Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo
Este tópico ainda não foi avaliado como - Avalie este tópico

Migrações de clusters que envolvem novo armazenamento: Pontos de montagem

Publicado: janeiro de 2010

Atualizado: janeiro de 2010

Aplica-se a: Windows Server 2008 R2

Este tópico descreve considerações sobre pontos de montagem em uma migração para um cluster de failover que executa o Windows Server 2008 R2 onde você usa novo armazenamento para o cluster migrado. Este cenário contrasta com um cenário onde você usa o mesmo armazenamento antes e depois da migração.

CautionCuidado
Você deve executar a cópia ou a movimentação de dados ou pastas (inclusive de configurações de pastas compartilhadas) durante uma migração. O assistente para migração de recursos clusterizados não copia dados de um local de armazenamento compartilhado para outro.

O Assistente para Migração de Clusters não migra informações de pontos de montagem (isto é, informações sobre unidades de disco rígido que não usam letras de unidades, mas são montadas em vez de estarem em uma pasta em outra unidade de disco rígido). No entanto, pode migrar configurações de Recurso de Disco Físico para discos que usam pontos de montagem e vice-versa. O assistente também não configura a dependência necessária entre os recursos para discos montados e o recurso para um disco de host (o disco no qual os outros discos são montados). Você deve configurar a dependência depois da conclusão da execução do assistente.

Ao trabalhar com novo armazenamento para a migração de cluster, há alguma flexibilidade na ordem na qual você conclui as tarefas. As tarefas que devem ser concluídas incluem a criação de pontos de montagem, executando o Assistente para Migração de Clusters, a cópia dos dados no novo armazenamento e a confirmação das letras dos discos e dos pontos de montagem para o novo armazenamento. Depois de concluir as outras tarefas, configure as dependências dos recursos de disco no Gerenciador de Cluster de Failover.

Uma maneira útil de controlar os discos no novo armazenamento é dar a eles rótulos que indicam a configuração planejada do ponto de montagem. Por exemplo, no novo armazenamento, ao montar um novo disco em uma pasta chamada \Mount1-1 em outro disco, você também pode rotular o disco montado como Mount1-1. (Isso pressupõe que o rótulo Mount1-1 ainda não está em uso no armazenamento antigo.) Em seguida, quando você executar o Assistente para Migração de Clusters e precisar especificar esse disco para um recurso migrado específico, poderá examinar a lista e selecionar o disco rotulado como Mount1-1. Em seguida, você pode retornar para o Gerenciador de Cluster de Failover para configurar o recurso de disco para Mount1-1 de forma que ele seja dependente do recurso correto, por exemplo, o recurso para o disco F. De maneira semelhante, você configurará os recursos de disco para todos os outros discos montados no disco F de forma que eles dependam do recurso de disco para o disco F. As ilustrações a seguir mostram etapas selecionadas desse processo.

Na primeira ilustração, um novo disco foi rotulado como Mount1-1 (por meio do Gerenciamento de Disco) e adicionado ao cluster Armazenamento Disponível. O novo disco é mostrado no Gerenciador de Cluster de Failover.

Disco no Armazenamento Disponível rotulado como Mount1-1

Na próxima ilustração, o Assistente para Migração de Clusters foi usado para especificar que os novos discos rotulados no Armazenamento Disponível serão usados na nova configuração, em vez dos discos antigos. Depois dessa especificação, o Assistente para Migração de Clusters apresenta uma exibição semelhante à seguinte:

Migração com discos montados no novo armazenamento

Assistente para Migração de Clusters com armazenamento especificado

Depois de executar o assistente e de configurar completamente o disco montado, a última etapa necessária é configurar as dependências do disco no Gerenciador de Cluster de Failover. Para cada recurso de disco para uma unidade de disco rígido montada, abra a folha Propriedades e, na guia Dependências, especifique uma dependência no recurso de disco para a unidade de host (onde as unidades montadas residem). Isso garante que o serviço Cluster coloque a unidade de host online primeiro, seguida pelas unidades que são dependentes dela.

Depois de configurar as dependências, você pode exibir um relatório de dependência da seguinte maneira: Clique no serviço ou aplicativo e, sob Ações, clique em Mostrar Relatório de Dependências. A ilustração a seguir mostra quatro pontos de montagem que estão configurados com as dependências corretas no disco no qual eles estão montados:

Quatro pontos de montagem com dependências configuradas

Dependências dos pontos de montagem no disco host

Referências adicionais

Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários

Contribuições da comunidade

ADICIONAR
A Microsoft está realizando uma pesquisa online para saber sua opinião sobre o site do MSDN. Se você optar por participar, a pesquisa online lhe será apresentada quando você sair do site do MSDN.

Deseja participar?
Mostrar:
© 2014 Microsoft. Todos os direitos reservados.