Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo

comandos netsh para DHCP

Comandos Netsh para DHCP

Os comandos Netsh para DHCP oferecem uma ferramenta de linha de comando que auxiliam na administração de servidores DHCP e oferecem uma alternativa equivalente ao gerenciamento baseado em console. Isso pode ser útil nas seguintes situações:

  • Ao gerenciar servidores DHCP em redes de longa distância (WANs), os comandos podem ser usados no modo interativo no prompt do comando Netsh a fim de melhorar o gerenciamento através de conexões de rede de baixa velocidade.
  • Ao gerenciar um grande número de servidores DHCP, os comandos podem ser usados no modo de lotes no prompt do comando Netsh a fim de auxiliar na criação de scripts e automatizar tarefas administrativas recorrentes que precisam ser executadas para todos os servidores DHCP.

Você pode executar esses comandos no prompt de comando da família Windows Server 2003 ou no do contexto Netsh DHCP. Para que esses comandos funcionem no prompt de comando da família Windows Server 2003, digite netsh dhcp antes de digitar os comandos e parâmetros como são exibidos na sintaxe abaixo. É possível que existam diferenças funcionais entre os comandos de contexto Netsh no Windows 2000 e na família de produtos Windows Server 2003.

Para obter mais informações sobre como usar comandos Netsh fornecidos para DHCP, consulte Usar as ferramentas de linha de comando do protocolo DHCP.

Para obter um exemplo de como usar comandos Netsh para DHCP nos arquivos em lotes e nos scripts, consulte Exemplo de DHCP do Netsh.

Para obter mais informações sobre os comandos Netsh, consulte O utilitário de linha de comando Netsh.

Para obter mais informações sobre o netsh, consulte Visão geral sobre o netsh e Inserir um contexto netsh.

DHCP para netsh

Os comandos a seguir estão disponíveis no prompt dhcp>, com raiz no ambiente netsh.

Para exibir a sintaxe, clique em um comando:

add server

Adiciona um servidor DHCP à lista de servidores autorizados no Active Directory.

Sintaxe

add server DNS_do_Servidor IP_do_Servidor

Parâmetros

DNS_do_Servidor
Obrigatório. Especifica o servidor DHCP a ser adicionado. Identifica o servidor pelo nome do domínio DNS.
IP_do_Servidor
Obrigatório. Especifica o servidor DHCP a ser adicionado. Identifica o servidor pelo endereço IP.

Exemplos

No exemplo a seguir, esse comando adiciona um servidor com o nome DNS dhcpsrv1.exemplo.microsoft.com e endereço IP 10.2.2.2 à lista de servidores autorizados no Active Directory.

add server dhcpsrv1.exemplo.microsoft.com 10.2.2.2

delete server

Exclui um servidor DHCP da lista de servidores autorizados no Active Directory.

Sintaxe

delete server DNS_do_Servidor IP_do_Servidor

Parâmetros

DNS_do_Servidor
Obrigatório. Especifica o servidor DHCP a ser excluído. Identifica o servidor pelo nome do domínio DNS.
IP_do_Servidor
Obrigatório. Especifica o servidor DHCP a ser excluído. Identifica o servidor pelo endereço IP.

Exemplos

No exemplo a seguir, esse comando exclui o servidor com o nome DNS dhcpsrv1.exemplo.microsoft.com e endereço IP 10.2.2.2 da lista de servidores autorizados no Active Directory.

delete server dhcpsrv1.exemplo.microsoft.com 10.2.2.2

server

Troca o contexto da linha de comando DHCP do Netsh atual para outro servidor DHCP. Quando usado sem parâmetros, server troca o contexto da linha de comando atual para o computador local.

Sintaxe

server [{\\Nome_NetBIOS_do_Servidor | \\FQDN_Servidor | IP_do_Servidor}]

Parâmetros

{ \\Nome_NetBIOS_do_Servidor | \\FQDN_do_Servidor | IP_do_Servidor}
Especifica o servidor DHCP para o qual você deseja trocar o contexto da linha de comando atual. Identifica o servidor pelo nome NetBIOS, pelo nome de domínio totalmente qualificado (FQDN) ou pelo endereço IP.

Exemplos

No primeiro exemplo, o comando altera o contexto Netsh DHCP da linha de comando para o servidor DHCP com o nome NetBIOS \\DHCP-SRV1.

No segundo exemplo, o comando altera o contexto da linha de comando DHCP do Netsh para o servidor DHCP com endereço IP 10.0.0.1.

No terceiro exemplo, o comando altera o contexto Netsh DHCP da linha de comando para o servidor DHCP com o FQDN \\exemplo.microsoft.com.

server \\DHCP-SRV1

server 10.0.0.1

server \\exemplo.microsoft.com

show server

Exibe uma lista de servidores autorizados no Active Directory.

Sintaxe

show server

Parâmetros

nenhum

Servidor DHCP para netsh

Os comandos a seguir estão disponíveis no prompt dhcp server>, com raiz no ambiente netsh.

Para exibir a sintaxe de comando, clique em um comando:

add class

Adiciona uma classe ao servidor DHCP especificado.

Sintaxe

add class Nome_da_Classe [Comentário_da_Classe] [Dados] [[IsVendor=]{0 | 1}] [[IsBinary=]{B | b}]

Parâmetros

Nome_da_Classe
Obrigatório. Especifica o nome da classe a ser criada.
comentário_da_classe
Especifica o comentário a ser associado com a classe.
Dados
Especifica dados de classe no formato ASCII ou binário, dependendo do parâmetro IsBinary. Se não for especificado, presume-se que o formato dos dados seja ASCII.
[ IsVendor=]{0 | 1}
Indica se a classe a ser adicionada é uma classe de usuário ou uma classe de fornecedor: 0-Classe de usuário (padrão), 1-Classe de fornecedor.
[ IsBinary=]{B | b}
Indica se os dados da classe estão em formato binário. Se não for especificado, presume-se que o formato dos dados seja ASCII.

Exemplos

No primeiro exemplo, o comando cria uma classe de fornecedor chamada MinhaClasse, com o comentário ClasseDeTeste e os dados de classe DadosDeTesteParaMinhaClasse em formato ASCII.

No segundo exemplo, o comando cria uma classe de usuário chamada MinhaClasseDeUsuário com os dados binários 4345335532 (ASCII-CE3U2).

O terceiro exemplo é uma sintaxe de comando alternativa para o segundo exemplo.

add class MinhaClasse ClasseDeTeste DadosDeTesteParaMinhaClasse 1

add class MinhaClasseDeUsuário ClasseDeTeste1 4345335532 B

add class MinhaClasseDeUsuário ClasseDeTeste1 4345335532 0 b

add mscope

Adiciona um escopo de difusão seletiva ao servidor DHCP especificado.

Sintaxe

add mscope Nome_do_Escopo_de_Difusão [Comentário_do_Escopo_de_Difusão] [TTL]

Parâmetros

Nome_do_Escopo_de_Difusão
Obrigatório. Especifica o nome do escopo de difusão seletiva a ser adicionado.
Comentário_do_Escopo_de_Difusão
Especifica uma descrição do escopo de difusão seletiva atual.
TTL
Especifica o valor de Vida útil (TTL) para o escopo de difusão seletiva. O intervalo válido para esse campo é de 1 a 255, sendo 32 o padrão.

Exemplos

No exemplo a seguir, o comando cria um escopo de difusão seletiva com o nome Meu Escopo de Difusão Seletiva, um comentário MeuEscopoDeDifusãoSeletivaDeTeste e um valor TTL de difusão seletiva como 40.

add mscope "Meu Escopo de Difusão Seletiva" MeuEscopoDeDifusãoSeletivaDeTeste 40

add optiondef

Adiciona uma nova definição de tipo de opção ao servidor DHCP especificado.

Sintaxe

add optiondef Código_da_Opção Nome_da_Opção{BYTE | WORD | DWORD | STRING | IPADDRESS} [[IsArray=]{0 | 1}] [vendor=Classe_de_Fornecedor] [comment=Comentário_da_Opção] [Valor_Padrão]

Parâmetros

Código_da_Opção
Obrigatório. Especifica o tipo de opção a ser definida. Identifica o tipo de opção com um código de opção exclusivo. Para o valor do código, escolha um número entre 0 e 255.
Nome_da_Opção
Obrigatório. Especifica o nome do tipo de opção.
{BYTE | WORD | DWORD | STRING | IPADDRESS}
Obrigatório. Indica o tipo dos dados da opção.
[IsArray=]{0 | 1}
Indica se o tipo dos dados está ou não em matriz: 0-Unário ou não está em matriz (padrão), 1-Está em matriz.
vendor= Classe_de_Fornecedor
Especifica a classe de fornecedor para a opção. Se esse parâmetro não for especificado, será usada a classe de fornecedor padrão, a classe de opções padrão DHCP.
comment= Comentário_da_Opção
Especifica um comentário a ser adicionado à nova definição de tipo de opção. Se não for especificado, o valor padrão será NULL.
valor_padrão
Especifica um valor padrão a ser usado para esse tipo de opção, caso um outro não seja especificado.

Comentários

  • IsArray deve ser 0 para as opções do tipo STRING.

Exemplos

No primeiro exemplo, o comando define um novo tipo de opção chamado CaminhoDeExtensões com código 18, um tipo de dados STRING, e a adiciona à classe de opções padrão DHCP, atribuindo-lhe um valor padrão c:\Temp.

Nos segundo e terceiro exemplos, o comando define um novo tipo de opção chamado OpçãoDeTeste com código 231 e um tipo de dados IPADDRESS. No segundo exemplo, a opção é definida para fornecer apenas um único endereço IP. IsArray e Valor_Padrão não são necessários porque os valores padrão foram presumidos. No terceiro exemplo, Valor_Padrão e IsArray são necessários para criar uma matriz contendo os valores de endereço IP 10.1.1.1, 10.1.1.2 e 10.1.1.3.

add optiondef 18 CaminhoDeExtensões STRING 0 c:\Temp

add optiondef 231 OpçãoDeTeste IPADDRESS

add optiondef 231 OpçãoDeTeste IPADDRESS 1 vendor=MinhaClasseDeFornecedor 10.1.1.1 10.1.1.2 10.1.1.3

add scope

Adiciona uma classe ao servidor DHCP especificado.

Sintaxe

add scope Endereço_do_Escopo Máscara_de_Sub-rede Nome_do_Escopo[Comentário_do_Escopo]

Parâmetros

Endereço_do_Escopo
Obrigatório. Especifica o escopo a ser adicionado. Identifica o escopo pelo número de rede IP.
Máscara_de_Sub-rede
Obrigatório. Especifica a máscara de sub-rede para o escopo a ser adicionado.
nome_do_escopo
Obrigatório. Especifica um nome identificador para o escopo.
comentário_do_escopo
Especifica um comentário para o escopo.

Exemplos

No exemplo a seguir, o comando adiciona um escopo ao servidor DHCP com endereço de escopo 10.2.2.0, máscara de sub-rede 255.255.255.0, um nome de escopo MeuEscopo e um comentário do escopo MeuComentário.

add scope 10.2.2.0 255.255.255.0 MeuEscopo MeuComentário

delete class

Exclui uma classe do servidor DHCP especificado.

Sintaxe

delete class Nome

Parâmetros

nome
Obrigatório. Especifica a classe de usuário ou fornecedor a ser excluída.

Exemplos

No exemplo a seguir, o comando exclui a classe chamada MinhaClasse.

delete class MinhaClasse

delete dnscredentials

Exclui as credenciais usadas para todas as atualizações dinâmicas de DNS.

Sintaxe

delete dnscredentials dhcpforceflag

Parâmetros

não há

delete mscope

Exclui um escopo de difusão seletiva do servidor DHCP especificado.

Sintaxe

delete mscope Nome_do_Escopo_de_Difusão

Parâmetros

Nome_do_Escopo_de_Difusão
Obrigatório. Especifica o escopo de difusão seletiva a ser excluído. O Nome_do_Escopo_de_Difusão diferencia maiúsculas de minúsculas.

Exemplos

No exemplo a seguir, o comando exclui o escopo de multicast MeuEscopoDeMulticast do servidor DHCP especificado no momento.

delete mscope MeuEscopoDeMulticast

delete optiondef

Exclui um tipo de opção definido do servidor DHCP especificado.

Sintaxe

delete optiondef Código_da_Opção [[vendor=]Nome_do_Fornecedor]

Parâmetros

Código_da_Opção
Obrigatório. Especifica o identificador exclusivo do tipo de opção a ser excluído.
vendor= Nome_do_Fornecedor
Especifica o nome da classe de fornecedor com o qual o tipo de opção está associado. Se esse parâmetro não for especificado, a definição do tipo de opção será excluída da classe de opções padrão do DHCP específicas de não fornecedores.

Exemplos

No exemplo a seguir, o comando exclui um tipo de opção com código 18 da classe de opções padrão do DHCP.

delete optiondef 18

delete optionvalue

Exclui o valor atual do tipo de opção especificado para o servidor DHCP especificado.

Sintaxe

delete optionvalue Código_da_Opção[[vendor=]Classe_de_Fornecedor] [[user=]Classe_de_Usuário]

Parâmetros

Código_da_Opção
Obrigatório. Especifica o identificador exclusivo da opção de servidor global com um valor a ser excluído.
vendor= Classe_de_Fornecedor
Especifica a classe de fornecedor com o qual a opção está associada. Se a marca não for incluída, o Nome_do_Fornecedor global que havia sido definido por set vendorclass será presumido. Se a marca for usada, mas nenhum valor for especificado, nenhuma classe de fornecedor será usada. Este parâmetro está disponível apenas em computadores que estejam executando o Windows 2000 Server.
user= Classe_de_Usuário
Especifica o nome da classe de usuário com a qual a opção está associada. Se a marca não for incluída, o Nome_do_Usuário global que havia sido definido por set userclass será presumido. Se a marca for usada, mas nenhum valor for especificado, nenhuma classe de usuário será usada. Este parâmetro está disponível apenas em computadores que estejam executando o Windows 2000 Server.

Exemplos

No exemplo a seguir, o comando exclui o valor atual do tipo de opção com código 18.

delete optionvalue 18

delete scope

Exclui um escopo do servidor DHCP especificado.

Sintaxe

delete scope Endereço_do_Escopo {DHCPNOFORCE | DHCPFULLFORCE}

Parâmetros

Endereço_do_Escopo
Obrigatório. Especifica o endereço do escopo a ser excluído.
{DHCPNOFORCE | DHCPFULLFORCE}
Obrigatório. Indica a condição para a exclusão do escopo: DHCPNOFORCE-Exclui o escopo se não houver clientes ativos no escopo, DHCPFULLFORCE-Exclui o escopo mesmo que haja clientes ativos no escopo.

Exemplos

No exemplo a seguir, o comando força a exclusão do escopo 10.2.2.0 do servidor DHCP e ignora todos os avisos.

delete scope 10.2.2.0 dhcpfullforce

delete superscope

Exclui um superescopo do servidor DHCP especificado.

Sintaxe

delete superscope Nome_do_Superescopo

Parâmetros

Nome_do_Superescopo
Obrigatório. Especifica o nome do superescopo a ser excluído.

Comentários

  • É possível definir o superescopo no contexto do escopo com o comando set superscope.
  • O nome do superescopo diferencia maiúsculas de minúsculas.

Exemplos

No exemplo a seguir, o comando exclui o superescopo chamado Meu Superescopo do servidor DHCP especificado.

delete superscope "Meu Superescopo"

dump

Despeja a configuração do servidor DHCP local na janela do prompt de comando quando executado dentro do ambiente netsh.

Sintaxe

dump

Quando for executado no prompt de comando ou em um arquivo em lotes, a saída poderá ser salva em um arquivo de texto. Quando usado sem parâmetros, esse comando despeja a configuração do servidor local na janela de prompt do comando.

Sintaxe

netsh dhcp server [ Endereço_IP ] dump >[Caminho_e_Nome_do_Arquivo]

Parâmetros

EndereçoIP
Especifica o endereço IP do servidor DHCP cuja configuração será retornada.
Caminho_e_Nome_do_Arquivo
Especifica o local onde o arquivo foi salvo e o nome do arquivo de destino em que será despejada a configuração do servidor DHCP. Se não for especificado, a configuração do servidor DHCP será despejada na janela do prompt de comando.

Comentários

  • O comando despeja a configuração do DHCP como uma saída de texto dentro da janela do prompt de comando. Você poderá copiar ou redirecionar essa saída para um arquivo a fim de visualizá-la em um editor de texto. Quando a saída de arquivo é obtida, é possível usar o comando exec para configurar outro servidor DHCP com a mesma configuração.
  • Antes de executar o comando dump no servidor de origem, reconcilie todos os escopos e corrija as inconsistências reportadas.
  • O comando a seguir despeja a configuração atual do servidor DHCP local (a origem) em um arquivo de texto chamado cfgdhcp.dmp. Esse arquivo poderá ser copiado para outro servidor DHCP (destino) e usado para recriar nele a configuração de origem. A configuração pode ser recriada com este comando:
    dump > dhcpcfg.dmp
  • Antes de usar o comando exec para executar um arquivo de despejo no servidor de destino, faça o seguinte:
    1. Feche o console DHCP no servidor de destino. Só reabra o console depois de executar o comando exec.
    2. Exclua todas as definições de opções padrão e as classes de usuário e fornecedor no servidor de destino.
  • Estes exemplos demonstram como usar os comandos Netsh delete optiondef e del class para excluir todas as definições de opções padrão e as classes de usuário e fornecedor. Você pode executar esses comandos no prompt dhcp server> dentro do ambiente netsh.
    • delete optiondef 76
    • del class "Classe BOOTP padrão"
    • del class "Opções do Microsoft Windows 98"
  • No servidor de destino, o comando exec é usado para carregar e executar a configuração salva:
    netsh exec cfgdhcp.dmp
  • Depois de usar o comando exec para carregar o arquivo de despejo, reconcilie todos os escopos. Use net stop dhcpserver para interromper o serviço do Servidor DHCP, e net start dhcpserver para reiniciá-lo. Uma vez reiniciado o serviço, as alterações no banco de dados DHCP terão efeito.

Exemplos

O primeiro comando, que é executado dentro do ambiente netsh, despeja a configuração do servidor DHCP local na janela do prompt de comando.

O segundo comando, que é executado no prompt de comando, despeja a configuração de um servidor DHCP com endereço IP 192.168.0.1 em um arquivo de texto chamado Cfgdhcp.dmp no caminho C:\Dhcp\ do computador local.

O terceiro comando, que é executado no prompt de comando, despeja a configuração de um servidor DHCP com endereço IP 192.168.0.1 em um arquivo de texto chamado Cfgdhcp.dmp em uma pasta compartilhada chamada \\Backup\Dhcp\.

dump

netsh dhcp server 192.168.0.1 dump > C:\Dhcp\Dhcpcfg.dmp

netsh dhcp server 192.168.0.1 dump > \\Backup\Dhcp\Dhcpcfg.dmp

export

Exporta a configuração de serviço DHCP para um arquivo.

Sintaxe

export [Caminho]Nome_do_Arquivo {all | Lista_de_Escopos}

Parâmetros

[Caminho] Nome_do_Arquivo
Obrigatório. Especifica o nome do arquivo onde a configuração DHCP será armazenada. Se o caminho, o nome de arquivo ou ambos contiverem espaços, coloque-os entre aspas.
{all | Lista_de_Escopos}
Obrigatório. Especifica os escopos que você deseja exportar. O parâmetro all exporta todos os escopos. O parâmetro Lista_de_Escopos exporta os escopos correspondentes aos endereços IP listados por você. Cada endereço IP na lista deve ser separado por espaços.

Comentários

  • Este comando só funciona no servidor local.
  • Enquanto o comando export é executado, o serviço DHCP é interrompido e não responde aos clientes DHCP que buscam novas concessões ou renovações de concessão.
  • Se o serviço DHCP tiver um grande número de escopos ou um grande número de concessões de endereços de clientes, a execução deste comando poderá ser mais lenta e demorada.

Exemplos

No primeiro exemplo, o comando exporta a configuração de serviço DHCP completa para o arquivo c:\Temp\Dhcpdb.

No segundo exemplo, o comando exporta a configuração DHCP dos escopos 10.0.0.0 e 192.168.0.0 para o arquivo c:\Temp\Dhcpdb.

No terceiro exemplo, o comando exporta a configuração de serviço DHCP completa para o arquivo c:\Minha pasta\Configuração Dhcp. Observe que o caminho e o nome do arquivo contêm espaços, portanto são colocados entre aspas.

export c:\Temp\Dhcpdb all

export c:\Temp\Dhcpdb 10.0.0.0 192.168.0.0

export "c:\Minha pasta\Configuração Dhcp" all

import

Importa uma configuração de serviço DHCP de um arquivo para o serviço local.

Sintaxe

import [Caminho]Nome_do_Arquivo {all | Lista_de_Escopos]

Parâmetros

[Caminho] Nome_do_Arquivo
Obrigatório. Especifica o nome do arquivo do qual a configuração DHCP será importada. Se o caminho, o nome de arquivo ou ambos contiverem espaços, coloque-os entre aspas.
{all | Lista_de_Escopos}
Obrigatório. Especifica os escopos que você deseja importar. O parâmetro all importa todos os escopos representados no arquivo que você especificou. O parâmetro Lista_de_Escopos importa os escopos correspondentes aos endereços IP listados por você. Cada endereço IP na lista deve ser separado por espaços.

Comentários

  • Este comando só funciona no servidor local.
  • Enquanto o comando import é executado, o serviço DHCP é interrompido e não responde aos clientes DHCP que buscam novas concessões ou renovações de concessão.
  • Se o serviço DHCP tiver um grande número de escopos ou um grande número de concessões de endereços de clientes, a execução deste comando poderá ser mais lenta e demorada.

Exemplos

No primeiro exemplo, o comando importa a configuração de serviço DHCP completa do arquivo c:\Temp\Dhcpdb.

No segundo exemplo, o comando importa a configuração DHCP dos escopos 10.0.0.0 e 192.168.0.0 do arquivo c:\Temp\Dhcpdb.

No terceiro exemplo, o comando importa a configuração de serviço DHCP completa do arquivo c:\Minha pasta\Configuração Dhcp. Observe que o caminho e o nome do arquivo contêm espaços, portanto são colocados entre aspas.

import c:\Temp\Dhcpdb all

import c:\Temp\Dhcpdb 10.0.0.0 192.168.0.0

import "c:\Minha pasta\Configuração Dhcp" all

initiate auth

Inicia a autorização do servidor DHCP especificado no Active Directory.

Sintaxe

initiate auth

Parâmetros

não há

mscope

Alterna o contexto de comando para um escopo de difusão seletiva do DHCP.

Sintaxe

mscope Nome_do_Escopo_de_Difusão

Parâmetros

Nome_do_Escopo_de_Difusão
Obrigatório. Especifica o nome do escopo de difusão seletiva para o qual o contexto de comando será alternado.

Comentários

  • Esse comando permite usar qualquer comando em nível de escopo de difusão seletiva do DHCP no escopo de difusão seletiva do DHCP especificado. Operações subseqüentes serão realizadas no escopo de difusão seletiva no servidor especificado.
  • O nome do escopo de difusão seletiva diferencia maiúsculas de minúsculas.

Exemplos

No exemplo a seguir, o comando alterna o contexto de comando para um escopo de difusão seletiva chamado Meu Escopo de Difusão Seletiva.

mscope "Meu Escopo de Difusão Seletiva"

scope

Alterna o contexto do comando para um escopo DHCP.

Sintaxe

scope Endereço_IP_do_Escopo

Parâmetros

endereço_IP_do_escopo
Obrigatório. Especifica o escopo para o qual será alternado o contexto do comando. Identifica o escopo pelo endereço IP da rede ou sub-rede.

Comentários

  • Esse comando permite usar todos os comandos em nível de escopo do DHCP disponíveis no escopo DHCP especificado. As operações subseqüentes serão realizadas nesse escopo no servidor especificado.

Exemplos

No exemplo a seguir, o comando alterna o contexto do comando para o escopo com endereço IP 10.0.0.0.

scope 10.0.0.0

set auditlog

Define os parâmetros do caminho do log de auditoria para o servidor DHCP especificado.

Sintaxe

set auditlog Novo_Caminho_de_Auditoria

Parâmetros

novo_caminho_de_auditoria
Obrigatório. Especifica uma pasta local para ser usada pelo servidor DHCP para armazenar arquivos de log de auditoria. É obrigatório um caminho de pasta válido, e a pasta deve ser local no servidor DHCP onde o caminho foi definido.

Comentários

  • Para que essa alteração tenha efeito, é necessário interromper e reiniciar o serviço DHCP depois de executar esse comando.

Exemplos

No exemplo a seguir, o comando define o servidor DHCP para armazenar arquivos de log de auditoria na pasta c:\caminhodelog.

set auditlog c:\caminhodelog

set databasebackupinterval

Define o intervalo de backup do servidor DHCP especificado.

Sintaxe

set databasebackupinterval Novo_Intervalo

Parâmetros

Novo_Intervalo
Obrigatório. Especifica o intervalo de backup em minutos.

Exemplos

No exemplo a seguir, o comando define o intervalo de backup do banco de dados do servidor DHCP especificado como 1.440 minutos (24 horas).

set databasebackupinterval 1440

set databasebackuppath

Define o caminho do backup do banco de dados do servidor DHCP especificado.

Sintaxe

set databasebackuppath Novo_Caminho_de_Backup

Parâmetros

novo_caminho_de_backup
Obrigatório. Especifica uma pasta local para ser usada pelo servidor DHCP para armazenar arquivos de log de auditoria. É obrigatório um caminho de pasta válido, e a pasta deve ser local no servidor DHCP onde o caminho foi definido.

Exemplos

No exemplo a seguir, o comando define o caminho de backup do banco de dados como c:\windows\dhcp\backup.

set databasebackuppath c:\windows\dhcp\backup

set databasecleanupinterval

Define o intervalo de limpeza do banco de dados do servidor DHCP especificado.

Sintaxe

set databasecleanupinterval Novo_Intervalo

Parâmetros

Novo_Intervalo
Obrigatório. Especifica o intervalo de limpeza do banco de dados, em minutos.

Exemplos

No exemplo a seguir, o comando define o intervalo de limpeza como 10.080 minutos (a cada sete dias).

set databasecleanupinterval 10080

set databaseloggingflag

Define ou redefine o sinalizador de log do banco de dados do servidor DHCP especificado. Quando usado sem parâmetros, esse comando redefine o sinalizador de log do banco de dados.

Sintaxe

set databaseloggingflag [{0 | 1}]

Parâmetros

{0 | 1}
Indica a definição do sinalizador do log do banco de dados: 0-Redefine o sinalizador (padrão), 1-Define o sinalizador.

Exemplos

No exemplo a seguir, o comando redefine o sinalizador do log do banco de dados do servidor DHCP especificado no momento.

set databaseloggingflag

set databasename

Define o nome do arquivo de banco de dados do servidor DHCP para o servidor DHCP especificado.

Sintaxe

set databasename Novo_Nome_de_Arquivo

Parâmetros

novo_nome_de_arquivo
Obrigatório. Especifica um novo nome para o arquivo de banco de dados do servidor DHCP.

Comentários

  • Para que essa alteração tenha efeito, é necessário interromper e reiniciar o serviço do servidor DHCP.

Exemplos

No exemplo a seguir, o comando define o nome do arquivo do banco de dados do servidor DHCP como novobd.mdb.

set databasename novobd.mdb

set databasepath

Define o caminho do arquivo de banco de dados do servidor DHCP para o servidor DHCP especificado.

Sintaxe

set databasepath Novo_Caminho

Parâmetros

novo_caminho
Obrigatório. Especifica o caminho do arquivo de banco de dados do DHCP.

Comentários

  • Para que essa alteração tenha efeito, é necessário interromper e reiniciar o serviço do servidor DHCP.

Exemplos

No exemplo a seguir, o comando define o caminho do arquivo de banco de dados do servidor DHCP como c:\windows\dhcp.

set databasepath c:\windows\dhcp

set databaserestoreflag

Define ou redefine o sinalizador de restauração do banco de dados do servidor DHCP especificado. Quando usado sem parâmetros, esse comando redefine o sinalizador de restauração do banco de dados.

Sintaxe

set databaserestoreflag [{0 | 1}]

Parâmetros

{0 | 1}
Indica a definição do sinalizador de restauração do banco de dados: 0-Redefine o sinalizador (padrão), 1-Define o sinalizador.

Exemplos

No exemplo a seguir, o comando define o sinalizador de restauração do banco de dados do servidor DHCP especificado.

set databaserestoreflag 1

set detectconflictretry

Define o número de tentativas de detecção de conflito no servidor DHCP especificado.

Sintaxe

set detectconflictretry Número_de_Repetições

Parâmetros

número_de_repetições
Obrigatório. Especifica quantas tentativas de detecção de conflito o servidor DHPC fará antes de conceder o endereço IP de um escopo a um cliente.

Comentários

  • O valor máximo para Número_de_Repetições é cinco. Todos os valores maiores que cinco adotarão o padrão cinco.

