada em x86 e baseada em x64.

noteObservação
O comportamento predefinido é a apresentação pelos computadores baseados em x64 das duas imagens de arranque, baseada em x86 e baseada em x64, quando ambas estão disponíveis no servidor. Para visualizar outras opções sem ser a predefinição em computadores baseados em x64, utilize a seguinte chave de registo:

HKLM\System\CurrentControlSet\Services\WDSPXE\Providers\BINL\Parameters 

CHAVE: x86x64DefaultImageType

TIPO: REG_DWORD

VALORES: Predefinição (não definido) ou 0 = são apresentadas imagens x86 e x64

1 = só são apresentadas imagens baseadas em x86

2 = só são apresentadas imagens baseadas em x64

Para adicionar uma imagem de arranque personalizada utilizando o snap-in WdsMgmt
  1. No menu Iniciar, clique em Ferramentas Administrativas e, em seguida, clique em WdsMgmt.

  2. No painel da esquerda da MMC WdsMgmt, clique para expandir Serviços de Implementação do Windows.

  3. Clique para expandir a lista Servidores e, em seguida, clique para expandir o servidor ao qual pretende adicionar a imagem.

  4. Clique com o botão direito do rato no nó Imagem de Arranque e, em seguida, clique em Adicionar Imagem de Arranque.

  5. Na página Assistente para Adicionar Imagens - Localização da Imagem, escreva ou navegue para a localização da imagem personalizada. Clique em Seguinte para continuar.

  6. Na página Metadados de Imagem, introduza o nome e a descrição da imagem de arranque. Clique em Seguinte para continuar.

  7. A página de resumo lista o nome da imagem, o grupo de imagens e a localização do ficheiro de imagem a copiar. Se houver algum erro nas informações fornecidas, clique em Anterior para fazer alguma correcção. Caso contrário, clique em Seguinte para copiar a imagem.

  8. Quando a cópia da imagem tiver sido concluída com êxito, clique em Concluir para sair do assistente.

  9. Siga os passos detalhados na secção "Efectuar o arranque de PXE de um cliente para instalar o Windows".

    Agora, estão disponíveis duas ou mais imagens de arranque Windows PE. Ao efectuar o arranque de um computador cliente, deverá aparecer um menu de arranque com as imagens de arranque padrão e a sua imagem personalizada.

Para adicionar uma imagem de arranque adicional utilizando WDSUTIL
  1. O WDSUTIL, a ferramenta de gestão da linha de comandos dos Serviços de Implementação do Windows, requer privilégios elevados para execução: clique em Iniciar, clique em Todos os Programas, clique em Acessórios, clique com o botão direito do rato em Linha de Comandos e, em seguida, clique em Executar com Privilégios Elevados.

  2. Numa linha de comandos, escreva:

    WDSUTIL /add-image /imagefile:\\server\share\sources\boot.wim /imagetype:boot

    Em que o caminho é o caminho completo da imagem de arranque e boot.wim é o nome da imagem de arranque.

  3. Siga os passos detalhados na secção "Efectuar o arranque de PXE de um cliente para instalar o Windows".

  4. Agora, estão disponíveis duas ou mais imagens de arranque Windows PE. Ao efectuar o arranque de um computador cliente, deverá aparecer um menu de arranque com as imagens de arranque padrão e a sua imagem personalizada.

noteObservação
Está disponível Ajuda para WDSUTIL escrevendo WDSUTIL /? numa linha de comandos.

Criar imagens utilizando os Serviços de Implementação do Windows

Os Serviços de Implementação do Windows são capazes de criar vários tipos de imagem:

  • Imagens de captura - Imagens utilizadas para capturar imagens de instalação de computadores de referência.

  • Imagens de detecção - Imagens utilizadas para efectuar o arranque de sistemas não-PXE para o cliente de Serviços de Implementação do Windows.

  • Imagens de instalação - Imagens do sistema operativo de referência utilizadas para instalação em computadores cliente.

Pré-requisitos para criar imagens

  • Conclua as acções descritas na secção anterior, "Configurar os Serviços de Implementação do Windows".

  • Certifique-se de que existe espaço em disco suficiente para criar e armazenar as imagens recém-criadas.

  • Tenha um CD ou DVD gravável e um suporte de dados disponíveis para a criação de suportes de dados de detecção ou outros suportes de dados Windows PE de arranque.

Credenciais administrativas

Para concluir esta tarefa, tem de ser membro do grupo Administradores Locais no servidor de Serviços de Implementação do Windows.

Problemas conhecidos relacionados com a criação de imagens

  • A versão do Sysprep.exe tem de corresponder à do sistema operativo a capturar.

  • A criação de imagens ISO de arranque requer a instalação do Kit de Instalação Automática do Windows.

  • A criação de suportes de dados de Captura ou de outros suportes de dados Windows PE de arranque requer um utilitário de gravação de discos de outros fabricantes.

Passos para criar imagens

Imagem de captura

As imagens de captura são utilizadas para capturar imagens do Windows preparadas com Sysprep.exe para implementação como imagens de instalação. As imagens de captura são imagens de arranque que iniciam o Assistente de Captura de Imagens. As imagens de captura são guardadas primeiro num ficheiro e, depois, são adicionadas novamente ao arquivo de imagens.

Para criar uma imagem de captura utilizando WdsMgmt
  1. Expanda a pasta Imagem de Arranque.

  2. Clique com o botão direito do rato na imagem a utilizar como imagem de captura.

  3. Clique em Criar Imagem de Arranque de Captura.

  4. Escolha um nome e uma descrição para a imagem de captura.

  5. Escolha uma localização e um nome para o novo ficheiro.

  6. Clique em OK para criar a imagem de captura.

  7. Clique em Concluir.

  8. Clique com o botão direito do rato na pasta Imagem de Arranque.

  9. Clique em Adicionar Imagem de Arranque.

  10. Procure a nova imagem de captura para selecção e clique em Seguinte.

  11. Opcionalmente, actualize o nome e a descrição da imagem de captura e, depois, clique em Seguinte.

  12. Clique em Seguinte.

  13. Clique em Concluir.

Para criar uma imagem de captura utilizando WDSUTIL
  1. O WDSUTIL, a ferramenta de gestão da linha de comandos dos Serviços de Implementação do Windows, requer privilégios elevados para execução: clique em Iniciar, clique em Todos os Programas, clique em Acessórios, clique com o botão direito do rato em Linha de Comandos e, em seguida, clique em Executar com Privilégios Elevados.

  2. Numa linha de comandos, escreva:

    WDSUTIL /new-captureimage /image: imagem_arranque /architecture:x86 /filepath: imagem_captura

    Em que imagem_arranque é o nome da imagem de arranque que pretende utilizar para criar a imagem de captura e imagem_captura é o caminho e o nome de ficheiro da nova imagem de captura.

  3. Numa linha de comandos, escreva:

    WDSUTIL /add-image /imagefile: imagem_captura /imagetype:boot

    Em que imagem_captura é o caminho e o nome de ficheiro da imagem de captura que pretende adicionar ao arquivo de imagens.

noteObservação
Está disponível Ajuda para WDSUTIL escrevendo WDSUTIL /? numa linha de comandos.

Imagem de instalação

As imagens de instalação são criadas a partir de instalações de referência do sistema operativo Windows e são implementadas no ambiente de trabalho do cliente quando são utilizados os Serviços de Implementação do Windows para instalar o Windows. Uma instalação de referência pode ser uma instalação do Windows padrão ou pode ser configurada para um ambiente ou uma utilização específicos antes da criação da imagem.

Para criar uma imagem de instalação
  1. Crie um computador de referência.

  2. Numa linha de comandos no computador de referência, mude de directório para \Windows\System32\Sysprep ou para um directório que contenha Sysprep.exe e Setupcl.exe.

  3. Escreva sysprep /OOBE /Generalize /Reboot.

  4. Quando o computador de referência for reiniciado, prima F12.

  5. No Gestor de Arranque do Windows, desloque o cursor para a imagem de captura criada anteriormente.

  6. Na página Assistente de Captura de Imagens, clique em Seguinte.

  7. Na página Origem da Captura de Imagem, utilize o controlo pendente Volume a Capturar para escolher o volume adequado e, em seguida, forneça um nome e uma descrição da imagem. Clique em Seguinte para continuar.

  8. Na página Destino da Captura de Imagem, clique em Procurar e navegue para a localização onde pretende armazenar a imagem capturada.

  9. Na caixa de texto Nome de ficheiro, escreva um nome para a imagem utilizando a extensão de nome de ficheiro .WIM e, em seguida, clique em Guardar.

  10. Clique em Carregar imagem no servidor de WDS.

  11. Escreva o nome do servidor de WDS e, em seguida, clique em Ligar.

  12. Se lhe forem pedidas credenciais, forneça um nome de utilizador e uma palavra-passe para uma conta com privilégios suficientes para ligar ao servidor de WDS.

  13. Utilizando o controlo pendente Grupo de Imagens, escolha o grupo de imagens em que pretende armazenar a imagem.

  14. Clique em Concluir.

noteObservação
A estrutura de directórios especificada no passo 1 só é válida para Windows Server 2008 e Windows Vista. Para o Windows 2003 e o Windows XP, utilize a versão do Sysprep adequada de Deploy.cab.

noteObservação
A sintaxe especificada no passo 2 deste procedimento só é válida para Windows Server 2008 e Windows Vista. Para procurar a sua versão do Windows na sintaxe, escreva: sysprep /?

Imagem de detecção

As imagens de detecção são utilizadas para implementar o sistema operativo Windows através dos Serviços de Implementação do Windows em computadores que não suportam arranque de PXE. As imagens de detecção são imagens de arranque que iniciam o Assistente de Detecção dos Serviços de Implementação do Windows. As imagens de detecção são guardadas num ficheiro, convertidas em formato ISO e, em seguida, gravadas em CD ou DVD.

Para criar uma imagem de detecção utilizando o snap-in WdsMgmt
  1. Expanda a pasta Imagem de Arranque.

  2. Clique com o botão direito do rato na imagem a utilizar como imagem de detecção.

  3. Clique em Criar Imagem de Arranque de Detecção.

  4. Escolha um nome e uma descrição para a imagem de detecção.

  5. Escolha uma localização e um nome para o novo ficheiro, utilizando a extensão de nome de ficheiro .wim.

  6. Clique em OK para criar a imagem de captura.

  7. Clique em Concluir.

Para criar uma imagem de detecção utilizando WDSUTIL
  1. O WDSUTIL, a ferramenta de gestão da linha de comandos dos Serviços de Implementação do Windows, requer privilégios elevados para execução: clique em Iniciar, clique em Todos os Programas, clique em Acessórios, clique com o botão direito do rato em Linha de Comandos e, em seguida, clique em Executar com Privilégios Elevados.

  2. Numa linha de comandos, escreva:

    WDSUTIL /new-discoverimage /image: imagem_arranque /architecture:x86 /filepath: imagem_detecção

    Em que imagem_arranque é o nome da imagem de arranque que pretende utilizar para criar a imagem de detecção e imagem_detecção é o caminho e o nome de ficheiro da nova imagem de detecção.

noteObservação
Está disponível Ajuda para WDSUTIL escrevendo WDSUTIL /? numa linha de comandos.

Este procedimento requer um utilitário de cópia de CDs de outros fabricantes para criar o CD de arranque. A utilização do comando Copiar ou copy do Windows para copiar a imagem para o suporte de dados não criará um disco de arranque.

Também pode utilizar este procedimento para criar outros tipos de suportes de dados de arranque a partir de ficheiros de arranque, incluindo imagens exportadas e de Captura.

