Skip to main content

Agendador de Tarefas do Windows Vista

Resumo

O Windows Vista apresenta um novo serviço do Agendador de Tarefas que oferece gerenciamento controlado e autônomo de execução de tarefas. Ele é iniciado conforme agendamento ou em resposta a eventos ou a alterações de estado do sistema.

A capacidade de executar ações baseadas na ocorrência de um evento permite o gerenciamento proativo de sistemas ad hoc. Agora, os profissionais de TI podem configurar os computadores para reagir automaticamente a possíveis problemas de sistema, inclusive falhas intermitentes, difíceis de reproduzir. Eles também podem configurar tarefas mais complexas e difíceis de executar em seqüência ou em resposta a vários gatilhos e alterações de condição. Uma tarefa pode enviar uma notificação por email a um profissional de TI sobre um problema em um computador desktop e iniciar um programa de diagnóstico ou até mesmo uma resolução automatizada.

No caso de tarefas periódicas e rotineiras de administração, o Agendador de Tarefas do Windows Vista permite que os especialistas em TI determinem a execução de tarefas diárias mesmo quando o computador estiver em espera ou em hibernação. O Agendador de Tarefas ativa o computador para executar as tarefas e permite que ele retorne à espera ou hibernação quando a tarefa é concluída, poupando energia e, ao mesmo tempo, permitindo que as tarefas críticas sejam executadas no horário correto.

Nesta página

Introdução Introdução
Terminologia Terminologia
Agendador de Tarefas antes do Vista Agendador de Tarefas antes do Vista
Aprimoramentos e novos recursos do Windows Vista Aprimoramentos e novos recursos do Windows Vista
Conclusão Conclusão

 

Introdução

No ambiente atual, atento aos custos, os profissionais de TI devem assegurar a operação confiável de um número cada vez maior de computadores cliente. Para que esses computadores operem sem problemas, programas padrão como software de backup, verificações de vírus e desfragmentação de disco devem ser executados de maneira previsível e confiável. Os SLAs (Contratos de Nível de Serviço) rígidos tornam crucial que os profissionais de TI respondam rapidamente a eventos do sistema, forneçam suporte proativo e trabalhem para evitar perda de dados.

O Agendador de Tarefas do Windows Vista é muito mais desenvolvido que a ferramenta Tarefas Agendadas das versões anteriores do Windows. Ele oferece a flexibilidade de que os administradores precisam para automatizar com mais confiabilidade e segurança as tarefas comuns de administração de desktops, facilitando o suporte a um número crescente de computadores cliente. Os aprimoramentos a essa ferramenta abrem as portas de toda uma classe de usos que nunca foram possíveis.

A execução automatizada de tarefas padrão em desktops pode beneficiar as empresas de várias maneiras. Os custos de suporte diminuem, a perda de dados é minimizada e os programas são executados conforme esperado com mais freqüência. Os computadores cliente operam de modo mais seguro e robusto, liberando os membros da equipe de TI para trabalhar em questões que agregam valor comercial.

Este white paper fornecerá uma visão geral sobre os novos recursos do Agendador de Tarefas do Windows Vista, o que inclui respostas automáticas a eventos e condições do sistema, agendamento, monitoramento e gerenciamento de tarefas, além de aprimoramentos na confiabilidade e na segurança. Ele também descreverá de que forma os profissionais de TI podem usar o Agendador de Tarefas para gerenciar desktops de modo mais efetivo.

 

Terminologia

O Agendador de Tarefas define uma tarefa como unidade de operação. Uma tarefa consiste em condições de inicialização, inclusive gatilhos, condições e configurações e uma ou mais operações de execução, conhecidas como ações.

Gatilhos são conjuntos de critérios que, quando atendidos, provocam a execução de uma tarefa. Os gatilhos podem ser baseados em horários e em eventos, especificando os horários de início da tarefa, os critérios de repetição e outros parâmetros.

Condições são usadas para condicionar a execução de uma tarefa a determinado estado do computador. Uma tarefa só será iniciada por um gatilho quando todas as condições da tarefa forem verdadeiras. Por exemplo, você pode usar condições para iniciar um programa quando ocorrer um evento, mas apenas se a rede estiver disponível, ou iniciar uma ação em determinado horário, mas somente se o computador estiver ocioso.

Configurações oferecem opções de execução. Por exemplo, as configurações podem ser usadas para indicar com que freqüência uma ação deve ser repetida.

