Tarefa Criação de Perfil de Dados

 

Aplicável a: SQL Server 2016

A tarefa Criação de Perfil de Dados computa vários perfis ajudam a familiarizar-se com uma fonte de dados e a identificar problemas nos dados que precisam ser corrigidos.

É possível usar a tarefa Criação de perfil de dados dentro de um pacote Integration Services para criar perfil de dados armazenado no SQL Server e identificar possíveis problemas com a qualidade dos dados.

System_CAPS_ICON_note.jpg Observação


Este tópico descreve apenas os recursos e os requisitos da tarefa Criação de Perfil de Dados. Para obter um passo a passo de como usar a tarefa Criação de Perfil de Dados, consulte a seção Tarefa e Visualizador de Criação de Perfil de Dados.

A tarefa Criação de Perfil de Dados funciona apenas com dados armazenados no SQL Server. Essa tarefa não funciona com fontes de dados de terceiros ou baseadas em arquivo.

Além disso, para executar um pacote que contém a tarefa Criação de Perfil de Dados, você deve usar uma conta que tem permissões de leitura/gravação, inclusive permissões CREATE TABLE, no banco de dados tempdb.

Após usar a tarefa para computar perfis de dados e salvá-los em um arquivo, você pode usar o Visualizador de Perfil de Dados autônomo para examinar a saída de perfil. O Visualizador de perfil de dados também suporta o recurso de extração de detalhes para ajudá-lo a entender problemas com a qualidade dos dados identificados no resultado do perfil. Para obter mais informações, consulte Visualizador de Perfil de Dados.

System_CAPS_ICON_important.jpg Importante


O arquivo de saída pode conter dados confidenciais sobre seu banco de dados e os dados contidos no banco de dados. Para obter sugestões sobre como tornar esse arquivo mais seguro, consulte Acesso aos arquivos usados por pacotes.

O recurso de busca detalhada que está disponível no Visualizador de Perfil de Dados envia consultas ao vivo à fonte de dados original.

A tarefa Criação de perfil de dados pode computar oito perfis de dados diferentes. Cinco desses perfis analisam colunas individuais e os três restantes analisam diversas colunas ou relações entre colunas e tabelas.

Os cinco perfis a seguir analisam colunas individuais.

Perfis que analisam colunas individuaisDescription
Perfil Distribuição de Comprimento de ColunaReporta todos os comprimentos de valores de cadeia de caracteres na coluna selecionada e a porcentagem de linhas na tabela que cada comprimento representa.

Este perfil o ajuda a identificar problemas em seus dados, como valores que não são válidos. Por exemplo, você cria o perfil de uma coluna com códigos de estados dos Estados Unidos que devem ter dois caracteres e descobre valores maiores que dois caracteres.
Perfil Razão Nula de ColunaInforma a porcentagem de valores nulos na coluna selecionada.

Este perfil o ajuda a identificar problemas em seus dados, como uma razão alta de valores nulos inesperada em uma coluna. Por exemplo, você cria um perfil de uma coluna de Zip/Código Postal e descobre uma porcentagem alta e inaceitável de códigos ausentes.
Perfil Padrão de ColunaInforma um conjunto de expressões regulares que cobrem a porcentagem especificada de valores em uma coluna de cadeia de caracteres.

Este perfil o ajuda a identificar problemas em seus dados, como cadeias de caracteres que não são válidas. Este perfil também pode sugerir expressões regulares que podem ser usadas no futuro para validar novos valores. Por exemplo, um perfil de padrão de uma coluna CEP dos Estados Unidos pode gerar as expressões regulares: \d{5}-\d{4}, \d{5} e \d{9}. Se você vir outras expressões regulares, seus dados provavelmente conterão valores inválidos ou que estão em um formato incorreto.
Perfil Estatísticas de ColunaInforma estatísticas como mínimo, máximo, média e desvio padrão para colunas numéricas, além de mínimo e máximo para colunas datetime .

