Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo

Implantar o Hyper-V no SMB

Atualizado: março de 2013

Aplica-se a: Windows Server 2012

No Windows Server 2012, agora você pode usar compartilhamentos de arquivos do SMB 3.0 como armazenamentos compartilhados para o Hyper-V. Com essa nova funcionalidade, o Hyper-V pode armazenar arquivos da máquina virtual, que a configuração, arquivos VHD (disco rígido virtual) e instantâneos, em compartilhamentos de arquivos SMB. Estas são as principais vantagens de armazenar dados de aplicativos para o Hyper-V em compartilhamentos de arquivos SMB:

  • Facilidade de provisionamento e gerenciamento. Você pode gerenciar compartilhamentos de arquivos em vez de malhas de armazenamento e LUNs (números de unidade lógica).

  • Flexibilidade aumentada. Você pode migrar dinamicamente banco de dados ou máquinas virtuais no data center.

  • Capacidade de aproveitar o investimento existente em uma rede convergida. Você pode usar sua rede convergida existente sem nenhum hardware de rede de armazenamento especializado.

  • Investimentos de capital reduzidos. As despesas de capital (custos com aquisição) são reduzidas.

  • Investimentos operacionais reduzidos. Você pode reduzir os custos operacionais, pois não há a necessidade de experiência especializada em armazenamento.

noteObservação
Alguns recursos do Hyper-V no Windows Server 2012 agora dependem do uso de compartilhamentos de arquivos SMB, como alguns tipos de migração ao vivo.

Neste guia

noteObservação
Este tópico inclui amostras de cmdlets do Windows PowerShell que você pode usar para automatizar alguns dos procedimentos descritos. Para obter mais informações, consulte o tópico sobre como executar um cmdlet do Windows PowerShell.

O uso do Hyper-V com o SMB exige os seguintes requisitos:

  • Um ou mais computadores que executam o Windows Server 2012 com a função Hyper-V instalada. Você também pode usar servidores de arquivos não Microsoft que implementam o protocolo SMB 3.0.

  • Um ou mais computadores que executam o Windows Server 2012 com a função Serviços de Arquivo e Armazenamento instalada.

  • Uma infraestrutura comum do Active Directory. Os servidores que executam o AD DS (Serviços de Domínio Active Directory) não precisam executar o Windows Server 2012.

As três configurações de servidor de arquivos mais comuns para o Hyper-V no SMB são um servidor de arquivos com um único nó, um servidor de arquivos com dois nós e um servidor de arquivos com vários nós, conforme mostrado na figura a seguir.

Configurações comuns para o Hyper-V no SMB2

Figura 1   Configurações comuns para o Hyper-V no SMB2

As duas configurações do Hyper-V com suporte para Hyper-V no SMB são as seguintes:

  • Servidores Hyper-V autônomos (não é uma solução de alta disponibilidade)

  • Servidores Hyper-V configurados em um cluster de failover

noteObservação
O host do Hyper-V deve ter o Windows Server 2012 instalado.

Considerações sobre o uso do Hyper-V com o SMB

  • É necessária uma infraestrutura do Active Directory para que você possa conceder permissões para a conta do computador dos hosts do Hyper-V.

  • O servidor de arquivos deve ter o Windows Server 2012 instalado para que o novo protocolo SMB 3.0 esteja disponível. Você também pode usar servidores de arquivos não Microsoft que implementam o protocolo SMB 3.0. O Hyper-V não bloqueia versões mais antigas do SMB, mas o Analisador de Práticas Recomendadas do Hyper-V emite um alerta quando uma versão mais antiga do SMB é detectada.

  • Não há suporte para configurações de loopback (onde o computador que executa o Hyper-V é usado como servidor de arquivos para o armazenamento de máquinas virtuais).

  • Deve haver clusters de failover separados para o Hyper-V e para o servidor de arquivos.

Para implantar o Hyper-V no SMB, use um dos procedimentos a seguir para sua configuração de servidores de arquivos. Todos os servidores em sua configuração de servidores de arquivos devem ter o Windows Server 2012 instalado.

  1. Faça logon no servidor como membro do grupo Administradores local.

  2. O Gerenciador do Servidor será iniciado automaticamente. Se ele não for iniciado automaticamente, clique em Iniciar, digite servermanager.exe e clique em Gerenciador do Servidor.

  3. Na seção INÍCIO RÁPIDO, clique em Adicionar funções e recursos.

  4. Na página Selecionar tipo de instalação, clique em Instalação baseada em função ou recurso e em Avançar.

  5. Na página Selecionar servidor de destino, selecione o servidor apropriado e clique em Avançar. O servidor local é selecionado por padrão.

  6. Na página Selecionar funções de servidor, clique em Serviços de Arquivo e Armazenamento e em Avançar.

  7. Na página Confirmar seleções de instalação, clique em Instalar.

Logotipo do PowerShell Comandos equivalentes do Windows PowerShell

Os cmdlets do Windows PowerShell indicados a seguir realizam as mesmas funções que o procedimento anterior. Insira cada cmdlet em uma única linha, embora eles possam aparecer com quebras automáticas em várias linhas devido a restrições de formatação.

Para adicionar a função Serviços de Arquivo e Armazenamento, digite:

Install-WindowsFeature File-Services, FS-FileServer

Se estiver usando o SMB Multichannel, certifique-se de que haja dois adaptadores de rede com tipo e velocidade idênticos disponíveis. Para exibir a lista de adaptadores de rede, digite:

Get-NetAdapter
Get-SmbServerNetworkInterface

  1. Com o Windows Server 2012 instalado em dois servidores, adicione a função Serviços de Arquivo e Armazenamento e o recurso Clustering de Failover em cada servidor digitando:

    Install-WindowsFeature File-Services, FS-FileServer, Failover-Clustering
    Install-WindowsFeature RSAT-Clustering -IncludeAllSubFeature
    
  2. Se estiver usando o SMB Multichannel, certifique-se de que haja dois adaptadores de rede com tipo e velocidade idênticos disponíveis, e que eles estejam configurados em sub-redes diferentes. Para exibir a lista de adaptadores de rede, digite:

    Get-NetAdapter
    Get-SmbServerNetworkInterface
    
  3. Para criar um cluster de failover usando os dois servidores, digite:

    New-Cluster –Name ClusterName -Node FileServer1, FileServer2
    
  4. Para criar um cluster de servidores de arquivos para hospedar compartilhamentos de arquivos SMB continuamente disponíveis, onde FST é o nome do cluster de servidores de arquivos e Cluster Disk 1 é o armazenamento, digite:

    Add-ClusterFileServerRole -Name FST -Storage “Cluster Disk 1” –StaticAddress 192.168.101.22/24, 192.168.102.22/24
    

    O exemplo acima presume que você esteja usando duas redes com os endereços 192.168.101.22/24 e 192.168.102.22/24 para o tráfego de rede do SMB. É recomendável usar duas redes para tolerância a falhas de rede.

  1. Execute as etapas 1 a 3 do procedimento anterior, Para configurar um servidor de arquivos clusterizado.

  2. Para criar o servidor de arquivos expandido no cluster de failover para hospedar compartilhamentos de arquivos SMB continuamente disponíveis, onde FSO é o nome do cluster de servidores de arquivos expandido e Cluster Disk 2 é o nome do armazenamento, digite:

    Add-ClusterSharedVolume “Cluster Disk 2”
    Add-ClusterScaleOutFileServerRole -Name FSO
    

Para continuar implantando o Hyper-V no SMB, instale a função Hyper-V em um servidor separado.

  1. Para instalar a função Hyper-V em um servidor separado, execute as etapas 1 a 5 de Para configurar um servidor de arquivos autônomo.

  2. Na página Selecionar funções de servidor, clique em Hyper-V e em Avançar.

  3. Na página Confirmar seleções de instalação, clique em Instalar.

Logotipo do PowerShell Comandos equivalentes do Windows PowerShell

Os cmdlets do Windows PowerShell indicados a seguir realizam as mesmas funções que o procedimento anterior. Insira cada cmdlet em uma única linha, embora eles possam aparecer com quebras automáticas em várias linhas devido a restrições de formatação.

Para instalar a função Hyper-V e as ferramentas e cmdlets do Windows PowerShell para Hyper-V, digite:

Install-WindowsFeature Hyper-V, Hyper-V-PowerShell, Hyper-V-Tools

Se estiver usando o SMB Multichannel, certifique-se de que haja dois adaptadores de rede com tipo e velocidade idênticos disponíveis, e que eles não estejam conectados ao comutador virtual. Para exibir a lista de adaptadores de rede, digite:

Get-NetAdapter
Get-SmbClientNetworkInterface

A pasta usada pelo Hyper-V para armazenar dados da máquina virtual exige permissões específicas para acessar o compartilhamento de arquivos SMB. Certifique-se de que as contas de computador do Hyper-V, a conta SYSTEM e todos os administradores do Hyper-V tenham permissões de controle total.

  1. Faça logon no servidor como membro do grupo Administradores local.

  2. O Gerenciador do Servidor será iniciado automaticamente. Se ele não for iniciado automaticamente, clique em Iniciar, digite servermanager.exe e clique em Gerenciador do Servidor.

  3. À esquerda, clique em Serviços de Arquivo e Armazenamento.

  4. Clique em Tarefas e em Novo Compartilhamento para abrir o Assistente de Novo Compartilhamento.

  5. Na página Selecionar Perfil, selecione Compartilhamento SMB – Aplicativos e clique em Avançar.

  6. Na página Localização do Compartilhamento, selecione um servidor e um volume, e clique em Avançar.

  7. Na página Nome do Compartilhamento, especifique um nome para o novo compartilhamento e clique em Avançar.

  8. Na página Permissões, clique em Personalizar Permissões.

  9. Clique em Adicionar, Selecionar uma Entidade de Segurança e em Tipos de Objeto.

  10. Em Tipos de Objeto, clique para selecionar Computadores e clique em OK.

  11. Insira o nome do computador e clique em OK.

  12. Em Entrada de Permissão, selecione Controle Total e clique em OK.

  13. Repita as três etapas anteriores para o segundo servidor Hyper-V. Ao concluir, clique em OK.

  14. Na página Permissões, clique em Avançar.

  15. Clique em Criar para criar o compartilhamento de arquivos SMB.

Logotipo do PowerShell Comandos equivalentes do Windows PowerShell

Os cmdlets do Windows PowerShell indicados a seguir realizam as mesmas funções que o procedimento anterior. Insira cada cmdlet em uma única linha, embora eles possam aparecer com quebras automáticas em várias linhas devido a restrições de formatação.

Para um servidor de arquivos autônomo ou um servidor de arquivos clusterizado, digite o seguinte para configurar um compartilhamento de arquivos SMB (onde HV1 e HV2 são servidores que executam o Hyper-V, HVC é a conta de cluster Hyper-V e HVadmin é a conta de administrador do Hyper-V):

# Create folder
MD X:\VMS
# Create file share
New-SmbShare -Name VMS1 -Path X:\VMS -FullAccess Domain\HVAdmin, Domain\HV1$, Domain\HV2$, Domain\HVC$
# Set NTFS permissions from the file share permissions
(Get-SmbShare VMS1).PresetPathAcl | Set-Acl

Para um cluster de servidores de arquivos expandido, digite o seguinte para configurar um compartilhamento de arquivos SMB (onde HV1 e HV2 são servidores que executam o Hyper-V e HVadmin é a conta de administrador do Hyper-V):

# Create folder
MD X:\VMS
# Create file share
New-SmbShare -Name VMS1 -Path X:\VMS -FullAccess Domain\HVAdmin, Domain\HV1$, Domain\HV2$, Domain\HVC$
apply permissions
# Set NTFS permissions from the file share permissions
(Get-SmbShare VMS1).PresetPathAcl | Set-Acl

Para criar um VHD (disco rígido virtual) e uma máquina virtual em um compartilhamento de arquivos SMB, use o Gerenciador do Hyper-V ou cmdlets do Windows PowerShell para Hyper-V. Também será necessário especificar um caminho UNC (por exemplo, \\nome_do_servidor\nome_do_compartilhamento).

  1. Abra o Gerenciador Hyper-V. No menu Ferramentas do Gerenciador do Servidor, clique em Gerenciador do Hyper-V.

  2. No painel de navegação do Gerenciador do Hyper-V, selecione o computador que executa o Hyper-V.

  3. No painel Ações, clique em Novo e em Máquina Virtual.

  4. O Assistente de Nova Máquina Virtual é aberto. Clique em Avançar.

  5. Na página Especificar Nome e Local, digite um nome e um local apropriados (usando um caminho UNC). Para configurar o Hyper-V no SMB, você deve usar um caminho UNC.

