Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo

O que é uma réplica?

Atualizado: abril de 2010

Aplica-se a: System Center Data Protection Manager 2010

No DPM (Data Protection Manager), uma réplica é uma cópia completa dos dados protegidos que residem em um único volume do servidor DPM. Uma réplica é criada para cada fonte de dados protegida depois que ela é adicionada ao seu grupo de proteção. Com a colocalização, várias fontes de dados podem ter suas réplicas no mesmo volume da réplica. Uma réplica contém todas as propriedades do volume, incluindo as configurações de pontos de recuperação locais, as configurações de segurança e o compartilhamento.

noteObservação
Quando você proteger uma fonte de dados que contém um ponto de montagem, o próprio ponto de montagem não é replicado; você deve recriar o ponto de montagem manualmente ao recuperar os dados.

Antes de o DPM poder iniciar a proteção de fontes de dados em um grupo de proteção, uma réplica dos dados deve ser criada. Depois que uma réplica é criada para cada volume protegido, alterações nos dados protegidos são transferidas incrementalmente para o DPM por sincronização, de acordo com uma agenda fixa.

Para criar uma réplica no servidor DPM, você pode ter o DPM copiando os dados do computador protegido para a rede ou você pode criar uma réplica manualmente de um backup de fita ou outro meio de armazenamento removível. A replicação dos dados sobre pela rede não requer nenhuma intervenção, mas pode levar várias horas, dependendo de largura de banda da rede e do tamanho dos dados. Para minimizar o impacto na largura de banda da rede, você pode agendar a replicação para um momento em que o tráfego de rede seja baixo.

noteObservação
Se você desejar replicar os dados por uma rede de longa distância (WAN), para evitar o carregamento do WAN durante horas úteis, use as configurações de limitação do uso de largura de banda no DPM.

Se o back up de seus dados estiver em fita, você pode criar uma réplica manualmente no servidor DPM da fita. Este método não afeta a largura de banda da rede e pode economizar tempo se você estiver transferindo quantidades grandes de dados. Porém, você deve copiar os dados manualmente para o servidor DPM e depois sincronizar manualmente a réplica com uma verificação de consistência antes que a sincronização agendada e os trabalhos de pontos de recuperação possam ser bem-sucedidos. Para obter mais informações, consulte Como sincronizar uma réplica.

Consulte Também

Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários

Contribuições da comunidade

ADICIONAR
Mostrar:
© 2014 Microsoft