Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo

Windows Server Migration Common Tasks and Information

Atualizado: fevereiro de 2010

Aplica-se a: Windows Server 2008 R2

Os administradores podem usar as Ferramentas de Migração do Windows Server para migrar funções, recursos, compartilhamentos, configurações do sistema operacional e outros dados do servidor para computadores que estejam executando o Windows Server® 2008 R2. Este documento fornece informações suplementares sobre como trabalhar com os cmdlets Windows PowerShell que compõem as Ferramentas de Migração do Windows Server e como abrir e fechar as portas do Firewall do Windows®.

noteObservação
Seus comentários detalhados são muito importantes e nos ajudam a tornar os Guias de Migração do Windows Server os mais confiáveis, completos e fáceis de usar possíveis. Classifique este tópico clicando nas estrelas no canto superior direito da página (1=fraco, 5=excelente) e adicione comentários para dar suporte à sua classificação. Descreva o que você gostou, o que não gostou ou o que deseja ver em versões futuras do tópico. Para enviar sugestões adicionais sobre como melhorar os guias ou utilitários de migração, poste no fórum de migração do Windows Server (a página pode estar em inglês).

Quem deve usar este guia

As informações deste guia mais provavelmente beneficiam os administradores que estão executando migrações de qualquer um dos seguintes itens.

  • BranchCache. Para obter informações detalhadas sobre como migrar o BranchCache, consulte o Guia de Migração do BanchCache (http://go.microsoft.com/fwlink/?LinkID=139091) (a página pode estar em inglês).

  • Servidor de Protocolo DHCP. Para obter informações detalhadas sobre como migrar o Servidor DHCP, consulte o Guia de Migração do Servidor DHCP (http://go.microsoft.com/fwlink/?LinkId=134770) (a página pode estar em inglês).

  • Serviços de Arquivo. Para obter informações detalhadas sobre como migrar os Serviços de Arquivo, consulte o Guia de Migração de Serviços de Arquivo (http://go.microsoft.com/fwlink/?LinkID=128746) (a página pode estar em inglês).

  • Hyper-V™. Para obter informações detalhadas sobre como migrar o Hyper-V, consulte o Guia de Migração do Hyper-V (http://go.microsoft.com/fwlink/?LinkID=156766) (a página pode estar em inglês).

  • Configuração de IP. Para obter informações detalhadas sobre como migrar os dados da configuração de IP, consulte o Guia de Migração da Configuração de IP (http://go.microsoft.com/fwlink/?LinkID=128513) (a página pode estar em inglês).

  • Usuários e grupos locais. Para obter informações detalhadas sobre como migrar dados de usuários e grupos locais, consulte o Guia de Migração de Usuários e Grupos Locais (http://go.microsoft.com/fwlink/?LinkID=128751) (a página pode estar em inglês).

  • RRAS (Serviços de Roteamento e Acesso Remoto). Para obter informações detalhadas sobre como migrar RRAS, consulte o Guia de Migração de Serviços de Roteamento e Acesso Remoto (http://go.microsoft.com/fwlink/?LinkID=156774) (a página pode estar em inglês).

  • Windows Server Update Services (WSUS). Para obter informações detalhadas sobre como migrar o WSUS, consulte o Guia de Migração do Windows Server Update Services (http://go.microsoft.com/fwlink/?LinkID=156772) (a página pode estar em inglês).

Outros guias e informações de migração estão disponíveis no portal de migração do Windows Server (http://www.microsoft.com/migration) (a página pode estar em inglês).

Neste guia

Abrindo portas no Firewall do Windows

As instruções a seguir são para abertura de portas no Firewall do Windows. Se o firewall instalado não for um firewall da Microsoft®, procure informações sobre como abrir portas do firewall no guia correspondente. A abertura de portas no Firewall do Windows pode ser feita pela interface de comando.

ImportantImportante
A abertura de portas em seu firewall pode deixar o servidor exposto a ataques mal-intencionados. Entenda os sistemas de firewall antes de abrir portas.

Para abrir as portas do Firewall do Windows usando a linha de comando (proceda de uma das seguintes maneiras):

  1. Abra uma janela de Prompt de Comando, com direitos de usuário elevados, digite o comando a seguir e pressione ENTER.

    • Em computadores que estão executando o Windows Server 2003, digite:

      netsh firewall add allowedprogram program=%windir%\System32\WindowsPowerShell\v1.0\powershell.exe name="ServerMigration" mode=ENABLE
      
    • Em computadores que estão executando o Windows Server® 2008 ou o Windows Server 2008 R2, digite os comandos a seguir, na ordem, pressionando ENTER depois de cada comando.

      1. netsh advfirewall firewall add rule name=ServerMigration(TCP-In) dir=in program=%windir%\System32\WindowsPowerShell\v1.0\powershell.exe action=allow protocol=TCP localport=7000
        
      2. netsh advfirewall firewall add rule name=ServerMigration(UDP-In) dir=in program=%windir%\System32\WindowsPowerShell\v1.0\powershell.exe action=allow protocol=UDP localport=7000
        
  2. Se você tiver alterado o comportamento padrão do Firewall do Windows para bloquear todo o tráfego de saída em computadores que estão executando o Windows Server 2008 ou o Windows Server 2008 R2, deverá habilitar explicitamente o tráfego de saída na porta UDP 7000. Para fazer isso, abra uma janela de Prompt de Comando com direitos elevados de usuário, digite o comando a seguir e, em seguida, pressione ENTER.

    netsh advfirewall firewall add rule name=ServerMigration(UDP-Out) dir=out program=%windir%\System32\WindowsPowerShell\v1.0\powershell.exe action=allow protocol=UDP localport=7000
    

Fechando portas no Firewall do Windows

Como uma prática recomendada, feche as portas do Firewall do Windows depois que a operação de transferência de dados for concluída.

Para fechar as portas do Firewall do Windows usando a linha de comando (proceda de uma das seguintes maneiras):

  • Em computadores que estão executando o Windows Server 2003, abra uma janela de Prompt de Comando, digite o comando a seguir e pressione ENTER.

    netsh firewall delete allowedprogram program=%windir%\System32\WindowsPowerShell\v1.0\powershell.exe
    
  • Em computadores que estão executando o Windows Server 2008 ou o Windows Server 2008 R2, abra uma janela do Prompt de Comando com direitos elevados de usuário e digite os dois comandos a seguir. Pressione ENTER depois de cada comando.

    netsh advfirewall firewall delete rule name=ServerMigration(TCP-In)
    
    netsh advfirewall firewall delete rule name=ServerMigration(UDP-Out)
    

Trabalhando com cmdlets do Windows PowerShell

Os cmdlets (pronuncia-se command-lets) são comandos internos incluídos no Windows PowerShell, instalados como parte do Windows Server 2008 R2 por padrão. Para obter mais informações sobre o Windows PowerShell e como os cmdlets funcionam, consulte Windows PowerShell (a página pode estar em inglês) no site da Microsoft (http://go.microsoft.com/fwlink/?LinkID=122931).

Exceto quando observado especificamente, os cmdlets Windows PowerShell não fazem distinção entre maiúsculas e minúsculas.

Você pode obter Ajuda detalhada sobre a sintaxe, os parâmetros e as diretrizes de uso específicos para qualquer cmdlet do Windows PowerShell instalado digitando Get-Help <nome_do_cmdlet> -full em uma sessão de Windows PowerShell, em que nome_do_cmdlet representa o nome do cmdlet para o qual você deseja obter ajuda.

Em computadores que estão executando o Windows Server 2008 ou o Windows Server 2008 R2, os cmdlets Windows PowerShell que fazem parte das Ferramentas de Migração do Windows Server devem ser executados em uma sessão Windows PowerShell que foi aberta com direitos elevados de usuário. Para fazer isso, clique em Iniciar, Todos os programas, Acessórios, Windows PowerShell, clique com o botão direito do mouse no atalho do Windows PowerShell e clique em Executar como administrador. Você não precisa abrir uma sessão Windows PowerShell com direitos de usuário elevados para executar as Ferramentas de Migração do Windows Server no Windows Server 2003.

Embora a maioria dos comandos de migração sejam cmdlets do Windows PowerShell, é possível executar arquivos executáveis em uma sessão Windows PowerShell adicionando um e comercial (&) antes do nome do arquivo executável. O e comercial é o operador de chamada no Windows PowerShell.

Se o arquivo executável não estiver no diretório atual, adicione o caminho completo, conforme mostrado nos exemplos a seguir. Se um nome de arquivo executável contiver espaços, inclua o nome do arquivo entre aspas. Se você estiver executando o arquivo executável do diretório atual, coloque diante do nome do arquivo um .\.

  • Arquivo executável que não está no diretório atual: PS C:\> & C:\Windows\System32\notepad.exe

  • O arquivo executável que está no diretório atual: PS C:\Windows\System32> & .\notepad.exe

  • O nome do arquivo executável que contém um espaço e está no diretório atual: PS C:\Windows\System32> & ".\executable test.exe"

Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários

Contribuições da comunidade

ADICIONAR
A Microsoft está realizando uma pesquisa online para saber sua opinião sobre o site do MSDN. Se você optar por participar, a pesquisa online lhe será apresentada quando você sair do site do MSDN.

Deseja participar?
Mostrar:
© 2014 Microsoft