Fsutil: usn

Fsutil: usn

Normalmente usado por profissionais de suporte. Gerencia o diário de alteração do número de atualização de seqüência (USN), que fornece um log persistente de todas as alterações feitas nos arquivos do volume. À medida que arquivos, pastas e outros objetos NTFS são adicionados, excluídos e modificados, o NTFS efetua registros no diário de alteração do USN, um para cada volume do computador. Cada registro indica o tipo de alteração e o objeto alterado. Os registros novos são anexados ao final do fluxo.

Os programas podem consultar o diário de alteração do USN para definir todas as modificações feitas em um conjunto de arquivos. Esse diário é muito mais eficiente do que a verificação de carimbos de data/hora ou registros de notificações de arquivo. O diário de alterações do USN é habilitado pelo Serviço de Indexação, serviço de Duplicação de Arquivos (FRS), Serviços de Instalação Remota (RIS) e Armazenamento Remoto.

Sintaxe

fsutil usn [createjournal] m=Tamanho_Máximoa=Intervalo_de_Alocação Caminho_do_Volume

fsutil usn [deletejournal] {/D | /N} Caminho_do_Volume

fsutil usn [enumdata] Referência_do_Arquivo USNInferior USNSuperior Caminho_do_Volume

fsutil usn [queryjournal] Caminho_do_Volume

fsutil usn [readdata] Nome_do_Arquivo

Parâmetros

createjournal
Cria um diário de alteração do USN.
m= Tamanho_Máximo
Especifica o tamanho máximo, em bytes, que o NTFS aloca para o diário de alteração.
a= Intervalo_de_Alocação
Especifica o tamanho, em bytes, da alocação de memória que é adicionada ao fim e removida do início do diário de alteração.
caminho_do_volume
Especifica a letra da unidade (seguida por dois-pontos).
deletejournal
Exclui ou desativa um diário ativo de alteração do USN.Cuidado
  • A exclusão do diário de alterações afeta o serviço de duplicação de arquivos (FRS) e o serviço de indexação, já que isso exigiria desses serviços a realização de um exame completo (e demorado) no volume. Isso, por sua vez, afetaria de forma negativa a replicação FRS SYSVOL e a replicação entre vínculos DFS alternativos enquanto o volume estivesse sendo reexaminado.
/D
Desativa um diário de alteração do USN e retorna o controle E/S enquanto o diário está sendo desativado.
/N
Desativa um diário de alteração do USN e retorna o controle E/S somente depois que o diário for desativado.
enumdata
Enumera e lista as entradas do diário de alteração entre dois limites especificados.
referência_do_arquivo
Posição ordinal dentro dos arquivos do volume onde deve iniciar a enumeração.
USN_inferior
Limite inferior do intervalo dos valores USN usados para filtrar quais registros serão retornados. Somente os registros cujo último diário de alteração do USN for igual aos valores membro LowUsn e HighUsn ou estiver entre esses valores serão retornados.
USN_superior
Limite superior do intervalo dos valores USN usado para filtrar quais valores serão retornados.
queryjournal
Pesquisa os dados USN de um volume para reunir informações sobre o diário de alteração atual, seus registros e sua capacidade.
readdata
Lê os dados USN referentes a um arquivo.
NomeDoArquivo
Especifica o caminho completo até o arquivo, incluindo o nome e a extensão do arquivo. Por exemplo, C:\documentos\nomedoarquivo.txt.

Comentários

  • Usando createjournal
    Se já existir um diário de alteração em um volume, o parâmetro createjournal atualiza os parâmetros Tamanho_Máximo e Intervalo_de_Alocação do diário de alteração. Isso permite expandir o número de registros que um diário ativo mantém sem precisar desativá-lo. Se for especificado zero para Tamanho_Máximo e Intervalo_de_Alocação, o sistema escolherá um valor padrão baseado no tamanho do volume.
  • Usando m=Tamanho_Máximo
    O diário de alteração pode crescer além deste valor, mas o diário de alteração será truncado no próximo ponto de verificação do NTFS para um valor menor que esse. O NTFS examina o diário de alteração e o apara quando seu tamanho excede o valor de Tamanho_Máximo mais o valor de Intervalo_de_Alocação. Nos pontos de verificação do NTFS, o sistema operacional grava registros no arquivo de log do NTFS que permitem ao NTFS definir qual processamento é necessário para recuperar de uma falha.
  • Usando a=Intervalo_de_Alocação
    O diário de alteração pode exceder a soma dos valores de Tamanho_Máximo e Intervalo_de_Alocação antes de ser aparado.
  • Usando deletejournal
    A exclusão ou a desabilitação de um diário de alterações é um processo demorado, pois o sistema precisa acessar todos os registros da tabela de arquivos mestre (MFT) e zerar o último atributo do USN. Esse processo pode levar vários minutos e, se necessário, pode continuar depois que o sistema é reiniciado. Durante esse processo, o diário de alteração não é considerado ativo, nem é desativado. Enquanto o sistema estiver desativando o diário, este não poderá ser acessado e todas as operações do diário retornarão erros. Tome muito cuidado ao desativar um diário ativo, pois isso afeta negativamente outros aplicativos que estejam usando o diário.

Exemplos

Para criar um diário de alteração do USN na unidade C, digite:

fsutil usn createjournal m=1000 a=100 C:

Para excluir um diário ativo de alteração do USN na unidade C, digite:

fsutil usn deletejournal /D C:

Para enumerar e listar as entradas do diário de alteração entre dois limites especificados na unidade C, digite:

fsutil usn enumdata 1 0 1 C:

Para pesquisar dados do USN referentes a um volume da unidade C, digite:

fsutil usn queryjournal C:

Para ler os dados do USN referentes a um arquivo na pasta temp da unidade C, digite:

fsutil usn readdata C:\Temp\exemplo.txt

Legenda da formatação

 

Formato Significado

Itálico

Informações que o usuário deve fornecer

Negrito

Elementos que o usuário deve digitar exatamente como é exibido

Reticências (...)

Parâmetro que pode ser repetido várias vezes em uma linha de comando

Entre colchetes ([])

Itens opcionais

Entre chaves ({}); opções separadas por barra vertical (|). Exemplo: {even|odd}

Conjunto de opções entre as quais o usuário deve escolher apenas uma

Courier font

Saída de código ou de programa

Consulte também

Contribuições da comunidade

Mostrar: