Skip to main content

Windows 8.1: perguntas frequentes

Aplica-se a: Windows 8, Windows 8.1

Este artigo fornece respostas a perguntas comuns de profissionais de TI sobre os sistemas operacionais Windows 8 e Windows 8.1 em relação aos seguintes tópicos:

A menos que indicado de outra forma, as informações nestas Perguntas frequentes se aplicam ao Windows 8 e ao Windows 8.1.

Geral

Terei que aprender novas maneiras de executar tarefas rotineiras?

Os profissionais de TI executarão a maioria das tarefas no Windows 8 e no Windows 8.1 da mesma maneira como o fazem no Windows 7. Os mesmos atalhos de teclado funcionam no Windows 8 (por exemplo, a tecla Windows + E e a tecla Windows + R), e o Windows 8.1 ainda apresenta muitos outros novos atalhos. Temos a mesma experiência de área de trabalho, incluindo a barra de tarefas, aplicativos fixados na área de trabalho, visualizações de miniaturas e muito mais. Você copia arquivos, gerencia tarefas e administra o computador com as mesmas ferramentas.

Você pode oferecer dicas para o uso da função de toque, teclado e mouse com o Windows 8?

A ideia principal a ser lembrada é que o uso da função de toque nos remete às bordas da tela e o uso do mouse nos remete aos cantos da tela. Por exemplo, passar o dedo na borda direita da tela e tocar em Iniciar é o mesmo que mover o ponteiro do mouse para o canto superior direito da tela e clicar em Iniciar. Os atalhos do mouse que você sempre usou continuarão lá. Para abrir comandos em um aplicativo da Windows Store, basta clicar com o botão direito do mouse no aplicativo. Por fim, os atalhos de teclado que você já conhece e adora ainda estão no Windows 8 e no Windows 8.1. Um novo atalho que os profissionais de TI talvez gostem bastante é a tecla Windows + X, que abre um menu de ferramentas administrativas. Para obter mais informações sobre atalhos do teclado, consulte Atalhos do Windows 8.

Posso usar minha conta da Microsoft se eu fizer logon no meu computador usando uma conta de domínio?

Sim. Para associar sua conta da Microsoft à sua conta de domínio no computador local, pressione a tecla Windows + I, clique em Configurações do computador, clique em Contas e, em seguida, clique em Conectar sua conta da Microsoft.

Existe algum recurso novo no Windows PowerShell?

O Windows 8.1 inclui o Windows PowerShell 4.0, que torna o uso do Windows PowerShell mais fácil, principalmente para gerenciar computadores remotos. O serviço de Configuração do Estado Desejado do Windows PowerShell, novo nesta versão, permite gerenciar os dados de configuração dos serviços de software e os ambientes nos quais esses serviços são executados. Você pode depurar scripts remotos e agora depurar novos fluxos de trabalho do Windows PowerShell usando o depurador do Windows PowerShell, no Windows PowerShell ISE (“PowerShell gráfico”) e no console do Windows PowerShell. O cmdlet Save-Help agora permite salvar ajuda atualizável para módulos instalados em computadores remotos, mas não necessariamente instalados em um cliente local. Para obter mais informações sobre todos os novos recursos do Windows PowerShell 4.0, consulte O que há de novo no Windows PowerShell.

Posso executar máquinas virtuais em minha área de trabalho?

O Windows 8 Pro e o Windows 8 Enterprise incluem o Hyper-V Cliente. O mesmo é verdadeiro para o Windows 8.1. Você pode usar o Hyper-V Cliente para desenvolver e testar aplicativos, avaliar e conhecer novas tecnologias e assim por diante. Essa é a mesma tecnologia de virtualização executada no Windows Server 2012 e no Windows Server 2012 R2. Para obter mais informações sobre o Hyper-V Cliente, consulte Hyper-V Cliente.

Qual é a diferença entre as experiências da área de trabalho do Internet Explorer e o do Windows 8?

As duas experiências fazem parte do Internet Explorer 11. As duas usam o mesmo processo “iexplore.exe” e têm o mesmo suporte para os padrões da web. A experiência imersiva no estilo do Windows 8 fornece uma experiência de navegação da web que é otimizada para dispositivos de toque. Ela é rápida, sem plug-ins, e executa como um processo de 64 bits para ser mais segura por padrão. A experiência de navegação tradicional da área de trabalho oferece compatibilidade com versões anteriores oferecendo suporte a plug-ins e executando como um processo de 32 bits por padrão.

Quando abro um arquivo no Explorador de Arquivos, ele é aberto em um aplicativo da Windows Store. Posso alterar esse comportamento?

