Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo
Arp
At
Cd
Cls
Cmd
Del
Dir
Fc
For
Ftp
If
Ldp
Lpq
Lpr
Md
Mmc
Msg
Nlb
Rcp
Rd
Reg
Rem
Ren
Rsh
Rsm
Rss
Sc
Set
Sfc
Ver
Vol
Expandir Minimizar
Este artigo foi traduzido por máquina. Coloque o ponteiro do mouse sobre as frases do artigo para ver o texto original. Mais informações.
Tradução
Original

DiskRAID

O DiskRAID é uma ferramenta de linha de comando que permite configurar e gerenciar o array redundante de subsistemas de armazenamento independentes (ou inexpensive) disks (RAID).

RAID é um método utilizado para padronizar e categorizar sistemas de disco tolerantes a falhas. Níveis de RAID fornecem várias combinações de desempenho, confiabilidade e custo. RAID é geralmente usado em servidores. Alguns servidores fornecem três níveis de RAID: nível 0 (striping), nível 1 (espelhamento) e 5 (particionamento com paridade).

Um subsistema RAID de hardware distingue unidades de armazenamento endereçável fisicamente um do outro, usando um número de unidade lógica (LUN). Um objeto LUN deve ter pelo menos um plex e pode ter qualquer número de plexes adicionais. Cada plex contém uma cópia dos dados no objeto de LUN. Pode ser adicionados ao e removidos de um objeto LUN plexes.

A maioria dos comandos DiskRAID operam em uma porta de adaptador (HBA) de barramento de host específico, adaptador do iniciador, portal do iniciador, provedor, subsistema, controlador, porta, drive, LUN, portal de destino, destino ou grupo de portais de destino. Use o comando SELECT para selecionar um objeto. O objeto selecionado deve ter o foco. Foco simplifica tarefas de configuração comuns, como a criação de vários LUNs dentro do mesmo subsistema.

Cc770763.note(pt-br,WS.10).gif Observação
A ferramenta de linha de comando do DiskRAID funciona somente com os subsistemas de armazenamento que oferecem suporte ao serviço de disco Virtual (VDS).

Comandos DiskRAID

Para exibir a sintaxe de comando, clique no comando:

ADD

Adiciona um LUN existente no LUN selecionado no momento ou um portal de destino iSCSI para o grupo de portais de destino iSCSI selecionado no momento.

Sintaxe


Add plex lun = n [noerr] add tpgroup tportal = n [noerr]

Parâmetros

plex lun=n

Especifica o número LUN para adicionar como um plex no LUN selecionado no momento.

Cc770763.Caution(pt-br,WS.10).gif Cuidado
Todos os dados no LUN que está sendo adicionado como um plex serão excluídos.

TPGROUP tportal = n

Especifica o número de portal de destino iSCSI para adicionar ao grupo de portais de destino iSCSI selecionado no momento.

NOERR

Especifica que quaisquer falhas que ocorrem ao executar esta operação serão ignoradas. Isso é útil no modo de script.

associar

Define a lista especificada de controlador de portas como ativa para o LUN selecionado no momento (outro controlador portas ficam inativas), ou adiciona as portas do controlador especificado à lista de portas do controlador ativo existente para o LUN selecionado no momento ou associa o destino iSCSI especificado para o LUN selecionado no momento.

Sintaxe


Associate controllers [add] <n> [, <n>[,…]]associar portas < m n > [Adicionar] [, < m n >, …]associar destinos [Adicionar] <n> [, <n>[,…]]

Parâmetros

controladores

Para uso com provedores VDS 1.0 somente. Adiciona ou substitui a lista de controladores que estão associados com o LUN selecionado no momento.

portas

Para uso com provedores VDS 1.1 somente. Adiciona ou substitui a lista de portas do controlador que estão associados com o LUN selecionado no momento.

destinos

Para uso com provedores VDS 1.1 somente. Adiciona ou substitui a lista de destinos iSCSI que estão associados com o LUN selecionado no momento.

Adicionar

Provedores VDS 1.0, adiciona controladores especificados à lista existente de controladores associado ao LUN. Se este parâmetro não for especificado, a lista de controladores substitui a lista existente de controladores associados a esse LUN.

Provedores VDS 1.1, adiciona as portas do controlador especificado à lista existente de portas do controlador associado ao LUN. Se este parâmetro não for especificado, a lista de portas do controlador substitui a lista de portas do controlador associado a esse LUN existente.



<n> [, <n>[, ...]]

Para uso com o parâmetro controladores ou destinos . Especifica o número de controladores ou destinos iSCSI para definir como ativo ou associar.



< m n > [, < m n >, …]

Para uso com o parâmetro de portas . Especifica as portas do controlador para definir ativo usando um par de número (m) de porta e o número do controlador (n).

Exemplo

O exemplo a seguir mostra como associar e adicionar portas para um LUN que usa um provedor VDS 1.1:



O DISKRAID >5LUN LUN SEL 5 é agora o LUN selecionado.

