Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo

Visão geral da migração de armazenamento da máquina virtual

Publicado: fevereiro de 2012

Atualizado: novembro de 2013

Aplica-se a: Windows Server 2012, Windows Server 2012 R2



No Windows Server 2008 R2, você pode mover uma instância em execução de uma máquina virtual usando a migração ao vivo, mas você não é capaz de mover o armazenamento da máquina virtual enquanto a máquina virtual está em execução.

O Hyper-V em Windows Server 2012 introduz o suporte para mover o armazenamento de máquina virtual sem tempo de inatividade, tornando possível mover o armazenamento enquanto a máquina virtual permanece em execução. Você pode executar esta tarefa usando um novo assistente no Hyper-V Manager ou usando novos cmdlets do Hyper-V para o Windows PowerShell.

Você pode adicionar armazenamento a um computador autônomo ou em um cluster Hyper-V e, em seguida, mover máquinas virtuais para o novo armazenamento, enquanto as máquinas virtuais continuarão sendo executadas.

A razão mais comum para mover o armazenamento de uma máquina virtual é atualizar o armazenamento físico que está disponível para o Hyper-V. Você também pode mover o armazenamento de máquina virtual entre dispositivos de armazenamento físico, em tempo de execução, para responder ao desempenho reduzido que é resultado dos gargalos no processamento de armazenamento.

O Hyper-V em Windows Server 2012 possibilita mover o armazenamento de máquina virtual enquanto uma máquina virtual está em execução.

Você precisa fazer o seguinte para usar a funcionalidade do Hyper-V para mover o armazenamento da máquina virtual:

  • Uma ou mais instalações do Windows Server 2012 com a função Hyper-V instalada.

  • Um servidor que é capaz de executar o Hyper-V. Especificamente, ele deve ter o suporte do processador para a virtualização de hardware.

  • Máquinas virtuais que são configuradas para usar apenas discos rígidos virtuais para armazenamento.

noteObservação
Você não pode mover o armazenamento de uma máquina virtual quando qualquer armazenamento seu estiver diretamente ligado a um disco físico.

Este novo recurso permite que você mova os discos rígidos virtuais de uma máquina virtual, enquanto os discos rígidos virtuais permanecem disponíveis para uso pela máquina virtual em execução. Ao mover discos rígidos virtuais de uma máquina virtual em execução, o Hyper-V executa as seguintes etapas, conforme mostrado na Figura 1:

Imagem de movimentação de discos rígidos virtuais

Figura 1 Movendo discos rígidos virtuais

  1. Durante a maior parte da operação de movimentação, o disco lê e grava para o disco rígido virtual de origem.

  2. Enquanto ocorre a leitura e a gravação no disco rígido virtual de origem, o conteúdo do disco é copiado para o novo destino de disco rígido virtual.

  3. Após a cópia inicial do disco estar concluída, as gravações em disco serão espelhadas em discos rígidos virtuais de origem e de destino enquanto que as mudanças de disco pendentes serão replicadas.

  4. Após os discos rígidos virtuais de origem e de destino serem totalmente sincronizados, a máquina virtual muda para usar o disco rígido virtual de destino.

  5. O disco rígido virtual de origem é excluído.

Consulte também

Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários

Contribuições da comunidade

A Microsoft está realizando uma pesquisa online para saber sua opinião sobre o site do MSDN. Se você optar por participar, a pesquisa online lhe será apresentada quando você sair do site do MSDN.

Deseja participar?
Mostrar:
© 2015 Microsoft