Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo
Este artigo foi traduzido manualmente. Coloque o ponteiro do mouse sobre as frases do artigo para ver o texto original. Mais informações.
Tradução
Original

Criar um backup completo de banco de dados (SQL Server)

Este tópico descreve como criar um backup de banco de dados completo no SQL Server 2014 usando o SQL Server Management Studio, o Transact-SQL ou PowerShell.

Observação Observação

Para obter informações sobre o backup do SQL Server no serviço de armazenamento do Blob do Windows Azure, consulte Backup e restauração do SQL Server com o serviço de armazenamento de Blob do Windows Azure.

Neste tópico

Limitações e restrições

  • A instrução BACKUP não é permitida em uma transação explícita ou implícita.

  • Os backups criados por uma versão mais recente do SQL Server não podem ser restaurados em versões anteriores do SQL Server.

  • Para obter mais informações, consulte Visão geral de backup (SQL Server).

Recomendações

  • À medida que um banco de dados aumenta, os backups completos de banco de dados levam mais tempo para serem concluídos e exigem mais espaço de armazenamento. Portanto, para um banco de dados grande, convém complementar um backup de banco de dados completo com uma série de backups de bancos de dados diferenciais. Para obter mais informações, consulte Backups diferenciais (SQL Server).

  • Você pode estimar o tamanho de um backup de banco de dados completo usando o procedimento armazenado do sistema sp_spaceused.

  • Por padrão, toda operação de backup bem-sucedida adiciona uma entrada ao log de erros do SQL Server e ao log de eventos do sistema. Se você fizer backup do log com muita frequência, essas mensagens de êxito se acumularão muito rapidamente, resultando em logs de erros imensos que podem dificultar a localização de outras mensagens. Em tais situações, você pode suprimir essas entradas de log usando o sinalizador de rastreamento 3226, caso nenhum dos seus scripts dependa dessas entradas. Para obter mais informações, consulte Sinalizadores de rastreamento (Transact-SQL).

Segurança

TRUSTWORTHY é definido como OFF em um backup de banco de dados. Para obter mais informações sobre como definir TRUSTWORTHY como ON, consulte Opções ALTER DATABASE SET (Transact-SQL).

A partir do SQL Server 2012, as opções PASSWORD e MEDIAPASSWORD foram descontinuadas para a criação de backups. Você ainda poderá restaurar os backups criados com senhas.

Permissões

As permissões BACKUP DATABASE e BACKUP LOG são padronizadas como membros da função de servidor fixa sysadmin e das funções de banco de dados fixas db_owner e db_backupoperator.

Os problemas de propriedade e permissão no arquivo físico do dispositivo de backup podem interferir em uma operação de backup. O SQL Server deve ser capaz de ler e gravar no dispositivo; a conta sob a qual o serviço do SQL Server executa deve ter permissões de gravação. No entanto, sp_addumpdevice, que adiciona uma entrada para um dispositivo de backup nas tabelas do sistema, não verifica permissões de acesso a arquivos. Esses problemas no arquivo físico do dispositivo de backup podem não aparecer até que o recurso físico seja acessado quando o backup ou restauração é tentado.

Ícone de seta usado com o link Voltar ao Início [Início]

Observação Observação

Ao especificar uma tarefa de backup usando o SQL Server Management Studio, é possível gerar o script Transact-SQL BACKUP correspondente, clicando no botão Script e selecionando um destino para o script.

Para fazer o backup de um banco de dados

  1. Depois de se conectar à instância adequada do Microsoft Mecanismo de Banco de Dados do SQL Server, no Pesquisador de Objetos, clique no nome do servidor para expandir a árvore do servidor.

  2. Expanda Bancos de Dados e, dependendo do banco de dados, selecione um banco de usuário ou expanda Bancos de Dados do Sistema e selecione um banco do sistema.

  3. Clique com o botão direito do mouse no banco de dados, aponte para Tarefas e clique em Backup. Será exibida a caixa de diálogo Backup de Banco de Dados.

  4. Na caixa de listagem Banco de Dados, verifique o nome do banco de dados. Você pode, como opção, selecionar um banco de dados diferente da lista.