O DISKRAID >ASSOCIAR portas associações de porta 0-0,0-1Controller alteradas.

(Portas ativas após este comando do controlador: Porta Ctlr no 0 0, porta 0 Ctlr no 1)O DISKRAID >ASSOCIAR adicionar portas 1Controller 1 porta associações alteradas.

(Portas ativas após este comando do controlador: Porta Ctlr no 0 0 0 Ctlr no porta 1, Ctlr no 1 porta 1)

AUTOMAGIC

Define ou limpa os sinalizadores dar dicas para provedores sobre como configurar um LUN. Usado sem parâmetros, a operação de automagic exibe uma lista de sinalizadores.

Sintaxe


AUTOMAGIC {set | limpar | aplicar} todas < sinalizador = valor >[< flag = valor >[...]]

Parâmetros

Set

Define os sinalizadores especificados para os valores especificados.

Limpar

Limpa os sinalizadores especificados. Palavra-chave all limpa todos os sinalizadores automagic.

Aplicar

Aplica os sinalizadores atuais para o LUN selecionado.

<flag>

Os sinalizadores são identificados por acrônimos de três letras.

Sinalizador Descrição

FCR

Recuperação rápida falhar necessária

FTL

Tolerante a falhas

MSR

Principalmente de leituras

MXD

Máximo de Drives

MXS

Tamanho máximo esperado

ORA

Alinhamento de leitura ideal

ORS

Tamanho ideal de leitura

OSR

Otimizar para leituras seqüenciais

OSW

Otimizar para gravações seqüenciais

OWA

Alinhamento de gravação ideal

OWS

Tamanho de gravação ideal

RBP

Reconstruir prioridade

RBV

Verifique novamente a leitura habilitado

RMP

Remapeamento habilitado

STS

Tamanho de faixa

WTC

Gravação por cache habilitado

YNK

Removível

break

Remove o plex no LUN selecionado no momento. O plex e os dados que continha não são mantidos e as extensões da unidade podem ser recuperadas.

Sintaxe


break plex = <plex_number>[noerr]

Parâmetros

plex

Especifica o número de plex para remover. O plex e os dados que continha não serão mantidos e os recursos usados por este plex serão recuperados. Os dados contidos no LUN não são garantidos para ser consistente. Se você deseja manter este plex, use o Volume Shadow Copy Service (VSS).

NOERR

Especifica que quaisquer falhas que ocorrem ao executar esta operação serão ignoradas. Isso é útil no modo de script.

Comentários
Cc770763.note(pt-br,WS.10).gif Observação
Você deve primeiro selecionar um LUN espelhado antes de usar o comando break .

Cc770763.Caution(pt-br,WS.10).gif Cuidado
Todos os dados do plex serão excluídos.

Cc770763.Caution(pt-br,WS.10).gif Cuidado
Todos os dados contidos no LUN original não é garantido para ser consistente.

CHAP

Define o Challenge Handshake Authentication Protocol (CHAP) compartilhada secreta iniciadores iSCSI e destinos iSCSI podem se comunicar com um outro.

Sintaxe


Definir segredo CHAP de iniciador = [<secret>] [destino = <target>] chap iniciador lembrar segredo = [<secret>] target = <target> chap target set secret = [<secret>] [initiator = <initiatorname>] destino chap lembrar segredo = iniciador [<secret>] = <initiatorname>

Parâmetros

conjunto de iniciador

Define o segredo compartilhado no serviço do iniciador iSCSI local usado para a autenticação CHAP mútua quando o iniciador autentica o destino.

Lembre-se de iniciador

Comunica-se o segredo de CHAP de um destino iSCSI para o serviço iniciador iSCSI local para que o serviço iniciador possa usar o segredo para se autenticar para o destino durante a autenticação CHAP.

conjunto de destino

Define o segredo compartilhado no destino iSCSI selecionado atualmente usado para autenticação de CHAP quando o destino autentica o iniciador.

Lembre-se do destino

Comunica-se o segredo de CHAP de iniciador iSCSI um destino iSCSI em foco atual para que o destino pode usar o segredo para se autenticar o iniciador durante a autenticação CHAP mútua.

segredo

Especifica o segredo para usar. Se estiver vazio, o segredo será limpo.

destino

Especifica um destino no subsistema selecionado no momento para associar o segredo. Isso é opcional ao definir um segredo no iniciador e deixando ele indica que o segredo será usado para todos os destinos que não têm um segredo associado.

initiatorname

Especifica um nome de iniciador iSCSI para associar o segredo. Isso é opcional quando a configuração de um segredo de um destino e deixa de fora indica que o segredo será usado para todos os iniciadores que não têm um segredo associado.

criar

Cria um novo LUN ou um destino iSCSI no subsistema selecionado no momento ou cria um grupo de portais de destino no destino selecionado no momento. Você pode visualizar a ligação real usando o comando lista do DiskRAID .

Sintaxe


Create lun simple [tamanho = <n>] [drives = <n>] [noerr] create lun stripe [tamanho = <n>] [drives = < n, n >[,...]]  [stripesize = <n>] [noerr] create lun raid [tamanho = <n>] [drives = < n, n >[,...]] [stripesize = <n>] [noerr] cria espelhos de lun [tamanho = <n>] [drives = < n, n >[,...]] [stripesize = <n>] [noerr] create lun automagic size = <n>[noerr] create target name = <name>[iscsiname = <iscsiname>] [noerr] criar tpgroup [noerr]

PARAMETER

simples

Cria um LUN simple.

Faixa

Cria um LUN distribuído.

RAID

Cria um LUN distribuído com paridade.

espelho

Cria um LUN espelhado.

AUTOMAGIC

Cria um LUN usando dicas automagic atualmente em vigor. Consulte automagic sub-command para obter mais informações.

tamanho=

Especifica o tamanho total do LUN em megabytes. Se o tamanho = parâmetro não for especificado, o LUN criado será o maior tamanho possível permitido por todas as unidades especificadas.

Um provedor normalmente cria um LUN pelo menos tão grande como o tamanho solicitado, mas o provedor pode ter que arredondar até o próximo maior tamanho em alguns casos. Por exemplo, se o tamanho é especificado como.99 GB e o provedor podem alocar somente extensões de disco GB, o LUN resultante seria 1 GB.

Para especificar o tamanho usando outras unidades, use um dos seguintes sufixos reconhecidos imediatamente após o tamanho:

  • B para byte.

  • KB KB.

  • MB megabyte.

  • GB para gigabyte.

  • TB terabyte.

  • PB petabyte.

unidades=

Especifica o drive_number para as unidades usar para criar um LUN. Se o tamanho = parâmetro não for especificado, o LUN criado terá o maior tamanho possível permitido por todas as unidades especificadas. Se o tamanho = parâmetro for especificado, provedores irá selecionar unidades na lista unidade especificada para criar o LUN. Provedores tentará usar as unidades na ordem especificada quando possível.

STRIPESIZE=

Especifica o tamanho em megabytes para uma faixa ou um LUN de RAID . O stripesize não pode ser alterado depois que o LUN é criado.

Para especificar o tamanho usando outras unidades, use um dos seguintes sufixos reconhecidos imediatamente após o tamanho:

  • B para byte.

  • KB KB.

  • MB megabyte.

  • GB para gigabyte.

  • TB terabyte.

  • PB petabyte.

destino

Cria um novo destino iSCSI no subsistema selecionado no momento.

Nome

Fornece o nome amigável para o destino.

ISCSINAME

Fontes de nome para o destino de iSCSI e pode ser omitido para que o provedor geram um nome.

TPGROUP

Cria um novo grupo de portais de destino do iSCSI no destino selecionado no momento.

NOERR

Especifica que quaisquer falhas que ocorrem ao executar esta operação serão ignoradas. Isso é útil no modo de script.

Comentários
  • Tanto o tamanho= ou unidades= parâmetro deve ser especificado. Eles também podem ser usados juntos.

  • O tamanho de faixa para um LUN não pode ser alterado após a criação.

Excluir

Exclui o LUN selecionado no momento, o destino iSCSI (contanto que não os LUNs associados a destino iSCSI) ou grupo de portais de destino iSCSI.

Sintaxe


Excluir lun [desinstalar] [noerr] delete target [noerr] excluir tpgroup [noerr]

Parâmetros

LUN

Exclui todos os dados e o LUN selecionado no momento.

desinstalar

Especifica que o disco no sistema local associado ao LUN será limpo antes do LUN ser excluído.

destino

Exclui o destino iSCSI selecionado se nenhum LUN está associado com o destino.

TPGROUP

Exclui o grupo de portais de destino iSCSI selecionado no momento.

NOERR

Especifica que quaisquer falhas que ocorrem ao executar esta operação serão ignoradas. Isso é útil no modo de script.

detalhes

Exibe informações detalhadas sobre o objeto selecionado do tipo especificado.

Sintaxe


Detalhe {hbaport | iadapter | iportal | provedor | subsistema | controlador | porta | unidade | lun | tportal | destino | tpgroup} [verbose]

Parâmetros

HBAPORT

Lista informações detalhadas sobre a porta de adaptador (HBA) de barramento do host selecionado no momento.

IADAPTER

Lista informações detalhadas sobre o adaptador do iniciador iSCSI atualmente selecionada.

IPORTAL

Lista informações detalhadas sobre o portal do iniciador iSCSI atualmente selecionada.

provedor

Lista informações detalhadas sobre o provedor selecionado no momento.

subsistema

Lista informações detalhadas sobre o subsistema selecionado no momento.

controlador

Lista informações detalhadas sobre o controlador selecionado no momento.

porta

Lista informações detalhadas sobre a porta do controlador selecionado no momento.

unidade

Lista informações detalhadas sobre a unidade selecionada, incluindo os LUNs occupying.

