Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo
Expandir Minimizar
Este tópico ainda não foi avaliado como - Avalie este tópico

Guia da equipe de recursos dos aplicativos principais

Desenvolvimento

Publicado em: 30 de junho de 2006

A figura 3 ilustra as principais tarefas que devem ser executadas pela equipe de recursos dos aplicativos principais durante a primeira parte da Fase Desenvolver.Essas atividades estão direcionadas para a criação e o teste do pacote de implantação das edições do Office 2003 além de outros aplicativos principais, que serão integrados no pacote de implantação geral como um conjunto subseqüente de tarefas.

Figura 3. Tarefas detalhadas para a criação do pacote de implantação das edições do Office 2003

Figura 3. Tarefas detalhadas para a criação do pacote de implantação das edições do Office 2003

Nesta página

Funções e responsabilidades
Office 2003 Editions Resource Kit
Criação do ponto de instalação
Integração de pacotes de serviço
Personalização das edições do Office 2003
Automatização de outros aplicativos
Atendendo aos requisitos de segurança dos aplicativos
Reempacotamento dos aplicativos principais
Encadeando instalações com o Office 2003
Integrando aplicativos principais com o Solution Accelerator para BDD
Etapa:escopo concluído

Funções e responsabilidades

Os seis clusters de função do Modelo de Equipe do MSF desempenharão uma função na Fase Desenvolver.A tabela 3 lista essas funções e define as áreas de enfoque de cada cluster de função.Para obter mais informações sobre os clusters de função da equipe do MSF, consulte o site do Microsoft Solutions Framework (em inglês), no endereço http://www.microsoft.com/technet/itsolutions/msf/default.mspx.

Tabela 3. Funções e responsabilidades durante a Fase Desenvolver

Função

Foco

Gerenciamento de produto

Entrada no design conceitual; análise dos requisitos de negócios; planejamento de comunicações

Gerenciamento de programa

Design conceitual e lógico; especificação funcional; planejamento e agendamento de projeto; orçamento

Desenvolver

Criação e teste do pacote de instalação das edições do Office 2003

Experiência do usuário

Uso de cenários ou casos; requisitos do usuário; requisitos de localização e acessibilidade; documentação do usuário; planejamentos de treinamento; agendamento

Teste

Definição dos requisitos de teste; agendamento e plano de teste

Gerenciamento de versões

Avaliação de design; requisitos de operações; agendamento ou planejamento piloto e de implantação; descoberta de rede; inventário de aplicativos e hardware; interface com as equipes de operações e segurança


Office 2003 Editions Resource Kit

O Microsoft Office 2003 Editions Resource Kit contém centenas de páginas de informações detalhadas e utilitários para personalizar o comportamento das edições do Office 2003.São abrangidas, entre outras coisas, áreas como as seguintes:

  • Preparação e personalização da implantação

  • Personalização e implantação do Outlook 2003

  • Implantação mundial multilíngüe

  • Manutenção e solução de problemas

É possível baixar o Microsoft Office 2003 Resource Kit no site http://www.microsoft.com/office/orkarchive/2003ddl.htm.

Criação do ponto de instalação

É possível implantar as edições do Office 2003 de uma instalação administrativa, similar ao das edições do Office 2000, Office XP e Office 2003.Também é possível implantar as edições de uma imagem de CD-ROM compactada e personalizada, que é um recurso das edições do Office 2003 que cria uma origem de instalação local (LIS).A implantação das edições do Office 2003 de uma instalação administrativa permite:

  • Gerenciar um conjunto de arquivos das edições do Office 2003 de um local central.

  • Criar uma configuração padrão das edições do Office 2003 para um grupo de usuários.

  • Aproveitar opções de instalação flexíveis.

  • Gerenciar atualizações das edições do Office 2003 atualizando uma imagem administrativa.

Apenas as edições do Office 2003 adquiridas por um contrato de licenciamento de volume ou outro canal não comercial permitem criar um ponto de instalação administrativo.Não é possível executar o Setup.exe no modo administrativo (/a) com uma versão comercial das edições do Office 2003.

A Microsoft recomenda a LIS devido ao melhor suporte para computadores portáteis armazenando em cache localmente os arquivos de origem.Também facilita atualizações futuras das edições do Office 2003 porque não existe um vínculo entre a instalação cliente e a administrativa no servidor.(É possível instalar arquivos de atualização do cliente.) Crie instalações administrativas das edições do Office 2003 se desejar descompactar os arquivos de origem para que seja possível usar o estado de instalação do recurso de execução da rede.Outro motivo para usar instalações administrativas é a situação na qual os computadores de destino não têm espaço de disco suficiente para os arquivos de origem locais.Caso contrário, implante uma LIS.Independentemente do método escolhido, documente sua opção e o motivo para tal.

As duas seções a seguir descrevem cada método.Escolha um ou outro, pois são mutuamente exclusivos.Consulte “Taking Advantage of a Local Installation Source” (em inglês) no site http://office.microsoft.com/en-us/assistance/HA011402031033.aspx para obter mais informações sobre a LIS.

O “Apêndice A.Criando um ponto de instalação” descreve as etapas para os métodos das duas seções a seguir.

Instalações administrativas

A criação de uma instalação administrativa envolve a descompactação do conteúdo do CD-ROM do produto e a incorporação do nome da organização, da chave do produto e a aceitação do EULA (Contrato de Licença do Usuário Final) no ponto de distribuição.

Origens de instalação local

Quando os usuários instalam as edições do Office 2003 usando uma imagem compactada do CD-ROM, a configuração das edições do Office 2003 usa um serviço do sistema chamado Office Source Engine (Ose.exe) para copiar os arquivos de instalação necessários em uma pasta oculta no computador local.O Windows Installer usa essa LIS para instalar as edições do Office 2003 e a LIS permanece disponível para reparo, reinstalação ou atualização posterior dessas edições.Os usuários podem instalar recursos por demanda ou executar a configuração das edições do Office 2003 no modo de manutenção para adicionar novos recursos.

Por padrão, a configuração das edições do Office 2003 cria uma LIS, mas apenas quando os usuários as instalam a partir de uma imagem compactada do CD-ROM.Se houver espaço em disco suficiente no computador local, a configuração das edições do Office 2003 armazena em cache a origem de instalação inteira, por padrão.A manutenção dessa origem de instalação local após a instalação das edições do Office 2003 oferece vários benefícios para os usuários em organizações.Os usuários móveis são os principais beneficiados.A LIS permite que tais usuários adicionem ou reparem recursos sem precisar acessar os arquivos de origem de rede.

Os arquivos de origem das edições do Office 2003 são compactados nos arquivos de gabinete (.cab) para se ajustarem no CD-ROM correspondente.Para criar um ponto de distribuição como uma imagem do CD-ROM compactada, basta copiar os arquivos .cab compactados em um compartilhamento de rede antes de personalizar a imagem do CD-ROM.Execute a instalação das edições do Office 2003 para criar um ponto de instalação administrativa, conforme descrito na seção anterior; em vez disso, basta copiar os arquivos compactados diretamente no compartilhamento de rede.Diferente do processo de execução da configuração das edições do Office 2003 com a opção /a, que expande os arquivos compactados no ponto de instalação administrativa, os arquivos na imagem do CD-ROM permanecem compactados.

Observação   Uma nova versão do programa de configuração das edições do Office 2003 está disponível na caixa de ferramentas do Microsoft Office 2003 Editions Resource Kit.A versão 11.0.6176.0 ajuda a garantir que todas as áreas de trabalho da organização obtenham e mantenham uma LIS completa.A nova configuração das edições do Office 2003 permite que os administradores implantem a LIS primeiro e, em seguida, iniciem a instalação das edições.A Microsoft recomenda a atualização da configuração das versões do Office 2003 instaladas em seus pontos de distribuição atuais para a versão mais recente.

Integração de pacotes de serviço

Os pacotes de serviço das edições do Office 2003 são atualizações provisórias que resolvem problemas de desempenho, confiabilidade e segurança.Recomenda-se que os pacotes de serviço mais recentes sejam incluídos na distribuição das edições do Office 2003, portanto, será necessário integrar essas versões nos arquivos de origem das edições do Office 2003.

A Microsoft emite duas versões de cada service pack.É possível baixar ambas no site http://www.microsoft.com/office/ork.Uma serve para atualizar instalações administrativas e a outra para atualizar computadores cliente (também chamadas de atualizações binárias).As duas versões são arquivos de atualização com a extensão .msp.A atualização administrativa é uma substituição de arquivos completos que contém todas as alterações do service pack.Técnicas diferentes são usadas para implantar atualizações com base no tipo de ponto de distribuição criado:

  • Instalações administrativas.Use a atualização administrativa para integrar o service pack no ponto de distribuição das edições do Office 2003 se o tiver criado como uma instalação administrativa.

  • Origens de instalação local.A atualização do cliente atualiza os arquivos necessários em vez de substituí-los.Use o método de atualização do cliente para aplicar as atualizações nos computadores cliente se tiver criado o ponto de distribuição como uma imagem do CD-ROM compactada.Para adicionar atualizações do cliente à imagem do CD-ROM compactada, encadeie-as no arquivo Setup.ini.

O Microsoft Office 2003 Editions Resource Kit fornece instruções completas para a integração dos pacotes de serviço nas instalações administrativas e para o encadeamento das atualizações do cliente em uma origem de instalação local.Consulte “Distributing Office 2003 Product Updates” (em inglês) no kit de recursos, no site http://office.microsoft.com/en-us/assistance/HA011402381033.aspx.O “Apêndice A.Criando um ponto de instalação” fornece detalhes sobre a integração dos pacotes de serviço para os dois métodos do ponto de instalação.

Personalização das edições do Office 2003

A figura 4 descreve em um alto nível de detalhes o processo de desenvolvimento para a personalização das edições do Office 2003.

Figura 4. Processo de empacotamento das edições do Office 2003 usando instalações administrativas

Figura 4. Processo de empacotamento das edições do Office 2003 usando instalações administrativas

A criação de uma instalação personalizada das edições do Office 2003 é um processo de várias etapas.Após ser criado e testado, esse pacote pode ser inserido no processo de geração de imagens do Solution Accelerator para BDD para que a configuração personalizada das edições do Office 2003 possa ser incluída automaticamente em todas as imagens do computador.Esta seção descreve as etapas necessárias para criar a instalação personalizada das edições do Office 2003:

  1. Crie um arquivo de configurações do perfil Office (.ops).Instale e configure as edições do Office 2003 em um computador modelo.Além disso, instale também o Microsoft Office 2003 Editions Resource Kit.Em seguida, capte as configurações das edições do Office 2003 em um arquivo do assistente do perfil Office (.ops) para distribuir com as edições.Um arquivo .ops contém a parte do perfil do usuário que pertence às edições do Office 2003.Quando a configuração das edições do Office 2003 aplica o arquivo durante a instalação, essas configurações são gravadas no perfil do usuário.

  2. Crie um arquivo de transformação (.mst).Uma transformação contém configurações para personalizar a instalação das edições do Office 2003.As transformações das edições do Office 2003 são similares a arquivos de resposta para as instalações autônomas do Windows XP.Use o Assistente de Instalação Personalizada para criar uma transformação, que tem a extensão de arquivo .mst.

  3. Personalize o arquivo Setup.ini.O arquivo Setup.ini controla o modo de execução de Setup.exe.Esse arquivo será personalizado principalmente se uma LIS estiver sendo usada para implantar as edições do Office 2003.

  4. Teste a configuração manualmente.Antes de adicionar a configuração das edições do Office 2003 à imagem do Solution Accelerator para BDD, é necessário testá-la manualmente em um ambiente de laboratório para verificar se está correta.

    Observação   Para obter mais informações sobre como personalizar as edições do Office 2003 usando as ferramentas descritas nessa seção, consulte “Customizing User-Defined Settings” (em inglês) no Microsoft Office 2003 Editions Resource Kit, no site http://office.microsoft.com/en-us/assistance/HA011401971033.aspx.

Criação de um arquivo de configurações do perfil Office

Crie um computador modelo que execute uma instalação limpa do Windows sem nenhum outro aplicativo instalado.Após instalar o Microsoft Office 2003 Editions Resource Kit , realize as etapas descritas no “Apêndice B.Personalizando edições do Office 2003” para criar um arquivo de configurações do perfil Office (.ops).

Criação de um arquivo de transformação

Para criar o arquivo de transformação (.mst) que personaliza a instalação das edições do Office 2003, execute o Assistente de Instalação Personalizada.Para executar o assistente, use qualquer computador no qual o Microsoft Office 2003 Editions Resource Kit esteja instalado.Como o kit de recursos já está instalado no computador modelo, basta simplesmente executar o Assistente de Instalação Personalizada nesse computador.

Não use uma ferramenta não fabricada pela Microsoft para criar um arquivo de transformação para as edições do Office 2003.O Assistente de Instalação Personalizada possui várias opções específicas do aplicativo que talvez não estejam presentes em ferramentas de terceiros para gerar arquivos .mst (como as disponíveis no FLEXnet AdminStudio ou no Wise Package Studio).

Ao executar o assistente, não se esqueça de configurar pelo menos as seguintes opções e de salvar a transformação como o arquivo Office11.mst no servidor de laboratório a partir do qual as edições do Office 2003 foram instaladas:

  • Configure Local Installation Source.Se estiver usando a LIS, será necessário configurar a origem de instalação local usando uma transformação.Nesse caso, selecione a opção Configure local installation source, digite a chave do produto no espaço fornecido e aceite o EULA.

  • Customize Default Application Settings.Selecione os valores Get em uma opção existente do perfil de configurações e, em seguida, selecione o arquivo .ops criado na seção anterior.Esse arquivo foi salvo no servidor de laboratório.

  • Identify Additional Servers.Adicione a essa tela a lista de compartilhamentos dos servidores de aplicativo onde esse ponto de distribuição das edições do Office 2003 será copiado.Isso permite que as edições do Office 2003 encontrem sua mídia de origem na rede quando reparos forem necessários ou novos componentes forem instalados.Essa etapa é essencial apenas quando instalações administrativas estiverem sendo usadas.

Um item chave que pode ser especificado no Assistente de Instalação Personalizada (ou em qualquer arquivo de transformação do Windows Installer) é o estado de instalação padrão para qualquer recurso disponível.As opções possíveis para cada estado de recurso incluem:

  • Executar de Meu Computador.Esse estado de recurso copia arquivos, grava entradas de registro e cria atalhos associados ao recurso no computador para que possa ser executado localmente.

  • Executar Todos de Meu Computador.Esse estado de recurso é igual a Executar de Meu Computador, mas todos os recursos filho que pertencem ao recurso também são definidos nesse estado.Geralmente, é uma prática recomendada usar esse estado de recurso na maioria ou em todos os casos.

  • Executar da Rede.Esse estado de recurso deixa os componentes no ponto de instalação administrativa e executa o recurso nesse ponto.

    Observação   Essa opção não está disponível quando a instalação é feita a partir de uma imagem compactada do CD-ROM e a origem de instalação local é mencionada.

  • Executar Todos da Rede.Novamente, esse estado de recurso é igual a Executar da Rede, mas todos os recursos filho que pertencem ao recurso também são definidos nesse estado.

  • Instalação na Primeira Utilização.Esse recurso deixa os componentes e todos os recursos filho no ponto de instalação administrativa ou na origem de instalação local até que o usuário tente utilizar o recurso pela primeira vez.Quando usado pela primeira vez, os componentes são instalados automaticamente.

  • Não Disponível.Esse estado de recurso fará com a configuração não instale os componentes para o recurso ou qualquer recurso filho pertencente ao mesmo.

  • Não Disponível , Oculto , Bloqueado.Escolha esse estado para os recursos que não deseja disponibilizar.Isso fará com que os componentes do recurso não sejam instalados e nem exibidos na árvore de recursos durante a configuração.Quando esse estado está selecionado, os usuários não podem instalar o recurso alterando o estado do recurso pai ou chamando o Windows Installer diretamente da linha de comando.

Consulte o “Apêndice B.Personalizando edições do Office 2003” para obter mais informações.

Observação   Alguns recursos filho não suportam as opções Executar da Rede ou Instalação na Primeira Utilização.Nesse caso, o recurso é instalado para ser executado no computador local.

Observação   Consulte “Custom Installation Wizard” (em inglês) no Microsoft Office 2003 Editions Resource Kit, no site http://office.microsoft.com/en-us/assistance/HA011525761033.aspx, para obter uma lista completa das configurações disponíveis nas transformações.

Observação   O Assistente de Instalação Personalizada deriva as configurações visualizadas na tela Change Office User Settings dos arquivos .opa.Esses arquivos são similares aos modelos administrativos (arquivos .adm) usados para as políticas das edições do Office 2003.Uma pasta de trabalho do Excel 2003 está disponível e contém Explain Text para os arquivos .opa e .adm, que são úteis para compreender as configurações disponíveis.Baixe essa pasta de trabalho em http://www.microsoft.com/downloads/details.aspx?FamilyID=ba8bc720-edc2-479b-b115-5abb70b3f490&DisplayLang=en.

Personalize o arquivo Setup.ini.

Antes de aplicar os valores especificados na linha de comando, a configuração lê as propriedades especificadas no arquivo Setup.ini (ou no arquivo Setuppro.ini se o programa de configuração em sua mídia de distribuição for chamado Setuppro.exe), no qual é possível definir todas as propriedades permitidas na linha de comando.Esse formato é muito mais fácil de ler do que um grande arquivo em lote com vários argumentos de linha de comando.Para obter informações mais detalhadas sobre as configurações desse arquivo, consulte o “Apêndice B.Personalizando edições do Office 2003” ou consulte “Setup Settings File” (em inglês) no Microsoft Office 2003 Editions Resource Kit, no site http://office.microsoft.com/en-us/assistance/HA011513671033.aspx.

Se estiver instalando as edições do Office 2003 a partir de uma LIS e desejar personalizar como a configuração cria a origem de instalação local nos computadores dos usuários, defina propriedades na seção [Cache] de Setup.ini.Como a configuração cria a origem de instalação local antes da aplicação de uma transformação, não é possível definir a maioria das opções de origem de instalação local em uma transformação.Por padrão, o cache é flexível, permitindo a instalação e arquivos de origem parciais se o espaço em disco for limitado.Para assegurar uma instalação completa dos arquivos de origem das edições do Office 2003 em cache, edite a seção [Cache] do arquivo Setup.ini existente (o arquivo está em Files\Setup do ponto de distribuição das edições do Office 2003) para parecer do seguinte modo:

[Cache]
ENFORCECACHE=1

Teste a configuração manualmente

Para testar manualmente o pacote personalizado das edições do Office 2003, comece com um computador Windows XP limpo que tenha sido construído recentemente, de preferência sem nenhum outro aplicativo instalado.Desse modo, o teste do pacote das edições do Office 2003 começará a partir de um ponto inicial limpo.Você precisará ter privilégios de administrador local no computador para continuar.

Instale o pacote das edições do Office 2003 com uma linha de comando similar à seguinte (o comando inteiro deve estar em uma linha):

\\servername\Packages\Office11\Setup.exe
TRANSFORMS=\\servername\Packages\Office11\Office11.MST /QB

Onde:

  • \\nome_do_servidor\packages é o nome do servidor e o nome do compartilhamento da instalação administrativa dos pacotes e Office11 é a subpasta que contém o pacote de instalação das edições do Office 2003.

  • \\nome_do_servidor\Packages\Office11\Office11.MST é o caminho e o nome do arquivo de transformação criado com o Assistente de Instalação Personalizada.

É possível iterar por meio da criação e do teste das transformações até que os requisitos de sua organização sejam cumpridos.Após o cumprimento desses requisitos com a instalação manual, é possível continuar para integrar o pacote nos processos de geração de imagens e implantação do Solution Accelerator para BDD.

Automatização de outros aplicativos

Para atingir uma instalação totalmente autônoma e automatizada, os aplicativos adicionados ao Solution Accelerator para BDD devem suportar a instalação autônoma.Muitos programas de configuração suportam as opções /s ou /q de linha de comando para tal, outros não.

Geralmente, para descobrir se o pacote suporta a instalação autônoma, basta digitar setup / ?no prompt de comando, onde setup é o nome do arquivo do programa de configuração.Se o programa de configuração não fornecer indícios, é necessário saber qual produto do fornecedor foi usado para criar o pacote.Normalmente, é possível obter essas informações executando o programa de configuração e procurando logotipos ou marcas das páginas do assistente de instalação ou observando as propriedades de arquivo.

Onde o suporte para a automatização de uma instalação silenciosa pode ser fornecido, o nível de personalização possível varia de acordo com o fornecedor.As opções de suporte inerentes fornecidas na seção seguinte são um bom começo.Tenha em mente que onde o suporte descrito abaixo talvez pareça insuficiente para suas necessidades, o desenvolvedor pode ter fornecido suporte especializado para a instalação silenciosa de seu aplicativo.Se algum suporte for fornecido pelo fornecedor, deverá ser documentado nas notas de versão, no guia de início rápido ou no site de suporte do aplicativo.

Instalações do Windows Installer

O número de aplicativos empacotados como bancos de dados do Windows Installer está se multiplicando rapidamente.E o que normalmente parece um programa de configuração autônomo e auto-extraível com um nome de artigo Setup.exe é, em geral, um arquivo que se descompacta em um banco de dados do Windows Installer.Geralmente, é possível extrair o banco de dados usando uma ferramenta como o WinZip (da WinZip Computing, no site http://www.winzip.com) ou executando o programa de configuração e observando os arquivos de configuração na pasta %TEMP%.Os bancos de dados do Windows Installer têm a extensão de arquivo .msi.

Para instalar os bancos de dados autônomos do Windows Installer com o Msiexec.exe, use a opção /qb da linha de comando para uma interface do usuário básica (apenas barra de progresso) ou a opção /qn da linha de comando se não houver nenhuma interface do usuário.

Instalações do Windows Installer InstallShield

Alguns arquivos de configuração do Windows Installer criados pelo InstallShield do Macromedia podem exigir execução por meio de um arquivo Setup.exe fornecido.As tentativas de executar o arquivo .msi diretamente resultam em uma mensagem declarando que o Setup.exe deve ser usado para iniciar a instalação.Nesse caso, o autor da instalação usa o script do InstallShield.Quando o script do InstallShield é usado, este requisito é imposto para assegurar que a versão necessária do mecanismo de script do InstallShield (ISScript.msi) seja instalada no computador antes de continuar.Se não for detectada, a versão necessária do mecanismo de script do InstallShield é instalada automaticamente antes de chamar a configuração do Windows Installer.É possível lidar com tal configuração de algumas maneiras.

A primeira é usar o suporte de linha de comando do InstallShield oferecido pelo Setup.exe.Não só o Setup.exe fornece o suporte de opções de linha de comando, mas também é possível passar as opções para a configuração contida do Windows Installer usando o argumento /v.Seguindo /v , é possível especificar qualquer opção que deva ser passada para a configuração do Windows Installer entre aspas duplas.Por exemplo, o comando abaixo instrui o Setup.exe a ser executado silenciosamente e também a passar a opção /qn para a configuração do Windows Installer:

setup.exe /s /v"/qn"

O próximo método disponível é implantar o mecanismo de script do InstallShield separadamente como parte dos aplicativos principais antes de ser exigido por qualquer arquivo de configuração.Em seguida, é possível ignorar com segurança a funcionalidade restritiva do Setup.exe executando o arquivo .msi diretamente e incluindo a propriedade pública ISSETUPDRIVEN.Para obter a configuração incorporada do Windows Installer, observe a pasta %TEMP% após a mensagem de boas-vindas do assistente de instalação ser exibida.O arquivo .msi pode ser colocado no servidor de laboratório e executado de modo silencioso e direto usando o seguinte comando:

msiexec.exe /i setup.msi ISSETUPDRIVEN=1 /qn

Instalações herdadas do InstallShield

Os arquivos de configuração herdados criados normalmente pelo InstallShield em geral possuem o nome do arquivo Setup.exe.Para criar uma instalação autônoma para um pacote InstallShield, é necessário criar um arquivo de resposta InstallShield, que tenha a extensão .iss.Esse método funciona com a maioria, mas não com todos os pacotes InstallShield.

Para obter instruções, consulte o Guia da equipe de recursos dos aplicativos complementares.

Instalações do PackagefortheWeb

O PackagefortheWeb é um aplicativo empacotado pelo InstallShield em um arquivo autônomo e auto-extraível.Crie um arquivo Setup.iss.O uso desse arquivo é quase igual ao descrito na seção anterior.A diferença é que a opção /a da linha de comando deve ser usada para passar as opções de linha de comando para o programa de configuração após a extração do conteúdo do arquivo.Por exemplo, um arquivo de configuração chamado Prog.exe expandirá seu conteúdo na pasta temporária e, em seguida, executará o Setup.exe quando tiver concluído.Para passar as opções de linha de comando para o Setup.exe, é necessário usar a opção /a.

Wise Installations

A maioria dos pacotes criados com o Wise Installation System ou Wise InstallMaster (agora chamado de Wise Installation System) reconhece a opção /s da linha de comando para a instalação autônoma.Embora esse processo geralmente seja bem-sucedido como um método de instalação silenciosa, nenhum recurso para estabelecer opções de instalação é fornecido sem um suporte expresso do fornecedor do aplicativo.

Instalações do Ghost Installer

Os arquivos de configuração Ghost Installer da Ethalone Solutions podem fornecer uma instalação silenciosa quando a opção -s da linha de comando for usada.O sucesso desse método depende das opções escolhidas pelo desenvolvedor durante a criação da instalação.Embora a instalação seja automatizada, nenhum recurso para personalizar a instalação silenciosa é fornecido sem os esforços explícitos do desenvolvedor da instalação.

Atendendo aos requisitos de segurança dos aplicativos

Alguns aplicativos não serão executados corretamente como um usuário restrito.Embora em situações raras isso aconteça devido a alguns direitos não concedidos para o usuário restrito, na maioria das vezes, isso resulta de aplicativos que tentam atualizar arquivos e entradas de registro não permitidos por usuários restritos.Esta seção discute métodos para identificar e ajustar esses requisitos de segurança do aplicativo.

Identificação dos requisitos de segurança dos aplicativos

Quando instalados, a maioria dos aplicativos deve restringir a necessidade de atualização de informações aos seguintes locais:

  • O diretório de dados do aplicativo do perfil do usuário, normalmente:

    • Windows XP:C:\Documents and Settings\ <Nome do usuário> \Dados de aplicativos\ <Nome do fornecedor> \ <Nome do produto>

    • Windows Vista:C:\Usuários\< Nome do usuário >\Dados de aplicativos\Roaming\< Nome do fornecedor >\< Nome do produto >

  • O hive do registro do usuário do aplicativo, normalmente HKEY_CURRENT_USER\Software\ <Nome do fornecedor> \ <Nome do produto>

No entanto, se a execução de um aplicativo como um usuário restrito falhar ou resultar em comportamento inesperado, observe alguns lugares comuns nos quais o aplicativo talvez esteja tentando se atualizar:

  • O diretório do aplicativo, normalmente C:\Arquivos de programas\< Nome do fornecedor >\< Nome do produto >

    Procure extensões de arquivo como .dat, .xml e .ini.Esses arquivos podem conter configurações ou outras informações atualizadas pelo aplicativo, que, se estiver localizado fora da estrutura do diretório do perfil do usuário, falhará para os usuários restritos.

  • O hive do registro do computador do aplicativo, normalmente HKEY_LOCAL_MACHINE\Software\ <Nome do fornecedor> \ <Nome do produto>

    Observação   O caminho padrão para a instalação de aplicativos e para o perfil do usuário é diferente entre as versões do Windows.Ao gravar scripts ou referências programáticas nesses locais, use variáveis de ambiente.Para dados de aplicativo, %APPDATA% apontará para a pasta raiz de dados de aplicativos.Para o diretório atual de instalação de aplicativos padrão, %PROGRAMFILES% apontará para a pasta raiz de instalação de aplicativos.

Duas ferramentas estão disponíveis para ajudá-lo a identificar quais áreas do sistema estão sendo gravadas em RegMon.exe e FileMon.exe de SysInternals.com.Essas ferramentas podem ser usadas para monitorar as alterações nos sistemas de registro e arquivo, respectivamente, e relatarão todos os êxitos ou falhas.Você observará que o registro recebe um grande número de leituras e gravações no sistema de registro e arquivo regularmente; no entanto, essas ferramentas fornecem filtros que ajudam a isolar os itens de seu interesse.

Atendendo aos requisitos de segurança dos aplicativos

Após os requisitos de segurança serem identificados e aprovados para implantação, é possível aplicá-los de várias maneiras:


Reempacotamento dos aplicativos principais

Alguns instaladores herdados não suportam instalações silenciosas e os que suportam tais instalações não fornecem uma maneira para especificar as configurações.Nenhum instalador herdado fornece os recursos de gerenciamento oferecidos pelo Windows Installer.

Para os instaladores herdados, avalie a possibilidade de reempacotar um aplicativo que usa um instalador herdado.O tópico é muito grande para ser abrangido nesse guia, portanto indicamos algumas boas fontes de informação sobre o tema:

  • Administrator’s Introduction to Application Repackaging and Software Deployment using Windows Installer (InstallShield Press , 2002).Este livro, disponível na maioria das livrarias, é um recurso valioso para o árduo trabalho de reempacotamento.

  • Wise para Windows Installer no site http://www.wise.com.Este é um ambiente popular de desenvolvimento do banco de dados do Windows Installer.


Encadeando instalações com o Office 2003

O programa de configuração do Office 2003 permite implantar o Office 2003 e os aplicativos relacionados em um processo simples através do encadeamento de pacotes ou programas de configuração adicionais.Nesse cenário, o programa de configuração primeiro conclui a instalação principal do Office 2003 e, em seguida, instala imediatamente os programas adicionais na ordem especificada na seção[ChainedInstall_n] do arquivo Setup.ini.É possível encadear pacotes na instalação principal implantada tanto a partir de um ponto de instalação administrativa quanto de uma imagem de CD-ROM compactada.Para personalizar instalações encadeadas, defina propriedades em Setup.ini.

O encadeamento é um modo eficiente de implantar o Microsoft Office e os produtos relacionados que não estão incluídos no pacote principal do Office 2003, como Microsoft Office FrontPage®, Office OneNote® ou Office Project.É possível usar o pacote MUI com o Microsoft Office encadeando arquivos Mui.msi individuais.O encadeamento também serve como uma parte importante de uma estratégia de atualização eficiente.Se a fonte de instalação permanecer atualizada com os mais novos service packs e atualizações, você poderá encadear atualizações na instalação principal para as novas instalações cliente.

O “Apêndice A.Criando um ponto de instalação” fornece informações sobre como usar o Setup.ini para encadear instalações.Mais orientações estão disponíveis em “Deploying Office and Other Products Together” no Microsoft Office 2003 Editions Resource Kit (em inglês), no site http://www.microsoft.com/office/ork/2003/two/ch5/DepD02.htm.Para obter mais informações sobre o encadeamento de atualizações, consulte “Distributing Office 2003 Product Updates” (em inglês), no site http://www.microsoft.com/office/ork/2003/five/ch18/MntA01.htm.Para obter mais informações sobre o encadeamento do pacote MUI do Office 2003 e outros recursos de linguagem, consulte o site http://www.microsoft.com/office/ork/2003/four/default.htm (em inglês).

Integrando aplicativos principais com o Solution Accelerator para BDD

TBD

Figura 5. Imagem das tarefas detalhadas para a integração de aplicativos principais com o Solution Accelerator para BDD

Figura 5. Imagem das tarefas detalhadas para a integração de aplicativos principais com o Solution Accelerator para BDD

Integrar aplicativos principais em compilações de imagem

TBD

Integrar aplicativos principais em servidores de aplicativos

TBD

Etapa:escopo concluído

Nessa etapa, a configuração das edições do Office 2003 foi personalizada e integrada no processo de geração de imagens do Solution Accelerator para BDD.A Tabela 4 lista os resultados associados a esta etapa.

Tabela 4. Resultados da etapa de conclusão do escopo

ID do resultado final

Descrição

Conjuntos de recursos dos aplicativos principais definidos

Os recursos e as configurações dos aplicativos principais que devem ser incluídos no pacote foram definidos.

Empacotamento dos aplicativos principais criado

Os aplicativos principais personalizados foram criados e testados manualmente.

Aplicativos principais integrados no Solution Accelerator para BDD

Os aplicativos principais personalizados foram integrados no processo de geração de imagens do Solution Accelerator para BDD e nos servidores de aplicativos do Solution Accelerator para BDD.


Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários
Mostrar:
© 2014 Microsoft. Todos os direitos reservados.