Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo
Este artigo foi traduzido manualmente. Coloque o ponteiro do mouse sobre as frases do artigo para ver o texto original. Mais informações.
Tradução
Original
0 de 1 pessoas classificaram isso como útil - Avalie este tópico

Novidades (Reporting Services)

O SQL Server 2012 apresenta vários recursos novos do Reporting Services.

Para obter informações sobre os recursos desta versão para outros produtos e tecnologias do SQL Server 2012, consulte Novidades no SQL Server 2012.

Observação Observação

Para obter um resumo sobre a instalação dos recursos de BI do SQL Server 2012 SP1 e do SQL Server, consulte Atualizar os recursos de BI do SQL Server para o SQL Server 2012 SP1.

Power View

O Power View, um recurso do Suplemento SQL Server 2012 Reporting Services para Microsoft SharePoint Server 2010 Enterprise Edition, é uma experiência interativa de exploração, visualização e apresentação de dados. Ele oferece relatórios ad hoc de arrastar e soltar para usuários comerciais, tais como analistas de dados, tomadores de decisões de negócios e operadores de informações. Os relatórios do Power View estão em um novo formato de arquivo, RDLX.

O Power View expande os recursos de BI de autoatendimento fornecidos com o PowerPivot para Excel e o PowerPivot para SharePoint, permitindo que os clientes visualizem e interajam com dados modelados de forma significativa, usando visualizações interativas, animações e consulta inteligente. É um aplicativo do Silverlight baseado em navegador, iniciado a partir do SharePoint Server 2010, que permite que os usuários apresentem e compartilhem informações com outras pessoas em suas organizações através de apresentações interativas.

Baseado em modelos de tabela

Com o Power View, os clientes iniciam a partir de em um modelo tabular do SQL Server 2012 Analysis Services (SSAS) para criar seus relatórios. Os modelos de tabela usam metadados para apresentar uma origem de dados subjacente a usuários finais, com relações e comportamentos predefinidos, em condições que eles compreendem. Para obter mais informações sobre modelos tabulares, consulte Novidades (Analysis Services) e Modelagem tabular (SSAS tabular)

Coexiste com o Construtor de Relatórios

O Power View não substitui o Construtor de Relatórios, a ferramenta de criação de relatório para relatórios operacionais com design sofisticado. O Power View supre a necessidade de relatórios ad hoc baseados na Web. Ele coexiste com a versão mais recente do Construtor de Relatórios, que também é fornecida no SQL Server 2012.

Para obter mais informações, consulte o seguinte:

Ícone de seta usado com o link Voltar ao Início Voltar ao Início

Modo do SharePoint

A integração do SharePoint foi reprojetada para enriquecer a experiência do administrador de TI do SharePoint, a experiência do usuário final e o suporte. A nova arquitetura é implementada como um serviço compartilhado do SharePoint 2010. A arquitetura de serviço compartilhada permite que o Reporting Services utilize muitos dos recursos de TI de produtos do SharePoint. Esta é uma lista de alguns dos benefícios desta versão:

  • A configuração do modo SharePoint do Reporting Services agora tem suporte total através da Administração Central do SharePoint usando as páginas de gerenciamento para aplicativos de serviço do Reporting Services ou usando os cmdlets do PowerShell do modo SharePoint do Reporting Services.

    Observação importante Importante

    O Gerenciador de Configuração do Reporting Services não oferece mais suporte ao modo do SharePoint do Reporting Services. A configuração do modo SharePoint é concluída usando a Administração Central do SharePoint.

  • Aproveite a funcionalidade em expansão do SharePoint para Aplicativos de Serviço do Reporting Services.

  • O novo serviço compartilhado Reporting Services é hospedado no pool de aplicativos de serviços SharePoint Shared.

  • O novo aplicativo de serviço do Reporting Services oferece suporte para a autenticação baseada em Declarações.

  • Suporte a farm cruzado do SharePoint para exibição de relatórios.

  • Suporte para backup e recuperação do SharePoint e logon ULS do SharePoint de ponta a ponta.

Ícone de seta usado com o link Voltar ao Início Voltar ao Início

Alertas de dados

Os alertas de dados do Reporting Services constituem uma solução de alerta orientada a dados que o informa sobre alterações em dados de relatório que são do seu interesse e em um momento oportuno.

Imagine um relatório de vendas que contém informações tais como vendas desde o início do ano, média de vendas mensais e destinos de vendas para vendedores por território. Você gostaria de saber como está sendo avaliado como vendedor. Ao criar um alerta de dados no relatório de vendas, você pode receber mensagens sempre que as vendas desde o início do ano excedem ou ficam abaixo de um valor especificado ou contêm dados que você considera notáveis. As regras na definição de alerta de dados especificam os valores de dados para disparar o alerta de dados. Ao usar os operadores AND e OR nas regras você pode combinar muitas cláusulas em regras complexas que definem com precisão os valores de dados de relatório sobre os quais você deseja ser notificado.

Em alguns casos, a presença de dados em um relatório é interessante. Por exemplo, um relatório que lista ordens canceladas se torna interessante quando ocorre o primeiro cancelamento. Você pode criar alertas de dados em relatórios nos quais a presença de dados, e não valores de dados específicos, é importante.

As mensagens de alertas de dados são enviadas por email. Dependendo da importância das informações, você pode optar por enviar mensagens de alerta com maior ou menor frequência e somente quando os resultados forem alterados. Você pode especificar vários destinatários para as mensagens de alerta e, assim, manter os outros informados e aprimorar a eficiência e a colaboração. Se você quiser enviar mensagens de alerta imediatamente, poderá executar alertas de dados diretamente, em vez de esperar que eles sejam executados automaticamente na hora agendada.

Resumo das áreas-chave de alertas de dados:

  • Definir e salvar definições de alerta de dados — o usuário exibe um relatório, adiciona um alerta de dados, cria regras que identificam valores de dados interessantes, define padrões de recorrência para enviar o alerta e especifica os destinatários da mensagem de alerta de dados.

  • Executar definições de alerta de dados —- O serviço de alerta executa definições de alerta de dados em um horário agendado, recupera dados de relatório e dispara alertas de dados com base em regras na definição do alerta.

  • Entregar mensagens de alerta de dados para destinatários — o serviço de alerta cria uma instância de alerta e envia mensagens de alerta de dados por email aos destinatários.

Os alertas de dados oferecem as seguintes ferramentas para criar e gerenciar instâncias e definições de alerta:

  • Designer de alerta de dados — usuários criam e editam definições de alerta de dados.

  • Gerenciador de Alerta de Dados para os usuários — os usuários exibem informações sobre seus alertas de dados, excluem definições de alertas de dados ou abrem definições de alertas para edição.

  • Gerenciador de Alertas de Dados para administradores de alertas — administradores de alertas de dados exibem uma lista de alertas criados por todos os usuários no site do SharePoint e excluem alertas.

Para obter mais informações, consulte Alertas de dados (SSRS), Designer de Alertas de Dados, Gerenciador de Alertas de Dados para Usuários do SharePoint e Gerenciador de Alertas de dados para administradores de alertas.

Ícone de seta usado com o link Voltar ao Início Voltar ao início

Projetos de servidor de relatório no SQL Server Data Tools para Visual Studio

No SQL Server 2012, o SSDT (SQL Server Data Tools) é um suplemento do Visual Studio. Projetos de servidor de relatório criados no SQL Server 2008 R2 podem ser abertos diretamente no SSDT (SQL Server Data Tools). Os projetos criados no SQL Server 2008 são atualizados automaticamente quando abertos no SSDT (SQL Server Data Tools). Para facilitar o gerenciamento dos seus projetos de servidor de relatório novos e existentes, você pode continuar adicionando projetos criados no SQL Server 2008 R2 e no SQL Server 2008 a uma solução de business intelligence do SQL Server 2012.

Você também pode continuar a abrir e editar relatórios que usam os esquemas RDL 2005 e 2008 no SSDT (SQL Server Data Tools). No entanto, se você adicionar um item de relatório que não seja compatível com o esquema usado por um relatório, o relatório será atualizado automaticamente para o esquema 2010 RDL.

Renderizador do Excel para Microsoft Excel 2007-2010 e Microsoft Excel 2003

A extensão de renderização do Excel do Reporting Services, nova no SQL Server 2012 renderiza um relatório como um documento do Excel compatível com Microsoft Excel 2007-2010, bem como com Microsoft Excel 2003 com o Pacote de Compatibilidade do Microsoft Office para Word, Excel e PowerPoint instalado. O formato é o Office Open XML e a extensão de arquivo dos arquivos é XLSX.

Esta extensão de renderização do Excel remove limitações da versão anterior, compatíveis com o Excel 2003. Veja uma lista do aperfeiçoamento na extensão de renderização:

  • O máximo de linhas por planilha é 1.048.576.

  • O máximo de colunas por planilha é 16.384.

  • O número de cores permitidas em uma planilha é aproximadamente de 16 milhões (cor de 24 bits).

  • A compactação em ZIP fornece tamanhos de arquivos menores.

Para obter mais informações, consulte Exportando para o Microsoft Excel (Construtor de Relatórios e SSRS).

Ícone de seta usado com o link Voltar ao Início Voltar ao início

Renderizador de Word para Microsoft Word 2007-2010 e Microsoft Word 2003

A extensão de renderização do Word do Reporting Services, nova no SQL Server 2012 renderiza um relatório como um documento do Word compatível com Microsoft Word 2007-2010, bem como com Microsoft Word 2003 com o Pacote de Compatibilidade do Microsoft Office para Word, Excel e PowerPoint instalado. O formato é o Office Open XML e a extensão de arquivo dos arquivos é DOCX.

Além de disponibilizar os recursos que são novos no Word 2007-2010 para relatórios exportados, os arquivos *.docx de relatórios exportados tendem a ser menores. Os relatórios exportados usando o renderizador do Word são geralmente significativamente menores que os mesmos relatórios exportados usando o renderizador do Word 2003.

Para obter mais informações, consulte Exportando para o Microsoft Word (Construtor de Relatórios e SSRS).

Ícone de seta usado com o link Voltar ao Início Voltar ao início

Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários

Contribuições da comunidade

ADICIONAR
Mostrar:
© 2014 Microsoft. Todos os direitos reservados.