LUN

Lista informações detalhadas sobre LUN selecionado no momento, inclusive os contribuintes unidades. A saída é ligeiramente diferente dependendo se o LUN é parte de um subsistema de Fibre Channel ou iSCSI. Se a lista de Hosts sem máscara contém apenas um asterisco, isso significa que o LUN é revelado para todos os hosts.

TPORTAL

Lista informações detalhadas sobre o portal de destino iSCSI selecionado no momento.

destino

Lista informações detalhadas sobre o destino iSCSI selecionado no momento.

TPGROUP

Lista informações detalhadas sobre o grupo de portais de destino iSCSI selecionado no momento.

detalhado

Para uso somente com o parâmetro LUN. Lista informações adicionais, incluindo seu plexes.

dissociar

Conjuntos especificado lista de portas do controlador como inativos para o LUN selecionado no momento (outro controlador de portas não são afetadas), ou dissociates a lista especificada de destinos iSCSI para o LUN selecionado no momento.

Sintaxe


DISSOCIATE controllers <n>[, <n>[,...]]dissociar portas < m n > [, < m n >, …]dissociar destinos <n>[, <n>[,…]]

PARAMETER

controladores

Para uso com provedores VDS 1.0 somente. Controladores remove da lista de controladores que estão associados com o LUN selecionado no momento.

portas

Para uso com provedores VDS 1.1 somente. Portas do controlador remove da lista de portas do controlador que estão associados com o LUN selecionado no momento.

destinos

Para uso com provedores VDS 1.1 somente. Remove destinos da lista de destinos iSCSI que estão associados com o LUN selecionado no momento.



<n>[, <n>[,…]]

Para uso com o parâmetro controladores ou destinos . Especifica os números de controladores ou destinos iSCSI para definir como inativa ou dissociar.



< m n > [, < m n >, …]

Para uso com o parâmetro de portas . Especifica as portas do controlador para definir como inativos usando um par de número (m) de porta e o número do controlador (n).

Exemplo


O DISKRAID >5LUN LUN SEL 5 é agora o LUN selecionado.

O DISKRAID >ASSOCIAR portas associações de porta 0-0,0-1Controller alteradas.

(Portas ativas após este comando do controlador: Porta Ctlr no 0 0, porta 0 Ctlr no 1)O DISKRAID >ASSOCIAR adicionar portas 1Controller 1 porta associações alteradas.

(Portas ativas após este comando do controlador: Porta Ctlr no 0 0 0 Ctlr no porta 1, Ctlr no 1 porta 1)O DISKRAID >DISSOCIATE PORTS associações de porta 0-0,1-1Controller alteradas.

(Portas ativas após este comando do controlador: porta 0 Ctlr no 1)

sair

Sai do DiskRAID.

Sintaxe


sair

estender

Estende o LUN selecionado adicionando setores até o final do LUN. Nem todos os provedores suporte à extensão de LUNs. Não estender os volumes ou sistemas de arquivos contidos no LUN. Depois de estender o LUN, você deve estender as associado estruturas em disco usando o comando DiskPart extend .

Sintaxe


estende um lun [tamanho = <LUN_size>] [drives = <drive_number> [<drive_number>,...]] [noerr]

Parâmetros

tamanho =

Especifica o tamanho em megabytes para estender o LUN. Se o tamanho = parâmetro não for especificado, o LUN é estendido, o maior tamanho possível permitido por todas as unidades especificadas. Se o tamanho = parâmetro for especificado, provedores selecione unidades na lista especificada pelo drives = parâmetro para criar o LUN.

Para especificar o tamanho usando outras unidades, use um dos seguintes sufixos reconhecidos imediatamente após o tamanho:

  • B para byte.

  • KB KB.

  • MB megabyte.

  • GB para gigabyte.

  • TB por terabyte

  • PB para petabytes

unidades =

Especifica o <drive_number>para as unidades usar ao criar um LUN. Se o tamanho = parâmetro não for especificado, o LUN criado terá o maior tamanho possível permitido por todas as unidades especificadas. Provedores usam unidades na ordem especificada quando possível.

NOERR

Especifica que quaisquer falhas que ocorram durante a realização desta operação devem ser ignoradas. Isso é útil no modo de script.

Comentários

O tamanho ou <drive>parâmetro deve ser especificado. Eles também podem ser usados juntos.

FLUSHCACHE

Limpa o cache no controlador selecionado no momento.

Sintaxe


FLUSHCACHE controller

Ajuda

Exibe uma lista de todos os comandos do DiskRAID.

Sintaxe


Ajuda

IMPORTTARGET

Recupera ou define o destino de importação de Volume Shadow Copy Service (VSS) atual é definido para o subsistema selecionado no momento.

Sintaxe


subsistema IMPORTTARGET [conjunto de destino]

PARAMETER

conjunto de destino

Se especificado, define o destino selecionado para o destino de importação VSS do subsistema selecionado no momento. Se não especificado, o comando recupera o destino de importação VSS atual definido para o subsistema selecionado no momento.

iniciador

Recupera informações sobre o iniciador iSCSI local.

