Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo

Visão geral de rastreamento unificado

Atualizado: maio de 2012

Aplica-se a: Hyper-V Server 8 Beta, Windows 7, Windows 8, Windows Server 2003, Windows Server 2008, Windows Server 2008 R2, Windows Server 2012, Windows Vista, Windows XP

Este tópico fornece uma visão geral do rastreamento unificado no Windows Server® 2012. Este tópico também lista exemplos de uso do rastreamento unificado para diagnosticar o switch virtual Hyper-V.

Você quis dizer…

O rastreamento unificado permitir que os administradores de rede capturem o tráfego de rede com mais eficiência, tornando o processo de solução de problemas de rede mais eficiente. Você pode usar o rastreamento unificado para capturar o tráfego interno de máquinas virtuais (VM) que começa ou termina nas VMs, bem como capturar o tráfego de computadores físicos com início ou fim no computador físico.

Capturar o tráfego de rede entre VMs no mesmo computador físico: suponha um ambiente com várias redes virtuais em um único computador físico. O rastreamento unificado pode capturar o tráfego entre VMs na mesma rede, bem como entre VMs em redes virtuais diferentes.

Por exemplo, uma organização de médio porte tem 20 servidores diferentes com Windows usados em diversas funções, dos quais a maioria é hospedada como VMs e distribuída por três computadores físicos. Um servidor de VPN (rede virtual privada) e três servidores RADIUS para autenticação são VMs hospedadas no mesmo servidor físico.

Um generalista de TI recebe um tíquete de problema indicando que os funcionários que estão tentando estabelecer conexão remota não conseguem realizar autenticação na rede. Ele verifica as configurações em seus servidores VPN e RADIUS e confirma que estão corretas. Em seguida, ele configura uma conexão de acesso remoto de teste e habilita a captura de tráfego entre os servidores VPN e RADIUS executando um único comando netsh no computador host. Iniciando a captura no computador host, o rastreamento é habilitado em cada uma das VMs simultaneamente. Ele nota que um dos servidores RADIUS está descartando muitos pacotes enviados do servidor VPN. Ele tenta reiniciar a VM RADIUS e o problema é resolvido.

O comando de rastreamento netsh para iniciar a captura de tráfego foi aprimorado para permitir a captura de tráfego do switch virtual Hyper-V.

Um novo parâmetro EnableVMCaptureCaptureFilter foi adicionado a este comando para especificar o tipo de tráfego que deve ser capturado.

Qual é o valor adicionado a esta alteração?

O rastreamento unificado pode capturar o tráfego da seguinte maneira:

  1. Capturar o tráfego no computador físico e, especificamente, o tráfego pelo adaptador de rede físico quando o valor physical é especificado.

  2. Capturar o tráfego pelo switch virtual Hyper-V quando o valor VMSwitch é especificado.

  3. Capturar todo o tráfego quando o valor All é especificado.

Para fins de compatibilidade com versões anteriores, o valor padrão do parâmetro CaptureFilter é Physical.

Quando CaptureFilter é especificado como somente VMSwitch, o tráfego que passa pelo switch é capturado. Se o mesmo tráfego passar pelo adaptador de rede físico (por exemplo, o tráfego também for enviado a um computador físico diferente), ele não será capturado novamente no nível de adaptador de rede físico.

A lista a seguir contém as tecnologias relacionadas:

  1. Visão geral do comutador virtual do Hyper-V na biblioteca técnica do Windows Server® 2012 na TechNet.

  2. Usando o Netsh para gerenciar rastreamentosna biblioteca da Microsoft Developer Network (MSDN).

  3. Comandos Netsh para rastreamento de rede na biblioteca técnica do Windows Server® 2008 e do Windows Server® 2008 R2 na TechNet.

  4. Referência técnica de Netsh na biblioteca técnica do Windows Server® 2008 e do Windows Server® 2008 R2.

Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários

Contribuições da comunidade

ADICIONAR
Mostrar:
© 2014 Microsoft