Table of contents
TOC
Recolher sumário
Expandir sumário

Implantação de servidor único do Operations Manager

Matt Goedtel|Última Atualização: 02/03/2017
|
1 Colaborador

Aplica-se a: System Center 2016 – Operations Manager

O cenário do grupo de gerenciamento de servidor único combina todas as funções do grupo de gerenciamento que podem coexistir em um único servidor sendo executado como um servidor membro em um domínio do Active Directory. Essa instância pode estar em um hardware dedicado ou em um computador virtual. Você pode implantar o console de Operações em computadores que não sejam o servidor único e acessar o console Web com um navegador.

Implante o Operations Manager em um grupo de gerenciamento de servidor único quando desejar usá-lo para avaliar, testar e desenvolver pacotes de gerenciamento, geralmente em ambientes de laboratório, desenvolvimento ou não produção.

Implantação de servidor único

Serviços do Operations Manager

A configuração de um grupo de gerenciamento de servidor único oferece suporte aos seguintes serviços:

  1. Monitoramento e geração de alertas

  2. Relatórios (disponível no console de Operações, mas não no console Web)

  3. Coleta de auditoria

  4. Gerenciamento de exceções sem agente

  5. Dados (acessados com o uso do console Web e do console de Operações)

Recursos do Operations Manager

A configuração do grupo de gerenciamento de servidor único combina estes recursos:

  • Coletor ACS (Serviços de Coleta de Auditoria)

  • Banco de dados ACS

  • encaminhador ACS

  • Banco de dados operacional

  • Console de operações

  • Banco de dados do data warehouse de relatórios

  • Banco de dados de relatórios

  • Servidor de relatórios

  • Servidor do console Web

  • Shell de comando

Restrições

A configuração de um grupo de gerenciamento de servidor único é a mais fácil de implantar, mas há limitações quanto aos seus recursos e, portanto, quanto às tarefas para as quais ela costuma ser usada.

Servidor de gateway

Esta configuração não inclui a função de servidor gateway. Por causa disso, todos os dispositivos monitorados devem estar na mesma floresta do Active Directory como o servidor de gerenciamento, ou você deve utilizar certificados no computador gerenciado e no servidor de gerenciamento para possibilitar a autenticação mútua.

Alta disponibilidade e redundância

A configuração de um servidor único e um grupo de gerenciamento único reside em um único conjunto de componentes de hardware ou uma única máquina virtual. Esta configuração dá suporte a apenas uma instância de cada função de servidor e, portanto, não dá suporte para o failover de agente entre servidores de gerenciamento.

Usos comuns

Esta configuração é utilizada comumente para fins de avaliação, testes e desenvolvimento de pacotes de gerenciamento, em geral em ambientes de não produção ou de pré-produção. Normalmente, as configurações do grupo de gerenciamento de servidor único carecem de robustez e desempenho para oferecer suporte às menores cargas de produção.

Portas usadas

Nesta configuração, é necessário garantir que as portas da rede estejam abertas para comunicação entre os agentes e o servidor de gerenciamento, entre o console de Operações e o servidor de gerenciamento e entre o console Web e o servidor de gerenciamento. Todas as outras comunicações entre serviços ocorrem no próprio servidor de gerenciamento. As portas são as seguintes:

  • Console de Operações para servidor de gerenciamento: TCP 5724

  • Console de Operações para o Servidor de Relatórios: TCP 80

  • Console Web para o servidor do console Web: a TCP 51908 é a porta padrão quando você seleciona a autenticação do Windows. Se você escolher Autenticação de formulários, a porta será definida pelo usuário.

  • Agente para servidor de gerenciamento: TCP 5723

  • Encaminhador ACS para coletor ACS: TCP 51909

  • Gerenciamento sem agente: ocorre por meio da porta dinâmica RPC (Chamada de Procedimento Remoto)

  • Servidor de gerenciamento para computador UNIX\Linux: TCP 1270

  • Servidor de gerenciamento para computador UNIX\Linux para solução de problemas e descoberta especiais: TCP 22

Para obter uma lista completa das portas usadas, da direção da comunicação e se as portas podem ser configuradas, consulte Configuring a Firewall for Operations Manager (Configurando um firewall para o Operations Manager).

Próximas etapas

© 2017 Microsoft