Sintaxe


iniciador

INVALIDATECACHE

Invalida o cache no controlador selecionado no momento.

Sintaxe


INVALIDATECACHE controller

lbpolicy

Define a diretiva de balanceamento de carga no LUN selecionado no momento.

Sintaxe


lbpolicy definir o tipo de lun = <type>[caminhos = <path>-{principal | <weight>} [, <path>-{principal | <weight>}, …]]lbpolicy definir caminhos de lun = <path>-{principal | <weight>} [, <path>-{principal | <weight>}, …]

Parâmetros

Tipo

Especifica a diretiva de balanceamento de carga. Se o tipo não for especificado, o parâmetro path deve ser especificado. Tipo pode ser um destes procedimentos:

FAILOVER: usa um caminho primário com outros caminhos sendo caminhos de backup.

ROUNDROBIN: usa todos os caminhos no rodízio, que tenta cada caminho seqüencialmente.

SUBSETROUNDROBIN: usa todos os caminhos principais no rodízio;caminhos de backup são usados somente se todos os caminhos principais falham.

DYNLQD: usa o caminho com o menor número de solicitações ativas.

PONDERADO: usa o caminho com o menor peso (cada caminho deve ser atribuído um peso).

LEASTBLOCKS: usa o caminho com o mínimo de blocos.

VENDORSPECIFIC: usa uma diretiva específica do fornecedor.

caminhos

Especifica se um caminho é primária ou tem um determinado <weight>. Todos os caminhos não especificados são definidos implicitamente como backup. Todos os caminhos listados devem ser um dos caminhos do LUN selecionado no momento.

lista

Exibe uma lista de objetos do tipo especificado.

Sintaxe


Lista {hbaports | iadapters | iportals | provedores | subsistemas | controladores | portas | unidades | LUNs | TPORTALS | destinos | TPGROUPS}

Parâmetros

HBAPORTS

Lista informações resumidas sobre todas as portas HBA conhecido para VDS. A porta do HBA selecionada é marcada por um asterisco.

que você deseja

Lista informações de resumo sobre todos os adaptadores de iniciador iSCSI conhecido para VDS. O adaptador do iniciador selecionado é marcado por um asterisco.

IPORTALS

Lista informações de resumo sobre todos os portais do iniciador iSCSI no adaptador de iniciador selecionado no momento. O portal do iniciador selecionado é marcado por um asterisco.

provedores

Lista informações resumidas sobre cada provedor VDS conhecido. O provedor selecionado é marcado por um asterisco.

subsistemas

Lista informações resumidas sobre cada subsistema do sistema. O subsistema selecionado no momento é marcado por um asterisco.

controladores

Lista informações resumidas sobre cada controlador no subsistema selecionado no momento. Controlador selecionado no momento é marcado por um asterisco.

portas

Lista informações resumidas sobre cada porta do controlador no controlador selecionado no momento. Porta atualmente selecionada é marcada por um asterisco.

unidades

Lista informações resumidas sobre cada unidade no subsistema selecionado no momento. A unidade selecionada no momento é marcada por um asterisco.

LUNs

Lista informações resumidas sobre cada LUN no subsistema selecionado no momento. O LUN selecionado no momento é marcado por um asterisco.

TPORTALS

Lista informações de resumo sobre todos os portais de destino iSCSI no subsistema selecionado no momento. O portal de destino selecionado é marcado por um asterisco.

destinos

Lista informações de resumo sobre todos os destinos iSCSI no subsistema selecionado no momento. O destino selecionado é marcado por um asterisco.

TPGROUPS

Lista informações de resumo sobre todos os iSCSI destino grupos de portais de destino selecionado no momento. O grupo portal atualmente selecionado é marcado por um asterisco.

login

Registra o adaptador do iniciador iSCSI especificado em destino iSCSI selecionado no momento.

Sintaxe


login target iadapter = <iadapter>[tipo = {manual | persistente | inicialização}] [chap = {none | oneway | mútua}] [iportal = <iportal>] [tportal = <tportal>] [<flag>[<flag>[…]]]

Parâmetros

Tipo

Especifica o tipo de logon para executar: manual, persistenteou inicialização. Se não for especificado, um logon manual será executado.

manual - Login manualmente.

persistente - usar o mesmo logon automaticamente quando o computador é reiniciado.

inicialização -(esta opção é para desenvolvimento futuro e não é usado atualmente. )

CHAP

Especifica o tipo de autenticação CHAP a ser usado: none, oneway CHAP ou mútuo CHAP;Se não for especificado, nenhuma autenticação será usada.

TPORTAL

Especifica um portal de destino opcional no subsistema selecionado no momento para o log.

IPORTAL

Especifica um portal do iniciador opcional no adaptador do iniciador especificado para o log.

<flag>

Identificados por acrônimos de três letras:

IPS: exigir IPsec

EMP: habilitar multipath

EHD: Habilitar compilação de cabeçalho

EDD: Habilitar compilação de dados

logout

Registra o adaptador do iniciador iSCSI especificado fora do destino iSCSI selecionado no momento.

Sintaxe


Logout target iadapter = <iadapter>

Parâmetros

IADAPTER

Especifica o adaptador do iniciador com uma sessão de login para efetuar logout do.

manutenção

Executa as operações de manutenção do objeto selecionado do tipo especificado.

Sintaxe


manutenção < operação objeto >[contagem = <iteration>]

Parâmetros

<object>

Especifica o tipo de objeto no qual executar a operação. O tipo de objeto pode ser um subsistema, controller, port, drive ou LUN.

<operation>

Especifica a operação de manutenção para executar. O tipo de operação pode ser spinup, spindown, blink, beep ou ping. Uma operação deve ser especificado.

Contagem =

Especifica o número de vezes para repetir a operação. Isso é geralmente usado com blink, beepou ping.

Nome

Define o nome amigável do destino iSCSI, LUN ou subsistema selecionado no momento como o nome especificado.

Sintaxe


nome {subsistema | lun | alvo} [<name>]

PARAMETER

<name>

Especifica um nome para o subsistema, um LUN ou um destino. O nome deve ser menor do que 64 caracteres. Se nenhum nome for fornecido, o nome existente, se houver, é excluído.

off-line

Define o estado do objeto selecionado do tipo especificado como offline.

Sintaxe


<object> off-line

PARAMETER

<object>

Especifica o tipo de objeto no qual executar esta operação. <object>

tipo pode ser subsistema, controller, drive, LUNou tportal.

on-line

Define o estado do objeto selecionado do tipo especificado como online. Se o objeto for hbaport, altera o status dos caminhos para a porta do HBA selecionada online.

Sintaxe


<object> on-line

PARAMETER

<object>

Especifica o tipo de objeto no qual executar esta operação. <object>

tipo pode ser hbaport, subsistema, controller, drive, LUNou tportal.

recuperar

Realiza operações necessárias, como a ressincronização ou hot sparing, para reparar o LUN selecionado no momento tolerante a falha. Por exemplo, a recuperação pode causar um hot spare deve ser vinculado a um conjunto RAID que tem um disco defeituoso ou realocação de extensão outra disco.

Sintaxe


recuperar <lun>

REENUMERATE

Reenumerates objetos do tipo especificado. Se você usar o comando LUN estender, você deve usar o comando atualizar para atualizar o tamanho do disco antes de usar o comando reenumerate.

Sintaxe


REENUMERATE {subsistemas | drives}

Parâmetros

subsistemas

Consulta o provedor para descobrir qualquer subsistema novo que foram adicionado no provedor selecionado no momento.

unidades

Consulta os barramentos internos de e/S para descobrir novas unidades que foram adicionadas no subsistema selecionado no momento.

atualizar

Atualiza os dados internos para o provedor selecionado no momento.

Sintaxe


provedor de atualização

rem

Usado para comentar scripts.

Sintaxe


Rem <comment>

remove

Remove o portal de destino iSCSI especificado o grupo de portais de destino selecionado no momento.

Sintaxe


Remover tpgroup tportal = <tportal>[noerr]

PARAMETER

TPGROUP tportal = <tportal>

Especifica o portal de destino iSCSI para remover.

NOERR

Especifica que quaisquer falhas que ocorram durante a realização desta operação devem ser ignoradas. Isso é útil no modo de script.

Substituir

Substitui a unidade especificada pela unidade selecionada no momento.

Sintaxe


Substitua unidade = <drive_number>

PARAMETER

unidade =

Especifica o <drive_number>para a unidade a ser substituído.

Comentários
  • A unidade especificada não pode ser a unidade selecionada no momento.

Redefinir

Redefine a porta ou controlador selecionado no momento.

Sintaxe


Redefinir {controlador | porta}

Parâmetros

controlador

Redefine o controlador.

porta

Redefine a porta.

select

Exibe ou altera o objeto atualmente selecionado.

Sintaxe


Selecione {hbaport | iadapter | iportal | provedor | subsistema | controlador | porta | unidade | lun | tportal | destino | tpgroup} [<n>]

Parâmetros

objeto

Especifica o tipo de objeto para selecionar. <object>tipo pode ser o provedor, subsistema, controlador, unidadeou LUN.

HBAPORT [<n>]

Define o foco para a porta HBA local especificada. Se nenhuma porta HBA for especificada, o comando exibe a porta HBA selecionada no momento (se houver). Especificar um índice de porta HBA inválido resulta em nenhuma porta HBA em foco. Selecionar uma porta HBA desmarca todos os adaptadores do iniciador selecionado e portais do iniciador.

IADAPTER [<n>]

Define o foco para o adaptador do iniciador iSCSI local especificado. Se nenhum adaptador do iniciador for especificado, o comando exibe o adaptador do iniciador selecionado no momento (se houver). Especificar um índice de adaptador de iniciador inválido resulta em nenhum adaptador do iniciador em foco. Selecionar um adaptador do iniciador Cancela quaisquer portas HBA selecionadas e portais do iniciador.

IPORTAL [<n>]

Define o foco para o portal do iniciador iSCSI local especificado dentro do adaptador do iniciador iSCSI selecionada. Se nenhum portal do iniciador for especificado, o comando exibe o portal do iniciador selecionado no momento (se houver). Especificar um índice de portal de iniciador inválido resulta em nenhum portal do iniciador selecionado.

provedor [<n>]

Define o foco para o provedor especificado. Se nenhum provedor for especificado, o comando exibe o provedor selecionado no momento (se houver). Especificar um índice de provedor inválido resulta em nenhum provedor em foco.

subsistema [<n>]

Define o foco para o subsistema especificado. Se nenhum subsistema for especificado, o comando exibe o subsistema em foco (se houver). Especificar um índice de subsistema inválido resulta em nenhum subsistema em foco. Selecionar um subsistema implicitamente seleciona seu provedor associado.

controlador [<n>]

Define o foco para o controlador especificado no subsistema selecionado no momento. Se o controlador não for especificado, o comando exibe o controlador selecionado no momento (se houver). Especificar um índice inválido controlador resulta em nenhum controlador em foco. Selecionar um controlador Cancela quaisquer portas do controlador selecionado, drives, LUNs, portais de destino, destinos e grupos de portais de destino.

porta [<n>]

Define o foco para a porta do controlador especificado no controlador selecionado no momento. Se nenhuma porta for especificada, o comando exibe a porta selecionada no momento (se houver). Especificar um índice de porta inválido resulta em nenhuma porta selecionada.

unidade [<n>]

Define o foco para a unidade especificada ou eixo físico dentro do subsistema selecionado no momento. Se nenhuma unidade for especificada, o comando exibe a unidade selecionada no momento (se houver). Especificar um índice inválido unidade resulta em nenhuma unidade em foco. Selecionar uma unidade cancela qualquer selecionados controladores, portas do controlador, LUNs, portais de destino, destinos e grupos de portais de destino.

LUN [<n>]

Define o foco para o LUN especificado no subsistema selecionado no momento. Se nenhum LUN for especificado, o comando exibe o LUN selecionado no momento (se houver). Especificar um índice LUN inválido resulta em nenhum LUN selecionado. Selecionar um LUN cancela qualquer selecionados controladores, portas do controlador, unidades, portais de destino, destinos e grupos de portais de destino.

TPORTAL [<n>]

Define o foco para o portal de destino iSCSI especificado no subsistema selecionado no momento. Se não há portal de destino for especificado, o comando exibe o portal de destino selecionado no momento (se houver). Especificar um índice de portal de destino inválida resulta em nenhum portal de destino selecionado. Selecionar um portal de destino Cancela quaisquer controladores, portas do controlador, drives, LUNs, destinos e grupos de portais de destino.

destino [<n>]

Define o foco para o destino iSCSI especificado no subsistema selecionado no momento. Se nenhum destino for especificado, o comando exibe o destino selecionado no momento (se houver). Especificar um destino inválido índice resulta em nenhum destino selecionado. Selecionar um destino Cancela quaisquer controladores, portas do controlador, drives, LUNs, portais de destino e grupos de portais de destino.

TPGROUP [<n>]

Define o foco para o grupo de portais de destino iSCSI especificado em destino iSCSI selecionado no momento. Se nenhum grupo de portais de destino for especificado, o comando exibe o grupo de portais de destino selecionado no momento (se houver). Especificar um índice de grupo de portais de destino inválida resulta em nenhum grupo de portais de destino em foco.

[<n>]

Especifica o número < objeto >para selecionar. Se o número < objeto >especificado não é válido, que qualquer seleção existente para objetos do tipo especificado é limpas. Se nenhum número < objeto >for especificado, o objeto atual é exibido.

setflag

Define a unidade selecionada como um hot spare.

Sintaxe


setflag drive hotspare = {true | false}

Parâmetros

verdadeiro

Seleciona a unidade selecionada como um hot spare.

FALSO

Cancela a seleção de unidade selecionada no momento como um hot spare.

Comentários

Hot spares não podem ser usados para operações de vinculação de LUN comuns. Estão reservados para o tratamento de falhas somente. A unidade não deve ser vinculada atualmente qualquer LUN existente.

reduzir

Reduz o tamanho do LUN selecionado.

Sintaxe


reduzir o tamanho do lun = <n>[noerr]

Parâmetros

tamanho =

Especifica a quantidade desejada de espaço em megabytes (MB) para reduzir o tamanho do LUN. Para especificar o tamanho usando outras unidades, use um dos sufixos reconhecidos (B, KB, MB, GB, TB e PB) imediatamente após o tamanho.

