Table of contents
TOC
Recolher sumário
Expandir sumário

Monitorando redes usando o Operations Manager

Matt Goedtel|Última Atualização: 02/03/2017
|
1 Colaborador

Aplica-se a: System Center 2016 – Operations Manager

O System Center 2016 – Operations Manager pode monitorar roteadores e switches de rede física, incluindo as interfaces e as portas nesses dispositivos e as VLANs (redes de área local virtual) e os grupos de HSRP de que participam, além de firewalls e balanceadores de carga. A maior visibilidade da infraestrutura de rede pode ajudá-lo a identificar falhas que foram causadas pela rede em serviços e aplicativos críticos. Por exemplo, você recebe um alerta informando que um servidor crítico não está disponível. Se tiver configurado o monitoramento de rede, você também receberá um alerta informando que uma porta está offline. Ao exibir o diagrama das proximidades do computador para o servidor, você percebe que o computador não disponível está conectado à porta offline. Dessa forma, você pode se concentrar na solução de problema da causa raiz para os computadores não disponíveis.

O Operations Manager pode mostrar como a sua rede está conectada aos computadores que você está monitorando por meio do painel Exibição de Proximidades de Rede. Usando esse painel, é possível visualizar o layout da sua topologia, bem como a integridade de cada dispositivo de rede, computador e a conexão entre cada um deles.

O Operations Manager pode descobrir e monitorar dispositivos de rede que usam o Protocolo de Gerenciamento de Rede Simples (SNMP) v1, v2c e v3. Para obter uma lista completa dos dispositivos com suporte, confira Network Devices with Extended Monitoring Capability spreadsheet (Planilha dos dispositivos de rede com funcionalidade estendida de monitoramento). A planilha de dispositivos inclui as colunas de processador e memória de cada dispositivo para indicar se o Operations Manager pode fornecer monitoramento estendido a um ou ambos os aspectos de cada dispositivo.

Com o System Center 2016 – Operations Manager, uma ferramenta de geração de Pacote de Gerenciamento de Monitoramento de Rede está incluída para ajudá-lo a criar um pacote de gerenciamento personalizado para adicionar suporte de monitoramento estendido para novos dispositivos de rede, sem a necessidade de certificação de dispositivo da Microsoft. Além disso, essa ferramenta permite que você adicione o monitoramento de componentes de dispositivos adicionais, como o ventilador, sensor de temperatura, sensor de voltagem e fonte de alimentação. Você pode baixar a ferramenta e o guia do usuário do Centro de Download da Microsoft.

Recursos e escopo de monitoramento do dispositivo de rede

O Operations Manager oferece o seguinte monitoramento para dispositivos de rede descobertos:

  • Integridade de conexão - com base em ambas as extremidades de uma conexão

  • Integridade VLAN - com base no estado de integridade de comutadores na VLAN

  • Integridade do grupo HSRP - com base no estado de integridade de pontos de extremidade individuais de HSRP

  • Porta/Interface

    • Para cima/Para baixo (status operacional e administrativo)

    • Volumes de tráfego de entrada/saída (incluindo abortar, difundir, detecção de portadora, colisão, taxas de CRC, descarte, erro, erro de FCS, quadro, giants, runts, ignorado, erro de transmissão/recepção MAC, taxas da fila)

    • % de Utilização

    • Taxas de descarte e de transmissão

    Observação

    As portas conectadas a um computador não são monitoradas; somente as portas conectadas a outros dispositivos de rede são monitoradas. É possível monitorar uma porta conectada a um computador que não é gerenciado pelo agente no mesmo grupo de gerenciamento adicionando a porta ao Grupo de Adaptadores de Rede Críticos.

  • Processador -% de utilização (para alguns dispositivos certificados)

  • Memória - incluindo alta utilização, alta utilização de buffer, fragmentação excessiva e falhas de alocação de buffer (para alguns dispositivos certificados)

    • Contadores de memória detalhados (somente para dispositivos Cisco)

    • Memória livre

Observação

Alguns dos recursos de monitoramento estão desabilitados por padrão. Para obter mais informações, confira Como configurar o monitoramento de dispositivos de rede.

O Operations Manager oferece suporte ao monitoramento do seguinte número de dispositivos de rede:

  • 2.000 dispositivos de rede (aproximadamente 25.000 portas monitoradas) gerenciados por dois pools de recursos

  • 1000 dispositivos de rede (aproximadamente 12.500 portas monitoradas) gerenciadas por um pool de recursos que tem três ou mais servidores de gerenciamento

  • 500 dispositivos de rede (aproximadamente 6.250 portas monitoradas) gerenciados por um pool de recursos que tem dois ou mais servidores de gateway

Pacotes de gerenciamento necessários

Os seguintes pacotes de gerenciamento, que são instalados com o Operations Manager, são necessários para descobrir e monitorar a rede:

  • Microsoft.Windows.Server.NetworkDiscovery

  • Microsoft.Windows.Client.NetworkDiscovery

Há outros pacotes de gerenciamento que são necessários para relacionar dispositivos de rede entre si e aos computadores agentes aos quais estão conectados. O monitoramento de rede requer a descoberta do adaptador de rede de cada computador agente, que é executada pelo pacote de gerenciamento do sistema operacional do computador agente. Verifique se os pacotes de gerenciamento da lista a seguir estão instalados em cada sistema operacional no seu ambiente.

Como funciona a descoberta de dispositivos de rede

A descoberta de dispositivos de rede é executada pelas regras de descoberta criadas por você. Para obter instruções sobre como criar uma regra de descoberta, confira Como descobrir dispositivos de rede no Operations Manager e How to configure network device discovery settings (Como definir as configurações de descoberta do dispositivo de rede).

Quando cria uma regra de descoberta, você designa um servidor de gerenciamento ou servidor de gateway para executar a regra. Cada servidor de gerenciamento ou servidor de gateway pode executar apenas uma regra de descoberta. Talvez você queira colocar estrategicamente os servidores de gerenciamento em segmentos de rede diferentes, de modo que eles possam acessar os dispositivos de rede que estão descobrindo.

As regras de descoberta são executadas em um agendamento especificado por você. Também é possível executar uma regra sob demanda. Cada vez que a regra de descoberta é executada, ela tenta encontrar novos dispositivos dentro de sua definição ou alterações aos dispositivos que foram descobertos previamente. Uma regra de descoberta pode executar uma descoberta explícita ou descoberta recursiva.

  • Descoberta explícita – Uma regra de descoberta explícita tentará descobrir apenas os dispositivos que você especifica explicitamente no assistente pelo endereço IP ou FQDN. Ela só irá monitorar os dispositivos que puder acessar com êxito. A regra tentará acessar o dispositivo usando o protocolo ICMP, SNMP ou ambos, dependendo da configuração da regra.

  • Descoberta recursiva – Uma regra de descoberta recursiva tentará descobrir os dispositivos que você especifica explicitamente no assistente pelo endereço IP e outros dispositivos de rede que estão conectados ao dispositivo SNMP v1 ou v2 e que o dispositivo SNMP v1 ou v2 conhece por meio da tabela ARP (Address Routing Protocol) do dispositivo, a tabela de endereços IP ou a topologia MIB (Management Information Block).

    Se você usar a descoberta recursiva, poderá optar por descobrir todos os outros dispositivos de rede que o dispositivo SNMP v1 ou v2 especificado conhece ou apenas dispositivos de rede que estão conectados ao SNMP v1 ou v2 especificado e que estão em um intervalo especificado de endereços IP. Você também pode filtrar a descoberta recursiva usando propriedades como o tipo de dispositivo, o nome e o identificador de objeto (OID).

    Observação

    O Operations Manager pode identificar os dispositivos conectados em uma descoberta recursiva que usa um endereço IPv6; no entanto, o dispositivo inicial descoberto deve usar um endereço IPv4.

Uma regra de descoberta pode executar apenas a descoberta explícita ou recursiva, mas não pode executar uma combinação de tipos de descoberta. Você pode alterar o tipo de descoberta de uma regra depois que a regra for criada. Se você souber todos os dispositivos de rede que deseja descobrir, use a descoberta explícita. A descoberta recursiva pode descobrir dispositivos para os quais você não tem necessidade comercial de monitorar e, como resultado, pode aumentar a carga de trabalho administrativa do monitoramento da rede.

Uma regra de descoberta pode descobrir qualquer combinação de dispositivos SNMP v1, v2 e v3. Dispositivos SNMP v3 só podem ser descobertos pela descoberta explícita ou sendo especificados em uma regra de descoberta recursiva. Se você especificar um dispositivo SNMP v3 em uma regra de descoberta recursiva, o dispositivo SNMP v3 será descoberto, mas os dispositivos conectados a ele não serão descobertos. Se você especificar um dispositivo SNMP v1 ou v2 em uma regra de descoberta recursiva, somente os dispositivos SNMP v1 e v2 conectados a ele serão incluídos na descoberta recursiva.

Não há suporte para regras de interceptação SNMP para dispositivos SNMP v3.

Observação

Os computadores Windows executando SNMP serão filtrados dos resultados da descoberta se:

  • O tipo de dispositivo for “Host” e o fornecedor for a "Microsoft"
  • O campo sysDescription contiver "Microsoft"
  • O sysOid começar com .1.3.6.1.4.1.311.1.1.3.1
  • O sysOid contiver 1.3.6.1.4.1.199.1.1.3.11

Ao configurar a regra de descoberta, você especifica se o Operations Manager usará ICMP, SNMP ou ambos para se comunicar com o dispositivo de rede. O dispositivo de rede deve oferecer suporte ao protocolo especificado. Quando a regra de descoberta for executada, o Operations Manager tentará contatar os dispositivos de rede especificados, usando os protocolos que você definiu. Se você especificar que um dispositivo usa ICMP e SNMP, o Operations Manager deverá ser capaz de contatar esse dispositivo usando ambos os métodos, caso contrário, a descoberta falhará. Se você especificar ICMP como o único protocolo a ser usado, a descoberta estará limitada ao dispositivo especificado e o monitoramento se limitará a verificar se o dispositivo está online ou offline.

A comunicação com o dispositivo também exige o uso de credenciais. Associe cada regra de descoberta a contas Executar como que forneçam a cadeia de caracteres da comunidade (para dispositivos SNMP v1 e v2) ou credenciais de acesso (SNMP v3) ao Operations Manager. Para obter mais informações, consulte Contas Executar como para monitoramento de rede no Operations Manager.

Depois que o Operations Manager acessar com êxito um dispositivo de rede especificado, se você selecionou a descoberta recursiva, ele tentará descobrir outros dispositivos de rede conhecidos pelo dispositivo especificado por meio da tabela ARP desses dispositivos, sua tabela de endereços IP ou os arquivos MIB da topologia.

A descoberta de dispositivos de rede consiste nas seguintes fases, que são exibidas no status da tarefa de descoberta:

  1. Investigação

    Durante a fase de sondagem, o Operations Manager tenta contatar o dispositivo usando o protocolo especificado, da seguinte forma:

    • Somente ICMP: executar ping no dispositivo

    • ICMP e SNMP: contate o dispositivo usando ambos os protocolos

    • Somente SNMP: usa a mensagem SNMP GET

  2. Processamento

    Após a conclusão da investigação, o Operations Manager processa todos os componentes do dispositivo, como portas e interfaces, memória, processadores, associação à VLAN e grupos de HSRPs.

  3. Pós-processamento

    O Operations Manager correlaciona as portas do dispositivo de rede aos servidores aos quais essas portas estão conectadas, insere itens no banco de dados operacional e associa contas Executar como.

Após a conclusão da descoberta, o pool de recursos do pacote de gerenciamento especificado na regra de descoberta começa a monitorar os dispositivos de rede descobertos. Para obter mais informações sobre como monitorar dispositivos de rede, confira [Exibindo dispositivos de rede e dados no Operations Manager]viewing-network-devices-and-data-in-operations-manager.md) e Relatórios para monitoramento de rede no Operations Manager.

Próximas etapas

© 2017 Microsoft