Sim. Clique com o botão direito do mouse em um arquivo, clique em Abrir com e em Escolher programa padrão para alterar o programa que abre esse tipo específico de arquivo por padrão. Por exemplo, é possível abrir imagens no Visualizador de Fotos do Windows, em vez de em Fotos, se você desejar exibir imagens na área de trabalho, e não no aplicativo da Windows Store.

Voltar ao início

Windows 8.1 Update

O que é o Windows 8.1 Update?

O Windows 8.1 Update é atualização cumulativa para o Windows 8.1. Além das atualizações anteriores do Windows 8.1, ele inclui aprimoramentos, como compatibilidade melhorada do Internet Explorer 11 para aplicativos empresariais, melhorias de utilização, gerenciamento estendido de dispositivos móveis e suporte avançado para hardware. O Windows 8.1 Update representa uma série de aprimoramentos de recursos para resolver comentários de clientes sobre cenários que não usam a função de toque (isto é, mouse e área de trabalho), interface do usuário moderna e integração da área de trabalho e o volume de disco/memória do sistema operacional para uma classe de dispositivos com potência mais baixa.

Há algum pré-requisito para o Windows 8.1 Update?

O Windows 8.1 Update pode ser instalado apenas em dispositivos e computadores que executam o Windows 8.1. Para clientes que usam a AU (Atualização Automática do Windows) há o pré-requisito de um pacote de SSU (Servicing Stack Update) ( KB2919442) que será oferecido aos dispositivos e instâncias do sistema operacional antes do Windows 8.1 Update ser oferecido. Além disso, há uma correção recomendada (KB2939087) para os clientes que irão instalar o Windows 8.1 Update manualmente.

Posso atualizar o Windows 8.0 para o Windows 8.1 aplicando o Windows 8.1 Update no Windows 8.0?

Não. A atualização do Windows 8.0 para o Windows 8.1 é uma operação separada.

Como o modo Empresarial me ajuda a permanecer atualizado?

Muitas empresas estão experimentando tensão entre os aplicativos e serviços atuais da web, que podem exigir padrões modernos, como o HTML5 e o CSS3, e outros aplicativos e serviços da web desenvolvidos para versões mais antigas do Internet Explorer. Com frequência, os aplicativos herdados representam um investimento significativo e têm ciclos de vida longos de vários anos, tornando esses clientes efetivamente dependentes de uma versão mais antiga do Internet Explorer até que possam atualizar esses aplicativos da web para padrões da web mais modernos. Introduzido em 2009, o Internet Explorer 8 foi o primeiro navegador disponível no Windows 7 e incluía recursos inovadores, como Modo de Exibição de Compatibilidade para sites mais antigos. Como ele também executava no Windows XP, muitos clientes e desenvolvedores optaram por padronizar com o Internet Explorer 8 para ajudar a facilitar a migração para o Windows 7. De acordo com a Net Applications, o Internet Explorer 8 ainda tem mais de 20% de participação no mercado de navegador de área de trabalho. Apesar do Internet Explorer 9, do Internet Explorer 10 e do Internet Explorer 11 terem substituído o IE8, muitos clientes ainda dependem do Internet Explorer 8 para executar seus negócios.

Fornecendo melhor compatibilidade com versões anteriores para o Internet Explorer 8, o Internet Explorer 11 com o modo Empresarial tem o objetivo de ajudar a eliminar essa dependência e fornecer o melhor de dois mundos: um navegador moderno e atualizado que ajuda os clientes a estenderem seus investimentos existentes em aplicativos da web mais antigos.

Voltar ao início

Edições do Windows 8.1

Quais são os requisitos de hardware do Windows 8.1?

O Windows 8.1 proporciona uma experiência extraordinária no mesmo hardware que executa o Windows 7 e o Windows 8. Na verdade, você pode até mesmo observar que seu computador parece um pouco mais rápido após a atualização para o Windows 8.1. A recomendação mínima é um processador de 1 GHz. Para sistemas de 64 bits, a Microsoft recomenda um mínimo de 2 GB de memória com 20 GB de espaço livre em disco. Para sistemas de 32 bits, a Microsoft recomenda um mínimo de 1 GB de memória com 16 GB de espaço livre em disco. Um dispositivo gráfico Microsoft DirectX 9 com o driver WDDM (Windows Display Driver Model) é necessário. Alguns recursos exigem componentes adicionais. Para usar a função de toque, por exemplo, é necessário um tablet ou monitor que ofereça suporte a multitoque.

Posso baixar uma cópia de avaliação do Windows 8.1?

Sim, você pode baixar as versões de avaliação de 32 e de 64 bits do Windows 8.1 visitando a página Avaliação do Windows 8.1 Enterprise.

Quais são as diferenças entre o Windows 8.1, o Windows 8.1 Pro e o Windows 8.1 Enterprise?

