Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo

Visão geral de Serviços de Arquivo e Armazenamento

Publicado: fevereiro de 2012

Atualizado: outubro de 2012

Aplica-se a: Windows Server 2012

[This topic is pre-release documentation and is subject to change in future releases. Blank topics are included as placeholders.]

TipTip
Os Serviços de Arquivo e Armazenamento foram aprimorados no Windows Server 2012. Explore o Guia de Avaliação e baixe a Versão de Avaliação do Windows Server 2012.

Este tópico apresenta a função de servidor de Serviços de Arquivo e Armazenamento no Windows Server 2012, incluindo novidades, uma lista de serviços de função e onde encontrar informações sobre avaliação e implantação.

Isso significa…

Os Serviços de Arquivo e Armazenamento incluem tecnologias que ajudam a configurar e gerenciar um ou mais servidores de arquivos, os quais são servidores que fornecem localizações centrais na rede onde é possível armazenar arquivos e compartilhá-los com os usuários. Se os usuários precisam ter acesso aos mesmos arquivos e aplicativos, ou se o backup centralizado e gerenciamento de arquivos são importantes para sua organização, você deve configurar um ou mais servidores como servidor de arquivos, instalando a função de Serviços de Arquivo e Armazenamento e os serviços de função apropriados.

A função de Serviços de Arquivo e Armazenamento e o serviço de função de Serviços de Armazenamento são instalados por padrão, mas sem quaisquer serviços de função adicionais. Esta funcionalidade básica permite que você use o Gerenciador do Servidor ou o Windows PowerShell para gerenciar a funcionalidade de armazenamento dos servidores. Porém, para configurar ou gerenciar um servidor de arquivos, você deve usar o Assistente de Adição de Funções e Recursos no Gerenciador do Servidor ou o cmdlet Install-WindowsFeature do Windows PowerShell para instalar os serviços de função adicionais de Arquivo e Armazenamento, como os que estão descritos neste tópico.

Os administradores podem usar a função Serviços de Arquivo e Armazenamento para configurar e gerenciar vários servidores de arquivos e o respectivo armazenamento usando o Gerenciador de Servidores ou o Windows PowerShell. Alguns aplicativos específicos incluem o seguinte.

  • Usar a eliminação de duplicação de dados para reduzir os requisitos de espaço em disco dos arquivos, reduzindo os custos com armazenamento.

  • Usar o Servidor de Destino para criar subsistemas de disco iSCSI centralizados, baseados em software e hardware independente nas redes de área de armazenamento (SANs).

  • Usar os Espaços de Armazenamento para implantar o armazenamento de alta disponibilidade que é flexível e escalável usando discos econômicos com padrão industrial.

  • Usar o Gerenciador de Servidores para gerenciar remotamente os servidores de vários arquivos de uma janela única.

  • Usar o Windows PowerShell para automatizar o gerenciamento da maioria das tarefas de administração nos servidores de arquivos.

A seguinte tabela descreve algumas das principais alterações na funcionalidade de Serviços de Arquivo e Armazenamento disponível nessa versão

 

Recurso/funcionalidade Nova ou atualizada? Descrição

Eliminação de duplicação de dados

Nova

Salva espaço em disco armazenando uma cópia única de dados idênticos no volume.

Servidor de Destino iSCSI

Nova

Fornece armazenamento em bloco para outros servidores e aplicativos na rede, usando Internet SCSI (iSCSI) padrão.

Espaços de armazenamento e pools de armazenamento

Nova

Permite que você virtualize o armazenamento através do agrupamento de discos de padrão industrial nos pools de armazenamento e crie espaços de armazenamento a partir da capacidade disponível nos pools de armazenamento.

Gerenciamento remoto unificado de Serviços de Arquivo e Armazenamento no Gerenciador de Servidores

Nova

Permite que você gerencie remotamente vários servidores de arquivos, incluindo os serviços de função e armazenamento , todos de uma única janela.

Cmdlets do Windows PowerShell para os serviços de Arquivo e Armazenamento

Nova

Fornece cmdlets do Windows PowerShell para executar a maioria das tarefas de administração para os servidores de arquivo e armazenamento.

Para obter mais informações sobre o que é novo nos Serviços de Arquivo e Armazenamento e as tecnologias relacionadas, consulte os seguintes tópicos.

Ao usar o novo serviço de função de Eliminação de Duplicação de Dados para reduzir a quantidade de blocos de dados em armazenamento, você pode armazenar muito mais dados em uma determinada quantidade da capacidade de armazenamento do que era possível nas versões anteriores que usavam o Armazenamento de Instância única (SIS) ou a compactação do sistema de arquivos em NTFS. Os servidores de arquivos para fins gerais podem reduzir normalmente a utilização da capacidade de armazenamento na proporção de 2:1 (por exemplo, os arquivos que previamente usaram 1 TB usariam 500 GB após a eliminação de duplicação). Os servidores que hospedam dados de virtualização (como por exemplo, arquivos em VHD) geralmente reduzem a utilização da capacidade de armazenamento na proporção de 20:1, o que reduz 1 TB de dados para 50 GB.

A integridade e a capacidade de recuperação de dados são maximizadas através da soma de verificação e outros algoritmos na redundância seletiva. A eliminação de duplicação de dados é altamente escalável, eficiente em termos de recursos e não intrusiva. Pode ser executada em dúzias de volumes grandes de dados principais simultaneamente sem afetar outras cargas de trabalho no servidor. O baixo impacto das cargas de trabalho do servidor é mantido com a aceleração dos recursos da CPU e da memória que são consumidos. Com o uso de trabalhos de eliminação de duplicação, você pode programar quando a eliminação de duplicação de dados deve ser executada, pode especificar os recursos para eliminar a duplicação e sintonizar a seleção de arquivos.

Quando combinada com BranchCache, as mesmas técnicas de otimização são aplicadas aos dados que são transferidos ao longo de WAN para uma filial. Isso resulta em download de arquivos mais rápidos e consumo reduzido de banda larga.

Qual é o valor que a alteração adiciona?

A eliminação de duplicação de dados usa a compactação e o agrupamento de tamanho variável, que juntos oferecem proporções de otimização de armazenamento de 2:1 para servidores de arquivos gerais e até 20:1 para dados de virtualização.

O que passou a funcionar de maneira diferente?

O Windows Server 2012 inclui a funcionalidade de eliminação de duplicação de dados como um serviço de função que você pode instalar e gerenciar através do Gerenciador do Servidor ou dos cmdlets do Windows PowerShell. As configurações padrão podem reduzir rapidamente a quantidade da capacidade de armazenamento que é usada pelos dados. Ajuste as configurações para obter mais ganhos ou use os cmdlets do Windows PowerShell para criar scripts que disparam a otimização de armazenamento quando e onde você desejar.

Para obter informações mais detalhadas sobre a eliminação de duplicação de dados, consulte Visão geral de Eliminação de Duplicação de Dados.

O Servidor de Destino iSCSI oferece armazenamento em bloco para outros servidores e aplicativos na rede, usando o padrão iSCSI (Internet SCSI). Quando combinado com outras tecnologias sempre disponíveis no Windows Server 2012, o Servidor de Destino iSCSI oferece armazenamento contínuo que antes só estava disponível em dispositivos SAN (rede de área de armazenamento) caros e de alta definição.

Qual é o valor que a alteração adiciona?

  • Inicialização de rede ou sem disco   Ao usar adaptadores de rede habilitados para inicialização ou um carregador de software, é possível implantar centenas de servidores sem disco. Com o Servidor de Destino iSCSI, a implantação é rápida (256 computadores implantados em 34 minutos de acordo com o teste da Microsoft). Usando discos rígidos virtuais diferentes, você pode economizar até 90% do espaço de armazenamento para as imagens do sistema operacional. Isso é ideal para grandes implantações de imagens de sistemas operacionais idênticos, por exemplo, um farm de servidores que executa clusters Hyper-V ou HPC (computação de alto desempenho).

