Skip to main content
TechNet

Windows 8: Identifique seu caminho de adoção exclusivo

O Windows 8 pode se encaixar em sua infraestrutura independentemente de qual sistema operacional Windows você está usando agora ou de onde você está em relação a seus planos de migração.

Stella Chernyak

Empresas de todos os tamanhos planejam adotar o Windows 8 em muitos diferentes cenários e para diferentes objetivos de negócios. A maioria está ansiosa para implantar dispositivos que forneçam aos funcionários a conveniência de um tablet com a produtividade de um PC. Outras estão desenvolvendo aplicativos para ajudar a melhorar processos comerciais específicos.

Muitas organizações também estão interessadas em tirar proveito das melhorias feitas nos conceitos básicos, como segurança aprimorada e desempenho mais rápido. Outras estão examinando como o Windows 8 pode melhorar a produtividade dos usuários móveis.

Embora os tomadores de decisão de TI estejam examinando o Windows 8 por diferentes razões, de tablets a aplicativos para dar suporte a usuários móveis, todos estão considerando seus planos de migração. Um dos pontos fortes do Windows 8 é sua compatibilidade com o Windows 7. Isso facilitará a adoção de dispositivos do Windows 8 em ambientes Windows 7.

Então, qual é o seu caminho para a adoção do sistema operacional? Essa é uma pergunta importante que você deve considerar ao gerenciar a mobilidade dos usuários finais, as tecnologias baseadas na nuvem, a proliferação de dispositivos e os cenários de BYOD (Bring Your Own Device, Traga seu próprio dispositivo). Você precisará considerar seu próprio caminho de adoção exclusivo. Um fator é bastante claro: as tendências tecnológicas atuais exigem abordagens de adoção mais ágeis do sistema operacional. Estas são algumas considerações que ajudarão você a determinar o melhor caminho para a implantação do Windows em sua organização, dependendo da versão do Windows que você está usando no momento.

Implantação do Windows 7 em andamento

Se sua organização já estiver implantando o Windows 7, você deverá continuar a fazer isso. Também deverá migrar qualquer instância do Windows XP assim que possível. O suporte para esse sistema operacional está programado para terminar em 8 de abril de 2014.

Você pode tirar proveito da alta compatibilidade entre o Windows 8 e o Windows 7. Identificar os funcionários e os grupos de usuários que mais podem se beneficiar dos recursos do Windows 8 e implantá-lo primeiro para esses usuários. Você pode até implantar o Windows 8 junto com o Windows 7 para esses usuários. Há vários cenários-chave onde uma grande maioria das empresas obterá benefícios imediatos com a adoção do Windows 8:

  • explorar a plataforma de desenvolvimento do Windows 8 para desenvolver e fazer um teste piloto de aplicativos do Windows 8.
  • Usar o Windows 8 em tablets e em outros dispositivos para habilitar a mobilidade e dar suporte a cenários onde as pessoas confiem nas soluções para tablet.
  • Preparar-se para dar suporte a cenários de BYOD do Windows 8 no local de trabalho.

Naturalmente, há outros recursos do Windows 8 que podem fornecer às empresas outros cenários adequados para começar a adotar o Windows 8 lado a lado com o Windows 7, incluindo o Windows To Go, o DirectAccess, os avanços de segurança, as melhorias de VDI (virtual desktop infrastructure, infraestrutura de área de trabalho virtual) e assim por diante.

Implantação completa do Windows 7

As organizações que têm o Windows 7 totalmente estabelecido se encontram na melhor posição para começar imediatamente a tirar proveito dos benefícios do Windows 8. A alta compatibilidade entre o Windows 8 e o Windows 7 minimiza a quantidade de testes e de atualizações necessárias.

A maioria dos aplicativos atuais do Windows 7 dos clientes funcionará com o Windows 8. Como resultado, é mais fácil para as organizações focalizarem em uma avaliação e escolher cenários do Windows 8 que se adequem melhor às suas necessidades comerciais. Sua organização pode desejar considerar a avaliação do Windows 8 hoje para uma adoção lado a lado com o Windows 7 para cenários comerciais-chave.

