Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo

Boletim de Segurança da Microsoft MS14-043 - Crítico

Vulnerabilidade no Windows Media Center pode permitir a execução remota de código (2978742)

Publicado em: 12 de agosto de 2014

Versão: 1.0

Informações Gerais

Sinopse

Esta atualização de segurança elimina uma vulnerabilidade relatada de forma privada no Microsoft Windows. A vulnerabilidade pode permitir a execução remota de código se um usuário abrir um arquivo do Microsoft Office especialmente criado que invoque recursos do Windows Media Center. O invasor que explorar com êxito essa vulnerabilidade poderá obter os mesmos direitos que o usuário atual. Os clientes cujas contas são configuradas com poucos direitos de usuário no sistema correm menos riscos do que aqueles que possuem direitos administrativos.

Esta atualização de segurança é classificada como Crítica para todas as edições com suporte do Windows Media Center TV Pack para Windows Vista, todas as edições com suporte do Windows 7, exceto as edições Starter e Home Basic, o Windows Media Center quando instalado no Windows 8 Professional Edition e Windows Media Center quando instalado no Windows 8.1 Professional Edition. Para obter mais informações, consulte a seção Softwares afetados e não afetados.

A atualização de segurança elimina a vulnerabilidade, modificando a forma como objetos Component Object Model (COM) são manipulados na memória. Para obter mais informações sobre a vulnerabilidade, consulte a subseção Perguntas frequentes (FAQ) para a vulnerabilidade específica mais adiante neste boletim.

Recomendação. A maioria dos clientes tem o recurso de atualizações automáticas habilitado e não precisará tomar nenhuma providência porque esta atualização de segurança será baixada e instalada automaticamente. Para obter informações sobre opções de configuração específicas em atualizações automáticas, veja o Artigo 294871 da Base de Conhecimento Microsoft. Para clientes que não têm a atualização automática habilitada, as etapas em Ativar ou desativar a atualização automática poderão ser usadas para ativar a atualização automática.

Para instalações de administradores e empresas, ou usuários finais que desejam instalar esta atualização de segurança manualmente (incluindo clientes que não tenham habilitado o recurso de atualização automática), a Microsoft recomenda que apliquem a atualização imediatamente e que os clientes avaliem se devem aplicar a atualização de segurança aos sistemas afetados usando o software de gerenciamento de atualização, ou verificando se há atualizações usando o serviço Microsoft Update. As atualizações também estão disponíveis pelos links de download na tabela Softwares afetados mais adiante neste boletim.

Consulte também a seção Orientação e ferramentas de detecção e implantação mais adiante neste boletim.

Artigo da Base de Conhecimento Microsoft

  • Artigo da Base de Conhecimento Microsoft: 2978742
  • Informações sobre o arquivo: Sim
  • Hashes SHA1/SHA2: Sim
  • Problemas conhecidos: Nenhuma

 

O software a seguir foi testado para determinar quais versões ou edições foram afetadas. O ciclo de vida do suporte das outras versões ou edições já terminou ou elas não são afetadas. Para determinar o ciclo de vida do suporte para sua versão ou edição de software, visite o site Ciclo de vida do suporte Microsoft.

Softwares afetados 

Sistema operacional

Componente

Impacto máximo à segurança

Avaliação de gravidade agregada

Atualizações substituídas

Windows 7

Windows 7 para sistemas de 32 bits Service Pack 1
(todas as edições exceto Starter e Home Basic)
(2978742)

Não Aplicável

Execução remota de código

Crítica

Nenhuma

Windows 7 para Sistemas Service Pack 1 baseados em x64
(todas as edições exceto Starter e Home Basic)
(2978742)

Não Aplicável

Execução remota de código

Crítica

Nenhuma

Windows 8 e Windows 8.1

Windows 8 para sistemas de 32 bits
(somente edição Professional)

Windows Media Center
(2978742)

Execução remota de código

Crítica

Nenhuma

Windows 8 para sistemas baseados em x64
(somente edição Professional)

Windows Media Center
(2978742)

Execução remota de código

Crítica

Nenhuma

Windows 8.1 para sistemas de 32 bits
(somente edição Professional)

Windows Media Center [1]
(2978742)

Execução remota de código

Crítica

Nenhuma

Windows 8.1 para sistemas baseados em x64
(somente edição Professional)

Windows Media Center [1]
(2978742)

Execução remota de código

Crítica

Nenhuma

[1]Esta atualização é para os sistemas que têm a atualização 2919355 instalada. Consulte as Perguntas frequentes de atualização para obter mais informações.

 

Softwares afetados 

Outros softwares

Impacto máximo à segurança

Avaliação de gravidade agregada

Atualizações substituídas

Windows Media Center TV Pack para Windows Vista (edições de 32 bits) [2]
(2978742)

Execução remota de código

Crítica

Nenhuma

Windows Media Center TV Pack para Windows Vista (edições de 64 bits) [2]
(2978742)

Execução remota de código

Crítica

Nenhuma

[2]O Windows Media Center TV Pack para Windows Vista está disponível somente como um componente opcional nas instalações OEM das edições Home Premium e Ultimate do Windows Vista.

 

Softwares não afetados

Sistema operacional

Windows Vista Service Pack 2

Windows Vista x64 Edition Service Pack 2

Windows Server 2003 Service Pack 2

Windows Server 2003 x64 Edition Service Pack 2

Windows Server 2003 com SP2 para sistemas baseados no Itanium

Windows 7 para sistemas de 32 bits Service Pack 1
(somente edições Starter e Home Basic)

Windows 7 para Sistemas Service Pack 1 baseados em x64
(somente edições Starter e Home Basic)

Windows Server 2008 para sistemas de 32 bits Service Pack 2

Windows Server 2008 para sistemas baseados em x64 Service Pack 2

Windows Server 2008 para sistemas baseados no Itanium Service Pack 2

Windows 8 para sistemas de 32 bits
(exceto edição Professional)

Windows 8 para sistemas baseados em x64
(exceto somente edição Professional)

Windows 8.1 para sistemas de 32 bits
(exceto edição Professional)

Windows 8.1 para sistemas baseados em x64
(exceto edição Professional)

Windows Server 2008 R2 para Sistemas Service Pack 1 baseados em x64

Windows Server 2008 R2 para sistemas baseados no Itanium Service Pack 1

Windows Server 2012

Windows Server 2012 R2

Windows RT

Windows RT 8.1

Opção de instalação Server Core

Windows Server 2008 para sistemas de 32 bits Service Pack 2 (instalação Server Core)

Windows Server 2008 para sistemas baseados em x64 Service Pack 2 (instalação Server Core)

Windows Server 2008 R2 para sistemas baseados em x64 Service Pack 1 (instalação Server Core)

Windows Server 2012 (instalação Server Core)

Windows Server 2012 R2 (instalação Server Core)

 

Estou executando o Windows 8.1. Por que não estão me oferecendo a atualização? 
Para receber ofertas de atualizações de segurança no Windows 8.1, a atualização do Windows 8.1 (2919355) deve ser instalada no sistema. Para obter mais informações, consulte o Artigo 2919355 (em inglês) da Microsoft Knowledge Base.

Existem pré-requisitos para esta atualização para Windows 8.1? 
Sim. Os clientes que executam o Windows 8.1 devem instalar a atualização do Windows 8.1 (2919355) lançada em abril de 2014 antes de instalar esta atualização. Para obter mais informações sobre esta atualização de pré-requisito, consulte o Artigo 2919355 (em inglês) da Microsoft Knowledge Base.

O que é o Windows Media Center TV Pack para Windows Vista? 
O Windows Media Center TV Pack para Windows Vista é um lançamento do Windows Vista Media Center que estava disponível somente como um componente opcional nas instalações OEM das edições Home Premium e Ultimate do Windows Vista.

Como as instalações do Núcleo do Servidor são afetadas pelas vulnerabilidades abordadas neste boletim? 
As vulnerabilidades abordadas por esta atualização não afetam as edições do Windows Server 2008, Windows Server 2008 R2 ou Windows Server 2012 com suporte, conforme indicado, quando ele for instalado usando a opção de instalação Núcleo do Servidor. Para obter mais informações sobre esta opção de instalação, consulte os artigos da Technet Managing a Server Core Installation (em inglês): Overview, Servicing a Server Core Installation, e Server Core and Full Server Integration Overview.

Uso uma versão mais antiga do software discutido neste boletim de segurança. O que devo fazer? 
Os softwares afetados listados neste boletim foram testados para determinar quais edições são afetadas. Outras versões passaram seu ciclo de vida de suporte. Para obter mais informações sobre o ciclo de vida do produto, visite o site Ciclo de vida do suporte Microsoft.

Os clientes que possuem versões anteriores do software devem priorizar a migração para as versões com suporte, a fim de evitar uma possível exposição a vulnerabilidades. Para determinar o ciclo de vida do suporte para sua versão de software, consulte Selecione um Produto para Obter Informações do Ciclo de Vida. Para obter mais informações sobre service packs para essas versões de software, consulte Política de Suporte do Ciclo de Vida do Service Pack.

Os clientes que precisarem de suporte adicional para software mais antigo deverão entrar em contato com o representante da equipe de contas da Microsoft, o gerente técnico da conta ou o representante do parceiro Microsoft apropriado para obter opções de suporte personalizadas. Os clientes sem um contrato Alliance, Premier ou Authorized podem entrar em contato com o escritório de vendas local da Microsoft. Para obter informações de contato, visite o site de Informações internacionais da Microsoft, selecione o país na lista de informações de contato e, em seguida, clique em Ir para ver uma lista de telefones. Ao ligar, peça para falar com o gerente de vendas local de Suporte Premier. Para obter mais informações, consulte as Perguntas Frequentes sobre a Política do Ciclo de Vida do Suporte da Microsoft.

As classificações de gravidade a seguir pressupõem o impacto máximo possível da vulnerabilidade. Para obter informações referentes à probabilidade de exploração da vulnerabilidade em relação à sua classificação de gravidade e ao impacto à segurança, em até 30 dias a partir do lançamento deste boletim de segurança, consulte o Índice de exploração no resumo de boletins de agosto. Para obter mais informações, consulte o Índice de exploração da Microsoft.

A Classificação de gravidade de vulnerabilidade e Impacto máximo de segurança por software afetado

Softwares afetados

Vulnerabilidade de uso após liberação de CSyncBasePlayer - CVE-2014-4060

Avaliação de gravidade agregada

Windows Vista

Windows Media Center TV Pack para Windows Vista (edições de 32 bits)
(2978742)

Crítica 
Execução remota de código

Crítica

Windows Media Center TV Pack para Windows Vista (edições de 64 bits)
(2978742)

Crítica 
Execução remota de código

Crítica

Windows 7

Windows 7 para sistemas de 32 bits Service Pack 1
(2978742)

Crítica 
Execução remota de código

Crítica

Windows 7 para Sistemas Service Pack 1 baseados em x64
(2978742)

Crítica 
Execução remota de código

Crítica

Windows 8 e Windows 8.1

Windows Media Center quando instalado no Windows 8 para sistemas de 32 bits
(2978742)

Crítica 
Execução remota de código

Crítica

Windows Media Center quando instalado no Windows 8 para sistemas baseados em x64
(2978742)

Crítica 
Execução remota de código

Crítica

Windows Media Center quando instalado no Windows 8.1 Professional para sistemas de 32 bits
(2978742)

Crítica 
Execução remota de código

Crítica

Windows Media Center quando instalado no Windows 8.1 Professional para sistemas baseados em x64
(2978742)

Crítica 
Execução remota de código

Crítica

 

Existe uma vulnerabilidade de execução remota de código no Windows Media Center, que pode ser explorada convencendo um usuário a abrir um arquivo do Microsoft Office especialmente criado.

Para exibir esta vulnerabilidade como uma entrada padrão na lista Common Vulnerabilities and Exposures, consulte CVE-2014-4060.

Fatores atenuantes

A atenuação refere-se a uma configuração, configuração comum ou prática recomendada geral, existindo num estado padrão, que possa reduzir a gravidade de exploração de uma vulnerabilidade. Os fatores de atenuação a seguir podem ser úteis em sua situação:

  • A vulnerabilidade não pode ser explorada automaticamente por email. Para que um ataque seja bem-sucedido, um usuário deve abrir um anexo enviado em uma mensagem de e-mail.
  • Em um cenário de ataque pela Web, o invasor pode hospedar um site que contenha um arquivo do Office especialmente criado, usado para tentar explorar esta vulnerabilidade. Além disso, sites comprometidos e sites que aceitem ou hospedem conteúdo fornecido pelo usuário ou anúncios podem conter conteúdo especialmente criado que pode explorar esta vulnerabilidade. Em todos os casos, entretanto, o invasor não tem como forçar os usuários a exibir o conteúdo controlado pelo invasor. Em vez disso, o invasor tem de persuadir os usuários a executar uma ação, geralmente fazendo-os clicar em um link em um e-mail ou em uma mensagem do Instant Messenger que leve os usuários ao site do invasor, e então persuadi-los a abrir o arquivo do Office especialmente criado.
  • O invasor que explorar com êxito essa vulnerabilidade poderá obter os mesmos direitos que o usuário atual. Os clientes cujas contas são configuradas com poucos direitos de usuário no sistema correm menos riscos do que aqueles que possuem direitos administrativos.

Soluções alternativas

A solução alternativa refere-se a uma configuração ou alteração de configuração que não corrige a vulnerabilidade subjacente mas que ajudaria a bloquear vetores de ataque conhecidos antes de aplicar a atualização. A Microsoft testou as soluções alternativas e estados a seguir como parte do cenário que implica se uma solução alternativa reduziria funcionalidade:

  • Não abra arquivos do Office recebidos de fontes não confiáveis ou recebidos inesperadamente de fontes confiáveis
    Não abra arquivos do Office recebidos de fontes não confiáveis ou recebidos inesperadamente de fontes confiáveis. Essa vulnerabilidade pode ser explorada quando o usuário abre um arquivo especialmente criado.

Perguntas frequentes

Qual é o escopo da vulnerabilidade? 
Essa é uma vulnerabilidade de execução remota de código.

O que provoca a vulnerabilidade? 
A vulnerabilidade é causada quando MCPlayer.dll falha ao limpar recursos corretamente após um objeto CSyncBasePlayer ser excluído.

O que é MCPlayer.dll? 
MCPlayer é um componente do Windows Media Center que gerencia reprodução de áudio e vídeo.

O que é o Component Object Model (COM)? 
O Component Object Model (COM) é um sistema independente de plataforma, distribuído e orientado a objeto para criar componentes de software binário que são capazes de interação. COM é a tecnologia de fundação das tecnologias OLE da Microsoft (documentos compostos) e ActiveX (componentes ativados pela Internet).

Para que um invasor pode usar a vulnerabilidade? 
O invasor que explorar esta vulnerabilidade com êxito poderá executar código arbitrário no contexto do usuário atual. O invasor poderá instalar programas; exibir, alterar ou excluir dados; ou criar novas contas com direitos totais de administração.

De que forma o invasor pode explorar a vulnerabilidade? 
Um invasor pode explorar esta vulnerabilidade, colocando arquivos do Office especialmente criados em um compartilhamento remoto, ou os anexando a um e-mail. Quando um usuário clica duas vezes em o arquivo especialmente criado em um computador que com o Windows Media Center, o código mal-intencionado pode ser executado.

Quais são os principais sistemas que correm riscos com a vulnerabilidade? 
Esta vulnerabilidade afeta principalmente as estações de trabalho que executam Microsoft Office e contêm componentes do Windows Media Center.

A maioria das vulnerabilidades relacionadas ao Microsoft Office são classificadas como Importantes; por que esta vulnerabilidade é classificada como Crítica? 
A maioria das vulnerabilidades do Microsoft Office que requerem a interação do usuário para serem exploradas são classificadas como Importantes. Entretanto, até a data da publicação deste boletim, a Microsoft não pode descartar a possibilidade de que um vetor de ataque baseado na Web poderia ser potencialmente utilizado para explorar o código fundamental vulnerável. Dessa maneira, a vulnerabilidade foi classificado como Crítico.

O que a atualização faz? 
A atualização elimina a vulnerabilidade, modificando a forma como objetos Component Object Model (COM) são manipulados na memória.

Quando esse boletim de segurança foi lançado, essa vulnerabilidade já tinha sido divulgada publicamente? 
Não. A Microsoft recebeu informações sobre esta vulnerabilidade por meio da divulgação coordenada de vulnerabilidades.

Quando este boletim de segurança foi lançado, a Microsoft havia recebido algum relatório informando que essa vulnerabilidade estava sendo explorada? 
Não. A Microsoft não recebeu nenhuma informação indicando que essa vulnerabilidade tinha sido usada publicamente para atacar clientes quando este boletim de segurança foi lançado pela primeira vez.

Vários recursos estão disponíveis para ajudar administradores a implantar atualizações de segurança. 

  • O MBSA (Microsoft Baseline Security Analyzer) permite aos administradores pesquisar, em sistemas locais e remotos, atualizações de segurança ausentes e problemas de configuração de segurança comuns. 
  • O WSUS (Windows Server Update Services), SMS (Systems Management Server) e SCCM (System Center Configuration Manager) ajudam os administradores a distribuir as atualizações de segurança. 
  • Os componentes do Avaliador de compatibilidade com atualizações, incluídos no Kit de ferramentas de compatibilidade de aplicativos, auxilia a otimizar os testes e a validação das atualizações do Windows com relação aos aplicativos instalados. 

Para informações sobre estas e outras ferramentas que estão disponíveis, consulte Ferramentas de segurança para profissionais de TI

Windows Media Center TV Pack para Windows Vista

Tabela de referência

A tabela a seguir contém as informações de atualização de segurança desse software.

Nomes dos arquivos de atualização de segurança

Para o Windows Media Center TV Pack para Windows Vista (edições de 64 bits):
MCETVPack-Windows6.0-KB2978742-x86.msu


Para o Windows Media Center TV Pack para Windows Vista (edições de 64 bits):
MCETVPack-Windows6.0-KB2978742-x64.msu

Opções de instalação

Consulte o artigo 934307 (em inglês) da Microsoft Knowledge Base

Requisito de reinicialização

Em alguns casos, esta atualização não exige a reinicialização. Se os arquivos exigidos estiverem em uso, será necessária uma reinicialização. Se isso ocorrer, uma mensagem que aconselha a reinicialização será exibida.

Informações sobre remoção

O WUSA.exe não oferece suporte à desinstalação de atualizações. Para desinstalar uma atualização instalada por WUSA, clique em Painel de Controle e em Segurança. No Windows Update, clica em Exibir atualizações instaladas e seleciona a partir da lista de atualizações.

Informações sobre o arquivo

Consulte o Artigo 2978742 da Base de Dados de Conhecimento Microsoft

Verificação da chave do Registro

Observação Não existe uma chave do Registro para validar a presença dessa atualização.

 

Windows 7 (todas as edições)

Tabela de referência

A tabela a seguir contém as informações de atualização de segurança desse software.

Nome do arquivo de atualização de segurança

Para todas as edições de 32 bits com suporte do Windows 7:
Windows6.1-KB2978742-x86.msu


Para todas as edições baseadas em x64 com suporte do Windows 7:
Windows6.1-KB2978742-x64.msu

Opções de instalação

Consulte o artigo 934307 (em inglês) da Microsoft Knowledge Base

Requisito de reinicialização

Em alguns casos, esta atualização não exige a reinicialização. Se os arquivos exigidos estiverem em uso, será necessária uma reinicialização. Se isso ocorrer, uma mensagem que aconselha a reinicialização será exibida.

Informações sobre remoção

Para desinstalar uma atualização instalada pelo WUSA, use a opção de instalação /Uninstall ou clique em Painel de Controle e em Sistema e Segurança; depois, no Windows Update, clique em Exibir atualizações instaladas e faça sua seleção na lista de atualizações.