NOERR

Especifica que quaisquer falhas que ocorrem ao executar esta operação serão ignoradas. Isso é útil no modo de script.

modo de espera

Altera o status dos caminhos para a porta de adaptador (HBA) de barramento host selecionado atualmente para STANDBY.

Sintaxe


standby hbaport

Parâmetros

HBAPORT

Altera o status dos caminhos para a porta de adaptador (HBA) de barramento host selecionado atualmente para STANDBY.

UNMASK

Torna os LUNs selecionados atualmente acessível para hosts especificados.

Sintaxe


UNMASK LUN {todos | none | [Adicionar] wwn = <hexadecimal_number>[; <hexadecimal_number>[;…]] | [Adicionar] initiator = <initiator> [; <initiator>; …]} [desinstalar]

Parâmetros

todos os

Especifica que o LUN deve ser acessível de todos os hosts. No entanto, você não pode unmask LUN para todos os destinos em um subsistema iSCSI.

Cc770763.Important(pt-br,WS.10).gif Importante
Você deve efetuar logout do destino antes de executar o comando UNMASK tudo.

Nenhum

Especifica que o LUN não deve ser acessível a qualquer host.

Cc770763.Important(pt-br,WS.10).gif Importante
Você deve efetuar logout do destino antes de executar o comando UNMASK o LUN NONE.

ADD

Especifica que os hosts especificados devem ser adicionados à lista existente de hosts esta LUN está acessível. Se este parâmetro não for especificado, a lista de hosts fornecidos substitui a lista existente de hosts esta LUN está acessível.

WWN =

Especifica uma lista de números hexadecimais representando os nomes de todo o mundo do qual o LUN ou hosts devem ser acessível. A máscara/unmask um conjunto específico de hosts em um subsistema de Fibre Channel, você pode digitar uma lista separada por vírgula do WWN para as portas em máquinas host de interesse.

iniciador =

Especifica uma lista de iniciadores iSCSI ao qual o LUN selecionado no momento deve ser acessível. A máscara/unmask um conjunto específico de hosts em um subsistema iSCSI, você pode digitar uma lista separada por vírgula dos nomes de iniciador iSCSI para os iniciadores nos computadores host de interesse.

desinstalar

Se especificado, desinstala o disco associado ao LUN no sistema local antes do LUN ser mascarado.

DiskRAID script

O DiskRAID pode ser por script em qualquer computador executando o Windows Server 2008 ou Windows Server 2003 com um provedor de hardware VDS associado. Para chamar um script DiskRAID, no prompt de comando digite:



o Diskraid /s <script.txt>

Por padrão, o DiskRAID interrompe o processamento de comandos e retorna um código de erro se houver um problema no script. Para continuar a execução do script e ignorar erros, inclua o parâmetro NOERR no comando. Isso permite que essas práticas úteis como usar um único script para excluir todos os LUNs em um subsistema independentemente do número total de LUNs. Nem todos os comandos suportam o parâmetro NOERR. Sempre são retornados erros de sintaxe de comando, independentemente de se você incluiu o parâmetro NOERR,

O DiskRAID códigos de erro

Código de erro Descrição do erro

0

Não ocorreu nenhum erro. Todo o script foi executado sem falha.

1

Ocorreu uma exceção fatal.

2

Os argumentos especificados em uma linha de comando do DiskRAID estavam incorretos.

3

O DiskRAID não pôde abrir o script especificado ou o arquivo de saída.

4

Um dos serviços que Diskraid usa retornou uma falha.

5

Ocorreu um erro de sintaxe de comando. O script falhou porque um objeto foi selecionado incorretamente ou era inválido para uso com o comando.

Exemplo: Interativamente Exibir Status do subsistema

Se você deseja exibir o status do subsistema no seu computador, digite o seguinte na linha de comando:



Diskraid

Pressione ENTER. A seguinte é exibida:



Computador do Microsoft Diskraid versão 5.2.xxxxCopyright (c) 2003 Microsoft CorporationOn: nome_do_computador

Para selecionar subsistema, digite o seguinte no prompt do DiskRAID:



Selecione o subsistema

Pressione ENTER. Saída semelhante à seguinte é exibida:



Subsistema 0 agora é o subsistema selecionado.

O DISKRAID >lista unidades de unidade no Health tamanho livre barramento Slot sinalizadores-----------------------------------------------------------Drive 0 GB Online 107 saudável de GB 107 0 1 unidade 1 Offline íntegro 29 GB 29 GB 1 0 unidade 2 Online saudável 107 GB 107 GB 0 2 unidade 3 não pronto saudável 19 GB 19 GB 1 1

Para sair do DiskRAID, digite o seguinte no prompt do DiskRAID:



sair

Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários

Contribuições da comunidade

ADICIONAR
A Microsoft está realizando uma pesquisa online para saber sua opinião sobre o site do MSDN. Se você optar por participar, a pesquisa online lhe será apresentada quando você sair do site do MSDN.

Deseja participar?
Mostrar:
© 2014 Microsoft