Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo

Guia de Migração do Servidor DHCP

Atualizado: setembro de 2009

Aplica-se a: Windows Server 2008 R2

A migração da função de servidor para um servidor de destino baseado em x64 envolve a transferência das configurações existentes para o servidor DHCP, o servidor que permite que os computadores cliente conectados a uma rede obtenham endereços IP de forma dinâmica. O objetivo dessa migração de servidor é instalar a função de servidor DHCP no sistema operacional Windows Server® 2008 R2 para que ele use endereços IP em uma rede sem qualquer alteração visível para computadores cliente no domínio.

Sobre este guia

Este guia descreve as etapas para migrar as configurações existentes de servidores DHCP para um servidor que esteja executando o Windows Server 2008 R2. A documentação e as ferramentas de migração facilitam a migração das configurações das funções do servidor e dos dados de um servidor existente para um de destino que está executando o Windows Server 2008 R2. Ao usar as ferramentas descritas neste guia para migrar um servidor DHCP, você pode simplificar a migração, reduzir o seu tempo, aumentar a precisão do processo de migração e ajudar a eliminar possíveis conflitos que possam ocorrer durante a migração do DHCP. Para obter mais informações sobre as ferramentas de migração, consulte Migração do servidor DHCP: Apêndice A.

Público-alvo

Este guia destina-se a administradores e profissionais de TI (tecnologia da informação), e a outros trabalhadores do conhecimento responsáveis pela operação e implantação de servidores DHCP em um ambiente gerenciado.

O que este guia não contém

Os cenários a seguir não são aceitos ou estão além do escopo deste guia.

  • Não há suporte para cenários de cluster neste processo de migração.

  • A atualização de funções no mesmo computador está fora do escopo deste guia.

  • Os cenários em que o novo sistema operacional é instalado em um hardware de servidor existente usando a opção Atualizar durante a instalação (atualizações in-loco) não são abordados neste guia.

  • A migração de mais de uma função de servidor não é abordada neste guia.

Cenários de migração com suporte

Este guia fornece as instruções para a migração de um servidor DHCP existente para um servidor que esteja executando o Windows Server 2008 R2. Ele não contém instruções para migração quando o servidor de origem executa várias funções. Se o seu servidor executar várias funções, será recomendável desenvolver um procedimento de migração personalizado, específico para o ambiente do servidor, com base nas informações fornecidas nos outros guias de migração de função. Os guias para migração de funções adicionais estão disponíveis no Windows Server 2008 R2 TechCenter (http://go.microsoft.com/fwlink/?LinkID=128554) (em inglês).

CautionCuidado
Se o servidor de origem estiver executando várias funções, algumas etapas de migração neste guia, como aquelas referentes à configuração de nome e IP do computador, poderão provocar a falha de outras funções em execução no servidor de origem.

Este guia apresenta instruções apenas para migrar os dados e as configurações do DHCP do servidor que está sendo substituído para um servidor baseado em x64 executando o Windows Server 2008 R2.

Sistemas operacionais com suporte

Este guia fornece instruções para migração de um servidor DHCP de um servidor que está executando o Windows Server 2003 ou o Windows Server 2008 para um servidor que está executando o Windows Server 2008 R2. Os sistemas operacionais com suporte estão listados na tabela a seguir.

Sistemas operacionais com suporte para migração

Processador do servidor de origem Sistema operacional do servidor de origem Sistema operacional do servidor de destino Processador do servidor de destino

baseado em x86 ou x64

Windows Server 2003 com Service Pack 2

Windows Server 2008 R2, com opções de instalação completa e Server Core

baseado em x64

baseado em x86 ou x64

Windows Server 2003 R2

Windows Server 2008 R2, com opções de instalação completa e Server Core

baseado em x64

baseado em x86 ou x64

Windows Server 2008

Windows Server 2008 R2, com opções de instalação completa e Server Core

baseado em x64

baseado em x64

Windows Server 2008 R2

Windows Server 2008 R2, com opções de instalação completa e Server Core

baseado em x64

baseado em x64

Opção de instalação Server Core do Windows Server 2008 R2

Windows Server 2008 R2, com opções de instalação completa e Server Core

baseado em x64

As versões dos sistemas operacionais mostrados na tabela anterior são as combinações mais antigas de sistemas operacionais e service packs aceitas. Se disponíveis, os service packs mais recentes terão suporte para a migração de configurações de servidor DHCP.

As edições Foundation, Standard, Enterprise e Datacenter do Windows Server têm suporte para servidores de origem e de destino.

Também há suporte para migrações entre sistemas operacionais físicos e virtuais.

Não há suporte para migrar um servidor de origem para um de destino que execute um sistema operacional cuja UI (interface do usuário) esteja em outro idioma que não seja o mesmo do servidor de origem. O idioma da UI do sistema é o mesmo do pacote de instalação localizado usado para configurar o sistema operacional Windows. Por exemplo, não é possível usar as ferramentas de migração do Windows Server para migrar funções, configurações do sistema operacional, dados ou compartilhamentos de um computador que execute o Windows Server 2008 cujo idioma da UI do sistema seja o francês para um computador que esteja executando o Windows Server 2008 R2 cuja UI do sistema esteja em alemão.

Há suporte para as migrações baseadas em x86 e x64 para o Windows Server 2003 e o Windows Server 2008. Todas as edições do Windows Server 2008 R2 são baseadas em x64.

As funções em execução nas instalações Server Core do Windows Server 2008 não podem ser migradas porque não existe .NET Framework disponível em instalações Server Core do Windows Server 2008.

É recomendável a migração, em vez de uma atualização, mesmo quando o hardware é baseado em x64 nativo. Por exemplo, com uma divisão de funções do servidor, um cenário em que o servidor de origem tem mais de uma função de servidor, em virtude do aumento do uso de tal servidor, talvez você decida separar as funções em vários servidores adicionais baseados em x64. Nesse caso, a migração (não a atualização) de funções individuais de servidor para outros servidores pode ser a melhor solução.

O administrador do servidor pode escolher que componentes migrar de uma instalação existente; junto com a função de servidor, esses componentes normalmente incluem a configuração, os dados, a identidade do sistema e as configurações do sistema operacional.

Configurações das funções com suporte

Também é possível migrar todas as configurações do servidor DHCP usando este guia. Isso inclui as configurações do registro e do banco de dados.

Visão geral da migração do servidor DHCP

A migração do servidor DHCP é dividida nas principais seções a seguir:

Processo de migração do servidor DHCP

Como mostrado na ilustração a seguir, o processo pré-migração envolve a coleta manual de dados e a execução de procedimentos nos servidores de destino e de origem. O processo de migração inclui os procedimentos dos servidores de origem e de destino que usam os cmdlets Export e Import para coletar, armazenar e migrar automaticamente as configurações da função do servidor. Os procedimentos pós-migração incluem como verificar se o servidor de destino substituiu com êxito o servidor de origem, retirando ou realocando o servidor de origem. Se o procedimento de verificação indicar falha na migração, a solução de problemas será iniciada. Se a solução de problemas falhar, serão fornecidas instruções de reversão para o uso do servidor de origem original.

Processo de migração de funções do servidor

Impacto da migração em outros computadores na empresa

Durante a migração, o servidor DHCP de origem pode não estar disponível. Assim, computadores cliente não serão capazes de obter endereços IP desse servidor. É recomendado manter ou criar um servidor DHCP auxiliar de modo que os computadores cliente possam obter os endereços IP durante a migração do servidor DHCP primário.

Não se esqueça de que, se você optar por executar a migração sem nenhum servidor DHCP auxiliar, todos os clientes com concessões válidas deverão continuar a usar essas concessões. Se a concessão de um cliente existente expirar, o cliente não será capaz de obter um endereço IP. Além disso, qualquer cliente novo que se conecte à rede não poderá obter um endereço IP quando o servidor DHCP de fonte única não estiver disponível.

Permissões necessárias para executar a migração

As seguintes permissões são necessárias nos servidores de origem e de destino:

  • Os direitos administrativos de domínio necessários para autorizar o servidor DHCP.

  • Os direitos administrativos locais necessários para instalar ou gerenciar o servidor DHCP.

  • As permissões de gravação necessárias para o local de armazenamento da migração. Para obter informações adicionais, consulte Migração do servidor DHCP: Preparando-se para migrar.

Duração estimada

A migração pode levar duas ou três horas, incluindo o teste.

Consulte também

Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários

Contribuições da comunidade

ADICIONAR
Mostrar:
© 2015 Microsoft