Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo

Passo a passo: configurar o DHCP para Failover

Publicado: fevereiro de 2012

Atualizado: fevereiro de 2012

Aplica-se a: Windows Server 2012

O failover de DHCP (Dynamic Host Configuration Protocol) no Windows Server 2012 é um novo método para garantir a disponibilidade contínua do serviço DHCP aos clientes.

Este guia fornece instruções passo a passo para implantar o failover de DHCP em um laboratório de teste usando dois servidores e um computador cliente. Os requisitos de software e hardware são fornecidos, bem como uma visão geral do failover de DHCP.

ImportantImportante
Utilize as instruções a seguir para configurar um laboratório de teste com um número mínimo de computadores. Os computadores individuais são necessários para separar os serviços oferecidos na rede e para mostrar claramente a funcionalidade desejada. Essa configuração não foi criada para refletir as práticas recomendadas, nem para refletir uma configuração desejada ou recomendável para uma rede de produção. A configuração, incluindo endereços IP e todos os outros parâmetros de configuração, foi criada apenas para trabalhar em uma rede de laboratório de teste independente.

Em Windows Server® 2008 R2, há duas opções de alta disponibilidade disponíveis para a implantação do Servidor DHCP. Cada uma dessas opções está associada a alguns desafios.

  1. DHCP em um cluster de failover do Windows . Esta opção coloca o servidor DHCP em um cluster com um servidor adicional configurado com o serviço DHCP que assume a carga em caso de falha do servidor DHCP principal. A opção de implantação do clustering usa um único armazenamento compartilhado. Isto torna o armazenamento um único ponto de falha, e exige investimentos adicionais em redundância para o armazenamento. Além disso, o clustering envolve configuração e manutenção relativamente complexas.

  2. Divisão de escopo DHCP. A divisão de escopo DHCP usa dois servidores DHCP independentes que compartilham a responsabilidade por um escopo. Em geral 70% dos endereços no escopo são atribuídos ao servidor primário e os 30% restantes são atribuídos ao servidor de backup. Se os clientes não conseguirem acessar o servidor primário, eles podem obter uma configuração de IP do servidor secundário. A implantação da divisão de escopo não fornece a continuidade do endereço IP e não é utilizável em cenários em que o escopo já está em execução com alta utilização do espaço do endereço, o que é muito comum com o Internet Protocol versão 4 (IPv4).

O failover de DHCP Windows Server 2012 permite que os administradores implementem um serviço DHCP com alta resiliência para suporte a grandes empresas sem os desafios das opções discutidas anteriormente. Os objetivos principais do recurso são os seguintes:

  • Fornecer a disponibilidade do serviço DHCP o tempo todo na rede da empresa.

  • Se o servidor DHCP não estiver mais acessível, o cliente DHCP pode estender a concessão em seu endereço IP atual contatando outro servidor DHCP na rede da empresa.

O recurso failover de DHCP permite que dois servidores DHCP atendam a endereços IP e à configuração de opções na mesma sub-rede ou escopo, proporcionando disponibilidade contínua do serviço DHCP aos clientes. Os dois servidores DHCP replicam as informações de concessão entre eles, possibilitando que um servidor assuma a responsabilidade pelo atendimento dos clientes na sub-rede inteira quando o outro servidor não estiver disponível. Também é possível configurar o failover em uma configuração de balanceamento de carga, com as solicitações de clientes distribuídas entre os dois servidores em uma relação de failover.

O failover de DHCP em Windows Server 2012 oferece suporte a no máximo dois servidores DHCP, e a relação de failover é limitada a escopos e sub-redes IPv4. Os nós de redes que usam o Internet Protocol versão 6 (IPv6) em geral determinam seu próprio endereço IPv6 usando a configuração automática de IP sem monitoração de estado. Neste modo, o servidor DHCP oferece apenas a configuração de opção DHCP e o servidor não mantém nenhuma informação de estado de concessão. Uma implantação de alta disponibilidade para DHCPv6 sem monitoração de estado é possível, apenas configurando dois servidores com configurações de opção idênticas. Mesmo em uma implantação DHCPv6 com monitoração de estado, os escopos não são executados com alta utilização de endereço, o que torna a divisão de escopo uma solução viável para alta disponibilidade.

Os administradores podem implantar os servidores DHCP executando Windows Server 2012 como parceiros de failover no modo de espera ativa ou no modo de compartilhamento de carga.

