Exportar (0) Imprimir
Expandir Tudo

Visão geral do Gerenciador de Recursos de Sistema do Windows

Publicado: maio de 2012

Atualizado: maio de 2012

Aplica-se a: Windows Server 2012



Você pode usar o Gerenciador de Recursos de Sistema do Windows para alocar recursos de processador e memória a aplicativos, usuários, sessões dos Serviços de Área de Trabalho Remota e pools de aplicativos dos Serviços de Informações da Internet (IIS).

Com Gerenciador de Recursos de Sistema do Windows para o sistema operacional Windows Server® 2012, você pode gerenciar o processador do servidor e o uso da memória com políticas de recursos personalizadas ou padrão. O gerenciamento dos recursos pode ajudar a garantir que todos os serviços fornecidos por um único servidor estejam disponíveis de modo uniforme ou que os recursos sempre estarão disponíveis aos aplicativos, serviços ou usuários de maior prioridade.

O Gerenciador de Recursos de Sistema do Windows só gerencia recursos do processador quando a carga do processador combinada é superior a 70%. Isso significa que ele não limita ativamente os recursos que podem ser usadas por cada consumidor quando a carga do processador está baixa. Quando há contenção de recursos do processador, as políticas de alocação de recursos garantem o mínimo de disponibilidade de recursos com base no perfil de gerenciamento que você definiu.

Você pode usar o Gerenciador de Recursos de Sistema do Windows para:

  • Gerenciar recursos do sistema (processador e memória) com políticas pré-configuradas, ou criar políticas personalizadas que alocam recursos por processo, por usuário, por sessão de Serviços de Área de Trabalho Remota ou por pool de aplicativos IIS (Serviços de Informações da Internet) .

  • Usar regras de calendário para aplicar políticas diferentes em momentos distintos sem intervenção manual ou reconfiguração.

  • Selecionar automaticamente políticas de recursos baseados em Propriedades do servidor e eventos (como eventos de cluster ou condições) ou alterações na memória física instalada ou no número de processadores.

  • Coletar dados de uso de recursos localmente ou em um banco de dados SQL personalizado. O uso de recursos os dados de vários servidores pode ser consolidado em um único computador com o Gerenciador de Recursos de Sistema do Windows.

  • Criar um grupo de computadores para ajudar a organizar servidores Host de Sessão de Área de Trabalho Remota que você deseja gerenciar. As políticas podem ser facilmente exportadas ou modificadas em todo o grupo de computadores.

Como Windows Server 2008 R2 é criado para dar o máximo de recursos a tarefas de sistema não operacional, um servidor com uma única função geralmente não exige gerenciamento de recursos. No entanto, quando vários aplicativos e serviços são instalados em um único servidor, eles não reconhecem processos conflitantes. Um aplicativo ou serviço não gerenciado geralmente usará todos os recursos disponíveis para concluir uma tarefa. Assim, é importante usar uma ferramenta como Gerenciador de Recursos de Sistema do Windows para gerenciar recursos do sistema em servidores com várias finalidades. O uso do Gerenciador de Recursos de Sistema do Windows fornece dois benefícios importantes:

  • Mais serviços podem ser executados em um único servidor, pois a disponibilidade de serviço pode ser melhorada por meio de recursos gerenciados dinamicamente.

  • Usuários com alta prioridade ou administradores de sistema podem acessar o sistema mesmo durante as horas de carga de recurso máxima.

O Gerenciador de Recursos de Sistema do Windows inclui cinco políticas de gerenciamento de recursos internas que você pode usar para implementar o gerenciamento rapidamente. Além disso, você pode criar políticas de gerenciamento de recursos personalizadas para atender suas necessidades específicas.

Você pode habilitar políticas de gerenciamento de recursos internos selecionando o tipo de política para usar. Nenhuma configuração adicional é necessária.

 

Diretiva Descrição

Igual por processo

Quando a política de alocação de recursos Equal_Per_Process está gerenciando o sistema, cada processo em execução recebe tratamento igual. Por exemplo, se um servidor que executa dez processos atingir 70% de utilização do processador, o Gerenciador de Recursos de Sistema do Windows limitará cada processo para usar 10% dos recursos do processador enquanto estiverem em contenção. Observe que os recursos não usados pelo processos de baixa utilização serão alocados a outros processos.

Igual por usuário

Quando a política de alocação de recursos Equal_Per_User está gerenciando o sistema, os processos são agrupados de acordo com a conta do usuário que os está executando e cada um desses grupos de processo recebe tratamento igual. Por exemplo, se quatro usuários estiverem executando processos no servidor, cada usuário receberá 25% dos recursos do sistema para concluir esses processos. Um usuário que executa um único aplicativo recebe os mesmos recursos que um usuário com vários aplicativos. Essa política é especialmente útil para servidores de aplicativos.

Igual por sessão

Quando a política de alocação do recursos Equal_Per_Session está gerenciando o sistema, os recursos são alocados igualmente para cada sessão conectada ao sistema. Essa política é para uso com servidores Host de Sessão de Área de Trabalho Remota.

Igual por pool de aplicativos IIS

Quando a política de alocação do recursos Igual_ por_ IISAppPool está gerenciando o sistema, cada pool de aplicativos IIS em execução recebe tratamento igual e os aplicativos que não estão em um pool de aplicativos IIS só podem usar os recursos que não estão sendo consumidos pelo pool de aplicativos IIS.

Sessões remotas ponderadas

Quando a política de alocação do recursos Weighted_Remote_Sessions está gerenciando o sistema, os processos são agrupados de acordo com a prioridade atribuída com a conta de usuário. Por exemplo, se três usuários estiverem conectados remotamente, o usuário com a prioridade Premium receberá o acesso prioritário mais alto à CPU, o usuário com prioridade Padrão receberá o segundo acesso prioritário à CPU, e os usuário com prioridade Básica receberão a prioridade mais baixa à CPU. Essa política é para uso com servidores Host de Sessão de Área de Trabalho Remota.

noteObservação
Quando a opção Sessões_remotas_ponderadas for definida como política de gerenciamento, o gerenciamento do sistema é delegado ao agendador do Windows Server 2012 e o Gerenciador de Recursos de Sistema do Windows somente traça os perfis do sistema. A definição ou remoção de Sessões_remotas_ponderadas como política de gerenciamento exige uma reinicialização do computador imposto pelo kernel.

É possível usar métodos de gerenciamento de recursos personalizadas para identificar usuários do recurso e alocar recursos a eles com base em seu próprio critérios.

 

Recurso Descrição

Critérios de correspondência de processos

Permitir que você selecione serviços ou aplicativos a serem gerenciados por regras de políticas de alocação de recursos. Você pode escolher pelo nome do arquivo ou comando, você pode especificar usuários ou grupos. Por exemplo, você pode criar um critério de correspondência de processos que aplica gerenciamento ao aplicativo iexplore.exe quando ele é executado pelo administrador do usuário.

Políticas de alocação de recursos

Aloque recursos de processador e memória a processos especificados pelos critérios de correspondência de processos que você criar.

Listas de exclusão

Exclua aplicativos, serviços, usuários ou grupos do gerenciamento pelo Gerenciador de Recursos de Sistema do Windows.

noteObservação
Você também pode usar correspondência de um caminho de linha de comando em uma política de alocação de recursos para excluir um aplicativo de um gerenciamento apenas por aquela política.

Agendamento

Use uma interface de calendário para controlar eventos únicos ou alterações recorrentes para alocação de recursos. Diferentes políticas de alocação de recursos podem ficar ativas em diferentes horas do dia, diferentes dias da semana, ou de acordo com outros paradigmas de agendamento.

Aplicativo de política condicional

Alterne automaticamente as políticas de alocação de recursos em resposta a determinados eventos do sistema (como instalação de nova memória ou processadores adicionais, inicialização ou interrupção de um nó ou alteração da disponibilidade de um grupo de recursos em um cluster).

O Gerenciador de Recursos de Sistema do Windows (WSRM) foi preterido a partir do Windows Server® 2012. Comece a planejar agora para usar métodos alternativos para todos os aplicativos, códigos ou cenários que dependem desse recurso. O Gerenciador de Recursos de Sistema do Windows é uma ferramenta administrativa que controla como os recursos de CPU e memória são alocados. Para obter mais informações, consulte. Recursos preteridos no Windows 7 e Windows Server 2008 R2

Isso foi útil para você?
(1500 caracteres restantes)
Agradecemos os seus comentários

Contribuições da comunidade

A Microsoft está realizando uma pesquisa online para saber sua opinião sobre o site do MSDN. Se você optar por participar, a pesquisa online lhe será apresentada quando você sair do site do MSDN.

Deseja participar?
Mostrar:
© 2015 Microsoft