Configurações de projeção e vários monitores com alto DPI

Atualizado: outubro de 2013

Aplica-se a: Windows 8.1

Muitos usuários corporativos usam exibições secundárias para finalidades como encaixe, projeção ou ampliação da área de trabalho.

Estes cenários não afetam a orientação para dispositivos de 150% e 200%, mas para os usuários com dispositivos de exibição de 125% que também usam uma base de encaixe ou monitor secundário, recomenda-se o modo de compatibilidade do Windows® 8 descrito em O que você pode fazer sobre aplicativos sem reconhecimento de DPI. Neste tópico, é fornecida orientação adicional sobre dispositivos e projetores compatíveis.

O Windows 8.1 otimizou o suporte para experiências de projeção. Nas versões anteriores do Windows, o usuário de um dispositivo com alto DPI podia ver conteúdo que era muito grande em um projetor com baixo DPI, dificultando que todo o conteúdo adequado aparecesse na tela para fins de apresentação. Existem dois modos de projeção: Duplicar e Estender. Esta seção descreve como o Windows oferece suporte aos dois modos.

O modo de projeção padrão é chamado de modo Duplicar. (Digite Win+P no teclado para ver uma lista com os quatro modos de exibição em vários monitores: Somente tela do computador, Duplicar, Estender e Somente segunda tela.) No modo Duplicar, o mesmo conteúdo é apresentado no monitor do laptop e no projetor. Isso facilita com que o apresentador interaja diretamente com o conteúdo em exibição na tela, particularmente com laptops ou tablets compatíveis com toque. Nesse modo, o Windows considerará os dois monitores, tentará encontrar a melhor resolução comum e colocará ambos nessa resolução. No Windows 8.1, se essa mudança de resolução afetar o fator de escala de exibição, o Windows fará o redimensionamento com base no novo fator de escala, garantindo assim a melhor experiência de projeção.

No modo Estender, o projetor é tratado como um monitor separado do principal. Esse modo é típico para usuários que usam uma configuração de vários monitores ou um cenário de encaixe. O usuário pode arrastar ou mover o conteúdo para ter visualização separada, usando o mouse ou o touchpad. Essa não é a opção padrão, mas alguns usuários a preferem (para dar apenas um exemplo, pelo fato de ela permitir que o usuário separe as anotações da sua apresentação). Nesse modo, o Windows 8.1 associa um fator de escala adequado para cada monitor, e quando o usuário move o conteúdo para o projetor, o Windows redimensiona da forma apropriada, novamente garantindo a melhor experiência de projeção.

Para cenários de projeção, o ajuste por monitor é necessário para proporcionar uma experiência de projeção utilizável para vídeos de 150% e 200%. Em alguns casos, os usuários que têm dispositivos de 125% podem ter problemas com aplicativos que não têm reconhecimento de DPI, com imagens distorcidas durante a projeção. Consulte O que você pode fazer sobre aplicativos sem reconhecimento de DPI para obter orientação sobre como desativar o ajuste de DPI por aplicativo nesses casos.

ImportantImportante
Os projetores funcionam melhor em modo Duplicar se forem compatíveis com resoluções e modos de vídeo semelhantes ao dispositivo que estão projetando. Por exemplo, se os dispositivos portáteis dominantes na empresa têm monitores de 1366 x 768 e 1920 x 1080, os projetores usados devem ser compatíveis com as mesmas resoluções para a obtenção de melhores experiências do modo Duplicar.

Consulte também

Mostrar: