Table of contents
TOC
Recolher sumário
Expandir sumário

Usar a Ferramenta de Gerenciamento de Ativação de Volume

J. Decker|Última Atualização: 21/10/2016
|
1 Colaborador

Aplica-se a

  • Windows 10
  • Windows 8.1
  • Windows 8
  • Windows 7
  • Windows Server 2012 R2
  • Windows Server 2012
  • Windows Server 2008 R2

Procurando ativação comercial?

A VAMT (Ferramenta de Gerenciamento de Ativação de Volume) fornece vários recursos úteis, incluindo a capacidade de executar uma ativação de proxy VAMT e rastrear e monitorar diversos tipos de chaves do produto (Product Key).

Ao usar a VAMT, você pode automatizar e gerenciar centralmente o processo de ativação de volume, comercial e MAK para o Windows, o Office e outros produtos da Microsoft selecionados. A VAMT pode gerenciar a ativação de volume usando MAKs ou KMS. A ferramenta é um snap-in padrão do Console de Gerenciamento Microsoft e pode ser instalada em qualquer computador que execute o Windows 10, o Windows 8.1, o Windows 8, o Windows 7, o Windows Server 2012 R2, o Windows Server 2012 ou o Windows Server 2008 R2.

A VAMT é distribuída como parte do Windows ADK (Kit de Avaliação e Implantação do Windows), que pode ser baixado gratuitamente no Centro de Download da Microsoft. Para obter mais informações, consulte Kit de Avaliação e Implantação do Windows (Windows ADK) para Windows 10.

No Windows Server 2012 R2, você pode instalar a VAMT diretamente do Gerenciador do Servidor sem baixar o Windows ADK. Basta selecionar a função Serviços de Ativação de Volume ou o recurso Ferramentas de Administração de Servidor Remoto/Ferramentas de Administração de Funções/Ferramentas de Ativação de Volume.

Ativando com a Ferramenta de Gerenciamento de Ativação de Volume

Você pode usar a VAMT para concluir o processo de ativação em produtos usando a MAK e chaves comerciais, e também pode trabalhar com computadores de forma individual ou em grupos. A VAMT permite dois cenários de ativação:

  • Ativação online. A ativação online permite ativar pela Internet todos os produtos que são instalados com a MAK, o host KMS ou chaves do produto comerciais. Você pode ativar um ou mais computadores conectados em uma rede. Esse processo requer que todos os produtos comuniquem suas informações de ativação diretamente à Microsoft.
  • Ativação de proxy. Esse método de ativação permite executar a ativação de volume para produtos instalados em computadores cliente que não têm acesso à Internet. O computador host da VAMT distribui uma MAK, uma chave host KMS ou uma chave do produto comercial para um ou mais produtos do cliente e coleta a ID de instalação de cada produto do cliente. O host da VAMT envia as IDs de instalação para a Microsoft em nome dos produtos do cliente e obtém as IDs de confirmação correspondentes. O host da VAMT instala as IDs de confirmação nos produtos do cliente para concluir a ativação. Ao usar esse método, apenas o computador host da VAMT requer acesso à Internet. A ativação de proxy usando a VAMT é útil para segmentos de rede isolados e para casos em que a organização tem uma mistura de ativações comerciais, MAK e KMS.

Rastreando produtos e computadores com a Ferramenta de Gerenciamento de Ativação de Volume

A VAMT fornece uma visão geral do status da ativação e do licenciamento de computadores em sua rede, conforme mostrado na Figura 18. Diversos relatórios predefinidos também estão disponíveis para ajudar você a gerenciar o licenciamento de forma proativa.

A VAMT mostrando o status de licenciamento de vários computadores

Figura 18. A VAMT mostrando o status de licenciamento de vários computadores

Rastreando o uso da chave com a Ferramenta de Gerenciamento de Ativação de Volume

A VAMT facilita o rastreamento das diversas chaves que são emitidas para sua organização. Você pode inserir cada chave na VAMT, e a VAMT pode usar essas chaves para ativação online ou de proxy de clientes. A ferramenta também pode descrever qual é o tipo de chave e a qual grupo de produtos ela pertence. A VAMT é a maneira mais conveniente de determinar rapidamente quantas ativações restam em uma MAK. A Figura 19 mostra um exemplo de tipos e uso de chaves.

A VAMT mostrando tipos e uso de chaves

Figura 19. A VAMT mostrando tipos e uso de chaves

Outros recursos da Ferramenta de Gerenciamento de Ativação de Volume

A VAMT armazena informações em um banco de dados do Microsoft SQL Server para fins de desempenho e flexibilidade, e fornece uma única interface gráfica do usuário para gerenciar ativações e realizar outras tarefas relacionadas à ativação, como:

  • Adicionar e remover computadores. Você pode usar a VAMT para descobrir computadores no ambiente local. A VAMT pode descobrir computadores consultando o AD DS, grupos de trabalho, endereços IP ou nomes de computador individuais, ou por meio de uma consulta LDAP geral.
  • Descobrir produtos. Você pode usar a VAMT para descobrir o Windows, o Windows Server, o Office e outros produtos selecionados que estão instalados nos computadores cliente.
  • Gerenciar dados de ativação. A VAMT armazena dados de ativação em um banco de dados do SQL Server. A ferramenta pode exportar esses dados em formato XML para outros hosts da VAMT ou para um arquivo morto.

Para obter mais informações, consulte:

Veja também

© 2017 Microsoft