  • Armazenamento de aplicativos de servidor   Alguns aplicativos (por exemplo, Hyper-V e Exchange Server) requerem armazenamento em bloco, um armazenamento bruto que aparece nos aplicativos como um disco não formatado pronto para gerenciamento direto pelo aplicativo. O Servidor de Destino iSCSI pode fornecer esses aplicativos com armazenamento em bloco continuamente disponível. Como o armazenamento é acessível remotamente, o Servidor de Destino iSCSI também pode consolidar o armazenamento em bloco em locais centrais ou filiais.

  • Armazenamento heterogêneo   O Servidor de Destino iSCSI dá suporte a iniciadores iSCSI em sistemas operacionais diferentes do Windows, facilitando compartilhar o armazenamento em um ambiente heterogêneo.

  • Ambientes de laboratório de desenvolvimento, teste e demonstração   O serviço de função de Servidor de Destino iSCSI permite que qualquer computador com o Windows Server 2012 seja um dispositivo de armazenamento em bloco acessível pela rede. Isso é útil para testar aplicativos antes da implantação em um dispositivo de armazenamento SAN.

O que passou a funcionar de maneira diferente?

Com esta versão, a funcionalidade de gerenciamento do Servidor de Destino iSCSI deixa de ser um download separado para fazer parte do sistema operacional Windows Server. Você pode usar o Gerenciador do Servidor ou os cmdlets do Windows PowerShell para instalar, configurar e gerenciar o Servidor de Destino iSCSI. O Windows Server 2012 também inclui alterações no modelo de recursos de clustering que melhoram a escalabilidade, de forma que mais iniciadores possam se conectar aos servidores de destino.

Para obter informações mais detalhadas sobre o Servidor de Destino iSCSI, consulte Visão geral de armazenamento em bloco de destino iSCSI.

Espaço de Armazenamento é um subsistema de armazenamento incluído no Windows Server 2012 e no Windows 8 que permite agrupar discos padrão do setor (como discos ATA Serial ou SAS) em um ou mais pools de armazenamento e, na sequência, criar discos virtuais conhecidos como “espaços de armazenamento” a partir da capacidade disponível nos pools de armazenamento. O Windows Server 2012 também dá suporte para criar pools de armazenamento em subsistemas de armazenamento não Microsoft. Os espaços de armazenamento oferecem recursos de virtualização de armazenamento flexíveis para implantações físicas ou virtuais críticas aos negócios, incluindo servidores de vários nós escalonáveis.

Os pools de armazenamento permitem agrupar os discos físicos em um ou mais contêineres conhecidos como pools de armazenamento. Você pode criar discos virtuais a partir da capacidade disponível em um pool de armazenamento sem a necessidade de gerenciar cada disco físico individualmente. Essa agregação de discos permite que você use a capacidade de disco de forma mais eficiente, adicione facilmente o armazenamento sem causar impacto aos usuários e delegue a administração de armazenamento. É possível usar os pools de armazenamento com os Espaços de Armazenamento no Windows Server 2012 ou no Windows 8, ou com subsistemas de armazenamento não Microsoft, incluindo os que usam o padrão SMI-S.

Qual é o valor que a alteração adiciona?

Os pools de armazenamento e os Espaços de Armazenamento reduzem os custos de administração através da redução do tempo gasto pelos administradores para provisionamento de armazenamento. Eles também simplificam as tarefas de administração, permitindo que os administradores que não são profissionais de armazenamento configurem e gerenciem o armazenamento flexível e de alta disponibilidade. Os Espaços de Armazenamento também reduzem os custos de hardware, permitindo o uso de discos padrão industrial para armazenamento flexível com alta disponibilidade.

O que passou a funcionar de maneira diferente?

Com os pools de armazenamento, em vez de gerenciar cada disco individualmente, você adiciona discos físicos para um ou mais pools e cria discos virtuais da capacidade disponível em um pool de armazenamento. Você cria volumes nos discos virtuais, como se eles fossem discos físicos. Quando você executa em nível baixo em relação à capacidade disponível no pool, simplesmente adicione mais discos.