Windows XP e migrações para o Windows 7 no estágio inicial

Se você ainda não começou, está no hora de começar a migrar do Windows XP. As organizações que ainda estiverem executando o Windows XP em abril de 2014 enfrentarão o risco de executar software sem suporte. Além disso, a maior parte das novas opções de hardware provavelmente não dará suporte ao sistema operacional Windows XP.

Ter os aplicativos de sua empresa prontos para mover do Windows XP pode exigir uma quantidade substancial de tempo. Portanto, é uma boa ideia começar o esforço imediatamente, se ainda não tiver começado. Para ajudar a acelerar o processo, e para ajudar você a decidir sobre o caminho de implantação mais relevante, é importante primeiro fazer um inventário de seus aplicativos existentes. Racionalize seu portfólio de aplicativos para poder focalizar no teste do subconjunto de aplicativos críticos para sua empresa ou mais importantes para a maior porcentagem de usuários de sua organização.

Focalizar no teste apenas dos aplicativos críticos pode reduzir o tempo necessário para testar seus aplicativos com o Windows 7 e o Windows 8. Além disso, você precisa determinar quais partes de sua organização e quais grupos de usuários empresariais se beneficiarão mais com os recursos do Windows 8. Dessa maneira, você também pode determinar quais usuários podem se restringir ao Windows 7 por enquanto.

Você precisará adotar uma abordagem individual para a migração do seu sistema operacional devido às necessidades específicas de seu ambiente e de seu negócio. Para alguns, a mudança de toda a empresa para o Windows 8 será a melhor opção. Para outros, será melhor migrar primeiro para o Windows 7. Para alguns, a melhor situação pode ser implantar o Windows 8 lado a lado com o Windows 7 para cenários-chave, como tablets com o Windows 8 para usuários móveis e Windows 7 para usuários tradicionais no local. Habilitada por um alto nível de compatibilidade entre o Windows 7 e o Windows 8, essa opção de implantação fornece o mais alto nível de flexibilidade de sistema operacional para todas as suas necessidades organizacionais.

Sua abordagem geral dependerá da situação individual de sua empresa. Você precisará levar em consideração o tamanho de sua empresa, o número de aplicativos existentes, que estão em uso no momento, e muitos outros fatores. Portanto, é importante que você obtenha agilidade suficiente em seu caminho de adoção simplificando seus testes de aplicativos. Como com qualquer nova tecnologia, você também deve planejar como treinará seus funcionários quando a migração começar seriamente e depois que estiver concluída.

Mais uma vez, se ainda estiver executando o Windows XP, você deverá se concentrar em uma saída acelerada desse sistema operacional, para evitar executar um sistema operacional sem suporte. Agora é o momento adequado para mudar para um ambiente com o Windows 8 implantado lado a lado com o Windows 7.

Windows Vista

As organizações que estiverem usando qualquer uma das várias iterações do Windows Vista devem considerar desenvolver e fazer um teste piloto dos aplicativos do Windows 8 hoje. Também é aconselhável que as organizações baseadas principalmente no sistema operacional Windows Vista comecem a planejar uma migração completa para o Windows 8. Embora o Windows Vista irá ter suporte total até 2017, o Windows 8 fornecerá benefícios significativos de mobilidade, segurança e produtividade à sua organização.

Essas recomendações devem ajudar a dar partida em seu planejamento do Windows 8. Enquanto isso, sinta-se à vontade para ler mais sobre as ferramentas e orientações de implantação do Windows, bem como sobre os recursos e benefícios em nível empresarial do Windows 8.

Stella Chernyak  é diretora sênior de marketing de produtos da equipe comercial do Windows, responsável pelo marketing das soluções de cliente do Windows para clientes empresariais. Chernyak ingressou na equipe do Windows em 1999, trabalhando nas campanhas de lançamento do Windows 2000 e do Windows XP. Ela possui título de MBA da Wharton Business School e mestrado em física pelo Moscow Institute of Technology and Physics.

Conteúdo relacionado