Exportar (0) Imprimir
Expandir Todos

Apresentação de Ligação ao Ambiente de Trabalho Remoto

Actualizado: Julho de 2008

Aplica-se a: Windows Server 2008

O RDC (Remote Desktop Connection) 6.0 e o RDC 6.1 adicionam suporte para a utilização de ambientes de trabalho de maior resolução e para a expansão horizontal de vários monitores para formar um único ambiente de trabalho de grandes dimensões. Para além disso, a funcionalidade Experiência de Utilização e as definições de prioridade de dados de visualização foram concebidas para melhorar a experiência do utilizador final durante a ligação remota a um servidor de terminais do Windows Server 2008.

A resolução de visualização personalizada suporta proporções de resolução adicionais, tais como 16:9 ou 16:10. Por exemplo, os monitores novos com resoluções de 1680 x 1050 ou 1920 x 1200 são agora suportados. A resolução máxima suportada é 4096 x 2048.

noteNota
Anteriormente, só eram suportadas proporções de resolução 4:3 e a resolução máxima suportada era 1600 x 1200.

É possível definir uma resolução de visualização suportada num ficheiro rdp ou a partir de uma linha de comandos.

  • Abra o ficheiro .rdp num editor de texto. Adicione ou altere as seguintes definições:

    desktopwidth:i:< valor >

    desktopheight:i:< valor >

    em que <valor> é a resolução, tal como 1680 ou 1050.

Para obter mais informações sobre as definições dos ficheiros .rdp, consulte o artigo 885187 na Base de Dados de Conhecimento Microsoft (http://go.microsoft.com/fwlink/?linkid=66168). (Esta página poderá estar em inglês.)

  • Numa linha de comandos, utilize o comando mstsc.exe com a sintaxe seguinte e prima ENTER.

    mstsc.exe /w:<width> /h:<height>

A expansão de monitores permite-lhe apresentar a sessão do ambiente de trabalho remoto em vários monitores.

Os monitores utilizados para a expansão de monitores têm de satisfazer os seguintes requisitos:

  • Todos os monitores têm de utilizar a mesma resolução. Por exemplo, é possível expandir dois monitores que utilizem a resolução 1024 x 768. No entanto, não é possível expandir um monitor com 1024 x 768 e um monitor com 800 x 600.

  • Todos os monitores têm de estar alinhados horizontalmente (ou seja, lado a lado). Actualmente, não existe qualquer suporte para a expansão de vários monitores verticalmente no sistema cliente.

  • A resolução total de todos os monitores não pode exceder 4096 x 2048.

É possível activar a expansão de monitores num ficheiro .rdp ou a partir de uma linha de comandos.

  • Abra o ficheiro .rdp num editor de texto. Adicione ou altere a seguinte definição:

    Span:i:< valor >

    • Se <valor> = 0, a expansão de monitores está desactivada.

    • Se <valor> = 1, a expansão de monitores está activada.

Para obter mais informações sobre as definições dos ficheiros .rdp, consulte o artigo 885187 na Base de Dados de Conhecimento Microsoft (http://go.microsoft.com/fwlink/?linkid=66168). (Esta página poderá estar em inglês.)

  • Numa linha de comandos, escreva o comando seguinte e prima ENTER.

    mstsc.exe /span

O RDC 6.0 (Remote Desktop Connection) e o RDC 6.1 reproduzem, no computador cliente do utilizador, o ambiente de trabalho existente no computador remoto. Para tornar o aspecto e funcionamento do computador remoto mais semelhante à experiência de utilização do Windows Vista local do utilizador, pode instalar a funcionalidade Experiência de Utilização no servidor de terminais do Windows Server 2008. A Experiência de Utilização instala funcionalidades do Windows Vista, tais como Windows Media® Player 11, temas de ambiente de trabalho e gestão de fotografias.

  1. Abra o Gestor de servidor. Clique em Iniciar, aponte para Ferramentas administrativas e, em seguida, clique em Gestor de servidor.

  2. Em Resumo das Funcionalidades, clique em Adicionar Funcionalidades.

  3. Na página Seleccionar Funcionalidades, seleccione a caixa de verificação Experiência de Utilização e clique em Seguinte.

  4. Na página Confirmar Selecções de Instalação, certifique-se de que a funcionalidade Experiência de Utilização será instalada e, em seguida, clique em Instalar.

  5. Na página Resultados da Instalação, ser-lhe-á pedido que reinicie o servidor para concluir o processo de instalação. Clique em Fechar e, em seguida, clique em Sim para reiniciar o servidor.

  6. Após o servidor ser reiniciado, confirme se a Experiência de Utilização está instalada.

    1. Inicie o Gestor de servidor.

    2. Em Resumo das Funcionalidades, confirme se a Experiência de Utilização é listada como instalada.

O Windows Server 2008 suporta ClearType®, uma tecnologia para apresentar tipos de letra de computador de forma nítida e suave, sobretudo quando utilizar um monitor LCD.

Um servidor de terminais do Windows Server 2008 pode ser configurado para fornecer funcionalidade ClearType quando um computador cliente ligar ao servidor de terminais do Windows Server 2008 utilizando a Ligação ao Ambiente de Trabalho Remoto. Esta funcionalidade é denominada suavização de tipos de letra. A suavização de tipos de letra está disponível se o computador cliente tiver um dos seguintes sistemas operativos:

  • Windows Vista

  • Windows Server 2003 com SP1 ou SP2 e o software Ligação ao Ambiente de Trabalho Remoto 6.0

  • Windows XP com SP2 e o software Ligação ao Ambiente de Trabalho Remoto 6.0

Por predefinição, o ClearType está activado no Windows Server 2008. Para garantir que o ClearType está activado no servidor de terminais do Windows Server 2008, siga este procedimento.

  1. Clique em Iniciar, clique em Painel de Controlo e, em seguida, faça clique em Aspecto e Personalização.

  2. Clique em Personalização e, em seguida, clique em Cor e Aspecto das Janelas.

  3. No separador Aspecto, clique em Efeitos. Seleccione a caixa de verificação Utilizar o seguinte método para suavizar as arestas dos tipos de letra do ecrã, seleccione ClearType e clique em OK.

Para disponibilizar a suavização de tipos de letra numa ligação ao ambiente de trabalho remoto, siga este procedimento no computador cliente.

  1. Abra a Ligação ao Ambiente de Trabalho Remoto. Para abrir a Ligação ao Ambiente de Trabalho Remoto no Windows Vista, clique em Iniciar, aponte para Todos os Programas, clique em Acessórios e, em seguida, clique em Ligação ao Ambiente de Trabalho Remoto.

  2. Na caixa de diálogo Ligação ao Ambiente de Trabalho Remoto, clique em Opções.

  3. No separador Desempenho, seleccione a caixa de verificação Suavização de tipos de letra.

  4. Configure as definições de ligação restantes e, em seguida, clique em Ligar.

Quando permite a suavização de tipos de letra, está a especificar que as definições locais no computador cliente ajudarão a determinar a experiência do utilizador na ligação de trabalho remota. Note que, ao permitir a suavização de tipos de letra, não está a alterar as definições no servidor de terminais do Windows Server 2008.

A utilização da suavização de tipos de letra numa sessão de ambiente de trabalho remoto aumentará a quantidade de largura de banda utilizada entre o computador cliente e o servidor de terminais do Windows Server 2008.

A atribuição de prioridades aos dados de visualização controla o tráfego do canal virtual para que os dados do monitor, do teclado e do rato recebam uma prioridade superior relativamente ao outro tráfego do canal virtual, tal como a impressão ou as transferências de ficheiros. A atribuição de prioridades foi concebida para garantir que o desempenho do ecrã não é afectado negativamente por acções que utilizem intensivamente a largura de banda, tais como trabalhos de impressão de grandes dimensões.

A proporção de largura de banda predefinida é 70:30. Setenta por cento da largura de banda serão alocados aos dados de visualização e entrada de dados; os restantes 30 por cento da largura de banda serão alocados a todo o outro tráfego, tal como área de transição, transferências de ficheiros ou tarefas de impressão.

Pode ajustar as definições de atribuição de prioridades aos dados efectuando alterações ao registo do servidor de terminais. Pode alterar o valor das entradas seguintes na subchave HKEY_LOCAL_MACHINE\SYSTEM\CurrentControlSet\Services\TermDD:

  • FlowControlDisable

  • FlowControlDisplayBandwidth

  • FlowControlChannelBandwidth

  • FlowControlChargePostCompression

Se estas entradas não estiverem presentes, pode adicioná-las. Para o fazer, clique com o botão direito do rato em TermDD, aponte para Novo e, em seguida, clique em Valor DWORD (32 bits).

Pode desactivar a atribuição de prioridades aos dados de visualização definindo o valor de FlowControlDisable para 1. Se a atribuição de prioridades aos dados de visualização for desactivada, todos os pedidos serão processados numa base first-in-first-out. O valor predefinido de FlowControlDisable é 0.

Pode definir a prioridade de largura de banda relativa para dados de visualização (e dados de introdução) definindo o valor FlowControlDisplayBandwidth. O valor predefinido é 70; o valor máximo permitido é 255.

Pode definir a prioridade de largura de banda relativa para os outros canais virtuais (tais como área de transferência, transferências de ficheiros ou tarefas de impressão) definindo o valor de FlowControlChannelBandwidth. O valor predefinido é 30; o valor máximo permitido é 255.

A proporção de largura de banda para atribuição de prioridades aos dados de visualização é baseada nos valores de FlowControlDisplayBandwidth e FlowControlChannelBandwidth. Por exemplo, se FlowControlDisplayBandwidth estiver definido como 150 e FlowControlChannelBandwidth estiver definido como 50, a proporção é 150:50, pelo que serão alocados 75 por cento de largura de banda aos dados de visualização e introdução.

O valor de FlowControlChargePostCompression determina se o controlo de fluxo irá calcular a alocação de largura de banda com base nos bytes pré-compressão ou pós-compressão. O valor predefinido é 0, o que significa que o cálculo será efectuado com base nos bytes pré-compressão.

Se efectuar quaisquer alterações aos valores do registo, necessita de reiniciar o servidor de terminais para que as alterações sejam activadas.

Para obter informações sobre outras funcionalidades novas dos Serviços de Terminal, consulte Novidades dos Serviços de Terminal no Windows Server 2008.

Considera isto útil?
(1500 caracteres restantes)
Obrigado pelos seus comentários

Conteúdo da Comunidade

Adicionar
Mostrar:
© 2014 Microsoft