Using PowerShell with Exchange 2013 (Exchange Management Shell)

 

Aplica-se a:Exchange Online, Exchange Server 2013

Tópico modificado em:2015-06-04

Saiba mais sobre o Shell de Gerenciamento do Exchange, também conhecido como Exchange PowerShell. Este artigo descreve o acesso ao shell de gerenciamento do Microsoft Exchange Server 2013 e fornece links para outros tópicos que ajudarão você a aprender a usar o Exchange PowerShell.

O Shell de Gerenciamento do Exchange, baseado na tecnologia do Windows PowerShell, oferece uma interface de linha de comando poderosa para o Microsoft Exchange Server 2013 que permite a automação de tarefas administrativas. Com o Shell, é possível gerenciar todos os aspectos do Exchange. Você pode habilitar novas contas de email, criar conectores de Envio e de Recebimento, configurar propriedades de banco de dados, gerenciar grupos de distribuição e muito mais. O Shell pode executar todas as tarefas que podem ser executadas pelo EAC (Centro de Administração do Exchange), além de tarefas que não podem ser executadas no EAC. Na verdade, quando você faz algo no EAC, o Shell faz o trabalho nos bastidores.

O Shell também oferece uma plataforma de scripts robusta e flexível que pode reduzir a complexidade dos scripts atuais do MicrosoftVisual Basic Tarefas que antes exigiam muitas linhas em scripts do Visual Basic agora podem ser realizadas com apenas uma linha de código no Shell. O Shell oferece essa flexibilidade porque não usa texto como base de interação com o sistema, mas usa um modelo de objeto baseado na plataforma Microsoft.NET. Esse modelo de objeto permite que os cmdlets do Shell apliquem a saída de um comando aos comandos subsequentes, quando são executados.

Se quiser começar a usar o Shell imediatamente, confira a seção “Noções básicas do Shell de Gerenciamento do Exchange”, posteriormente neste tópico. Para obter uma lista de cmdlets incluída com o Exchange 2013, confira Exchange 2013 cmdlets. Caso contrário, continue lendo para obter mais informações sobre o Shell no Exchange 2013.

Procurando uma lista de tópicos do Shell? Confira Documentação do Shell .

Com o Exchange 2013, você pode se conectar a uma sessão remota em um computador do Exchange 2013 remoto para realizar comandos no computador remoto. Esteja você usando o Shell para administrar um servidor local ou para administrar um servidor do outro lado do país, o Shell remoto é usado para realizar a operação no Exchange 2013. Se as ferramentas de gerenciamento do Exchange estiverem instaladas e você quiser usar o Shell, siga o procedimento em Open the Shell.

No Exchange 2013, ao clicar no atalho do Shell, o Windows PowerShell será aberto. Ao contrário do Microsoft Exchange Server 2007, que usa o Windows PowerShell local , um snap-in do Windows PowerShell para o Exchange não é carregado. Em vez disso, o Windows PowerShell se conecta ao servidor Exchange 2013 mais próximo usando um componente obrigatório chamado Windows Remote Management 3.0, realiza as verificações de autenticação e cria uma sessão remota para você usar. Quando a sessão remota é criada, você obtém acesso apenas aos cmdlets e parâmetros associados aos grupos de funções de gerenciamento e às funções de gerenciamento atribuídas a você. Para saber mais sobre como o Exchange usa grupos de função e funções para gerenciar quem pode fazer quais tarefas, confira Permissões.

Um benefício do Shell remoto é que não é necessário instalar ferramentas específicas do Exchange no seu computador. Com a instalação do Windows PowerShell, do .NET Framework 4.5 e do Windows Remote Management 3.0 em qualquer computador com Windows 7, Windows 8, Windows Server 2008 R2 Service Pack 1 (SP1) ou Windows Server 2012, você pode se conectar a um computador do Exchange 2013 remoto para administrá-lo. Entretanto, embora seja possível gerenciar um servidor Exchange 2013 apenas com o Windows PowerShell, o NET Framework 4.5 e o Windows Remote Management 3.0, recomendamos a instalação das ferramentas de gerenciamento do Exchange em qualquer computador usado para gerenciar o Exchange 2013. Sem a instalação das ferramentas de gerenciamento do Exchange, você precisa se conectar ao servidor Exchange 2013 remoto manualmente e não tem acesso aos recursos adicionais oferecidos pelas ferramentas de gerenciamento do Exchange.

Para obter mais informações sobre como se conectar aos servidores Exchange 2013 sem precisar instalar as ferramentas de gerenciamento do Exchange, confira Conectar-se ao Exchange usando o Shell Remoto.

 
Mostrar: