Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo

Monitorando processadores (Windows Server 2008 e Windows Server 2003)

Aplica-se a: Operations Manager 2007, Operations Manager 2007 R2, Windows 2000 Server, Windows Server 2003, Windows Server 2008, Windows Server 2008 R2

Os pacotes de gerenciamento do Windows Server 2008 e do Windows Server 2003 podem monitorar instâncias individuais de processadores ou todas as instâncias juntas. Por padrão, a integridade dos processadores é monitorada como um total de todas as instâncias. Se você estiver interessado no monitoramento de instâncias individuais de processadores, poderá fazer isso habilitando Descobertas de Objeto do Processador do Windows Server 2008 ou Descobertas de Objeto do Processador do Windows Server 2003. Após a habilitação de Descobertas de Objeto, os processadores serão descobertos em 24 horas, depois das quais eles passarão a ser monitorados, e seus dados de desempenho serão coletados. Veja a seguir um procedimento para habilitar Descobertas de Objeto para processadores que estejam executando o Windows Server 2008 ou o Windows Server 2003, para uso com pacotes de gerenciamento do Windows Server 2008 e do Windows Server 2003.

noteObservação
Este recurso não tem suporte no Windows 2000 Server.

Você pode usar estas etapas para o pacote de gerenciamento do Windows Server 2003 substituindo Windows Server 2008 por Windows Server 2003.

Para habilitar Descobertas de Objeto para o Processador do Windows Server 2008

  1. Faça logon no computador com uma conta que seja membro da função Administradores do Operations Manager do Grupo de Gerenciamento do Operations Manager 2007.

  2. No Console de Operações, clique no botão Criação.

  3. No painel Administração, expanda Criação, expanda Objetos do Pacote de Gerenciamento e clique em Descobertas de Objeto.

  4. Na barra de ferramentas do Operations Manager 2007, clique em Escopo.

  5. Na caixa de diálogo Delimitar Objetos do Pacote de Gerenciamento por destino(s), clique em Desmarcar Tudo.

  6. Na caixa Procurar, digite Processador do Windows Server 2008, marque a caixa de seleção Processador do Windows Server 2008 e clique em OK.

  7. No painel de Descobertas de Objeto, expanda Tipo Descoberto: Processador do Windows Server 2008.

  8. Clique com o botão direito do mouse em Descobrir CPUs do Windows, aponte para Substituições, aponte para Substituir a Descoberta de Objeto e clique em Para um tipo específico de objeto: Sistema Operacional Windows Server 2008.

    noteObservação
    Selecionando Para um tipo específico de objeto: Sistema Operacional Windows Server 2008, você decide quais objetos são afetados por essa alteração. Se você selecionar Para todos os objetos do tipo: Sistema Operacional Windows Server 2008, todos os objetos serão afetados por essa alteração.

  9. Na caixa de diálogo Selecionar Objeto, clique no computador no qual você deseja monitorar os processadores individuais e clique em OK.

  10. Na caixa de diálogo Propriedades da Substituição, localize a linha com o Nomedo ParâmetroHabilitado, clique em Substituição, clique no menu SubstituirDefinição, clique em Verdadeiro e em OK.

Depois que você tiver habilitado uma substituição para o processador, regras e monitores para os destinos, o Processador do Windows Server 2008 ou o Processador do Windows Server 2003 começará a trabalhar nas CPUs.

Monitorando o desempenho total do processador

Muitas regras, tarefas e monitores do pacote de gerenciamento são usados para monitorar o desempenho do processador. Convém monitorar pelo menos os itens listados na tabela a seguir.

 

Objeto Monitor/nome da regra

Sistema Operacional Windows Server 2008

Porcentagem de Utilização Total de CPU

(habilitado por padrão)

Sistema Operacional Windows Server 2008

Total do Processador - % Tempo de Interrupção

(desabilitado por padrão)

Sistema Operacional Windows Server 2008

Processador - % Tempo Total do Processador

(habilitado por padrão)

Sistema Operacional Windows Server 2008

Total do Processador - % Tempo de DPC

(desabilitado por padrão)

noteObservação
Os mesmos parâmetros estão disponíveis nos pacotes de gerenciamento do Windows Server 2003 e Windows 2000 Server.

Avalie as configurações padrão dos parâmetros a seguir e compare-os com suas necessidades comerciais. Se a sua estratégia de monitoramento puder se beneficiar de uma alteração nesses valores, use substituições para fazer as alterações necessárias. Para obter mais informações sobre substituições, consulte o tópico "Substituições no Operations Manager 2007", na Ajuda do Operations Manager 2007

Porcentagem de Utilização Total de CPU (Monitor)

Utilização de CPU é a porcentagem de tempo decorrido que o processador gasta para executar um thread ocupado. Ela é calculada medindo-se a duração do thread ocioso que está ativo no intervalo de amostragem e subtraindo-se esse tempo da duração do intervalo. A utilização de CPU é o principal indicador de atividade do processador, e este monitor exibe a porcentagem média de tempo ocupado observado durante o intervalo de amostragem.

Comprimento da fila de CPU é o comprimento atual da fila de trabalho do sistema para a CPU.

Por padrão, o limite deste monitor é de 95% de utilização de CPU, com um comprimento de fila de CPU maior que 15, medido uma vez a cada 2 minutos usando três amostras para calcular o limite.

Total do Processador - % Tempo de Interrupção (Regra de Coleta)

Esta regra coleta a Instância Total do contador de desempenho % Tempo de Interrupção. Por padrão, uma amostra é coletada a cada 5 minutos. % Tempo de Interrupção monitora a utilização média de processador geral que ocorreu no modo de Interrupção. Apenas as ISRs (rotinas do serviço de interrupção), que são funções do driver de dispositivo, são executadas no modo de Interrupção. % Tempo de Interrupção excessiva pode identificar que um dispositivo não está funcionando corretamente e servir como um indicador secundário de que um dispositivo pode estar contribuindo para um afunilamento de processador.

Processador - % Tempo Total do Processador (Regra de Coleta)

Esta regra coleta a Instância Total do contador de desempenho % Tempo do Processador. Por padrão, uma amostra é coletada a cada 5 minutos. % Tempo do Processador é a porcentagem de tempo durante o qual o processador não está executando o thread ocioso e é considerado ocupado em nome do trabalho real. % Tempo do Processador é o principal indicador de um afunilamento do processador. Você deve se preocupar com períodos prolongados de % Tempo do Processador acima de 80% a 90%.

Total do Processador - % Tempo de DPC (Regra de Coleta)

Esta regra coleta a Instância Total do contador de desempenho % Tempo de DPC. Por padrão, uma amostra é coletada a cada 5 minutos. % Tempo de DPC monitora a porcentagem de tempo gasto pelo processador em rotinas conhecidas como chamadas de procedimento deferidas, que são rotinas agendadas pelo driver de dispositivo e chamadas a partir de ISRs. % Tempo de DPC excessiva pode ser uma indicação de problema de hardware ou de driver de dispositivo.

Monitorando o desempenho individual do processador

Os monitores e regras a seguir são habilitados quando você habilita Descobertas de Objeto para processadores.

 

Objeto Monitor/nome da regra

Processador do Windows Server 2008

Processador - % Tempo de Interrupção

Processador do Windows Server 2008

Processador - % Tempo do Processador

Processador do Windows Server 2008

Processador - % Tempo de DPC

Processador do Windows Server 2008

Porcentagem de Utilização de CPU

noteObservação
Os mesmos parâmetros estão disponíveis no pacote de gerenciamento do Windows Server 2003.

Processador - % Tempo de Interrupção (Regra de Coleta)

Esta regra coleta o Processador do contador de desempenho % Tempo de Interrupção. Por padrão, uma amostra é coletada a cada 5 minutos. % Tempo de Interrupção monitora a utilização média de processador geral que ocorreu no modo de Interrupção. Apenas as ISRs (rotinas do serviço de interrupção), que são funções do driver de dispositivo, são executadas no modo de Interrupção. % Tempo de Interrupção excessiva pode identificar que um dispositivo não está funcionando corretamente e servir como um indicador secundário de que um dispositivo pode estar contribuindo para um afunilamento de processador.

Processador - % Tempo do Processador (Regra de Coleta)

Esta regra coleta o Processador do contador de desempenho % Tempo do Processador. Por padrão, uma amostra é coletada a cada 5 minutos. % Tempo do Processador é a porcentagem de tempo durante o qual o processador não está executando o thread ocioso e é considerado ocupado em nome do trabalho real. % Tempo do Processador é o principal indicador de um afunilamento do processador. Você deve se preocupar com períodos prolongados de % Tempo do Processador acima de 80% a 90%.

Processador - % Tempo de DPC (Regra de Coleta)

Esta regra coleta o Processador do contador de desempenho % Tempo de DPC. Por padrão, uma amostra é coletada a cada 5 minutos. % Tempo de DPC monitora a porcentagem de tempo gasto pelo processador em rotinas conhecidas como chamadas de procedimento deferidas, que são rotinas agendadas pelo driver de dispositivo e chamadas a partir de ISRs. % Tempo de DPC excessiva pode ser uma indicação de problema de hardware ou de driver de dispositivo.

Porcentagem de Utilização de CPU (Monitor)

Utilização de CPU é a porcentagem de tempo decorrido que o processador gasta para executar um thread ocupado. Ela é calculada medindo-se a duração do thread ocioso que está ativo no intervalo de amostragem e subtraindo-se esse tempo da duração do intervalo. A utilização de CPU é o principal indicador de atividade do processador, e este monitor exibe a porcentagem média de tempo ocupado observado durante o intervalo de amostragem.

Comprimento da fila de CPU é o comprimento atual da fila de trabalho do servidor para a CPU.

Por padrão, o limite deste monitor é de 95% de utilização de CPU, medido uma vez a cada 2 minutos usando 5 amostras para calcular o limite.

Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários

Contribuições da comunidade

Mostrar:
© 2014 Microsoft