Para criar um suporte de dados de detecção de arranque
  1. Para criar um ambiente de compilação WinPE, abra uma linha de comandos e escreva:

    Md c:\Winpe\Boot

    Md c:\Winpe\Sources

  2. Copie a imagem de detecção criada no procedimento anterior:

    Copy c:\boot.wim c:\Winpe\Sources

  3. Copie os ficheiros de arranque do Kit de Instalação Automática do Windows:

    Xcopy c:\Programas\Windows AIK\tools\<arquitectura>\boot c:\WinPE\boot

  4. Mude de directório para c:\Programas\Windows AIK\tools\<arquitectura>

  5. Crie a imagem ISO de arranque:

    Oscdimg -n -bc:\winpe\boot\etfsboot.com c:\winpe c:\winpe.iso

  6. Use um utilitário de criação de CDs ou DVDs para transferir a imagem ISO para o suporte de dados adequado.

Utilizar ficheiros de instalação automática com os Serviços de Implementação do Windows

Os Serviços de Implementação do Windows permitem-lhe automatizar o cliente de Serviços de Implementação do Windows e as últimas etapas da Configuração do Windows. Esta abordagem de duas fases é executada utilizando dois ficheiros de instalação automática diferentes. O ficheiro de instalação automática dos Serviços de Implementação do Windows é armazenado no servidor de Serviços de Implementação do Windows, na pasta \WDSClientUnattend, e é utilizado para automatizar a primeira fase da configuração. O ficheiro utilizado para configurar as opções de instalação automática durante a Configuração do Windows está armazenado numa subpasta (estrutura $OEM$ ou \Unattend) na pasta por imagem e é utilizado para automatizar as fases dois a sete.

Para automatizar qualquer uma destas fases, será necessário criar um ficheiro Unattend.xml, copiá-lo para a localização apropriada e atribuí-lo para utilização. Esta "atribuição" poderá ser executada a nível do servidor ou do cliente. A atribuição a nível do servidor pode ser detalhada ainda mais por arquitectura, permitindo-lhe ter diferentes definições para clientes x86 e x64. A atribuição a nível do cliente contorna as definições a nível do servidor.

Pré-requisitos para utilizar ficheiros de instalação automática

  • Conclua os passos descritos na secção anterior, "Configurar os Serviços de Implementação do Windows".

Credenciais administrativas

Para concluir esta tarefa, tem de ser membro do grupo Administradores Locais no servidor de Serviços de Implementação do Windows e ter permissões suficientes para adicionar um computador a um domínio.

Problemas conhecidos relacionados com a utilização de ficheiros de instalação automática

Poderá encontrar os seguintes problemas ao configurar opções de instalação automática:

  • As ferramentas de gestão dos Serviços de Implementação do Windows só suportam a definição de instalação automática de imagens de instalação para imagens do Windows Vista e Windows Server 2008. As imagens de nível inferior requerem a utilização dos ficheiros Sysprep.inf existentes e a criação manual de uma estrutura de directório $OEM$.

Passos para utilizar ficheiros de instalação automática

A instalação automática é configurada através dos seguintes passos:

  1. Criar um ficheiro de instalação automática adequado, consoante esteja a configurar o cliente de Serviços de Implementação do Windows, a Configuração do Windows ou a configuração legada. O Gestor de Imagens de Sistema do Windows, incluído como parte do Windows AIK, fornece um ambiente excelente para a criação de ficheiros de instalação automática.

  2. Associar o ficheiro de instalação automática a um tipo de imagem ou computador.

Os seguintes procedimentos descrevem como configurar a instalação automática por arquitectura, por computador e para a Configuração do Windows.

Configurar a instalação automática dos Serviços de Implementação do Windows

Para associar um ficheiro de instalação automática de cliente de WDS por arquitectura utilizando WdsMgmt
  1. Crie um directório WDSClientUnattend no directório RemoteInstall.

  2. Crie um ficheiro Unattend.xml com as definições aplicáveis ao cliente de Serviços de Implementação do Windows.

  3. Mude o nome do ficheiro de Unattend.xml para WDSClientUnattend.xml.

  4. Copie o ficheiro WDSClientUnattend.xml para RemoteInstall\WDSClientUnattend.

  5. Inicie a MMC WdsMgmt.

  6. Expanda a lista no painel da esquerda para mostrar a lista Servidores.

  7. Clique com o botão direito do rato no servidor de Serviços de Implementação do Windows que contém a imagem Windows Vista ou Windows Server 2008 a que pretende associar o ficheiro de instalação automática e, em seguida, clique em Propriedades.

  8. Clique no separador Cliente de Windows DS.

  9. Clique em Activar Modo Automático.

  10. Clique em Procurar junto à arquitectura adequada.

  11. Navegue para a pasta WDSClientUnattend, clique em WDSClientUnattend.xml e, em seguida, clique em Abrir.

  12. Clique em OK.

  13. Para fechar Propriedades do Servidor, clique em OK.

Para associar um ficheiro de instalação automática de cliente de WDS por arquitectura utilizando WDSUTIL
  1. O WDSUTIL, a ferramenta de gestão da linha de comandos dos Serviços de Implementação do Windows, requer privilégios elevados para execução: clique em Iniciar, clique em Todos os Programas, clique em Acessórios, clique com o botão direito do rato em Linha de Comandos e, em seguida, clique em Executar com Privilégios Elevados.

  2. Numa linha de comandos, escreva:

    WDSUTIL /set-server /wdsunattend /policy:enabled /file:caminhoficheiro /architecture:x86

    Em que caminhoficheiro é o caminho e nome do ficheiro de instalação automática.

noteObservação
Está disponível Ajuda para WDSUTIL escrevendo WDSUTIL /? numa linha de comandos.

Para associar um ficheiro de instalação automática de cliente de Serviços de Implementação do Windows por computador
  • Numa linha de comandos, escreva:

    WDSUTIL /set-device /device: nomecomputador /ID: GUID ou endereço MAC /WdsClientUnattend: caminho relativo

    Em que caminho relativo é o caminho da partilha REMINST para a pasta que contém WdsClientUnattend.xml.

noteObservação
O Apêndice A deste guia inclui um exemplo do ficheiro WdsClientUnattend.

Configurar a instalação automática da Configuração do Windows

Para associar um ficheiro de instalação automática da Configuração do Windows a uma imagem utilizando WdsMgmt
  1. No snap-in WdsMgmt, clique para expandir o grupo de imagens que contém imagens Windows Vista ou Windows Server 2008.

  2. Clique com o botão direito do rato na imagem a que pretende associar o ficheiro de instalação automática e clique em Propriedades.

  3. Clique em Permitir instalação da Imagem em modo automático.

  4. Clique em Seleccionar Ficheiro.

  5. Introduza o nome e o caminho ou navegue para escolher o ficheiro de instalação automática e, em seguida, clique em OK.

  6. Para fechar Propriedades da Imagem, clique em OK.

Para associar um ficheiro de instalação automática da Configuração do Windows a uma imagem utilizando WDSUTIL
  1. O WDSUTIL, a ferramenta de gestão da linha de comandos dos Serviços de Implementação do Windows, requer privilégios elevados para execução: clique em Iniciar, clique em Todos os Programas, clique em Acessórios, clique com o botão direito do rato em Linha de Comandos e, em seguida, clique em Executar com Privilégios Elevados.

  2. Numa linha de comandos, escreva:

    WDSUTIL /set-image /image: nomeimagem /imagetype:install /imagegroup: nomegrupoimagens /unattendfile: ficheiroinstalaçãoautomática

    Em que nomeimagem é o nome da imagem a que pretende associar o ficheiro de instalação automática, nomegrupoimagens é o nome do grupo de imagens que contém o ficheiro de imagem e ficheiroinstalaçãoautomática é o caminho e o nome do ficheiro a associar à imagem.

Para associar Sysprep.inf a uma imagem de nível inferior
  1. Numa linha de comandos, mude de directório para o grupo de imagens que contém uma imagem de nível inferior.