Ações são os comandos a serem executados quando os gatilhos e as condições forem atendidos. Por exemplo, uma ação pode iniciar um programa ou enviar um email.

 

Agendador de Tarefas antes do Vista

Embora a versão do Agendador de Tarefas disponível no Windows XP e no Windows Server 2003 ofereça muitos benefícios nas tarefas periódicas de administração agendadas, ela tem limitações nas áreas de confiabilidade, segurança e no monitoramento e execução de controles.

Um dos principais obstáculos no Windows XP em termos de confiabilidade era o gerenciamento de credenciais. Como as credenciais das tarefas eram armazenadas localmente, qualquer atualização no domínio ou nas senhas locais podia invalidar tarefas. Alterações periódicas de senhas são a norma na maioria das empresas; assim, os profissionais de TI eram obrigados a atualizar regularmente as credenciais de todas as tarefas.

Durante o fortalecimento de segurança do Windows Server 2003, várias vulnerabilidades potenciais exigiram que a Microsoft limitasse o uso do Agendador de Tarefas apenas aos administradores, reduzindo o número de cenários em que ele poderia ser útil.

Em caso de falha na execução de uma tarefa, uma mensagem fornecia comentários, exibindo o código de erro da última tarefa executada. Se ocorressem várias execuções antes que o miniaplicativo do painel de controle do Agendador de Tarefas fosse acessado, tudo era perdido, com exceção do último código de erro, sem possibilidade de recuperação fácil. Não era mantido um histórico de tarefas.

Antes do Windows Vista, o Agendador de Tarefas podia ser configurado para iniciar só uma ação em uma tarefa agendada. Os profissionais de TI não podiam definir seqüências de ações; em vez disso, precisavam determinar quanto tempo levaria cada processo de uma seqüência de operações e "estimar" o intervalo correto entre as tarefas para assegurar que a tarefa anterior estivesse concluída antes do início da próxima. Essa falta de flexibilidade poderia provocar a execução incorreta de uma tarefa ou até a não-execução, como no caso de falha na execução de um aplicativo de relatórios devido a uma tarefa de coleta de dados do relatório não ter sido concluída a tempo.

Por fim, antes do Windows Vista, o Agendador de Tarefas só podia ser usado para iniciar tarefas em determinado horário ou em resposta a um conjunto limitado de condições do sistema (Figura 1). As tarefas não podiam ser disparadas com base em eventos; portanto, o Agendador de Tarefas estava limitado à execução periódica de tarefas agendadas.

O Agendador restringia-se à execução periódica de tarefas agendadas.

O Agendador de Tarefas do Windows XP podia iniciar tarefas agendadas, como backup, periodicamente

Figura 1.  O Agendador de Tarefas do Windows XP podia iniciar tarefas agendadas, como backup, periodicamente.
 

 

Aprimoramentos e novos recursos do Windows Vista

O Windows Vista é capaz de agendar trabalhos para execução em horários especificados de modo mais previsível, confiável e seguro. Mas o Agendador de Tarefas do Windows Vista vai além de meramente agendar as tarefas; os novos recursos também atendem à necessidade de um gerenciamento mais complexo e proativo de aplicativos e sistemas, principalmente a sincronização de tarefas e a ativação por eventos. O Agendador de Tarefas do Windows Vista fornece uma plataforma para gerenciamento ad-hoc fácil e seguro dos computadores cliente.

Novos gatilhos. A capacidade de disparar uma tarefa baseada em qualquer evento capturado no log de eventos é um dos mais poderosos novos recursos do Agendador de Tarefas do Windows Vista. Esse novo recurso permite que os administradores enviem um email ou iniciem um programa automaticamente quando ocorre determinado evento. E isso pode ser usado para notificar automaticamente um analista de suporte quando um evento crítico — por exemplo, uma falha potencial do disco rígido — ocorre em um computador cliente. Ele também permite cenários mais complexos, como localizar um problema intermitente que tende a se manifestar durante a noite. O Agendador de Tarefas pode ser configurado para notificar um administrador, por email, da ocorrência de um problema. Um administrador também pode usar o Agendador de Tarefas para, no caso de erros, iniciar automaticamente um programa a fim de coletar mais dados.

Com o novo Assistente para Agendador de Tarefas do Windows Vista (Figura 2), é fácil configurar tarefas que devem ser iniciadas quando ocorre um evento. Um administrador pode simplesmente selecionar, no recurso Visualizar Eventos, a tarefa a ser usada como gatilho e, com um clique, iniciar o Assistente para Agendador de Tarefas a fim de configurá-la. A perfeita integração entre a interface do usuário do Agendador de Tarefas e o recurso Visualizar Eventos permite que uma tarefa disparada por evento seja criada com apenas cinco cliques.

O Assistente para Agendador de Tarefas do Windows Vista pode ser iniciado a partir do recurso Visualizar Eventos

Figura 2.  O Assistente para Agendador de Tarefas do Windows Vista pode ser iniciado a partir do recurso Visualizar Eventos.
Exibir imagem em tamanho normal.
 

Além de eventos, o Agendador de Tarefas do Windows Vista oferece suporte a vários outros novos tipos de gatilhos, inclusive gatilhos que iniciam tarefas na inicialização, no logon do computador ou quando ele está ocioso. Vários gatilhos adicionais permitem que os administradores configurem tarefas para serem iniciadas quando o estado da sessão é alterado, inclusive na conexão e desconexão do Terminal Server e no bloqueio e desbloqueio da estação de trabalho. O Agendador de Tarefas ainda permite que as tarefas sejam disparadas com base em horário e data, além de oferecer um fácil gerenciamento das tarefas agendadas regularmente.

No novo Agendador de Tarefas, os gatilhos podem ser personalizados mais detalhadamente para fazer um ajuste fino de quando as tarefas serão iniciadas e com que freqüência serão executadas. Um administrador pode adicionar um atraso a um gatilho ou configurar uma tarefa para que se repita a intervalos regulares após a ocorrência do gatilho. Os administradores também podem definir limites para as tarefas, indicando que a tarefa deve ser interrompida depois de um determinado período. Datas de ativação e expiração também podem ser especificadas.

A Figura 3 ilustra os controles disponíveis para criar e personalizar gatilhos usando a caixa de diálogo Criar Novo Gatilho. Essa caixa de diálogo pode ser usada para configurar um novo gatilho ou para personalizar um gatilho de eventos criado pelo Assistente para Agendador de Tarefas.

As opções avançadas permitem que os administradores personalizem os gatilhos

Figura 3.  As opções avançadas permitem que os administradores personalizem os gatilhos.
Exibir imagem em tamanho normal.
 

Condições e configurações A combinação de gatilhos, condições, configurações e ações oferece um modelo de ativação amplo e poderoso.

Para cada tarefa, podem ser definidas várias condições. Condições são usadas para condicionar a execução de uma tarefa a determinado estado do computador. Por exemplo, com o novo Agendador de Tarefas, você pode iniciar um programa quando ocorrer um evento apenas se a rede estiver disponível, iniciar uma ação em determinado horário somente se o computador estiver ocioso ou iniciar uma ação no logon apenas se o computador não estiver usando a bateria.

No Windows Vista, os administradores podem definir condições com base na ociosidade do computador, na fonte de energia do computador (CA versus baterias), na conectividade de rede e no estado de energia do computador ("LIGADO" versus estado de suspensão). Por exemplo, as tarefas podem ser definidas para serem executadas somente quando o computador estiver operando com energia de corrente alternada (CA), serem interrompidas se o computador iniciar a operação usando a bateria ou serem executadas somente se o computador estiver conectado à rede. Talvez o mais importante seja que uma tarefa pode ser configurada para ativar o computador em hibernação ou espera, a fim de executar uma tarefa. A Figura 4 mostra a caixa de diálogo de configuração das condições de uma tarefa.

Os administradores podem indicar as condições necessárias para que uma tarefa seja iniciada

Figura 4.  Os administradores podem indicar as condições necessárias para que uma tarefa seja iniciada.
Exibir imagem em tamanho normal.
 

Os administradores podem usar as configurações para instruir o Agendador de Tarefas sobre como agir se uma tarefa não for executada corretamente. Em caso de falha da tarefa, os administradores podem indicar quantas vezes ela deve ser repetida. Se o computador não estiver ligado no horário agendado para uma tarefa, um administrador poderá usar as configurações para assegurar que a tarefa seja executada assim que o computador estiver disponível. Um administrador também pode definir o tempo máximo de execução de uma tarefa, assegurando que ela seja desativada se a execução atingir o tempo limite.

A caixa de diálogo Configurações (Figura 5) fornece opções de execução, como interromper tarefas se elas demorarem demais ou repeti-las em caso de falha na execução.

As configurações oferecem flexibilidade caso haja falha nas tarefas ou se elas demorarem demais

Figura 5.  As configurações oferecem flexibilidade caso haja falha nas tarefas ou se elas demorarem demais.
Exibir imagem em tamanho normal.
 

Gatilhos e ações flexíveis. Antes do Windows Vista, cada tarefa era iniciada com base em um único gatilho (geralmente, o horário) e determinada tarefa podia conter apenas uma ação. O Agendador de Tarefas do Windows Vista oferece muito mais flexibilidade na vinculação de gatilhos a ações, permitindo aos administradores de TI usar essa ferramenta para gerenciar com facilidade cenários mais complexos.

No Windows Vista, vários gatilhos podem ser vinculados a determinada tarefa. Por exemplo, determinada condição de erro pode ser indicada somente se ocorrerem três eventos diferentes. Um administrador pode facilmente definir uma tarefa que será iniciada somente se ocorrerem esses três eventos.

Além de as tarefas poderem exigir vários gatilhos, uma única tarefa pode ser usada para iniciar várias ações. Agora são possíveis operações sincronizadas, seja por várias ações executadas em seqüência em uma única tarefa ou por um encadeamento de tarefas, usando-se eventos acionados por uma tarefa anterior para iniciar a próxima. Essa sincronização permite cenários como: verificar primeiramente se há falhas no disco, executar a limpeza do disco, comprimir arquivos e, por fim, fazer backup para um compartilhamento. Todas essas operações podem ser executadas usando-se uma única tarefa.

O novo Agendador de Tarefas remove o componente de adivinhação da tentativa de executar tarefas em seqüência. Por exemplo, suponha que todas as noites, à 1:00h, um administrador precise executar determinado processo em lotes e imprimir o resultado do processo após a conclusão. Antes do Windows Vista, o administrador precisaria de duas tarefas para automatizar esse processo — uma sendo iniciada à 1:00h para executar o arquivo em lotes e uma segunda para imprimir o resultado. O administrador precisaria adivinhar quanto tempo o processo em lotes levaria para ser concluído e precisaria também configurar a tarefa de impressão para ser iniciada após um intervalo adequado. Se o processo em lotes não estivesse concluído antes do início do processo de impressão — ou falhasse totalmente — o resultado não seria impresso.

Com o Windows Vista, esse cenário é fácil de gerenciar. É possível definir uma única tarefa para executar o processo em lotes, com início à 1:00h, e imprimir o resultado após a conclusão do processo. A Figura 6 ilustra como um administrador pode vincular várias ações a uma única tarefa.

Várias ações podem ser definidas para uma única tarefa.

Figura 6.  Várias ações podem ser definidas para uma única tarefa.
Exibir imagem em tamanho normal.
 

Segurança. No Agendador de Tarefas do Windows Vista, a segurança foi amplamente aprimorada. O Agendador de Tarefas oferece suporte a um modelo de isolamento de segurança, no qual cada conjunto de tarefas executadas em um contexto de segurança específico é iniciado em uma sessão separada. As tarefas executadas para usuários diferentes são iniciadas em sessões de janelas separadas, em completo isolamento uma da outra e das tarefas em execução no contexto do computador (sistema). As senhas são armazenadas (quando necessário) no serviço Gerenciador de Credenciais (CredMan), usando interfaces de criptografia. O uso do CredMan evita que um malware recupere a senha armazenada, fortalecendo ainda mais a segurança.

No Windows Vista, a carga do gerenciamento de credenciais no Agendador de Tarefas foi suavizada. As credenciais não são mais armazenadas localmente na maioria dos cenários, de modo que as tarefas não "quebram" quando uma senha é alterada. Os administradores podem configurar serviços de segurança como o S4U (Serviço para Usuários) e o CredMan, dependendo de a tarefa exigir recursos remotos ou locais. O S4U reduz a necessidade de armazenar senhas localmente no computador, e o CredMan, embora exija que as senhas sejam atualizadas uma vez por computador, atualiza automaticamente as tarefas agendadas cuja execução foi configurada para o usuário específico com a nova senha.

Confiabilidade. O Agendador de Tarefas do Windows Vista aumenta a confiabilidade e a disponibilidade em vários níveis. Em primeiro lugar, o Agendador de Tarefas agora inclui uma opção para repetir tarefas em caso de falha, permitindo aos administradores a flexibilidade para especificar o número de novas tentativas e o intervalo entre elas.

O Agendador de Tarefas garante a execução das tarefas mesmo que um computador esteja em estado de suspensão no horário agendado para elas. Essa nova funcionalidade, que possibilita ao Agendador de Tarefas ativar o computador em estado de espera ou hibernação para que ele execute uma tarefa, permite aos administradores tirar proveito dos avançados modos de economia de energia do Windows Vista, sem a necessidade de se preocupar se as tarefas críticas serão executadas no horário correto.

Além da capacidade de ativar o computador para executar uma tarefa, os administradores agora podem especificar uma opção para executar uma tarefa quando o computador ficar disponível. Quando essa opção estiver selecionada, o Agendador de Tarefas executará as tarefas assim que o computador for ligado, caso a execução da tarefa agendada não tenha se realizado. Por exemplo, se uma verificação de vírus foi agendada para execução às 3:00h, mas o laptop não estava ligado, o Agendador de Tarefas executará a verificação na próxima vez em que o computador for ligado. O Windows Vista dá aos profissionais de TI opções para assegurar que as tarefas críticas sejam executadas o mais rápido possível.

Desempenho. O Agendador de Tarefas do Windows Vista inclui opções para garantir que as tarefas não afetarão o desempenho do sistema nem interromperão trabalhos críticos. Os profissionais de TI podem configurar o Agendador de Tarefas para ativar tarefas somente quando o computador estiver ocioso. Esse recurso, juntamente com o suporte à priorização de tarefas, permite que as operações em segundo plano sejam iniciadas de modo não invasivo.

Opções de linha de comando e criação de scripts. Melhorar a experiência do usuário é uma das principais metas do Agendador de Tarefas do Windows Vista. Para os profissionais de TI que preferem usar uma ferramenta de linha de comando em vez da GUI, o utilitário de linha de comando schtasks.exe foi ampliado para abranger todas as novas funcionalidades adicionadas ao Windows Vista. A API (interface de programação de aplicativo) agora também é programável por scripts.

Tarefas de gerenciamento e monitoramento. O Agendador de Tarefas registra no Log de Eventos o seu status de execução usando um conjunto de eventos predefinidos, para fins de monitoramento, sincronização e gerenciamento de integridade. A interface do usuário, recentemente reprojetada e fornecida como um snap-in do MMC, permite o controle e o monitoramento detalhados das tarefas por meio de páginas de resumo, histórico de tarefas e exibições detalhadas das tarefas. A página de resumo (Figura 7) oferece uma rápida visão geral das tarefas executadas em um intervalo de tempo configurável e o resultado de aprovação/reprovação, bem como todas as tarefas que ainda estão ativas no computador.

A Página de Resumo oferece uma rápida visão geral das tarefas recentes e pendentes

Figura 7.  A Página de Resumo oferece uma rápida visão geral das tarefas recentes e pendentes.
Exibir imagem em tamanho normal.
 

A página de histórico (Figura 8) permite que os administradores analisem todas as instâncias das tarefas executadas durante um período configurável. Ela fornece informações sobre o status de execução, bem como a data e a hora em que as tarefas foram executadas.

As informações detalhadas sobre todas as tarefas agendadas recentemente estão disponíveis no Windows Vista

Figura 8.  As informações detalhadas sobre todas as tarefas agendadas recentemente estão disponíveis no Windows Vista.
Exibir imagem em tamanho normal.
 

Uma exibição detalhada de todas as tarefas agendadas é fornecida em Detalhes das Tarefas Agendadas (Figura 9). O painel superior contém uma lista das tarefas agendadas no computador. O painel inferior mostra detalhes da tarefa realçada na lista. Os gatilhos, as ações, as condições e as configurações de cada tarefa podem ser exibidos clicando-se nas guias.

A Página de Tarefas Agendadas fornece detalhes sobre tarefas pendentes

Figura 9.  A Página de Tarefas Agendadas fornece detalhes sobre tarefas pendentes.
Exibir imagem em tamanho normal.
 

 

Conclusão

O Agendador de Tarefas pode ajudar os profissionais de TI a trabalhar de modo mais rápido, inteligente e seguro. Ele oferece maior flexibilidade na definição, no agendamento e na automatização de tarefas autônomas, repetidas ou seqüenciais. Ele responde a condições de erro de maneira proativa. Ele é fácil de acessar e de usar. Ele oferece uma exibição imediata e transparente das tarefas e dos eventos em um sistema corporativo. Em resumo, o Agendador de Tarefas do Windows Vista é um acréscimo poderoso e confiável à caixa de ferramentas de TI.