  6. Na página Atribuir Memória, especifique memória suficiente para iniciar o sistema operacional convidado.

  7. Na página Configurar Rede, conecte a máquina virtual ao comutador que você criou ao instalar o Hyper-V.

  8. Nas páginas Conectar Disco Rígido Virtual e Opções de Instalação, escolha Criar um disco rígido virtual. Clique em Avançar e clique na opção que descreve o tipo de mídia que será usada. Por exemplo, para usar um arquivo .iso, clique em Instalar um sistema operacional com um CD/DVD-ROM de inicialização e especifique o caminho do arquivo .iso.

  9. Na página Resumo, verifique suas seleções e clique em Concluir.

Logotipo do PowerShell Comandos equivalentes do Windows PowerShell

Os cmdlets do Windows PowerShell indicados a seguir realizam as mesmas funções que o procedimento anterior. Insira cada cmdlet em uma única linha, embora eles possam aparecer com quebras automáticas em várias linhas devido a restrições de formatação.

Para um servidor de arquivos chamado FS1 e um compartilhamento de arquivos chamado VMS, para criar uma máquina virtual chamada VM1, digite:

New-VHD -Path \\FS1\VMS\VM1.VHDX -VHDType Dynamic -SizeBytes 127GB
New-VM -Name VM1 -Path \\FS1\VMS -Memory 1GB -VHDPath \\FS1\VMS\VM1.VHDX

Você pode migrar um armazenamento da máquina virtual do DAS (armazenamento diretamente anexado) para um compartilhamento de arquivos SMB e de um compartilhamento de arquivos SMB para outro.

  1. Para confirmar se há uma máquina virtual usando o armazenamento local, digite:

    Get-VM VM1 | FT Name, Path, State
    Get-VMHardDiskDrive VM1 | FT VMName, Path
    

    Para migrar o armazenamento da máquina virtual de um compartilhamento de arquivos SMB para outro, especifique o compartilhamento de arquivos SMB nesta etapa.

  2. Inicie um processo prolongado, como a execução de uma carga de trabalho de cópia de arquivo, dentro do sistema operacional convidado.

  3. Para migrar o armazenamento da máquina virtual para um compartilhamento de arquivos SMB, digite:

    Move-VMStorage –VMName VM1 –DestinationStoragePath \\FST\VMS
    
  4. Para confirmar se uma máquina virtual está usando um compartilhamento de arquivos SMB e se a carga de trabalho não foi interrompida, digite:

    Get-VM VM1 | FT Name, Path, State
    Get-VMHardDiskDrive VM1 | FT VMName, Path
    

Você pode mover de maneira transparente máquinas virtuais de um nó do cluster para outro nó no mesmo cluster sem queda da conexão de rede ou tempo de inatividade perceptível.

  1. Para confirmar se uma máquina virtual está em execução em um nó do cluster e usando um compartilhamento de arquivos SMB, digite:

    Get-VM VM1 | FT Name, Path, State
    Get-VMHardDiskDrive VM1 | FT VMName, Path
    Get-ClusterGroup VM1 | FT Name, OwnerNode, State
    
  2. Inicie um processo prolongado, como a execução de uma carga de trabalho de cópia de arquivo, dentro do sistema operacional convidado.

  3. Para executar uma migração ao vivo de uma máquina virtual para outro nó do cluster, digite:

    Move-ClusterVirtualMachineRole -Name VM1 -Node HV2 –VmMigrationType Live
    
  4. Para confirmar se a máquina virtual foi movida para outro nó do cluster e se a carga de trabalho não foi interrompida, digite:

    Get-ClusterGroup VM1 | FT Name, OwnerNode, State
    

Para mover máquinas virtuais em execução de um nó do cluster para outro nó no mesmo cluster e migrar o armazenamento da máquina virtual, execute um dos seguintes procedimentos:

  1. Para confirmar se uma máquina virtual está em execução no host do Hyper-V host, digite:

    Get-VM VM1 | FT Name, Path, State
    
  2. Inicie um processo prolongado, como a execução de uma carga de trabalho de cópia de arquivo, dentro do sistema operacional convidado.