Informações sobre o arquivo

Consulte o Artigo 2978742 da Base de Dados de Conhecimento Microsoft

Verificação da chave do Registro

Observação Não existe uma chave do Registro para validar a presença dessa atualização.

 

Windows 8 e Windows 8.1 (todas as edições)

Tabela de referência

A tabela a seguir contém as informações de atualização de segurança desse software.

Nome do arquivo de atualização de segurança

Para Windows Media Center, quando instalado em todas as edições de 32 bits com suporte do Windows 8:
Windows8-RT-KB2978742-x86.msu


Para o Windows Media Center, quando instalado em todas as edições baseadas em x64 com suporte do Windows 8:
Windows8-RT-KB2978742-x64.msu


Para o Windows Media Center, quando instalado em edições de 32 bits do Windows 8.1 Professional:
Windows8.1-KB2978742-x86.msu


Para o Windows Media Center, quando instalado em edições baseadas em x64 do Windows 8.1 Professional:
Windows8.1-KB2978742-x64.msu

Opções de instalação

Consulte o artigo 934307 (em inglês) da Microsoft Knowledge Base

Requisito de reinicialização

Em alguns casos, esta atualização não exige a reinicialização. Se os arquivos exigidos estiverem em uso, será necessária uma reinicialização. Se isso ocorrer, uma mensagem que aconselha a reinicialização será exibida.

Informações sobre remoção

Para desinstalar uma atualização instalada pelo WUSA, use a opção /Uninstall ou clique em Painel de Controle, Sistema e Segurança; depois clique no Windows Update, e, abaixo de Veja também, clique em Atualizações instaladas e selecione uma opção na lista.

Informações sobre o arquivo

Consulte o Artigo 2978742 da Base de Dados de Conhecimento Microsoft

Verificação da chave do Registro

Observação Não existe uma chave do Registro para validar a presença dessa atualização.

  

A Microsoft agradece às pessoas mencionadas abaixo por trabalhar conosco para ajudar a proteger os clientes:

  • Alisa Esage (@alisaesage), que trabalha com a Zero Day Initiative da HP, por relatar a Vulnerabilidade de uso após liberação do CSyncBasePlayer (CVE-2014-4060)

Microsoft Active Protections Program (MAPP)

Para melhorar as proteções de segurança para os clientes, a Microsoft fornece informações sobre vulnerabilidades aos principais fornecedores de software de segurança antes do lançamento de cada atualização de segurança mensal. Assim, os fornecedores de software de segurança podem usar essas informações sobre vulnerabilidades para fornecer proteções atualizadas aos clientes por meio de seus softwares ou dispositivos de segurança, como antivírus, sistemas de detecção de invasões baseados em rede ou sistemas de prevenção de invasões baseados em host. Para determinar se os fornecedores de software de segurança estão disponibilizando proteções ativas, visite os sites de proteções ativas fornecidos pelos parceiros do programa, listados em Parceiros do Microsoft Active Protections Program (MAPP).

Suporte

Como obter ajuda e suporte para esta atualização de segurança

Aviso de isenção de responsabilidade

As informações fornecidas na Microsoft Knowledge Base são apresentadas "no estado em que se encontram", sem garantia de qualquer tipo. A Microsoft se isenta de todas as garantias, expressas ou implícitas, inclusive as garantias de comercialização e adequação a um propósito específico. Em hipótese alguma a Microsoft Corporation ou seus fornecedores serão responsáveis por quaisquer danos, inclusive danos diretos, indiretos, incidentais, consequenciais, danos por lucros cessantes ou danos especiais, mesmo que a Microsoft Corporation ou seus fornecedores tenham sido alertados da possibilidade dos referidos danos. Como alguns estados não permitem a exclusão ou limitação de responsabilidade por danos consequenciais ou indiretos, a limitação acima pode não ser aplicável a você.

Revisões

  • V1.0 (12 de agosto de 2014): Boletim publicado.

Página gerada em 07/08/2014 12:02Z-07:00.
Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários
Mostrar:
© 2015 Microsoft