Exemplos

No exemplo a seguir, o comando define que o servidor DHCP faça quatro tentativas para detectar algum conflito no endereço IP de um escopo, antes de usar esse endereço em uma nova concessão de endereço.

set detectconflictretry 4

set dnsconfig

Define a configuração de atualização dinâmica de DNS no servidor DHCP especificado.

Sintaxe

set dnsconfig [Enable=]{0 | 1} [[Update=]{0 | 1}] [[Lookup=]{0 | 1}] [[NonDyn=]{0 | 1}]

Parâmetros

[Enable=]{0|1}
Obrigatório. Indica se ativa ou desativa a atualização dinâmica das informações do cliente DNS: 0-Desabilita as atualizações dinâmicas das informações do cliente DNS, 1-Habilita as atualizações dinâmicas das informações do cliente DNS.
[Update=]{0|1}
Indica o tipo de pesquisas de atualização: 0-Atualiza de acordo com solicitação do cliente, 1-Atualiza pesquisas de nomes diretas e inversas.
[Lookup=]{0|1}
Indica se ativa ou desativa a pesquisa direta em clientes quando as concessões expirarem: 0-Desabilita as pesquisas diretas, 1-Habilita as pesquisas diretas.
[NonDyn=]{0|1}
Indica se serão atualizadas as informações DNS de clientes que não oferecem suporte para atualizações dinâmicas: 0-Desabilita atualizações de clientes que não oferecem suporte para atualizações dinâmicas, 1-Habailita essas atualizações.

Comentários

  • Apenas servidores DHCP com Windows 2000 Server e sistemas da família Windows Server™ 2003 oferecem suporte a esse comando.
  • O servidor DNS preferencial configurado, nas propriedades TCP/IP do servidor DHCP, será atualizado com registros do cliente DHCP quando a atualização dinâmica for ativada. Caso o servidor DNS preferencial não esteja disponível na rede, o servidor DNS alternativo será atualizado.

Exemplos

No exemplo a seguir, o comando ativa a atualização dinâmica das informações do DNS pelo servidor DHCP e configura que as atualizações sejam sempre feitas por pesquisas diretas e inversas. Este exemplo também desativa a opção para realizar pesquisas diretas quando as concessões expiram e ativa as atualizações para clientes não dinâmicos.

set dnsconfig 1 1 0 1

set dnscredentials

Define as credenciais de atualização dinâmica de DNS no servidor DHCP especificado.

Sintaxe

set dnscredentials Nome_do_Usuário Domínio Senha

Parâmetros

NomeDoUsuário
Obrigatório. O nome do usuário associado a uma conta de domínio válida.
Domínio
Obrigatório. O domínio em que se localiza a conta do usuário.
Senha
Obrigatório. A senha da conta do usuário.

Exemplos

No primeiro exemplo, o comando define as credenciais de atualização dinâmica de DNS com os valores especificados.

No segundo exemplo, o comando define o valor de Nome_do_Usuário como Usuário1 e o valor de Domínio como Domínio1, mas a senha não é especificada. Em seu lugar é usado um asterisco (*). Quando um asterisco (*) é usado no lugar de uma senha válida, o usuário será solicitado a fornecer uma senha. Sem a senha correta do Nome_do_Usuário especificado, as credenciais não poderão ser alteradas.

set dnscredentials Usuário1 Domínio1 Senha1

set dnscredentials Usuário1 Domínio1 *

set optionvalue

Define um valor de opção do servidor DHCP que será aplicado a todos os escopos definidos no servidor DHCP especificado.

Sintaxe

set optionvalue Código_da_Opção {BYTE | WORD | DWORD | STRING | IPADDRESS} [[user=]Nome_do_Usuário] [[vendor=]Nome_do_Fornecedor] [Valor_da_Opção]

Parâmetros

Código_da_Opção
Obrigatório. Especifica o identificador exclusivo do tipo de opção com o valor a ser definido.
{BYTE | WORD | DWORD | STRING | IPADDRESS}
Obrigatório. Especifica o tipo de dados para o tipo de opção com o valor a ser definido.
[user=]Nome_do_Usuário
Define o nome de classe de usuário a que se aplica esse comando. Se não for especificado, a classe de usuário padrão será presumida.
[vendor=]Nome_do_Fornecedor
Define o nome de classe de fornecedor a que se aplica esse comando. Se não for especificado, a classe de opções padrão do DHCP será presumida.
[Valor_da_Opção]
Especifica o novo valor padrão do servidor para o tipo de opção identificado por Código_da_Opção. O valor deve ser do tipo de dados associado.

Comentários

  • Somente os servidores DHCP que executam o Windows 2000 Server oferecem suporte para as classes de fornecedor e usuário.
  • Para modificar os valores padrão atuais de uma classe não especificada, use os comandos set userclass ou set vendorclass.

Exemplos

No primeiro exemplo, esse comando define o valor de código de opção 003 para listar dois endereços IP do roteador, 10.1.1.1 e 10.1.1.2.

No segundo exemplo, o comando qualifica ainda mais o primeiro exemplo e define o valor especificado para ser aplicado somente aos clientes de escopo que se identifiquem como membros da classe de fornecedor Fornecedor1. Para que esse exemplo funcione, essa classe já deve estar definida no servidor, com o tipo de opção definido para sua utilização.

set optionvalue 003 IPADDRESS 10.1.1.1 10.1.1.2

set optionvalue 003 IPADDRESS vendor=Fornecedor1 10.1.1.1 10.1.1.2

set server

Altera o contexto de linha de comando do Netsh no servidor especificado. Quando usado sem parâmetros, é presumido o servidor local.

Sintaxe

set server[{IP_do_Servidor | \\DNS_do_Servidor}]

Parâmetros

{IP_do_Servidor | \\DNS_do_Servidor}
Especifica o nome DNS ou o endereço IP do servidor DHCP especificado.

Comentários

  • Quando esse comando for usado, e o contexto de linha de comando do Netsh estiver alterado para outro servidor, todas as operações de comando subseqüentes serão realizadas no servidor especificado. Para realizar operações de comando em outro servidor, esse comando deve ser executado novamente, com o endereço IP ou nome DNS do novo servidor fornecido como parâmetro.

Exemplos

No exemplo a seguir, o comando troca o contexto de linha de comando do servidor DHCP para o servidor com endereço IP 10.1.1.1

set server 10.1.1.1

set userclass

Define o nome da classe de usuário atual. Quando usado sem parâmetros, a classe de usuário atual é redefinida como a classe de usuário padrão.

Sintaxe

set userclass [Classe_de_Usuário]

Parâmetros

classe_de_usuário
Define o nome da classe de usuário do servidor DHCP especificado no momento.

Comentários

  • Esse comando está disponível para ser utilizado apenas em servidores DHCP que estejam executando o Windows 2000 Server.

Exemplos

No primeiro exemplo, o comando define o nome da classe de usuário como MinhaClasseDeUsuário.

No segundo exemplo, o comando redefine a classe de usuário atual como a classe de usuário padrão.

set userclass MinhaClasseDeUsuário

set userclass

set vendorclass

Define o nome da classe de fornecedor atual. Quando usado sem parâmetros, a classe de fornecedor atual é redefinida como a classe padrão, as opções padrão do DHCP.

Sintaxe

set vendorclass [Classe_de_Fornecedor]

Parâmetros

classe_de_fornecedor
Especifica o nome da classe de fornecedor do servidor atual.

Comentários

  • Esse comando está disponível para ser utilizado apenas em servidores DHCP que estejam executando o Windows 2000 Server.

Exemplos

No primeiro exemplo, o comando define o nome da classe de fornecedor como MinhaClasseDeFornecedor.

No segundo exemplo, o comando redefine a classe de fornecedor atual como a classe padrão, as opções padrão do DHCP.

set vendorclass MinhaClasseDeFornecedor

set vendorclass

show all

Exibe todas as informações de configuração e status do servidor DHCP especificado.

Sintaxe

show all

Parâmetros

não há
 

Comentários

  • Este comando lista todos os detalhes de configuração e status do servidor atual, incluindo as informações armazenadas da base de informações de gerenciamento (MIB), do servidor DHCP especificado no momento.

show auditlog

Exibe todas as informações de log de auditoria do servidor DHCP especificado.

Sintaxe

show auditlog

Parâmetros

não há
 

show bindings

Exibe informações de vinculações relativas ao servidor DHCP especificado.

Sintaxe

show bindings

Parâmetros

não há

Comentários

  • Este comando exibe informações sobre vinculações do servidor DHCP atual, indicando quais conexões de rede ativas configuradas com endereços IP estáticos estão ativadas ou desativadas para serem usadas para fornecer serviços a clientes DHCP na rede.
  • O serviço DHCP desativa automaticamente as conexões de rede que obtêm suas configurações de endereços IP de modo dinâmico com base em vinculações de serviços. Isso acontece por padrão.

show class

Enumera e exibe todas as informações de classe do servidor DHCP especificado. Isso inclui as informações de classe tanto de usuário quanto de fornecedor.

Sintaxe

show class

Parâmetros

não há
 

show detectconflictretry

Exibe o número configurado de tentativas de detecção de conflito no servidor DHCP especificado.

Sintaxe

show detectconflictretry

Parâmetros

não há
 

Comentários

  • Este comando exibe o número atual de repetições do ping usadas para detectar os conflitos dos endereços IP de escopo distribuídos pelo servidor.

show dnsconfig

Exibe a configuração da atualização dinâmica de DNS no servidor DHCP especificado.

Sintaxe

show dnsconfig

Parâmetros

nenhum
 

Comentários

  • Se a configuração DNS não tiver sido habilitada ou definida, você poderá usar o console DNS ou o comando set dnsconfig para configurar essas definições.

show dnscredentials

Exibe as credenciais atuais de atualização dinâmica de DNS.

Sintaxe

show dnscredentials

Parâmetros

nenhum
 

show mibinfo

Exibe as informações de base de informações de gerenciamento (MIB) do servidor DHCP especificado.

Sintaxe

show mibinfo

Parâmetros

nenhum

show mscope

Exibe todas as informações sobre escopos de difusão seletiva no servidor DHCP especificado.

Sintaxe

show mscope

Parâmetros

nenhum
 

show optiondef

Exibe todas os tipos de opções disponíveis e definidos para utilização no servidor DHCP especificado. Quando usado sem parâmetros, todas as opções são exibidas.

Sintaxe

show optiondef [vendor=Nome_do_Fornecedor]

Parâmetros

vendor= Nome_do_Fornecedor
Indica os tipos de opção disponíveis e definidos para exibição. Se não for especificado, o padrão para Nome_do_Fornecedor será a classe de fornecedor padrão atualmente definida no servidor DHCP.

Comentários

  • A classe de fornecedor padrão pode ser redefinida com o comando set vendorclass.
  • Nome_do_Fornecedor se aplica apenas a servidores DHCP que executam o Windows 2000 Server.

Exemplos

No primeiro exemplo, o comando exibe todos os tipos de opções definidos para a classe de fornecedor atual.

No segundo exemplo, o comando exibe os tipos de opção definidos que estão disponíveis para utilização com a classe especificada Fornecedor1.

show optiondef

show optiondef vendor=Fornecedor1

show optionvalue

Exibe todos os valores de opção disponíveis que estão definidos atualmente no servidor DHCP especificado. Quando usado sem parâmetros, todos os valores de opção são exibidos, incluindo aqueles usados tanto para classes de usuário quanto de fornecedor.

Sintaxe

show optionvalue[{user=Nome_do_Usuário | vendor=Nome_do_Fornecedor}]

Parâmetros

user= Nome_do_Usuário
Especifica os valores padrão definidos para os tipos de opção que estão disponíveis para serem usados com a classe de usuário atualmente definida.
vendor= Nome_do_Fornecedor
Especifica os valores padrão definidos para os tipos de opção que estão disponíveis para serem usados com a classe de fornecedor atualmente definida.

Comentários

  • User= Nome_do_Usuário e vendor=Nome_do_Fornecedor estão disponíveis apenas para utilização em servidores DHCP que executam o Windows 2000 Server.
  • Caso você forneça valores para Nome_do_Usuário ou Nome_do_Fornecedor, as respectivas marcas (user= ou vendor=) serão obrigatórias. Se as marcas não forem incluídas, o padrão presumido será a classe de usuário atual, definida anteriormente com o comando set userclass.

Exemplos

No exemplo a seguir, o comando exibe todos os tipos de opções disponíveis cujos valores estão definidos no servidor DHCP atual.

show optionvalue

show scope

Exibe informações sobre os escopos do servidor DHCP especificado.

Sintaxe

show scope

Parâmetros

nenhum
 

show server

Exibe informações sobre o servidor DHCP especificado, incluindo o nome de domínio totalmente qualificado e o endereço IP do servidor.

Sintaxe

show server

Parâmetros

nenhum
 

show dbproperties

Exibe informações sobre a configuração do banco de dados do servidor DHCP especificado.

Sintaxe

show dbproperties

Parâmetros

nenhum
 

Comentários

  • Este comando exibe as seguintes informações de configuração do banco de dados:
    • DatabaseName (nome do banco de dados)
    • DatabasePath (caminho do banco de dados)
    • DatabaseBackupPath (caminho do backup do banco de dados)
    • DatabaseBackupInterval (intervalo de backup do banco de dados)
    • DatabaseLoggingFlag (sinalizador de log do banco de dados)
    • DatabaseRestoreFlag (sinalizador de restauração do banco de dados)
    • DatabaseCleanupInterval (intervalo de limpeza do banco de dados)

show serverstatus

Exibe informações de status do servidor DHCP especificado.

Sintaxe

show serverstatus

Parâmetros

nenhum
 

Comentários

  • Este é um exemplo do tipo de informação de status que esse comando exibe:
    Server Attrib - Server Servicing Clients :TRUE
    Server Attrib - Dynamic BootP Support Enabled :TRUE
    Server Attrib - DHCP Server Part Of DS :TRUE
    Server Attrib - DHCP Server Bindings Aware :TRUE
    Server Attrib - Administrative Rights :TRUE

show userclass

Exibe as configurações atuais de classe de usuário no servidor DHCP especificado.

Sintaxe

show userclass

Parâmetros

nenhum
 

Comentários

  • Este é um exemplo do tipo de informação de configuração que o comando exibe:
    Current Class Name set for the Server dhcpsrv1.example.microsoft.com is None.

show vendorclass

Exibe configurações atuais de classe de fornecedor no servidor DHCP especificado.

Sintaxe

show vendorclass

Parâmetros

nenhum
 

Comentários

  • Este é um exemplo do tipo de informação de configuração que o comando exibe:
    Current Vendor Name set for the Server dhcpsrv1.example.microsoft.com is None.

show version

Exibe informações atuais de versão no servidor DHCP especificado.

Sintaxe

show version

Parâmetros

nenhum
 

Comentários

  • Este é um exemplo do tipo de informação de versão que o comando exibe:
    The version of the DHCP Server 192.168.0.100 is 5.6.

Escopo do servidor DHCP para netsh

Os comandos a seguir estão disponíveis no prompt dhcp server scope>, com raiz no ambiente netsh.

Para exibir a sintaxe de comando, clique em um comando:

add excluderange

Adiciona um intervalo de endereços a serem excluídos do escopo atual.

Sintaxe

add excluderange IP_Inicial IP_Final

Parâmetros

IP_Inicial
Obrigatório. Especifica o endereço IP que inicia o intervalo de exclusão.
IP_Final
Obrigatório. Especifica o endereço IP que finaliza o intervalo de exclusão.

Exemplos

No exemplo a seguir, o comando exclui os endereços IP contidos no intervalo de 10.2.2.10 a 10.2.2.20 da distribuição do escopo.

add excluderange 10.2.2.10 10.2.2.20

add iprange

Adiciona um intervalo de endereços IP ao escopo atual.

Sintaxe

add iprange IP_Inicial IP_Final [{DHCP | BOOTP | BOTH}] [Número_Máximo_de_BOOTP]

Parâmetros

IP_Inicial
Obrigatório. Especifica o endereço IP que inicia o intervalo.
IP_Final
Obrigatório. Especifica o endereço IP que finaliza o intervalo.
{DHCP | BOOTP | BOTH}
Especifica o tipo de cliente que será servido por esse escopo e intervalo IP. DHCP é o padrão.
número_máximo_de_BOOTP
Especifica o número máximo de clientes BOOTP.

Comentários

  • Número_Máximo_de_BOOTP será útil apenas se Tipo_de_Cliente for definido para oferecer suporte a clientes do tipo BOOTP no escopo. Se uma opção de linha de comando opcional for usada, todas as opções de linha de comando (as obrigatórias bem como as opcionais) que vierem antes do comando opcional usado serão obrigatórias e deverão ser exibidas na seqüência adequada.

Exemplos

No exemplo a seguir, o comando adiciona clientes DHCP que estão no intervalo de endereço IP de 10.2.2.10 a 10.2.2.20 ao intervalo de distribuição do escopo.

add iprange 10.2.2.10 10.2.2.20

add reservedip

Reserva um endereço IP para ser usado por um endereço especificado de código de autenticação de mensagem (MAC) no escopo atual.

Sintaxe

add reservedip IP_Reservado Endereço_MAC [Nome_do_Cliente] [Comentário_do_Cliente] [{DHCP | BOOTP | BOTH}]

Parâmetros

IP_Reservado
Obrigatório. Especifica o endereço IP a ser reservado.
Endereço_MAC
Obrigatório. Especifica o hardware ou endereço MAC a ser associado com o endereço IP reservado.
nome_do_cliente
Especifica um nome de cliente a ser associado com essa entrada de cliente reservado. Se não for especificado, nenhum nome de cliente será associado com essa entrada de cliente reservado.
comentário_do_cliente
Especifica um comentário de cliente a ser associado com a entrada de cliente reservado. Se não for especificado, nenhum comentário de cliente será associado com essa entrada de cliente reservado.
{DHCP | BOOTP | BOTH}
Especifica o tipo de cliente a ser associado com essa entrada de cliente reservado. DHCP é o padrão.

Comentários

  • Se uma opção de linha de comando opcional for usada, todas as opções de linha de comando (as obrigatórias bem como as opcionais) que vierem antes do comando opcional usado serão obrigatórias e deverão ser exibidas na seqüência adequada.

Exemplos

No exemplo a seguir, o comando reserva o endereço IP 10.2.2.32 para ser usado pelo cliente DHCP que identifica seu endereço MAC como 08-00-2b-30-36-9b quando obtém uma concessão no escopo atual.

add reservedip 10.2.2.32 08002b30369B

delete excluderange

Elimina um intervalo de endereços IP previamente excluídos do escopo atual.

Sintaxe

delete excluderange IP_Inicial IP_Final

Parâmetros

IP_Inicial
Obrigatório. Especifica o endereço IP que inicia o intervalo de exclusão.
IP_Final
Obrigatório. Especifica o endereço IP que finaliza o intervalo de exclusão.

Exemplos

No exemplo a seguir, o comando elimina do escopo atual o intervalo de exclusão que inicia no endereço IP 10.2.1.5 e termina em 10.2.1.10.

delete excluderange 10.2.1.5 10.2.1.10

delete iprange

Exclui um intervalo de endereços IP do escopo atual.

Sintaxe

delete iprange IP_Inicial IP_Final

Parâmetros

IP_Inicial
Obrigatório. Especifica o endereço IP que inicia o intervalo a ser excluído.
IP_Final
Obrigatório. Especifica o endereço IP que finaliza o intervalo a ser excluído.

Exemplos

No exemplo a seguir, o comando exclui do escopo atual os endereços IP contidos no intervalo de 10.2.1.5 a 10.2.1.10.

delete iprange 10.2.1.5 10.2.1.10

delete lease

Exclui uma concessão de endereço IP do escopo atual.

Sintaxe

delete lease [{IP_Concedido | \\Nome_do_Host | AllBadAddresses | AllRasServerAddresses}]

Parâmetros

{IP_Concedido | \\Nome_do_Host | AllBadAddresses | AllRasServerAddresses}
Obrigatório. Especifica o endereço IP ou o nome do host associado ao endereço concedido. Se AllBadAddresses for especificado, todos os registros marcados como BAD_ADDRESS serão removidos. Se AllRasServerAddresses for especificado, todas as concessões obtidas por todos os servidores de Serviço Roteamento e Acesso Remoto serão removidas.

Exemplos

No primeiro exemplo, o comando exclui a concessão do endereço IP 10.2.1.32 do escopo atual.

No segundo exemplo, o comando exclui do escopo atual todas as concessões de endereço marcadas como BAD_ADDRESS.

delete lease 10.2.1.32

delete lease AllBadAddresses

delete optionvalue

Remove ou apaga do escopo atual o valor de opção do escopo atualmente definido.

Sintaxe

delete optionvalue Código_da_Opção[user=Nome_do_Usuário] [vendor=Nome_do_Fornecedor]

Parâmetros

Código_da_Opção
Obrigatório. Especifica o identificador exclusivo da opção cujo valor será excluído.
user= Nome_do_Usuário
Especifica a classe de usuário cujo valor de opção atualmente definido será excluído. Se for fornecida a marca, mas não o valor, será usada a classe de usuário padrão atual.
vendor= Nome_do_Fornecedor
Especifica a classe de fornecedor cujo valor de opção atualmente definido será excluído. Se for fornecida a marca, mas não o valor, será usada a classe de fornecedor padrão atual.

Comentários

  • Só há suporte para as classes de fornecedor e usuário em servidores DHCP que executam Windows 2000 Server.
  • Se você especificar uma classe de usuário, uma classe de fornecedor, ou ambas, esse comando excluirá o valor de opção definido apenas dos clientes do escopo que sejam identificados como membros das classes especificadas.
  • Para modificar os valores padrão atuais de uma classe não especificada que seja usada nesse comando, use os comandos set userclass ou set vendorclass.

Exemplos

No primeiro exemplo, o comando exclui do escopo atual o valor de opção atualmente definido com o código de opção 18.

No segundo exemplo, o comando exclui da classe de fornecedor MinhaClasseDeFornecedor o valor de opção atualmente definido com o código de opção 18.

delete optionvalue 18

delete optionvalue 18 vendor="MinhaClasseDeFornecedor"

delete reservedip

Exclui uma reserva de um endereço IP no escopo atual.

Sintaxe

delete reservedip IP_Reservado Endereço_MAC

Parâmetros

IP_Reservado
Obrigatório. Especifica o endereço IP a ser excluído do escopo atual.
Endereço_MAC
Obrigatório. Especifica a seqüência de caracteres de endereço de controle de acesso à mídia (MAC) ou de hardware para a qual o endereço IP foi reservado.

Exemplos

No exemplo a seguir, o comando remove a reserva de endereço IP 10.2.1.32 do endereço MAC 08002B30369B do escopo atual.

delete reservedip 10.2.1.32 08002B30369B

delete reservedoptionvalue

Exclui um valor de opção atualmente atribuído a um cliente reservado no escopo atual.

Sintaxe

delete reservedoptionvalue IP_Reservado Código_da_Opção [User=Nome_do_Usuário] [vendor=Nome_do_Fornecedor]

Parâmetros

IP_Reservado
Obrigatório. Especifica o endereço IP do cliente reservado.
Código_da_Opção
Obrigatório. Especifica o código exclusivo para o tipo de opção atualmente atribuído ao cliente reservado.
User= Nome_do_Usuário
Especifica a classe de usuário cujo valor de opção será excluído. Se for fornecida a marca, mas nenhum valor for especificado, será usada a classe de usuário padrão atual.
vendor= Nome_do_Fornecedor
Especifica a classe de fornecedor cujo valor de opção será excluído. Se for fornecida a marca, mas nenhum valor for especificado, será usada a classe de fornecedor atual.

Comentários

  • Só há suporte para as classes de fornecedor e usuário em servidores DHCP que executam Windows 2000 Server.
  • Para modificar os valores padrão atuais de uma classe não especificada que seja usada nesse comando, use set userclass ou set vendorclass.

Exemplos

No exemplo a seguir, o comando exclui do escopo atual o valor de opção atualmente definido para a opção identificada pelo código 18 do endereço IP reservado 10.2.2.32.

delete reservedoptionvalue 10.2.2.32 18

dump

Despeja a configuração do escopo atual na janela do prompt de comando quando executado dentro do ambiente netsh.

Sintaxe

dump

Quando for executado no prompt de comando ou em um arquivo em lotes, a saída poderá ser salva em um arquivo de texto. Quando usado sem parâmetros, o comando despeja a configuração do escopo atual na janela do prompt de comando.

Sintaxe

netsh dhcp server { Nome_do_Servidor | Endereço_IP } scope Identificação_do_Escopo dump >[Caminho_e_Nome_do_Arquivo]

Parâmetros

Nome_do_Servidor | Endereço_IP
Especifica o nome do servidor ou o endereço IP do servidor DHCP cuja configuração do escopo será retornada.
IdentificaçãoDoEscopo
Obrigatório. Especifica o endereço IP do escopo cuja configuração será retornada.
Caminho_e_Nome_do_Arquivo
Especifica o local onde o arquivo foi salvo e o nome do arquivo de destino em que será despejada a configuração do escopo. Se não for especificado, a configuração do escopo será despejada na janela do prompt de comando.

Exemplos

O primeiro comando, que é executado dentro do ambiente netsh, despeja a configuração do escopo atual na janela do prompt de comando.

O segundo comando, que é executado no prompt de comando, despeja a configuração do escopo do servidor local 192.168.1.0 em um arquivo chamado Cfgescopo.dmp na pasta de rede compartilhada \\Backup\Dhcp\.

dump

netsh dhcp server scope 192.168.1.0 dump > \\Backup\Dhcp\Scopecfg.dmp

initiate reconcile

Verifica e reconcilia o escopo atual. Quando usado sem parâmetros, esse comando verifica os escopos e procura inconsistências, mas não corrige nenhuma das inconsistências encontradas no banco de dados.

Sintaxe

initiate reconcile [fix]

Parâmetros

[fix]
Indica que o comando corrigirá, se possível, as inconsistências encontradas no banco de dados.

Exemplos

No primeiro exemplo, o comando verifica os escopos e procura inconsistências.

No segundo exemplo, o comando verifica os escopos, procura inconsistências e corrige as inconsistências encontradas.

initiate reconcile

initiate reconcile fix

set comment

Define o comentário para o escopo atual. Quando utilizado sem parâmetros, set comment exclui o comentário atual.

Sintaxe

set comment [Novo_Comentário]

Parâmetros

[Novo_Comentário]
Especifica uma seqüência de caracteres de comentário nova ou modificada no escopo.

Exemplos

No primeiro exemplo, o comando define uma seqüência de caracteres de comentário sem espaços.

No segundo exemplo, o comando define uma seqüência de caracteres de comentário com espaços.

set comment Novo_Comentário_sem_Espaços

set comment "Novo Comentário Com Espaços"

set name

Define o nome do escopo atual.

Sintaxe

set name Novo_Nome

Parâmetros

Novo_Nome
Obrigatório. Especifica o novo nome do escopo.

Exemplos

No primeiro exemplo, o comando define um nome sem espaços.

No segundo exemplo, o comando define um nome com espaços.

set name Novo_Nome_sem_Espaços

set name "Novo Nome Com Espaços"

set optionvalue

Define um valor de opção para o escopo atual.

Sintaxe

set optionvalue Código_da_Opção{BYTE | WORD | DWORD | STRING | IPADDRESS} [user=Nome_do_Usuário] [vendor=Nome_do_Fornecedor] Valor_da_Opção

Parâmetros

Código_da_Opção
Obrigatório. Especifica o código do tipo de opção cujo valor será definido.
{BYTE | WORD | DWORD | STRING | IPADDRESS}
Obrigatório. Especifica o tipo de dados do tipo de opção cujo valor será definido.
user= Nome_do_Usuário
Especifica a classe de usuário. Se for fornecida a marca, mas o valor não for especificado, será usada a classe de usuário padrão atual.
vendor= Nome_do_Fornecedor
Especifica a classe de fornecedor. Se for fornecida a marca, mas o valor não for especificado, será usada a classe de fornecedor padrão atual.
valor_da_opção
Obrigatório. Especifica o valor atribuído para o tipo de opção especificado em Código_da_Opção. Se o tipo de opção oferecer suporte para uma matriz que contenha mais de um valor numérico simples ou de endereço IP, forneça os valores adicionais, na ordem que preferir, no final do comando, com um espaço separando cada valor.

Comentários

  • Só há suporte para as classes de fornecedor e usuário em servidores DHCP que executam Windows 2000 Server.
  • Para modificar os valores padrão atuais de uma classe não especificada que seja usada nesse comando, use set userclass ou set vendorclass.

Exemplos

No primeiro exemplo, o comando define o valor do código de opção 003 para listar dois endereços IP de roteador (10.1.1.1 e 10.1.1.2).

No segundo exemplo, o comando define o valor especificado no primeiro exemplo para ser aplicado apenas nos clientes de escopo que se identificam como membros da classe de fornecedor Fornecedor1, uma classe que foi previamente definida no servidor com esse tipo de opção definido para seu uso.

set optionvalue 003 IPADDRESS 10.1.1.1 10.1.1.2

set optionvalue 003 IPADDRESS vendor=Fornecedor1 10.1.1.1 10.1.1.2

set reservedoptionvalue

Exclui o valor de uma opção de um endereço IP de reserva no escopo atual.

Sintaxe

set reservedoptionvalue IP_Reservado Código_da_Opção {BYTE | WORD | DWORD | STRING | IPADDRESS} [user=Nome_do_Usuário] [vendor=Nome_do_Fornecedor] Valor_da_Opção

Parâmetros

IP_Reservado
Obrigatório. Especifica o endereço IP reservado cujo valor de opção será definido.
Código_da_Opção
Obrigatório. Especifica o código do tipo de opção cujo valor será definido.
{BYTE | WORD | DWORD | STRING | IPADDRESS}
Obrigatório. Especifica o tipo de dados do tipo de opção cujo valor será definido.
user= Nome_do_Usuário
Especifica a classe de usuário padrão atual ou a classe especificada como Nome_do_Usuário. Caso a marca seja fornecida, mas nenhum valor seja especificado, será usada a classe de usuário padrão atual.
vendor= Nome_do_Fornecedor
Especifica a classe de fornecedor padrão atual ou a classe especificada como Nome_do_Fornecedor. Se for fornecida a marca, mas não o valor, será usada a classe de fornecedor padrão atual.
valor_da_opção
Obrigatório. Especifica o valor atribuído do tipo de opção em Código_da_Opção. Se o tipo de opção oferecer suporte para uma matriz que contenha mais de um valor numérico simples ou de endereço IP, forneça os valores adicionais, na ordem que preferir, no final do comando, com um espaço separando cada valor.

Comentários

  • Só há suporte para as classes de fornecedor e usuário em servidores DHCP que executam Windows 2000 Server.
  • Para modificar os valores padrão atuais de uma classe não especificada que seja usada nesse comando, use set userclass ou set vendorclass.

Exemplos

No exemplo a seguir, o comando define o valor de opção do roteador (código 003) do endereço IP de cliente reservado 10.1.1.50 no escopo atual para definir os endereços IP 10.1.1.1 e 10.1.1.2 para seus roteadores configurados (gateways padrão).

set reservedoptionvalue 10.1.1.50 003 IPADDRESS 10.1.1.1 10.1.1.2

set scope

Define o escopo a ser usado em operações subseqüentes.

Sintaxe

set scope Endereço_do_Escopo

Parâmetros

Endereço_do_Escopo
Obrigatório. Especifica o endereço IP do escopo a ser usado em operações de comando subseqüentes.

Exemplos

No exemplo a seguir, o comando define o escopo atual 10.2.2.0 para operações subseqüentes.

set scope 10.2.2.0

set state

Define ou redefine o estado do escopo atual como ativo ou inativo. Quando usado sem parâmetros, esse comando ativa o escopo.

Sintaxe

set state [{0 | 1 | 2 | 3}]

Parâmetros

{0 | 1 | 2 | 3}
Indica o estado do escopo: 0-Desativa o escopo, 1-Ativa o escopo (padrão), 2-Desativa o escopo e o marca como "Alternado," 3-Ativa o escopo e o marca como "Alternado".

Comentários

  • As opções 2 e 3 são normalmente usadas em redes alternadas ou em redes onde várias redes lógicas são hospedadas em uma única rede física.

Exemplos

No primeiro exemplo, o comando ativa um escopo.

No segundo exemplo, o comando desativa um escopo.

set state 1

set state 0

set superscope

Define o superescopo a ser usado em operações subseqüentes.

Sintaxe

set superscope Nome_do_Superescopo {0 | 1}

Parâmetros

Nome_do_Superescopo
Obrigatório. Especifica o nome do superescopo que incluirá o escopo atual. O parâmetro Nome_do_Superescopo diferencia maiúsculas de minúsculas.
{0 | 1}
Obrigatório. Indica a ativação ou desativação do estado do superescopo: 0-Desativa o superescopo, 1-Ativa o superescopo.

Exemplos

No exemplo a seguir, o comando adiciona o escopo atual ao superescopo MeuSuperescopo e ativa o superescopo.

set superscope MeuSuperescopo 1

show clients

Exibe todos os clientes disponíveis da versão 4 para o escopo atual. Se for usado sem parâmetros, este comando exibirá as seguintes informações para cada cliente: endereço IP, máscara de sub-rede, identificação exclusiva, vencimento de concessão e tipo.

Sintaxe

show clients[{0 | 1}]

Parâmetros

{0 | 1}
Indica o nível de detalhe da saída: 0-Mostra as seguintes informações para cada cliente: endereço IP, máscara de sub-rede, identificação exclusiva, vencimento de concessão e tipo de dados (padrão), 1-Mostra todas as informações que 0 fornece e exibe também o nome de domínio totalmente qualificado de cada cliente.

Comentários

  • Para exibir a saída deste comando de maneira eficaz, aumente a largura da janela do prompt de comando até pelo menos 95 caracteres.

show clientsv5

Exibe todos os clientes disponíveis da versão 5 para o escopo atual. Se for usado sem parâmetros, este comando exibirá as seguintes informações para cada cliente: endereço IP, máscara de sub-rede, identificação exclusiva, vencimento de concessão e tipo.

Sintaxe

show clientsv5[{0 | 1}]

Parâmetros

{0 | 1}
Indica o nível de detalhe da saída: 0-Mostra as seguintes informações para cada cliente: endereço IP, máscara de sub-rede, identificação exclusiva, vencimento de concessão e tipo (padrão), 1-Mostra todas as informações que 0 fornece e exibe também o nome de domínio totalmente qualificado de cada cliente.

Comentários

  • Para exibir a saída deste comando de maneira eficaz, aumente a largura da janela do prompt de comando até pelo menos 95 caracteres.

show excluderange

Exibe todos os intervalos de exclusão de endereços IP, atualmente definidos no escopo atual.

Sintaxe

show excluderange

Parâmetros

nenhum
 

Comentários

  • Use outros comandos em nível de escopo para adicionar e excluir intervalos de exclusão.

show iprange

Exibe todos os intervalos de endereços que estão disponíveis para o escopo atual.

Sintaxe

show iprange

Parâmetros

nenhum
 

show optionvalue

Exibe todos os valores de opção que estão definidos no escopo atual. Quando usado sem parâmetros, esse comando pressupõe as classes de usuário e fornecedor padrão atuais.

Sintaxe

show optionvalue [user=Nome_do_Usuário] [vendor=Nome_do_Fornecedor]

Parâmetros

user= Nome_do_Usuário
Especifica que as opções definidas para a classe de usuário especificada serão exibidas. Caso a marca seja fornecida, mas nenhum valor seja especificado, será usada a classe de usuário padrão atual.
vendor= Nome_do_Fornecedor
Especifica que as opções definidas para a classe de fornecedor especificada serão exibidas. Se for fornecida a marca, mas não o valor, será usada a classe de fornecedor padrão atual.

Comentários

  • Só há suporte para as classes de fornecedor e usuário em servidores DHCP que executam Windows 2000 Server.
  • Para modificar os valores padrão atuais de uma classe não especificada que seja usada nesse comando, use set userclass ou set vendorclass.

Exemplos

No exemplo a seguir, o comando exibe todas as opções e valores definidos no escopo atual para a classe definida pelo usuário Minha Classe de Usuário.

show optionvalue user="Minha Classe de Usuário"

show reservedip

Exibe todos os endereços IP reservados no momento para o escopo atual.

Sintaxe

show reservedip

Parâmetros

nenhum
 

show reservedoptionvalue

Exibe todos os valores de opção definidos no momento para o endereço IP de um cliente reservado no escopo atual.

Sintaxe

show reservedoptionvalue IP_Reservado[user=Nome_do_Usuário] [vendor=Nome_do_Fornecedor]

Parâmetros

IP_Reservado
Obrigatório. Especifica a reserva de endereço IP cujas opções atualmente atribuídas serão exibidas.
user= Nome_do_Usuário
Especifica que as opções definidas para a classe de usuário especificada serão exibidas. Caso a marca seja fornecida, mas nenhum valor seja especificado, será usada a classe de usuário padrão atual.
vendor= Nome_do_Fornecedor
Especifica que as opções definidas para a classe de fornecedor especificada serão exibidas. Se for fornecida a marca, mas não o valor, será usada a classe de fornecedor padrão atual.

Comentários

  • Só há suporte para as classes de fornecedor e usuário em servidores DHCP que executam Windows 2000 Server.
  • Para modificar os valores padrão atuais de uma classe não especificada que seja usada nesse comando, use set userclass ou set vendorclass.

Exemplos

No exemplo a seguir, o comando exibe os valores de opção definidos no endereço IP reservado 10.2.2.100 do escopo atual.

show reservedoptionvalue 10.2.2.100

show scope

Exibe informações do escopo atual.

Sintaxe

show scope

Parâmetros

nenhum
 

show state

Exibe o estado do escopo atual, indicando se está ativo ou inativo.

Sintaxe

show state

Parâmetros

nenhum
 

Escopo de difusão seletiva do servidor DHCP para netsh

Os comandos a seguir podem ser executados no prompt dhcp server mscope>, com raiz no ambiente netsh.

Para exibir a sintaxe de comando, clique em um comando:

add excluderange

Adiciona um intervalo de endereços excluídos ao escopo de difusão seletiva atual.

Sintaxe

add excluderange IP_Inicial IP_Final

Parâmetros

IP_Inicial
Obrigatório. Especifica o endereço IP que inicia o intervalo de exclusão.
IP_Final
Obrigatório. Especifica o endereço IP que finaliza o intervalo de exclusão.

Comentários

  • O intervalo de exclusão deve ser um subconjunto do intervalo total de endereços do escopo.

Exemplos

No exemplo a seguir, o comando adiciona um intervalo de exclusão, iniciando em 224.2.2.10 e finalizando em 224.2.2.20, ao intervalo de distribuição do escopo de difusão seletiva atual.

add excluderange 224.2.2.10 224.2.2.20

add iprange

Adiciona um intervalo de endereços IP ao escopo de difusão seletiva atual.

Sintaxe

add iprange IP_Inicial IP_Final

Parâmetros

IP_Inicial
Obrigatório. Especifica o endereço IP que inicia o intervalo.
IP_Final
Obrigatório. Especifica o endereço IP que finaliza o intervalo.

Comentários

  • O intervalo deve estar dentro do intervalo válido de endereços IP de difusão seletiva (de 224.0.0.0 a 239.255.255.255).

Exemplos

No exemplo a seguir, o comando adiciona o intervalo de endereço IP de 224.2.2.10 a 224.2.2.20 ao intervalo de distribuição do escopo de distribuição seletiva.

add iprange 224.2.2.10 224.2.2.20

delete excluderange

Exclui um intervalo de exclusão de endereços IP previamente excluídos no escopo de difusão seletiva atual.

Sintaxe

delete excluderange IP_Inicial IP_Final

Parâmetros

IP_Inicial
Obrigatório. Especifica o endereço IP que inicia o intervalo de exclusão.
IP_Final
Obrigatório. Especifica o endereço IP que finaliza o intervalo de exclusão.

Exemplos

No exemplo a seguir, o comando remove do escopo de difusão seletiva a exclusão do intervalo de endereço IP que inicia em 224.2.2.10 e termina em 224.2.2.20.

delete excluderange 224.2.2.10 224.2.2.20

delete iprange

Exclui um intervalo de endereços IP do escopo de difusão seletiva atual.

Sintaxe

delete iprange IP_Inicial IP_Final

Parâmetros

IP_Inicial
Obrigatório. Especifica o endereço IP que inicia o intervalo a ser excluído.
IP_Final
Obrigatório. Especifica o endereço IP que finaliza o intervalo a ser excluído.

Exemplos

No exemplo a seguir, o comando exclui o intervalo de endereço IP de 224.2.2.10 a 224.2.2.20 do intervalo total do escopo completo de difusão seletiva.

delete iprange 224.2.2.10 224.2.2.20

dump

Despeja a configuração do escopo de multicast atual na janela do prompt de comando quando executado dentro do ambiente netsh.

Sintaxe

dump

Quando for executado no prompt de comando ou em um arquivo em lotes, a saída poderá ser salva em um arquivo de texto. Quando usado sem parâmetros, o comando despeja a configuração do escopo de multicast atual na janela do prompt de comando.

Sintaxe

netsh dhcp server [ Nome_do_Servidor | Endereço_IP ] mscope ID_Escopo_de_Difusão_Seletiva dump >[Caminho_e_Nome_do_Arquivo]

Parâmetros

Nome_do_Servidor | Endereço_IP
Especifica o nome do servidor ou o endereço IP do servidor DHCP cuja configuração do escopo será retornada.
IdentificaçãoDoEscopoDeMulticast
Obrigatório. Especifica o nome do escopo de multicast cuja configuração será retornada.
Caminho_e_Nome_do_Arquivo
Especifica o local onde o arquivo foi salvo e o nome do arquivo de destino em que será despejada a configuração do escopo de multicast. Se não for especificado, a configuração do escopo será despejada na janela do prompt de comando.

Exemplos

O primeiro comando, que é executado dentro do ambiente netsh, despeja a configuração do escopo de multicast atual na janela do prompt de comando.

O segundo comando, que é executado no prompt de comando, despeja a configuração do escopo de multicast do servidor local TesteEscopoM no arquivo Cfgescopom.dmp na pasta de rede compartilhada \\Backup\Dhcp\.

dump

netsh dhcp server mscope TestMscope dump > \\Backup\Dhcp\Mscopecfg.dmp

initiate reconcile

Verifica e reconcilia o escopo de difusão seletiva atual.

Sintaxe

initiate reconcile

Parâmetros

nenhum
 

Comentários

  • Este comando verifica a integridade do escopo de difusão seletiva atual, comparando o conteúdo atual do banco de dados do servidor com uma cópia espelhada das mesmas informações contidas no Registro do Windows. Se forem encontradas inconsistências no banco de dados, elas serão reparadas com base nas informações que estão duplicadas no Registro. Sempre haverá tentativa de reparo das inconsistências encontradas.

set comment

Define o comentário para o escopo de difusão seletiva atual.

Sintaxe

set comment Novo_Comentário

Parâmetros

novo_comentário
Obrigatório. Especifica o comentário novo ou revisado para o escopo de difusão seletiva.

Exemplos

No primeiro exemplo, o comando modifica o comentário do escopo de difusão seletiva com um novo comentário sem espaços.

No segundo exemplo, o comando modifica o comentário do escopo de difusão seletiva com um novo comentário contendo espaços.

set comment Novo_Comentário_sem_Espaços

set comment "Novo Comentário Com Espaços"

set lease

Define a duração da concessão dos endereços IP do escopo de difusão seletiva.

Sintaxe

set lease Tempo

Parâmetros

Tempo
Obrigatório. Especifica a duração da concessão para o escopo de difusão seletiva. A especificação -1 define tempo ilimitado ou infinito para a duração da concessão de endereço IP.

Exemplos

No exemplo a seguir, o comando define a duração da concessão em 691200 segundos (oito dias) para clientes do escopo de difusão seletiva atual.

set lease 691200

set mscope

Define o escopo de difusão seletiva a ser usado em operações subseqüentes.

Sintaxe

set mscope Novo_Nome

Parâmetros

Novo_Nome
Obrigatório. Especifica o nome do escopo de difusão seletiva para o qual o contexto do comando será alterado. Novo_Nome diferencia maiúsculas de minúsculas.

Comentários

  • Esse comando altera o contexto do prompt netsh dhcp server mscope> de um escopo de difusão seletiva para outro.
  • Este comando não renomeia o escopo de difusão seletiva. Para alterar o nome do escopo de difusão seletiva atual, use o comando set name.

Exemplos

No primeiro exemplo, o comando altera o contexto do comando para um escopo de difusão seletiva chamado MeuEscopoDeDifusãoSeletiva. Observe que o nome do escopo de difusão seletiva não contém espaços.

No segundo exemplo, o comando altera o contexto do comando para um escopo de difusão seletiva chamado Meu Escopo De Difusão Seletiva. Observe que o nome do escopo de difusão seletiva contém espaços.

set mscope MeuEscopoDeDifusãoSeletiva

set mscope "Meu Escopo De Difusão Seletiva"

set name

Altera o nome do escopo de difusão seletiva atual.

Sintaxe

set name Novo_Nome

Parâmetros

Novo_Nome
Obrigatório. Especifica um novo nome para o escopo de difusão seletiva atual.

Exemplos

No primeiro exemplo, o comando define um novo nome sem espaços para o escopo de difusão seletiva atual.

No segundo exemplo, o comando define um novo nome com espaços para o escopo de difusão seletiva atual.

set name Novo_Nome_sem_Espaços

set name "Novo Nome Com Espaços"

set state

Define ou redefine o estado do escopo de difusão seletiva atual como ativo ou inativo.

Sintaxe

set state {0 | 1}

Parâmetros

{0 | 1}
Obrigatório. Define o estado do escopo de difusão seletiva atual. 0-Desativa o escopo de difusão seletiva atual, 1-Ativa o escopo de difusão seletiva atual.

Exemplos

No primeiro exemplo, o comando ativa o escopo de difusão seletiva atual.

No segundo exemplo, o comando desativa o escopo de difusão seletiva atual.

set state 1

set state 0

set ttl

Define o valor de Vida útil (TTL) para o escopo de difusão seletiva atual.

Sintaxe

set ttl TTL

Parâmetros

TTL
Obrigatório. Especifica o valor de Vida útil (TTL). O intervalo válido para esse valor é de 1 a 255.

Exemplos

No exemplo a seguir, o comando define o valor TTL para o escopo de difusão seletiva atual como 32.

set ttl 32

show clients

Exibe todos os clientes disponíveis para o escopo de difusão seletiva atual.

Sintaxe

show clients

Parâmetros

nenhum
 

Comentários

  • Para exibir a saída deste comando de maneira eficaz, aumente a largura da janela do prompt de comando até pelo menos 95 caracteres.

show excluderange

Exibe todos os intervalos de endereço IP excluídos no momento para o escopo de difusão seletiva atual.

Sintaxe

show excluderange

Parâmetros

nenhum
 

Comentários

  • Se nenhum intervalo de exclusão tiver sido previamente definido no escopo, a saída deste comando será uma lista vazia.

show iprange

Exibe todos os intervalos de endereços IP disponíveis para o escopo de difusão seletiva atual.

Sintaxe

show iprange

Parâmetros

nenhum
 

show lease

Exibe as configurações de duração da concessão atual para o escopo de difusão seletiva.

Sintaxe

show lease

Parâmetros

nenhum
 

show mibinfo

Exibe informações da base de informações de gerenciamento (MIB) para o escopo de difusão seletiva atual.

Sintaxe

show mibinfo

Parâmetros

nenhum
 

show mscope

Exibe informações para o escopo de difusão seletiva atual.

Sintaxe

show mscope

Parâmetros

nenhum
 

show state

Exibe o estado do escopo de difusão seletiva atual.

Sintaxe

show state

Parâmetros

nenhum
 

show ttl

Exibe o valor de Vida útil (TTL) para o escopo de difusão seletiva atual.

Sintaxe

show ttl

Parâmetros

nenhum
 

Legenda da formatação

 

Formato Significado

Itálico

Informações que o usuário deve fornecer

Negrito

Elementos que o usuário deve digitar exatamente como é exibido

Reticências (...)

Parâmetro que pode ser repetido várias vezes em uma linha de comando

Entre colchetes ([])

Itens opcionais

Entre chaves ({}); opções separadas por barra vertical (|). Exemplo: {even|odd}

Conjunto de opções entre as quais o usuário deve escolher apenas uma

Courier font

Saída de código ou de programa

Consulte também

Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários

Contribuições da comunidade

ADICIONAR
Mostrar:
© 2014 Microsoft