Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo
Arp
At
Cd
Cls
Cmd
Del
Dir
Fc
For
Ftp
If
Ldp
Lpq
Lpr
Md
Mmc
Msg
Nlb
Rcp
Rd
Reg
Rem
Ren
Rsh
Rsm
Rss
Sc
Set
Sfc
Ver
Vol
Expandir Minimizar
Este artigo foi traduzido por máquina. Coloque o ponteiro do mouse sobre as frases do artigo para ver o texto original. Mais informações.
Tradução
Original

Codificação

Exibe ou altera a criptografia de pastas e arquivos em volumes NTFS. Se usado sem parâmetros, cipher exibe o estado de criptografia da pasta atual e quaisquer arquivos que nela contidos.

Para obter exemplos de como usar esse comando, consulte exemplos.

Sintaxe



cipher [/e | /d | / c] [/ s: <Directory>] [/b] [/h] [caminho [...]]cipher /r: de /kcipher <FileName>[/smartcard] cipher /u [/n] cipher /w: <Directory> cipher /x [: efsfile] /adduser de /ycipher de codificação [nome_do_arquivo] [/ certhash: <Hash>| / certfile: <FileName>] [/ s:Directory] [/b] [/h] [caminho [...]]cipher /removeuser /certhash: <Hash>[/ s: <Directory>] [/b] [/h] [<PathName>[...]]cipher /rekey [caminho [...]]

Parâmetros

Parâmetros Descrição

/b

Será anulada se for encontrado um erro. Por padrão, cipher continua sendo executado mesmo se erros são encontrados.

/c

Exibe informações sobre o arquivo criptografado.

/d

Descriptografa os arquivos especificados ou diretórios.

/e

Criptografa arquivos especificados ou diretórios. Pastas são marcadas para que os arquivos adicionados posteriormente sejam criptografados.

/h

Exibe arquivos com ocultos ou atributos do sistema. Por padrão, esses arquivos não são criptografados ou descriptografados.

/k

Cria um novo certificado e chave para uso com arquivos de sistema de arquivos com criptografia (EFS). Se o parâmetro /k for especificado, todos os outros parâmetros serão ignorados.

/r: <FileName>[/smartcard]

Gera uma chave de agente de recuperação EFS e o certificado e, em seguida, grava-os em um arquivo. pfx (contendo o certificado e chave privada) e um arquivo. cer (contendo apenas o certificado). Se /smartcard for especificado, ele grava a chave de recuperação e o certificado para um cartão inteligente e nenhum arquivo. pfx é gerado.

/s: <Directory>

Executa a operação especificada em todos os subdiretórios do diretórioespecificado.

/u [/n]

Localiza arquivos todos criptografados nas unidades locais. Se usado com o parâmetro /n , nenhuma atualização é feita. Se usado sem /n, /u compara a chave de criptografia de arquivo do usuário ou do agente de recuperação para os atuais e atualiza-los se eles foram alterados. Esse parâmetro funciona somente com /n.

/w: <Directory>

Remove os dados do espaço de disco não utilizado disponível em todo o volume. Se você usar o parâmetro /w , todos os outros parâmetros serão ignorados. O diretório especificado pode ser localizado em qualquer lugar em um volume local. Se for uma montagem aponte ou aponta para um diretório em outro volume, os dados no volume é removido.

/x [: efsfile] [<FileName>]

Faz o backup do certificado EFS e chaves para o nome de arquivo especificado. Se usado com : efsfile, /x faz backup s do usuário que foram usadas para criptografar o arquivo. Caso contrário, o usuário atual certificado EFS e chaves de backup.

/y

Exibe a miniatura do certificado EFS atual no computador local.

/adduser [/ certhash: <Hash>| / certfile: <FileName>]

Adiciona um usuário os arquivos criptografados especificados. Se usado com /certhash, cipher procura um certificado com o hash SHA1 especificado. Se usado com /certfile, cipher extrai o certificado de nome de arquivo especificado.

/rekey

Atualiza os arquivos criptografados especificados para usar a chave EFS atualmente configurada.

/RemoveUser /certhash: <Hash>

Remove um usuário de arquivos especificados. O Hash fornecido para /certhash deve ser o hash SHA1 do certificado para remover.

/?

Exibe a Ajuda no prompt de comando.

Comentários

  • Se o diretório pai não é criptografado, um arquivo criptografado pode ser descriptografado ao ser modificado. Portanto, ao criptografar um arquivo, você também deverá criptografar a pasta pai.

  • Um administrador pode adicionar o conteúdo de um arquivo. cer para a diretiva de recuperação EFS para criar o agente de recuperação para usuários e, em seguida, importar o arquivo. pfx para recuperar arquivos individuais.

  • Você pode usar vários nomes de diretório e caracteres curinga.

  • Você deve colocar espaços entre os vários parâmetros.

Exemplos

Para exibir o status da criptografia de cada um dos arquivos e subpastas na pasta atual, digite:



codificação

Diretórios e arquivos criptografados são marcados com um E. Diretórios e arquivos não criptografados são marcados com um U. Por exemplo, a seguinte saída indica que o diretório atual e todo seu conteúdo é criptografados no momento:



Listagem C:\Users\MainUser\Documents\New arquivos adicionados a esse diretório não será criptografado.

U PrivateU hello.docU hello.txt

Para ativar a criptografia no diretório particular usada no exemplo anterior, digite:



cipher /e particular

Exibe a seguinte saída:



Criptografando arquivos em C:\Users\MainUser\Documents\Private [OK] 1 arquivo (s) [ou pasta (s)] dentro de 1 pasta (s) foram criptografados.

O comando cipher exibe a seguinte saída:



Listagem C:\Users\MainUser\Documents\New arquivos adicionados a esse diretório não será criptografado.

PrivateU e hello.docU hello.txt

Observe o diretório particular está marcado como criptografado.

Referências adicionais

Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários

Contribuições da comunidade

ADICIONAR
Mostrar:
© 2014 Microsoft