No modo de espera ativa, dois servidores operam em uma relação de failover em que um servidor ativo é responsável pela concessão de endereços IP e pelas informações de configuração para todos os clientes em um escopo ou sub-rede. O servidor secundário assume esta responsabilidade se o servidor primário estiver indisponível. O servidor é primário ou secundário no contexto de uma sub-rede. Por exemplo, um servidor que tenha a função de primário em uma determinada sub-rede pode ser o servidor secundário em outra sub-rede.

O modo de operação em espera ativa é mais adequado a implantações em que um escritório central ou servidor de central de dados age como servidor de backup em espera para um servidor em um local remoto, que seja local para os clientes DHCP (por ex., implantação hub-spoke). Nessas implantações, não é desejável ter um servidor de backup em espera que atenda a clientes, a menos que o servidor DHCP local esteja indisponível. A figura abaixo é um exemplo de uma implantação hub-spoke.

Modo de espera do host

Em uma implantação no modo de compartilhamento de carga, que é o modo padrão de operação, os dois servidores atendem simultaneamente a endereços IP e opções de clientes em uma determinada sub-rede. As solicitações do cliente têm as cargas balanceadas e compartilhadas entre os dois servidores.

O modo de operação com compartilhamento de carga é mais adequado a implantações em que ambos os servidores em uma relação de failover estão no mesmo local físico. Ambos os servidores respondem às solicitações do cliente DHCP com base na proporção de distribuição de carga configurada pelo administrador. Consulte os exemplos a seguir.

No exemplo a seguir, dois servidores DHCP fornecem simultaneamente os endereços IP a clientes em uma única sub-rede.

Compartilhamento de carga em uma única subrede

No exemplo a seguir, dois servidores DHCP fornecem simultaneamente os endereços IP a clientes em múltiplas sub-redes.

Compartilhamento de carga em várias subredes

Este laboratório de teste demonstra as novas funcionalidades no Windows Server 2012. São usados dois servidores e um computador cliente. Veja a figura a seguir.

Laboratório de DHCP

Para concluir o laboratório de teste, são necessário dois servidores e um computador cliente.

Veja a seguir os componentes obrigatórios do laboratório de teste:

  1. O disco do produto ou outra mídia de instalação do Windows Server 2012.

  2. Dois computadores que atendam aos requisitos mínimos de hardware do Windows Server 2012.

  3. O disco do produto ou outra mídia de instalação do Windows® 8.

Número de servidores : O failover de DHCP não é suportado por mais de dois servidores DHCP. A relação de failover é sempre composta de dois servidores DHCP.

Associação do domínio: Neste guia, os servidores DHCP são servidores da associação do domínio. Você também pode configurar o failover de DHCP em computadores do grupo de trabalho.

Sincronização de data/hora: Para que o failover de DHCP funcione corretamente, a data/hora devem ser mantidas sincronizadas entre os dois servidores de uma relação de failover. A sincronização de data/hora pode ser mantida pela implantação do NTP (Network Time Protocol) ou qualquer outro mecanismo alternativo. Quando o assistente de configuração do failover for executado, ele comparará a hora atual nos servidores que estão sendo configurados para o failover. Se a diferença de hora entre os servidores for maior do que um minuto, o processo de configuração do failover irá parar com um erro crítico que instrui o administrador a sincronizar a hora nos servidores.

Os seguintes procedimentos são usados para configurar os computadores para a parte de demonstração do laboratório de teste:

  1. Configurar DHCP1: DHCP1 é o controlador de domínio, servidor DNS e servidor DHCP para o domínio contoso.com de Active Directory.

    ImportantImportante
    As funções de controlador de domínio e servidor DNS não são obrigatórias para o failover de DHCP. Estas funções são instaladas no DHCP1 para simular um ambiente de domínio. O failover de DHCP também pode ser configurado em um computador do grupo de trabalho (não demonstrado neste laboratório de teste).

  2. Configurar DHCP2: DHCP2 é um servidor DHCP e computador membro do domínio.

  3. Configurar Client1: Client1 é um computador cliente DHCP.

DHCP1 é um computador que executa Windows Server 2012, fornecendo os seguintes serviços:

  • Um controlador de domínio para o domínio contoso.com do Active Directory.

  • Um servidor DNS autoritativo para a zona DNS de contoso.com.

  • Um servidor DHCP.

A configuração inicial de DHCP1 consiste das seguintes etapas:

noteObservação
Não é necessário configurar um escopo DHCP no DHCP1. Um escopo DHCP será configurado automaticamente quando uma relação de failover for criada com DHCP2.

  1. Inicie o computador usando o disco do produto Windows Server 2012 ou outra mídia digital.

  2. Quando solicitado, insira uma chave de produto, aceite os termos de licença, configure o relógio, o idioma e as definições regionais e forneça uma senha para a conta de Administrador local.

  3. Pressione Ctrl+Alt+Delete e entre usando a conta de Administrador local.

  4. Se for solicitado a ativar o Relatório de Erros do Windows, clique em Aceitar.

  5. Clique em Iniciar, digite ncpa.cpl e pressione ENTER. O painel de controle Conexões de rede será aberto.

    TipDica
    A etapa anterior demonstra a nova funcionalidade de Windows Server 2012 que permite pesquisar e executar aplicativos, configurações e arquivos clicando em Iniciar e digitando um termo de pesquisa. Você também pode abrir o painel de controle Conexões de Rede clicando próximo a Conexão Ethernet com Fio no Server Manager usando a visualização Servidor Local. Para obter mais informações, consulte Tarefas Comuns de Gerenciamento e Navegação em Windows Server 2012 (http://go.microsoft.com/fwlink/p/?LinkId=242147).

  6. Em Conexões de Rede, clique com o botão direito em Conexões Ethernet com Fio e clique em Propriedades.

  7. Clique duas vezes em TCP/IP com IP versão 4 (IPv4).

  8. Na guia Geral, escolha Usar o seguinte endereço IP.

  9. Próximo a Endereço IP digite 10.0.0.1 e próximo a Máscara de Sub-rede digite 255.255.255.0. Não é necessário fornecer uma entrada próximo a Gateway Padrão.

  10. Próximo a Servidor DNS Preferencial, digite 10.0.0.1.

  11. Clique em OK duas vezes, e feche o painel de controle Conexões de Rede.

DHCP1 funciona como o controlador de domínio, servidor DNS e servidor DHCP para o domínio contoso.com de Active Directory.

  1. O Painel do Gerenciador do Servidor é exibido por padrão. No painel de navegação, clique em Configurar este servidor local

  2. Em PROPRIEDADES, clique no nome próximo ao Nome do computador. A caixa de diálogo Propriedades do Sistema será aberta.

  3. Na guia Nome do Computador, clique em Alterar e digite DHCP1 em Nome do Computador.

  4. Clique em OK duas vezes e depois em Fechar.

  5. Quando for solicitado a reiniciar o computador, clique em Reiniciar Agora.

  6. Após reiniciar o computador, faça logon usando a conta de Administrador local.

  7. No Server Manager, em Configurar este servidor local, clique em Adicionar Funções e Recursos.

  8. No Assistente Adicionar Funções e Recursos, clique em Avançar três vezes, e na página Selecionar Funções do Servidor selecione a caixa de verificação Serviços de Domínio Active Directory.

  9. Quando for solicitado a adicionar os recursos necessários, clique em Adicionar Recursos.

  10. Selecione a caixa de verificação Servidor DHCP.

  11. Quando for solicitado a adicionar os recursos necessários, clique em Adicionar Recursos.

  12. Selecione a caixa de verificação Servidor DNS.

  13. Quando for solicitado a adicionar os recursos necessários, clique em Adicionar Recursos.

  14. Clique em Avançar cinco vezes e, em seguida, clique em Instalar.

  15. Aguarde que o processo de instalação seja concluído, verifique na página Progresso da Instalação que Configuração necessária. Instalação bem-sucedida em DHCP1 foi exibido, e clique em Fechar.

  16. Clique no sinalizador Notificação e clique em Promover este servidor a um controlador de domínio. Consulte o exemplo a seguir.

    Sinalizador de notificação
  17. No Assistente de Configuração dos Serviços de Domínio Active Directory, na página Configuração de implantação, escolha Adicionar uma nova floresta e então próximo a Nome do domínio raiz, digite contoso.com.

  18. Clique em Avançar, e na página Opções do Controlador de Domínio, em Digite a senha do Modo de Restauração dos Serviços de Diretório (DSRM), digite uma senha próximo a Senha e Confirmar senha. Confirme que Servidor do sistema de nomes de domínio (DNS) e Catálogo Global (GC) estão selecionados, e clique em Avançar.

  19. Clique em Avançar quatro vezes, verifique se Todas as verificações de pré-requisitos passaram com êxito é exibido, e clique em Instalar.

  20. O computador será reiniciado automaticamente para concluir o processo de instalação.

  21. Entre usando a conta do Administrador local.

É necessária uma conta de administrador para definir as configurações no laboratório de teste.

TipDica
Você pode usar a conta CONTOSO\Administrator neste laboratório de teste e pular a criação de uma conta de administrador do domínio, se desejado. Essa conta tem privilégios de administrador do domínio, entre outros. Porém, recomendamos desabilitar ou renomear a conta. Para obter mais informações, consulte Melhores práticas do Active Directory(http://go.microsoft.com/fwlink/p/?LinkID=243071).

  1. Na barra de menu do Server Manager, clique em Ferramentas e em Usuários e Computadores do Active Directory.

  2. Na árvore de console Usuários e Computadores do Active Directory, clique duas vezes em contoso.com, clique com o botão direito em Usuários, aponte para Novo e clique em Usuário

  3. Na caixa de diálogo Novo Objeto – Usuário, digite user1 em Nome de logon do usuário e próximo a Nome completo, e clique emAvançar.

  4. Próximo a Senha e Confirmar senha, digite uma senha para a conta user1.

  5. Limpe a caixa de verificação próxima a O usuário deve alterar a senha no próximo logon, selecione a caixa de verificação A senha nunca expira, clique em Avançar e clique em Concluir.

  6. Clique duas vezes em user1 e clique na guia Membro de.

  7. Clique em Adicionar, digite domain admins em Digite os nomes de objetos a serem selecionados, clique em OK duas vezes, e feche o console Usuários e Computadores do Active Directory .

  8. Clique em Iniciar, em Administrador e em Fazer logoff.

  9. Faça login no computador usando as credenciais de user1 clicando na seta esquerda próxima a CONTOSO\Administrator e em seguida clique em Outro usuário.

Para que DHCP1 possa ser configurado como parceiro de failover, ele deve ser aurtorizado no Active Directory.

  1. No menu do Server Manager, clique em Ferramentas e clique em DHCP.

  2. No console DHCP, clique com o botão direito do mouse em dhcp1.contoso.com e clique em Autorizar.

  3. Atualize o console DHCP e verifique se DHCP1 foi autorizado com êxito.

  4. No menu do Server Manager, clique no sinalizador Notificação e clique em Configuração de DHCP concluída.

  5. No Assistente de configuração pós-instalação de DHCP, clique em Confirmar e, em seguida, clique em Fechar.

DHCP2 é um computador que executa Windows Server® 2012, fornecendo os seguintes serviços:

  • Um servidor DHCP.

A configuração inicial de DHCP2 consiste das seguintes etapas:

Durante a parte de demonstração do laboratório de teste, DHCP2 será usado para criar uma relação de failover com DHCP1.

TipDica
O procedimento a seguir é idêntico às etapas usadas para instalar o sistema operacional e configurar TCP/IP em DC1, exceto que DHCP2 é configurado com o endereço IP 10.0.0.2.

  1. Inicie o computador usando o disco do produto Windows Server 2012 ou outra mídia digital.

  2. Quando solicitado, insira uma chave de produto, aceite os termos de licença, configure o relógio, o idioma e as definições regionais e forneça uma senha para a conta de Administrador local.

  3. Pressione Ctrl+Alt+Delete e entre usando a conta de Administrador local.

  4. Se for solicitado a ativar o Relatório de Erros do Windows, clique em Aceitar.

  5. No painel de navegação do Server Manager, clique em Servidor Local e clique no endereço IP próximo a Conexão Ethernet com Fio. O painel de controle Conexões de Rede será aberto.

  6. Em Conexões de Rede, clique com o botão direito em Conexões Ethernet com Fio e clique em Propriedades.

  7. Clique duas vezes em Protocolo TCP/IP Versão 4 (TCP/IPv4).

  8. Na guia Geral, escolha Usar o seguinte endereço IP.

  9. Próximo a Endereço IP digite 10.0.0.2 e próximo a Máscara de sub-rede digite 255.255.255.0. Não é necessário fornecer uma entrada próximo a Gateway Padrão.

  10. Próximo a Servidor DNS Preferencial, digite 10.0.0.1.

  11. Clique em OK duas vezes, e feche o painel de controle Conexões de Rede.

DHCP2 é um servidor membro do domínio que executa o serviço de função Servidor DHCP.

  1. No painel de navegação do Server Manager, clique em Servidor Local e clique no nome próximo a Nome do computador. O painel de controle Propriedades do Sistema será aberto.

  2. Na guia Nome do Computador, clique em Alterar e digite DHCP2 emNome do Computador.

  3. Em Membro de, selecione Domínio, digitecontoso.com, e clique em OK.

  4. Quando você for solicitado a fornecer credenciais para ingressar no domínio, insira as credenciais da conta user1 que foi criada anteriormente e clique em OK.

  5. Confirme que as alterações do nome do computador e do domínio foram bem-sucedidas, clique em OK duas vezes e clique em Fechar.

  6. Quando for solicitado a reiniciar o computador, clique em Reiniciar Agora.

  7. Após reiniciar o computador, faça logon usando a conta CONTOSO\user1.

  8. No Server Manager, em Configurar este servidor local, clique em Adicionar Funções e Recursos.

  9. No Assistente Adicionar Funções e Recursos, clique em Avançar três vezes, e na página Selecionar Funções do Servidor selecione a caixa de verificação Servidor DHCP.

  10. Quando for solicitado a adicionar os recursos necessários, clique em Adicionar Recursos.

  11. Clique em Avançar três vezes e, em seguida, clique em Instalar.

  12. Aguarde que o processo de instalação seja concluído, verifique na página Progresso da Instalação que Configuração necessária. Instalação bem-sucedida em DHCP2.contoso.com foi exibido, e clique em Fechar.

  1. Na barra de menu do Server Manager, clique em Ferramentas e clique em DHCP. O console DHCP será aberto.

  2. Na árvore de console DHCP, navegue até IPv4. Clique com o botão direito do mouse em IPv4 e clique em Novo Escopo. O Assistente de Novo Escopo é aberto.

  3. Clique em Avançar e digite um nome para o novo escopo, próximo a Nome (ex: Contoso-scope1).

  4. Clique em Avançar e em Intervalo de Endereço IP, digite 10.0.0.1 próximo a Endereço IP inicial, digite 10.0.0.254 próximo a Endereço IP final, e digite 24 próximo a Comprimento. O valor da Máscara de Sub-rede mudará automaticamente para 255.255.255.0.

  5. Clique em Avançar, e em Adicionar Exclusões e Atraso digite 10.0.0.1 em Endereço IP inicial, digite 10.0.0.10 em Endereço IP final, e clique em Adicionar. Isso permite que os dez primeiros endereços IP na sub-rede 10.0.0.0/24 sejam usados para endereçamento estático de servidores na rede.

  6. Clique em Avançar e em Duração da Concessão em Limitado a insira 0 Days, 0 Hours, e 2 Minutes. Esta duração bem curta da concessão simplificará a demonstração do failover DHCP.

  7. Clique em Avançar três vezes, e em Nome de Dominio e Servidores DNS, verifique se o Domínio pai é contoso.com e se 10.0.0.1 está listado como o único servidor DNS.

  8. Clique em Avançar duas vezes, e em Ativar Escopo selecione Sim, desejo ativar este escopo agora.

  9. Clique em Avançar e em Concluir.

  10. Na árvore do console DHCP, clique com o botão direito do mouse em dhcp2.contoso.com e clique em Autorizar.

  11. Atualize a exibição no console DHCP e verifique se DHCP2 está autorizado e se Contoso-scope1 está ativo.

    Nota: Para revisar escopos no servidor atual usando o Windows PowerShell, clique com o botão direito em Windows PowerShell, clique em Executar como Administrador, clique em Sim no alerta de Controle de Conta de Usuário que aparece, digite o comando a seguir no prompt do Windows PowerShell e em seguida pressione ENTER.

    get-dhcpserverv4scope
    
    PS C:\Windows\system32> get-dhcpserverv4scopeScopeId         SubnetMask      Name           State    StartRange      EndRange        LeaseDuration-------         ----------      ----           -----    ----------      --------        -------------10.0.0.0        255.255.255.0   Contoso-scope1 Active   10.0.0.1        10.0.0.254      00:02:00

Client1 é um computador executando Windows® 8 que funciona como um cliente DHCP.

A configuração de Client1 consiste das seguintes etapas:

Durante a parte de demonstração do laboratório de teste, Client1 será usado como cliente DHCP.

  1. Inicie o computador usando o disco do produto Windows 8 ou outra mídia digital.

  2. Quando solicitado, insira a chave de produto e aceite os termos de licença.

  3. Quando solicitado a fornecer um nome de computador, digite Client1 e clique em Avançar.

  4. Clique em Usar configurações expressas.

  5. Na página Fazer login em seu computador, clique em Não quero fazer logon com uma conta da Microsoft e clique em Conta local.

  6. Próximo a Nome do usuário, digite user1, insira uma senha e dica de senha e clique em Concluir.

A demonstração de failover de DHCP no Client1 usa o Windows PowerShell para verificar as informações de concessão DHCP. Para tornar o Windows PowerShell mais facilmente acessível, ele será fixo à barra de tarefas.

  1. O menu Iniciar é exibido por padrão. Se Iniciar não for exibido, mova o cursor do mouse para o canto inferior esquerdo da tela até que Iniciar seja exibido, e clique em Iniciar.

  2. Digite power e em Resultados para “power” clique com o botão direito em Windows PowerShell e clique em Fixar na barra de tarefas. Confirme que o Windows PowerShell está fixado na barra de tarefas.

noteObservação
Client1 também pode ser incluído no domínio contoso.com, entretanto isso não é obrigatório para concluir o laboratório de teste.

Para a parte de demonstração do failover de DHCP do laboratório de teste, será criado uma relação de failover usando DHCP1 e DHCP2.

A demonstração do failover de DHCP em Windows Server 2012 consiste dos seguintes procedimentos:

  1. Configurar uma relação de failover

  2. Visualizar ou editar propriedades da configuração do failover

  3. Editar propriedades da relação de failover e demonstrar o balanceamento de carga

  4. Editar propriedades da relação de failover e demonstrar o modo de espera ativa

Primeiro, configure uma relação de failover usando DHCP1 e DHCP2.

  1. Em DHCP2, abra o console DHCP, clique com o botão direito no escopo DHCP Contoso-scope1 e clique em Configurar failover.

    Configurar failover
  2. No assistente Configurar Failover, clique em Avançar.

  3. Em Especificar o servidor parceiro para usar no failover, próximo a Servidor Parceiro, digitedhcp1.contoso.com e clique em Avançar.

  4. Em Criar uma nova relação de failover, digite um nome próximo a Nome do Relacionamento, ou aceite o nome padrão que é exibido (dhcp2.contoso.com-dhcp1.contoso.com).

  5. Digite um segredo compartilhado para esta relação de failover próximo a Segredo Compartilhado (ex: segredo).

  6. Altere o valor próximo a Prazo de Entrega Máximo do Cliente para 0 horas e 1 minuto.

    ImportantImportante
    O MCLT (Prazo de Entrega Máximo do Cliente) é o tempo adicional fornecido a um cliente DHCP após a expiração de uma concessão de DHCP. O MCLT é transmitido do servidor primário para o secundário na mensagem CONNECT e é o tempo máximo que um servidor pode estender uma concessão para um cliente além do tempo conhecido pelo servidor do parceiro.

    O valor de MCLT de um minuto usado aqui é somente para testes, para solicitar ao cliente a renovação da concessão. Em um ambiente de produção, você deve usar um MCLT mais longo, como uma hora.

  7. Revise as opções disponíveis no menu suspenso próximo a Modo. Você pode escolher Balanceamento de carga ou Espera ativa. Por padrão, o modo Balanceamento de carga é escolhido.

    Configurar failover
  8. Clique em Avançar e clique em Concluir.

  9. Confirme se a configuração de failover teve êxito e clique em Fechar.

    Configurar failover
  10. Em DHCP1, atualize o console DHCP e verifique se a mesma configuração de escopo DHCP que está presente no DHCP2 está agora presente no DHCP1.

Depois que você configurar uma relação de failover em um servidor DHCP, os detalhes da relação de failover são exibidos no console DHCP.

  1. Em DHCP1 ou DHCP2, no console DHCP, clique com o botão direito no escopo DHCP Contoso-scope1 e clique em Propriedades.

  2. Clique na guia Failover e examine as informações exibidas. Verifique se Normal é exibido próximo a Estado deste Servidor e também próximo a Estado do Servidor Parceiro.

    Propriedades do escopo
  3. Observe que você pode editar ou excluir a relação de failover.

    Propriedades de IPv4
  4. Clique em Editar e verifique as propriedades da relação de failover que estão disponíveis para edição.

  5. Deixe a caixa de diálogo aberta para o procedimento a seguir.

Para demonstrar as propriedades do balanceamento de carga dinâmico da relação de failover, a porcentagem do balanceamento de carga será alterada para um escopo DHCP ativo.

  1. Em Client1, clique em Windows PowerShell e digite o comando a seguir.

    ipconfig /all
    
  2. No comando de saída, observe o servidor DHCP que está fornecendo uma configuração de endereço IP ao Client1. O endereço IP do servidor DHCP é exibido próximo ao Servidor DHCP.

  3. Na caixa de diálogo Exibir/Editar Relação de Failover DHCP1 ou DHCP2 que foi aberta no procedimento anterior, altere os valores em Modo de Balanceamento de Carga próximo a Servidor Local e Servidor Parceiro para que 100% seja atribuído ao servidor DHCP que não está fornecendo um endereço IP ao Client1. O servidor que está fornecendo um endereço IP ao Client1 terá um valor atribuído de 0%.

    Porcentagem de balanceamento de carga
  4. Clique em OK duas vezes, aguarde até que a concessão DHCP esteja expirada no Client1, e digite ipconfig /all novamente no prompt do Windows PowerShell.

  5. Observe se o servidor que está fornecendo uma configuração de endereço IP ao Client1 foi alterado para o servidor ao qual você atribuiu 100% de peso no modo de balanceamento de carga.

Para demonstrar o modo de espera ativa, o serviço do Servidor DHCP em um dos parceiros failover será interrompido.

  1. Em DHCP1 ou DHCP2, no console DHCP, clique com o botão direito no escopo DHCP Contoso-scope1 e clique em Propriedades.

  2. Clique na guia Failover.

  3. Clique em Editar e escolha Modo de Espera Ativa.

  4. Dependendo de qual servidor DHCP você está configurando, o servidor local receberá o status Ativo ou Espera. O status e exibido próximo a Função deste servidor.

    Modo de espera ativa
    TipDica
    O servidor que está designado como Ativo no modo de espera ativa é o servidor que você usou para criar a relação de failover.

  5. Clique em OK duas vezes e aguarde 2 minutos para que a concessão DHCP no Client1 seja renovada.

  6. No Client1, digite ipconfig /all no prompt do Windows PowerShell e verifique se o servidor que está atribuído como Ativo está fornecendo uma configuração de endereços IP ao Client1.

  7. No console DHCP no servidor DHCP que está marcado como Ativo para a relação de failover da espera ativa e está fornecendo um endereço IP ao Client1, clique com o botão direito no nome do servidor, aponte para Todas as Tarefas e clique em Parar.

  8. Verifique se o serviço DHCP foi parado no servidor DHCP ativo.

    Servidor inoperante
  9. Aguarde que a concessão DHCP seja renovada no Client1, digite ipconfig /all no prompt do Windows PowerShell e verifique se o servidor DHCP de espera está fornecendo um endereço IP ao Client1.

O failover de DHCP proporciona alta disponibilidade dos serviços de DHCP sem a necessidade de clustering ou DHCP com divisão de escopo. Benefícios do failover de DHCP:

  1. Simples: um assistente é fornecido para criar relações de failover de DHCP entre servidores DHCP. O assistente replica escopos e configurações automaticamente a partir do servidor primário para o parceiro de failover.

  2. Flexível: o failover de DHCP também pode ser configurado para balanceamento de carga, com solicitações do cliente distribuídas entre os dois servidores DHCP em uma relação de failover com base nos valores selecionados.

  3. Ininterrupto: os servidores DHCP compartilham as informações de concessão, possibilitando que um servidor assuma a responsabilidade pelo atendimento dos clientes quando o outro servidor não está disponível. Os clientes DHCP podem manter o mesmo endereço IP quando uma concessão é renovada, mesmo que ela seja emitida por um servidor DHCP diferente.

Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários

Contribuições da comunidade

ADICIONAR
Mostrar:
© 2014 Microsoft