Os discos virtuais também podem ser provisionados de modo fino, o que significa que a capacidade de pool é usada apenas de acordo com o tamanho dos arquivos que você copia dos discos virtuais, não o tamanho do disco virtual que você cria. Por exemplo, um disco virtual de 10 TB pode consumir 100 MB da capacidade de pool se você ainda não tiver copiado muitos arquivos para o disco.

Para obter mais informações sobre pools de armazenamento, Espaços de Armazenamento e provisionamento dinâmico, consulte Storage Management Overview, Visão geral de Espaços de Armazenamento e Thin Provisioning and Trim Storage Overview.

A função Serviços de Arquivo e Armazenamento no Gerenciador de Servidores permite que você gerencie remotamente vários servidores de arquivos que executam o Windows Server 2012, incluindo os serviços de função e armazenamento, todos de uma única janela. A função Serviços de Arquivos e Armazenamento no Gerenciador de Arquivos fornece as seguintes seções para gerenciar todos os servidores com Windows Server 2012 que foram adicionados para a instância do gerenciador de Servidores:

  • Servidores   Gerencia a funcionalidade básica de servidores que executam o Windows Server 2012, o Windows Server 2008 R2 ou o Windows Server 2008. Você pode usar a página Servidores para executar tarefas como reiniciar servidores e iniciar ferramentas administrativas.

  • Pools de Armazenamento   Gerencia pools de armazenamento, incluindo os discos físicos que compõem os pools e os discos virtuais criados a partir da capacidade disponível nos pools

  • Volumes   Gerencia volumes, incluindo verificação de erros no sistema de arquivos, extensão dos volumes e configuração da Eliminação de Duplicação de Dados

  • Compartilhamentos   Gerencia os compartilhamentos SMB e NFS, incluindo a criação de novos compartilhamentos e a configuração de cotas

  • Discos Virtuais iSCSI   Gerencia os discos virtuais iSCSI, incluindo a criação de novos discos virtuais e destinos iSCSI

Qual é o valor que a alteração adiciona?

O gerenciamento de vários servidores de arquivos e tecnologias de servidores de arquivos em uma única janela de Gerenciador de Servidores permite que os administradores trabalhem com mais eficiência e obtenham uma exibição geral melhor dos servidores que eles gerenciam, de forma que gerenciar vários servidores seja tão fácil quanto gerenciar somente um.

O que passou a funcionar de maneira diferente?

Antes do Windows Server 2012, o gerenciamento de vários servidores de arquivos exigia o uso da Área de Trabalho Remota para conectar-se a cada servidor, ou a abertura de várias instâncias do console de administração (uma por servidor). No Windows Server 2012, é possível usar o Gerenciador do Servidor para executar várias das funções oferecidas pelos seguintes consoles de gerenciamento autônomos:

  • Gerenciamento de Disco

  • Gerenciamento de compartilhamento e armazenamento

  • Gerenciador de Recursos do Servidor de Arquivos (cotas e propriedades de gerenciamento de pastas de atribuição para compartilhamento de arquivos)

  • Destino de Software iSCSI da Microsoft (não disponível no Windows Server 2012)

  • Gerenciador de Armazenamento para Redes SAN (não disponível no Windows Server 2012)

Além da funcionalidade integrada, é possível usar o menu Ferramentas no Gerenciador do Servidor para iniciar ferramentas administrativas, incluindo o Gerenciamento DFS, o Gerenciador de Recursos de Servidor de Arquivos e os Serviços para NFS (Network File System) em qualquer um dos servidores gerenciados.

noteNote
Embora a função Serviços de Arquivo e Armazenamento no Gerenciador do Servidor não ofereça suporte ao gerenciamento completo de servidores com Windows Server 2008 R2 ou Windows Server 2008, você ainda pode adicionar esses servidores ao Gerenciador do Servidor e usar as páginas Servidores e Todos os Servidores para exibir detalhes sobre os servidores e iniciar ferramentas administrativas. Para obter mais informações, consulte o artigo sobre gerenciamento de servidores baseados em Windows de nível inferior a partir do Gerenciador do Servidor no Windows Server 2012.

O Windows Server 2012 inclui cmdlets do Windows PowerShell para execução da maioria das tarefas administrativas nos servidores de arquivos e armazenamento.

Qual é o valor que a alteração adiciona?

Os cmdlets do Extensive Windows PowerShell permitem que os administradores automatizem as tarefas de administração comuns usando os scripts do Windows PowerShell.

O que passou a funcionar de maneira diferente?

Em vez de usar uma variedade de snap-ins ou utilitários diversificados de linha de comando, os administradores podem gerenciar os servidores usando os comandos e scripts do Windows PowerShell. O Windows Server 2012 inclui cmdlets do Windows PowerShell para gerenciar as seguintes tecnologias de arquivo e armazenamento.

Há vários cmdlets relacionados que também são úteis para cargas de trabalho de arquivo e armazenamento. Por exemplo, você pode usar os cmdlets do Analisador de Práticas Recomendadas (BPA) para comparar os servidores com um conjunto conhecido de práticas recomendadas para a função Serviços de Arquivo e Armazenamento.

Para obter uma planilha de referência com alguns dos novos e aprimorados cmdlets de Serviços de Arquivo e Armazenamento mais usados, baixe a Planilha de referência do Windows PowerShell para serviços de arquivo e armazenamento.

Os recursos a seguir estão incluídos no Windows Server 2012, mas estão sendo descontinuados e provavelmente serão removidos por completo das versões futuras do Windows Server.

 

Recurso preterido Substituição

Ferramenta de linha de comando Namespaces DFS Dfscmd

Cmdlets do Windows PowerShell para namespaces do DFS

FRS (Serviço de Replicação de Arquivos)

Replicação DFS

Ferramentas de linha de comando do Gerenciador de Recursos de Servidor de Arquivos: Dirquota, Filescrn e Storrept

Cmdlets do Windows PowerShell para o Gerenciador de Recursos de Servidor de Arquivos

Snap-in de Gerenciamento de Compartilhamento e Armazenamento

Função de Serviços de Arquivo e Armazenamento no Gerenciador de Arquivos

Snap-in de Pastas Compartilhadas

Função de Serviços de Arquivo e Armazenamento no Gerenciador de Arquivos

Provedor de VDS (Serviço de Disco Virtual)

Provedor de armazenamento e APIs de Gerenciamento de arquivo ou o provedor de armazenamento padrão ou compatível com o SMI-S

Os recursos a seguir não estão presentes no Windows Server 2012.

 

Recurso preterido Substituição

Gerenciador de Armazenamento para snap-in SANs

Função de Serviços de Arquivo e Armazenamento no Gerenciador de Servidores e cmdlets do Windows PowerShell de Gerenciamento de Armazenamento.

Drivers de controladora SCSIport

Drivers Storport ou uma controladora diferente

Para obter uma lista dos recursos preteridos no Windows Server 2012, consulte Recursos removidos ou preteridos no Windows Server 2012.

Para obter mais informações sobre o suporte a FRS no Windows Server 2012 e no Windows Server 2008 R2, consulte O FRS (Serviço de Replicação de Arquivos) está preterido no Windows Server 2008 R2.

Não há requisitos de hardware ou software especiais para executar os Serviços de Arquivo e Armazenamento. Porém, não há suporte para volumes de suporte do Gerenciador de Recursos de Servidor de Arquivos e da Replicação do DFS formatados apenas com o sistema de arquivos NTFS; ReFS (Sistema de Arquivos Resiliente) e sistema de arquivos FAT.

As seções a seguir apresentam as perguntas comuns relacionadas aos requisitos dos Serviços de Arquivo e Armazenamento.

Você pode dividir a funcionalidade de Serviços de Arquivo e Armazenamento por vários servidores, instalando a função e os serviços de função adequados em cada servidor apropriado. Você pode adicionar em seguida todos os servidores ao Gerenciador do Servidor para o gerenciamento centralizado, ou pode usar os scripts do Windows PowerShell para gerenciar simultaneamente vários servidores.

Sim. Você pode executar todos os serviços de função de Serviços de Arquivo e Armazenamento em máquinas virtuais do Hyper-V.