  3. Para executar uma migração ao vivo de uma máquina virtual para outro host do Hyper-V, digite:

    Move-VM –Name VM1 –DestinationHost HV2
    
  4. Para confirmar se a máquina virtual foi movida para outro host do Hyper-V e se a carga de trabalho não foi interrompida, digite:

    Get-VM VM1 | FT Name, Path, State
    
    

  1. Para confirmar se uma máquina virtual com armazenamento local está em execução no host do Hyper-V host, digite:

    Get-VM VM1 | FT Name, Path, State
    Get-VMHardDiskDrive VM1 | FT VMName, Path
    

    Para migrar o armazenamento da máquina virtual de um compartilhamento de arquivos SMB para outro, especifique o compartilhamento de arquivos SMB nesta etapa.

  2. Inicie um processo prolongado, como a execução de uma carga de trabalho de cópia de arquivo, dentro do sistema operacional convidado.

  3. Para mover a máquina virtual para outro host do Hyper-V e o armazenamento para um compartilhamento de arquivos SMB, digite:

    Move-VM –Name VM1 -DestinationHost HV2 –DestinationStoragePath \\FST\VMS
    
  4. Para confirmar se a máquina virtual foi movida para outro host do Hyper-V usando o compartilhamento de arquivos SMB e se a carga de trabalho não foi interrompida, digite:

    Get-VM VM1 | FT Name, Path, State
    Get-VMHardDiskDrive VM1 | FT VMName, Path
    

Esta seção aborda alguns problemas comuns que você pode encontrar ao usar o Hyper-V no SMB.

Verificar e corrigir problemas com permissões

Você pode enfrentar problemas com permissões relacionados ao acesso de um compartilhamento de arquivos SMB ou da pasta NTFS na qual o compartilhamento foi criado. Para verificar as permissões em um compartilhamento de arquivos SMB (onde VMS1 é o compartilhamento e X:\VMS é a pasta NTFS), digite o seguinte:

Get-SmbShareAccess -Name VMS1 -Path X:\VMS 

Se você determinar que uma conta de computador específica está ausente das permissões, poderá adicionar a conta ao compartilhamento de arquivos e à pasta para corrigir o problema. Para corrigir as permissões, digite o seguinte:

Grant-SmbShareAccess –Name VMS1 –AccountName Domain\HV3$ -AccessRight Full 
(Get-SmbShare VMS1).PresetPathAcl | Set-Acl

Usando a delegação restrita

Ao usar o Gerenciador do Hyper-V em um computador que executa o Windows Server 2012 para gerenciar máquinas virtuais em outro computador que executa o Windows Server 2012, pode ocorrer um erro que informa que o acesso a um compartilhamento de arquivos SMB foi negado. Normalmente, isso ocorre porque você precisa de direitos de delegação para usar suas credenciais para acessar o compartilhamento remoto em outro computador. Este é um recurso de segurança que impede que um usuário obtenha acesso a um computador em sua rede para fins de executar ações em outros computadores da rede. Para tratar esse problema, você tem duas opções:

Opção 1: Usar a Área de Trabalho Remota. Use a Área de Trabalho Remota para acessar o computador e executar o Gerenciador do Hyper-V diretamente nesse computador.

Opção 2: Configurar a delegação restrita. Você pode alterar as propriedades da conta do computador em Usuários e Computadores do Active Directory para permitir a delegação. Quando habilitada, a delegação restrita permite usar um compartilhamento de arquivos SMB remoto específico sem exigir que você execute uma ação em qualquer computador. A delegação restrita informa os Usuários e Computadores do Active Directory que entre dois computadores (nesse caso, o servidor Hyper-V e o servidor de arquivos SMB) e para serviços específicos (nesse caso, o SMB), ele tem permissão para emitir novamente o acesso aos recursos.

Para configurar a delegação restrita, execute o seguinte procedimento para cada servidor que executa o Hyper-V:

  1. Em Usuários e Computadores do Active Directory, clique para abrir as Propriedades da conta do computador e clique para abrir a guia Delegação.

  2. Selecione as duas opções Confiar no computador para delegação apenas a serviços especificados e Usar apenas Kerberos.

  3. Clique em Adicionar e forneça o nome do servidor de arquivos SMB (ou do Ponto de Acesso do Cluster para um Servidor de Arquivos Expandido).

  4. Selecione o serviço CIFS. Observe que CIFS (Common Internet File System) é o nome anterior do SMB.

  5. No compartilhamento de arquivos SMB criado para máquinas virtuais, adicione permissões de Controle Total para os Administradores do Hyper-V.

Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários

Contribuições da comunidade

ADICIONAR
Mostrar:
© 2014 Microsoft