  5. Você pode executar um backup de banco de dados para qualquer modelo de recuperação (FULL, BULK_LOGGED ou SIMPLE).

  6. Na caixa de listagem Tipo de backup, selecione Completo.

    Observe que depois de criar um backup de banco de dados completo, é possível criar um backup de banco de dados diferencial. Para obter mais informações, consulte Criar um backup diferencial de banco de dados (SQL Server).

  7. Opcionalmente, você pode selecionar Copiar Somente Backup para criar um backup somente cópia. Um backup somente cópia é um backup do SQL Server que é independente da sequência de backups convencionais do SQL Server. Para obter mais informações, consulte Backups somente cópia (SQL Server).

    Observação Observação

    Quando a opção Diferencial está selecionada, você não pode criar um backup somente cópia.

  8. Para Componente de backup, clique em Banco de Dados.

  9. Aceite o nome do conjunto de backup padrão sugerido na caixa de texto Nome ou digite um nome diferente para o conjunto de backup.

  10. Opcionalmente, na caixa de texto Descrição, digite uma descrição do conjunto de backup.

  11. Escolha o tipo do destino do backup e clique em Disco, Fita ou URL. Para selecionar os caminhos de até 64 unidades de disco ou fita que contêm um único conjunto de mídia, clique em Adicionar. Os caminhos selecionados são exibidos na caixa de listagem Backup.

    Para remover um destino de backup, selecione-o e clique em Remover. Para exibir o conteúdo de um destino de backup, selecione-o e clique em Conteúdo.

  12. Para exibir ou selecionar as opções de mídia, clique em Opções de Mídia no painel Selecionar uma página.

  13. Selecione uma opção Substituir Mídia, com um clique em uma das opções a seguir:

    • Fazer backup no conjunto de mídias existente

      Para essa opção, clique em Anexar ao conjunto de backup existente ou em Substituir todos os conjuntos de backup existentes. Para obter mais informações, consulte Conjuntos de mídias, famílias de mídia e conjuntos de backup (SQL Server).

      Opcionalmente, selecione Verificar nome do conjunto de mídias e validade do conjunto de backup para que a operação de backup verifique a data e a hora em que o conjunto de mídias e de backup expiram.

      Como opção, digite um nome na caixa de texto Nome do conjunto de mídias. Se nenhum nome for especificado, um conjunto de mídias com um nome em branco será criado. Se você especificar um nome de conjunto de mídias, a mídia (fita ou disco) é verificada para ver se o nome real corresponde ao nome digitado.

      Observação importante Importante

      Essa opção será desabilitada se a opção URL for selecionada como o destino de backup na página General. Para obter mais informações, consulte Backup de Banco de Dados (página Opções de Mídia)

      Se você planeja usar criptografia, não selecione essa opção. Se você selecionar esta opção, as opções de criptografia na página Opções de Backup serão desabilitadas. A criptografia não tem suporte ao anexar ao conjunto de backup existente.

    • Fazer backup em um novo conjunto de mídias e apagar todos os conjuntos de backup existentes

      Para essa opção, digite um nome na caixa de texto Nome do novo conjunto de mídias e, opcionalmente, descreva o conjunto de mídias na caixa de texto Descrição do novo conjunto de mídias.

      Observação importante Importante

      Essa opção será desabilitada se a opção URL for selecionada na página General. Essas ações não têm suporte ao fazer backup para o armazenamento do Windows Azure.

  14. Na seçãoConfiabilidade, como opção, marque:

  15. Se o backup estiver sendo feito em uma unidade de fita (conforme especificado na seção Destino da página Geral), a opção Descarregar a fita após o backup estará ativada. Clicar nessa opção ativa a opção Rebobinar a fita antes de descarregar.

    Observação Observação

    As opções na seção Log de transações estarão inativos exceto se o backup estiver sendo feito em um log de transações (como especificado na seção Tipo de backup da página Geral).

  16. Para exibir ou selecionar as opções de backup, clique em Opções de Backup no painel Selecionar uma página.

  17. Especifique quando o conjunto de backup irá expirar e pode ser substituído sem ignorar explicitamente a verificação dos dados de expiração:

    • Para que o conjunto de backup expire depois de um número específico de dias, clique em Depois (a opção padrão) e digite quantos dias depois da criação do conjunto ele deve expirar. Esse valor pode ser de 0 a 99999 dias; o valor 0 significa que o conjunto de backup nunca irá expirar.

      O valor padrão é definido na opção Retenção de mídia de backup padrão (em dias) da caixa de diálogo Propriedades do Servidor (página Configurações de Banco de Dados). Para acessar, clique com o botão direito do mouse no nome de servidor em Pesquisador de Objetos e selecione propriedades. Depois, selecione a página Configurações de Banco de Dados.

    • Para que o conjunto de backup expire em uma data específica, clique no campo Em e digite a data de expiração do conjunto.

      Para obter mais informações sobre datas de validade de backup, consulte BACKUP (Transact-SQL).

  18. O SQL Server 2008 Enterprise e posteriores oferecem suporte em para compactação de backup. Por padrão, a compactação de um backup depende do valor da opção de configuração de servidor backup-compression default. Porém, independentemente do padrão atual do nível do servidor, é possível compactar um backup, marcando a opção Compactar backup e evitar a compactação marcando Não compactar o backup.

    Para exibir ou alterar o padrão de compactação de backup atual

  19. Especifique se a criptografia deve ser usada para o backup. Selecione um algoritmo de criptografia a ser usado na etapa de criptografia e forneça um Certificado ou uma Chave assimétrica de uma lista de certificados ou chaves assimétricas existentes. A criptografia tem suporte no SQL Server 2014 ou posterior. Para obter mais detalhes sobre opções de criptografia, consulte Backup de Banco de Dados (página Opções de Backup):

Observação Observação

Alternativamente, é possível usar o Assistente de Plano de Manutenção para criar backups de bancos de dados.

Ícone de seta usado com o link Voltar ao Início [Início]

Para criar um backup de banco de dados completo

  1. Execute a instrução BACKUP DATABASE para criar o backup do banco de dados completo, especificando:

    • O nome do banco de dados do qual fazer backup.

    • O dispositivo de backup em que o backup completo do banco de dados será gravado.

    A sintaxe básica Transact-SQL para o backup de banco de dados completo é:

    BACKUP DATABASE database

    TO backup_device [ ,...n ]

    [ WITH with_options [ ,...o ] ] ;

    OPTION

    Descrição

    database

    É o banco de dados do qual fazer backup.

    backup_device [ ,...n ]

    Especifica uma lista de 1 a 64 dispositivos de backup a serem usados para a operação de backup. Você pode especificar um dispositivo de backup físico ou pode especificar um dispositivo de backup lógico correspondente, se já definido. Para especificar um dispositivo de backup físico, use a opção DISK ou TAPE:

    { DISK | TAPE } =physical_backup_device_name

    Para obter mais informações, consulte Dispositivos de backup (SQL Server).

    WITH with_options [ ,...o ]

    Opcionalmente, especifica uma ou mais opções adicionais, o. Para obter informações sobre os fundamentos de opções, consulte a etapa 2.

  2. Opcionalmente, especifique uma ou mais opções WITH. Algumas opções WITH básicas são descritas aqui. Para obter informações sobre todas as opções WITH, consulte BACKUP (Transact-SQL).

    • Opções WITH do conjunto de backup básico:

      { COMPRESSION | NO_COMPRESSION }

      No SQL Server 2008 Enterprise e versões posteriores somente, especifica se compressão de backup é executada neste backup, substituindo o padrão de nível de servidor.

      ENCRYPTION (ALGORITHM, SERVER CERTIFICATE |ASYMMETRIC KEY)

      No SQL Server 2014 ou em versões posteriores somente, especifique o algoritmo de criptografia a ser usado, e o certificado ou chave assimétrica usada para proteger a criptografia.

      DESCRIPTION = { 'text' | @text_variable }

      Especifica o texto de forma livre que descreve o conjunto de backup. A cadeia de caracteres pode conter um máximo de 255 caracteres.

      NAME = { backup_set_name | @backup_set_name_var }

      Especifica o nome do conjunto de backup. Nomes podem ter um máximo de 128 caracteres. Se NAME não estiver especificado, ele estará em branco.

    • Opções WITH do conjunto de backup básico:

      Por padrão, BACKUP anexa o backup a um conjunto de mídias existente, preservando conjuntos de backup existentes. Para especificar isso explicitamente, use a opção NOINIT. Para obter informações sobre como anexar a conjuntos de backup existentes, consulte Conjuntos de mídias, famílias de mídia e conjuntos de backup (SQL Server).

      Alternativamente, para formatar a mídia de backup, use a opção FORMAT:

      FORMAT [ , MEDIANAME= { media_name | @media_name_variable } ] [ , MEDIADESCRIPTION = { text | @text_variable } ]

      Use a cláusula FORMAT quando estiver usando a mídia pela primeira vez ou quando quiser sobrescrever todos os dados existentes Opcionalmente, atribua à nova mídia um nome e uma descrição.

      Observação importante Importante

      Tenha muito cuidado ao usar a cláusula FORMAT ou a instrução BACKUP, pois isso destrói qualquer backup previamente armazenado na mídia de backup.

Exemplos (Transact-SQL)

A.Fazendo backup para um dispositivo de disco.

O exemplo a seguir faz backup de banco de dados completo AdventureWorks2012 em um disco, usando FORMAT para criar um novo conjunto de mídia.

USE AdventureWorks2012;
GO
BACKUP DATABASE AdventureWorks2012
TO DISK = 'Z:\SQLServerBackups\AdventureWorks2012.Bak'
   WITH FORMAT,
      MEDIANAME = 'Z_SQLServerBackups',
      NAME = 'Full Backup of AdventureWorks2012';
GO

B.Fazendo backup para um dispositivo de fita

O exemplo a seguir faz backup do banco de dados completo AdventureWorks2012 em fita, anexando o backup aos backups anteriores.

USE AdventureWorks2012;
GO
BACKUP DATABASE AdventureWorks2012
   TO TAPE = '\\.\Tape0'
   WITH NOINIT,
      NAME = 'Full Backup of AdventureWorks2012';
GO

C.Fazendo backup em um dispositivo de fita lógico

O exemplo a seguir cria um dispositivo de backup lógico para uma unidade de fita. O exemplo faz backup completo do banco de dados AdventureWorks2012 nesse dispositivo.

-- Create a logical backup device, 
-- AdventureWorks2012_Bak_Tape, for tape device \\.\tape0.
USE master;
GO
EXEC sp_addumpdevice 'tape', 'AdventureWorks2012_Bak_Tape', '\\.\tape0'; 
USE AdventureWorks2012;
GO
BACKUP DATABASE AdventureWorks2012
   TO AdventureWorks2012_Bak_Tape
   WITH FORMAT,
      MEDIANAME = 'AdventureWorks2012_Bak_Tape',
      MEDIADESCRIPTION = '\\.\tape0', 
      NAME = 'Full Backup of AdventureWorks2012';
GO

Ícone de seta usado com o link Voltar ao Início[Início]

  1. Use o cmdlet Backup-SqlDatabase. Para indicar explicitamente que este é um backup completo de banco de dados, especifique o parâmetro -BackupAction com seu valor padrão Database. Esse parâmetro é opcional para backups completos de banco de dados.

    O exemplo a seguir cria um backup de banco de dados completo do banco de dados MyDB para o local de backup padrão da instância de servidor Computer\Instance. Como opção, esse exemplo especifica -BackupAction Database.

    --Enter this command at the PowerShell command prompt, C:\PS>
    Backup-SqlDatabase -ServerInstance Computer\Instance -Database MyDB -BackupAction Database
    

Para configurar e usar o provedor do SQL Server PowerShell

Ícone de seta usado com o link Voltar ao Início [Início]

Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários

Contribuições da comunidade

ADICIONAR
Mostrar:
© 2014 Microsoft