Este perfil o ajuda a identificar problemas em seus dados, como datas inválidas. Por exemplo, você cria o perfil de uma coluna de datas de histórico e descobre uma data máxima no futuro.
Perfil Distribuição de Valor de ColunaReporta todos os valores distintos na coluna selecionada e a porcentagem de linhas na tabela que cada valor representa. Também pode informar valores que representam mais que uma porcentagem especificada de linhas na tabela.

Este perfil o ajuda a identificar problemas em seus dados, como um número incorreto ou valores distintos em uma coluna. Por exemplo, você cria o perfil de uma coluna que supostamente contém estados dos Estados Unidos e descobre mais de 50 valores distintos.

Os três perfis a seguir analisam diversas colunas ou relações entre colunas e tabelas.

Perfis que analisam diversas colunasDescription
Perfil-chave de candidatoInforma se uma coluna ou conjunto de colunas é uma chave, ou uma chave aproximada, para a tabela selecionada.

Este perfil também o ajuda a identificar problemas em seus dados, como valores duplicados em uma possível coluna chave.
Perfil Dependência FuncionalInforma até que ponto os valores em uma coluna (a coluna dependente) dependem dos valores em outra coluna ou conjunto de colunas (a coluna determinante).

Este perfil também o ajuda a identificar problemas em seus dados, como valores inválidos. Por exemplo, você cria o perfil da dependência entre uma coluna que contém CEPs dos Estados Unidos e uma coluna que contém estados dos Estados Unidos. O mesmo Código Postal sempre deve ter o mesmo estado, mas o perfil descobre violações desta dependência.
Perfil de inclusão de valorComputa a sobreposição nos valores entre duas colunas ou conjuntos de colunas. Este perfil pode determinar se uma coluna ou conjunto de colunas é apropriado para servir como uma chave estrangeira entre as tabelas selecionadas.

Este perfil também o ajuda a identificar problemas em seus dados, como valores inválidos. Por exemplo, você cria um perfil com a coluna ID_do_produto de uma tabela Vendas e descobre que a coluna contém valores não encontrados na coluna ID_do_produto da tabela Produtos.

Um perfil não é válido a menos que você selecione tabelas e colunas que não estejam vazias e as colunas contenham tipos de dados válidos para o perfil.

Tipos de dados válidos

Alguns dos perfis disponíveis têm importância apenas para determinados tipos de dados. Por exemplo, computar um perfil de padrão da coluna para uma coluna que contém valores numéricos ou datetime não tem importância. Portanto, esse perfil não é válido.

PerfilTipos de dados válidos*
ColumnStatisticsProfileColunas de tipo numérico ou datetime (sem mean nem stddev na coluna datetime)
ColumnNullRatioProfileTodas as colunas**
ColumnValueDistributionProfileColunas do tipo integer , do tipo char e do tipo datetime
ColumnLengthDistributionProfileColunas do tipo char
ColumnPatternProfileColunas do tipo char
CandidateKeyProfileColunas do tipo integer , do tipo char e do tipo datetime
FunctionalDependencyProfileColunas do tipo integer , do tipo char e do tipo datetime
InclusionProfileColunas do tipo integer , do tipo char e do tipo datetime

* Na tabela anterior de tipos de dados válidos, os tipos integer, char, datetime e numeric incluem os seguintes tipos de dados específicos:

Entre os tipos de número inteiro estão bit, tinyint, smallint, inte bigint.

Tipos de caracteres incluem char, nchar, varchar e nvarchar, mas não incluem varchar(max) nem nvarchar(max).

Entre os tipos de data e hora estão datetime, smalldatetimee timestamp.

Tipos numéricos incluem tipos integer (exceto bit), money, smallmoney, decimal, float, real e numeric.

** Não há suporte para os tipos image, text, XML, udt nem variant em perfis que não sejam o Perfil Razão Nula de Coluna.

Tabelas e colunas válidas

Se a tabela ou coluna estiver vazia, a Criação de perfis de dados executará as seguintes ações:

  • Quando a tabela ou exibição selecionada estiver vazia, a tarefa de Criação de perfis de dados não computará nenhum perfil.

  • Quando todos os valores na coluna selecionada forem nulos, a tarefa de Criação de perfis de dados computará somente o perfil de razão nula da coluna. A tarefa não computa o perfil de Distribuição de comprimento da coluna, o perfil de Padrão da coluna, o perfil de Estatísticas da coluna ou o perfil de Distribuição de valor da coluna.

A tarefa de Criação de perfis de dados tem as seguintes opções de configuração convenientes:

  • Colunas curinga Ao configurar uma solicitação de perfil, a tarefa aceita o caractere curinga (*) no lugar do nome da coluna. Isto simplifica a configuração e facilita o descobrimento das características de dados pouco conhecidos. Quando a tarefa executar, ela criará perfis de toda coluna que tiver um tipo de dados apropriado.

  • Perfil Rápido You can select Perfil Rápido to configure the task quickly. Um Perfil Rápido cria um perfil de uma tabela ou exibição usando todos os perfis e configurações padrão.

A tabela a seguir lista as entradas de log personalizadas para a tarefa Criação de Perfil de Dados. Para obter mais informações, consulte Log do SSIS (Integration Services) e Mensagens personalizadas para log.

Entrada de logDescription
DataProfilingTaskTraceFornece informações descritivas sobre o status da tarefa. As mensagens incluem as seguintes informações:

Solicitações de processamento inicial

Início da consulta

Query End

Concluir solicitação de computação

A tarefa Criação de Perfil de Dados produz os perfis selecionados em XML que é estruturado de acordo com o esquema DataProfile.xsd. É possível especificar se a saída deste XML será salva em um arquivo ou em uma variável de pacote. Você pode exibir esse esquema online em http://schemas.microsoft.com/sqlserver/2008/DataDebugger/. Na página da Web, você pode salvar uma cópia local do esquema. Em seguida, será possível exibir a cópia local do esquema no Microsoft Visual Studio ou em outro editor de esquemas, em um editor XML ou em um editor de texto como o Bloco de Notas.

Com relação às informações sobre a qualidade de dados, o esquema pode ser útil para:

  • Trocar informações de qualidade de dados dentro e entre organizações.

  • Construir ferramentas personalizadas que trabalhem com informações de qualidade de dados.

O namespace de destino é identificado no esquema como http://schemas.microsoft.com/sqlserver/2008/DataDebugger/.

Os componentes de criação de perfil de dados, não incluem funcionalidade interna pronta para implementar lógica condicional no fluxo de trabalho do pacote Integration Services, com base na saída da tarefa de Criação de Perfil de Dados. Porém, você pode adicionar facilmente esta lógica, com uma quantidade mínima de programação, em uma tarefa de Script. Este código poderia efetuar uma consulta XPath contra a saída da XML e salvar o resultado em uma variável de pacote. Restrições de precedência que conectam a tarefa Script a tarefas subsequentes, podem usar uma expressão para determinar o fluxo de trabalho. Por exemplo, a tarefa Script detecta que a porcentagem de valores nulos em uma coluna excede um certo limite. Quando esta condição for verdade, você poderia querer interromper o pacote e resolver o problema antes de continuar.

Você configura a tarefa de Criação de perfil de dados usando o Editor de tarefa Criação de perfil de dados. O editor tem duas páginas:

Página Geral
Na página Geral, você especifica o arquivo ou a variável de saída. É possível também selecionar Perfil Rápido para configurar rapidamente a tarefa para computar os perfis usando as configurações padrão. Para obter mais informações, consulte Formulário de Perfil Rápido de Tabela Única (tarefa Criação de Perfil de Dados).

Página de Solicitações de perfil
Na página Solicitações de Perfil, você especifica a fonte de dados e seleciona e configura os perfis de dados que quer computar. Para obter mais informações sobre os vários perfis que podem ser configurados, consulte os tópicos a seguir:

Contribuições da comunidade

ADICIONAR
Mostrar: