Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo

O que é sincronização?

Atualizado: abril de 2010

Aplica-se a: System Center Data Protection Manager 2010

A sincronização é o processo pelo qual o Data Protection Manager (DPM) transfere alterações de dados de um computador protegido para um servidor DPM e aplica as alterações à réplica dos dados protegidos. O DPM depende da sincronização para manter réplicas sincronizadas com os dados nos computadores protegidos.

Frequência de sincronização

Você pode selecionar um intervalo de frequência de sincronização que varie de 15 minutos a 24 horas. Também é possível selecionar para sincronizar apenas antes de um ponto de recuperação ser criado. Se você estiver protegendo dados que se alteram frequentemente ao longo do dia, pode ser conveniente sincronizar seus dados a cada 15 minutos. Se estiver protegendo dados se que alteram com menos frequência, poderá agendar menos pontos de recuperação e sincronizar os dados apenas antes da criação de cada ponto de recuperação. Para obter mais informações, consulte Como modificar opções de proteção.

Modos de sincronização

O DPM fornece os seguintes métodos para sincronizar uma réplica:

  • Sincronização incremental

  • Sincronização com verificação de consistência

A sincronização incremental (também conhecida como sincronização) transfere alterações nos dados do computador protegido para o servidor DPM e aplica as alterações à réplica. Quando você cria um grupo de proteção, deve especificar uma agenda de sincronização ou aceitar a agenda padrão. Em geral, é possível confiar na sincronização incremental para manter uma réplica consistente com suas fontes de dados. Esse método é mais rápido e mais eficiente do que executar uma verificação de consistência, pois ele usa o filtro do DPM para identificar os blocos alterados.

A sincronização com verificação de consistência (também conhecida como uma verificação de consistência) transfere as alterações de dados do computador protegido para o servidor DPM, mas também executa uma verificação bloco a bloco para garantir que todos os dados na réplica estejam consistentes com os dados protegidos. Esse processo é mais lento que a sincronização porque todos os dados na réplica são comparados, em vez da simples aplicação das alterações de dados à réplica.

Uma verificação de consistência pode ser requerida quando o DPM não puder rastrear as alterações feitas em uma fonte de dados protegida. Isso poderá ocorrer se o diário de alterações ficar sem espaço em disco ou se um computador protegido for desligado inesperadamente durante a sincronização. Uma verificação de consistência afeta o desempenho do computador protegido e do servidor DPM em diferentes graus, dependendo da carga de rede, da potência de processamento da CPU e do tempo. Se você agendar uma verificação de consistência diária, deverá agendá-la quando outro tráfego de rede estiver baixo.

O DPM iniciará uma verificação de consistência automaticamente como uma tarefa diária se você selecionar a opção para executar a verificação de consistência automaticamente caso a réplica esteja inconsistente ou se você tiver agendado uma verificação de consistência diária para um grupo de proteção. O DPM também iniciará uma verificação de consistência se você criar um grupo de proteção, parar a proteção desse grupo com a opção "Reter dados" e proteger novamente os mesmos dados.

Devido à carga de processamento imposta ao servidor DPM e ao computador protegido, você deve executar uma verificação de consistência manual apenas quando for necessário tornar uma réplica consistente com suas fontes de dados.

noteObservação
O DPM emitirá um alerta se o diário de alterações ficar sem espaço em disco ou se um computador protegido for desligado inesperadamente durante a sincronização. O alerta indica que o administrador deve executar uma verificação de consistência.

Diário de alterações

Um diário de alterações é um recurso do Windows que acompanha as alterações em volumes NTFS, inclusive adições, exclusões e modificações.

O diário de alterações existe no volume como um arquivo esparso. Você pode aumentar mas não diminuir o espaço em disco alocado para o diário de alterações, quando necessário. O DPM usa o diário de alterações para identificar o conjunto de arquivos que foram alterados desde a última sincronização ao fazer backup de servidores de arquivos ou computadores cliente.

Consulte Também

Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários

Contribuições da comunidade

ADICIONAR
A Microsoft está realizando uma pesquisa online para saber sua opinião sobre o site do MSDN. Se você optar por participar, a pesquisa online lhe será apresentada quando você sair do site do MSDN.

Deseja participar?
Mostrar:
© 2014 Microsoft