ImportantImportant
O uso de instantâneos do Hyper-V para restaurar um servidor que executa a Replicação do DFS para replicar qualquer outro item diferente da pasta SYSVOL provoca falha na Replicação do DFS, o que exige etapas especiais para a recuperação do banco de dados. Para obter mais informações, consulte o artigo 2517913 na Base de Dados de Conhecimento Microsoft.

Sim. Você pode executar todos os serviços de função de Serviços de Arquivo e Armazenamento em um ambiente clusterizado. No entanto, a Replicação do DFS não dá suporte para replicar conteúdo armazenado em Volumes Compartilhados Clusterizados.

Você pode gerenciar os Serviços de Arquivo e Armazenamento remotamente usando as seguintes ferramentas:

  • Gerenciador do Servidor

  • Cmdlets do Windows PowerShell

  • Gerenciamento DFS

  • Gerenciador de Recursos de Servidor de Arquivos

  • Serviços para NFS (Network File System)

  • Utilitários de linha de comando DFS

Não há considerações especiais.

Você pode instalar e executar os Serviços de Arquivo e Armazenamento na opção de instalação Server Core ou na Interface de Servidor Mínima. O Gerenciador do Servidor e os consoles administrativos não funcionam na opção de instalação Server Core, embora possam ser usados na Interface de Servidor Mínima do Windows Server 2012 e também para administrar remotamente os servidores que usam a opção Server Core.

Os seguintes serviços da função podem ser instalados com a função do servidor Serviços de Arquivo e Armazenamento.

noteNote
O Gerenciador do Servidor recebe apenas o status online ou offline dos servidores que executam o Windows Server 2003. O Gerenciador do Servidor não pode ser usado para adicionar funções e recursos aos servidores que estão executando o Windows Server 2008 R2, o Windows Server 2008 ou o Windows Server 2003. Para obter mais informações, consulte Gerenciamento remoto multisservidor.

 

Serviço de função Descrição

Serviços de arquivo

Fornece um agrupamento para os serviços de função que estão relacionados aos servidores de arquivo-não instala nada sozinho.

Servidor de Arquivos

Gerencia os compartilhamentos de arquivos e permite que os usuários acessem os arquivos neste computador da rede. Para obter mais informações sobre compartilhamentos de arquivos que usam o protocolo SMB, consulte Visão geral do protocolo SMB.

BranchCache para arquivos da rede

Permite que os computadores nas filiais armazenem em cache os arquivos normalmente baixados de compartilhamentos de arquivos em que o BranchCache está habilitado e, em seguida, passa esses arquivos para os outros computadores na filial. Isso reduz o uso da largura de banda de rede e proporciona acesso mais rápido aos arquivos. Para obter mais informações sobre BranchCache, consulte Visão geral do BranchCache.

Eliminação de duplicação de dados

Economiza espaço em disco armazenando uma cópia única de dados idênticos no volume. Para obter mais informações sobre eliminação de duplicação de dados, consulte Visão geral de Eliminação de Duplicação de Dados.

Namespaces DFS

Permitem agrupar compartilhamentos de arquivos localizados em diferentes servidores em um ou mais namespaces estruturados logicamente. Cada namespace aparece aos usuários como um único compartilhamento de arquivos com uma série de subpastas. No entanto, a estrutura de base do namespace pode ser composta por vários compartilhamentos de arquivos localizados em diferentes servidores e em vários locais. Como a estrutura de base dos compartilhamentos de arquivos fica oculta aos usuários, uma única pasta em um namespace do DFS pode corresponder a vários compartilhamentos de arquivos em diversos servidores. Essa estrutura oferece tolerância a falhas e a capacidade de conectar automaticamente os usuários aos compartilhamentos de arquivos locais, quando disponíveis, em vez de roteá-los por conexões WAN (rede de longa distância). Para obter mais informações sobre namespaces do DFS, consulte Visão geral dos namespaces e da replicação do DFS.

Replicação DFS

Replica os dados entre vários servidores por conexões de rede com largura de banda limitada e conexões de rede local. Trata-se de um mecanismo múltiplo de replicação mestre que usa o protocolo RDC (Compactação Diferencial Remota) para atualizar apenas as partes dos arquivos que foram alteradas desde a última replicação. A Replicação do DFS pode ser usada em conjunto com os Namespaces do DFS ou sozinha. Para obter mais informações sobre namespaces do DFS, consulte Visão geral dos namespaces e da replicação do DFS.

Gerenciador de Recursos de Servidor de Arquivos

Ajuda a gerenciar e entender os arquivos e as pastas em um servidor de arquivos, agendando tarefas de gerenciamento de arquivos e relatórios de armazenamento, classificando arquivos e pastas, configurando cotas de pastas e definindo políticas de triagem de arquivo. Para obter mais informações, consulte Visão geral do Gerenciador de Recursos de Servidor de Arquivos.

Serviço de Agente VSS de Servidor de Arquivos

Permite que você realize cópias de sombras de volumes de aplicativos que armazenam arquivos de dados no servidor de arquivos.

Servidor de Destino iSCSI

Oferece ferramentas de gerenciamento para destinos iSCSI. Para obter mais informações, consulte Visão geral de armazenamento em bloco de destino iSCSI.

Servidor para NFS (Network File System)

Permite que o computador compartilhe arquivos com computadores com UNIX e outros computadores que usam o protocolo NFS (network file system).

Serviços de armazenamento

Fornece a funcionalidade de gerenciamento de armazenamento, incluindo pools de armazenamento e Espaços de Armazenamento.

Para obter informações adicionais relacionadas, consulte os seguintes recursos:

 

Tipo de conteúdo Referências

Avaliação do produto

Visão geral de Eliminação de Duplicação de Dados | Visão geral dos namespaces e da replicação do DFS | Visualização técnica do armazenamento de compartilhamento de arquivos de alto desempenho sempre disponível para aplicativos de servidor | Visão geral de armazenamento em bloco de destino iSCSI | Network File System | Windows Offloaded Data Transfers Overview | Visão geral do Sistema de Arquivos Resiliente | Aumentando a disponibilidade de servidor, armazenamento e rede: visão geral do cenário | Scenario: Get Insight into Your Data by Using Classification | Scenario: Implement Retention of Information on File Servers | Visão geral do protocolo SMB | Introdução ao SMI-S | Storage Management Overview | Visão geral de Espaços de Armazenamento | Supporting Information Workers with Reliable File Services and Storage | Thin Provisioning and Trim Storage Overview

Implantação

Planejar a implantação da eliminação de duplicação de dados | Deploy Network File System | Entender e solucionar problemas de servidores de arquivos escaláveis no Windows Server "8" Beta | Entender e solucionar problemas de espaços e pools de armazenamento no Windows Server "8" Beta

Operações

iSCSI Target Block Storage, How To | Planilha de referência do Windows PowerShell para serviços de arquivo e armazenamento

Ferramentas e configurações

BranchCache | Deduplication | iSCSI | IscsiTarget | MPIO | Storage | Classes de API de gerenciamento de armazenamento

Solução de problemas

Problemas conhecidos: Serviços de Arquivo e Armazenamento no Windows Server 2012

Recursos da comunidade

Fórum de armazenamento e serviços de arquivos no TechNet | Equipe de Armazenamento do blog File Cabinet da Microsoft | Pergunte no blog da equipe de serviços de diretório | Blog do Jose Barreto | Blog da equipe do Windows Storage | Guia de Sobrevivência à Replicação do DFS (Wiki do TechNet) | Experiência de informações do Windows Server no Twitter

Tecnologias relacionadas

Visão geral de redirecionamento de pasta, arquivos offline e perfis de usuário móvel | Visão geral de Clustering de Failover

Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários

Contribuições da comunidade

ADICIONAR
A Microsoft está realizando uma pesquisa online para saber sua opinião sobre o site do MSDN. Se você optar por participar, a pesquisa online lhe será apresentada quando você sair do site do MSDN.

Deseja participar?
Mostrar:
© 2014 Microsoft