  2. No grupo de imagens que contém a imagem legada, crie um directório com o mesmo nome que o WIM a que pretende associar a imagem:

    Md C:\RemoteInstall\Images\ nomegrupoimagens \ nomeimagem

  3. Crie uma estrutura de directório $OEM$:

    Mc C:\RemoteInstall\Images\ nomegrupoimagens \ nomeimagem \$OEM$

  4. Copie um ficheiro Sysprep.inf adequado à imagem para o directório $OEM$:

    Copy C:\Sysprep.inf C:\RemoteInstall\Images\ nomegrupoimagens \ nomeimagem \$OEM$

  5. Adicione ficheiros ou faça as alterações necessárias e adequadas, de acordo com as convenções para $OEM$.

  6. Depois de aplicada a imagem, todo o directório $OEM$ será copiado e o conteúdo será aplicado à imagem.

noteObservação
Para mais informações sobre Sysprep.inf e o directório $OEM$, consulte Estruturar Tarefas de Configuração Automática (http://go.microsoft.com/fwlink/?LinkId=66136).

Registar erros e comentários

Os seus comentários e sugestões são importantes para nos ajudar a melhorar esta funcionalidade em versões futuras do Windows Server 2008. Forneça comentários relativamente à sua experiência de utilização dos Serviços de Implementação do Windows, aos problemas encontrados e à utilidade, ou não, deste documento. Também estamos interessados em pedidos de funcionalidades e comentários genéricos sobre os Serviços de Implementação do Windows.

Para submeter os comentários sobre este Guia Passo a Passo, consulte (http://go.microsoft.com/fwlink/?linkid=55105). Para assegurar que os seus comentários são recebidos, siga as instruções e forneça o nome deste guia na secção de comentários do Web site.

Referências adicionais

Os seguintes recursos fornecem informações adicionais sobre os Serviços de Implementação do Windows:

  • Para obter a versão mais actual deste documento, consulte o Web site da Microsoft (http://go.microsoft.com/fwlink/?LinkId=66145).

  • Se precisar de suporte técnico, consulte o Web site Microsoft Connect (http://go.microsoft.com/fwlink/?LinkId=49779).

  • Para aceder a newsgroups relacionados com os Serviços de Implementação do Windows, siga as instruções fornecidas no Web site Microsoft Connect (http://go.microsoft.com/fwlink/?LinkId=50067).

  • Se é um recurso de teste de versões beta e também é membro do programa beta TAP (Technology Adoption Program) especial, pode igualmente contactar o membro designado da sua equipa de desenvolvimento Microsoft para obter ajuda.

Para mais informações sobre tecnologias associadas, consulte os seguintes recursos:

Apêndice A

The following is a sample WdsClient unattend file:

<?xml version="1.0" encoding="utf-8" ?> 
- <unattend xmlns="urn:schemas-microsoft-com:unattend">
- <settings pass="windowsPE">
- <component name="Microsoft-Windows-Setup" publicKeyToken="31bf3856ad364e35" language="neutral" versionScope="nonSxS" processorArchitecture="x86">
- <WindowsDeploymentServices>
- <Login>
  <WillShowUI>Never</WillShowUI> 
- <Credentials>
  <Username>administrator</Username> 
  <Domain>domain</Domain> 
  <Password>my_password</Password> 
  </Credentials>
  </Login>
- <ImageSelection>
  <WillShowUI>Never</WillShowUI> 
- <InstallImage>
  <ImageName>Windows Vista with Office</ImageName> 
  <ImageGroup>ImageGroup1</ImageGroup> 
  <Filename>Install.wim</Filename> 
  </InstallImage>
- <InstallTo>
  <DiskID>0</DiskID> 
  <PartitionID>1</PartitionID> 
  </InstallTo>
  <LanguagePack>EN-US</LanguagePack> 
  </ImageSelection>
  </WindowsDeploymentServices>
- <DiskConfiguration>
  <WillShowUI>OnError</WillShowUI> 
- <Disk>
  <DiskID>0</DiskID> 
  <WillWipeDisk>false</WillWipeDisk> 
  </Disk>
  </DiskConfiguration>
  </component>
  </settings>
  </unattend>

Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários

Contribuições da comunidade

ADICIONAR
Mostrar:
© 2014 Microsoft