O Windows 8.1 é a edição básica para usuários domésticos. Ele inclui o conjunto básico de recursos que os usuários domésticos exigem, mas não inclui os principais recursos corporativos, como suporte à capacidade de ingressar em domínios, processar Política de Grupo e assim por diante. O Windows 8.1 Pro é para empresas de pequeno e médio porte. Ele fornece recursos aprimorados que ajudam a se conectar facilmente com a rede da empresa, acessar arquivos em trânsito, criptografar dados e muito mais. Por fim, a edição Enterprise do Windows 8.1 está disponível por meio do Windows Software Assurance. Essa edição inclui todos os recursos do Windows 8.1 Pro, além de recursos premium, como Windows To Go, DirectAccess, BranchCache, AppLocker, VDI (Virtual Desktop Infrastructure) e implantação de aplicativos do Windows 8. Consulte Compare as edições do Windows 8.1 para obter uma comparação detalhada.

Qual é a diferença entre os dispositivos do Windows 8.1 e do Windows RT?

O Windows 8.1 é executado em dispositivos x86 e você pode instalar aplicativos da área de trabalho nele. Por outro lado, os dispositivos do Windows RT são executados em processadores ARM de baixa potência, ajudando os OEMs a criar dispositivos com baterias de longa duração e novo fator forma (por exemplo, dispositivos finos, leves e elegantes). Os dispositivos do Windows RT são sistemas pré-configurados em hardware certificado que ajudam a garantir que os usuários tenham experiências de alta qualidade e previsíveis ao longo do tempo. Eles ainda proporcionam a mesma experiência consistente e excelente do Windows que o Windows 8.1 fornece. Os dispositivos do Windows RT podem executar aplicativos da Windows Store, mas não é possível instalar aplicativos de área de trabalho neles, e eles são compatíveis com a maioria dos periféricos.

Voltar ao início

Aplicativos da Windows Store

Qual é a diferença entre os aplicativos da área de trabalho e os aplicativos da Windows Store?

Os aplicativos da área de trabalho são aplicativos tradicionais que você instala na área de trabalho. Eles têm janelas e cromado. E, normalmente, não são desenvolvidos para experiências "touch first". Por outro lado, os aplicativos da Windows Store proporcionam uma experiência de tela inteira que não tem cromado. Eles foram desenvolvidos para experiências "touch first" e oferecem belas exibições das informações mais importantes para você. Os aplicativos da Windows Store podem atualizar Blocos Dinâmicos na tela inicial e exibir notificações do sistema na tela de bloqueio. Você baixa e instala aplicativos da Windows Store na Windows Store e pode instalá-los em dispositivos Windows RT. Não é possível instalar aplicativos da área de trabalho em dispositivos Windows RT.

Não sou um desenvolvedor, mas posso criar um aplicativo da Windows Store para saber mais sobre como ela funciona?

Em um esforço para saber como os desenvolvedores criam aplicativos da Windows Store, você também pode criar um aplicativo facilmente usando o Visual Studio Express 2013 para Windows. Fazer isso pode ajudar você a compreender mais profundamente os aplicativos da Windows Store para ajudá-lo a melhor gerenciá-los e implantá-los. Para migrar um aplicativo existente da Windows Store para o Windows 8.1, você deve reiniciar seus projetos e atualizar seu código. Para obter mais informações, consulte Redirecionar seu aplicativo do Windows 8 para o Windows 8.1.

Posso implantar aplicativos da nossa LOB (linha de negócios) usando a Windows Store?

Sim, mas qualquer aplicativo que você publicar na Windows Store será disponibilizado publicamente. Portanto, se desejar manter seu aplicativo LOB privado, não o publique usando a Windows Store.

Se não for pela Windows Store, como implanto aplicativos LOB do Windows 8?

Você pode fazer sideload dos aplicativos da Windows Store. Isso significa instalar o aplicativo diretamente no Windows 8.1 sem publicá-lo na Windows Store. Você pode fazer sideload dos aplicativos apenas na edição Enterprise do Windows 8.1 (ou no Windows 8.1 Pro e em dispositivos com Windows RT ao instalar uma chave de produto sideload especial no dispositivo). Há requisitos adicionais: o computador de destino deve ingressar no domínio corporativo (a menos que você tenha instalado uma chave de produto sideload), a configuração da Política de Grupo "Permitir que todos os aplicativos confiáveis sejam instalados" deve estar habilitada e o aplicativo deve estar assinado por um certificado de assinatura de código confiável.

Quais ferramentas posso usar para fazer sideload de aplicativos da Windows Store nos computadores da minha organização?

Você pode usar o Windows PowerShell para fazer sideload de um aplicativo para o usuário atual ou usar a ferramenta DISM (Gerenciamento e Manutenção de Imagens de Implantação) incluídas no Windows ADK (Kit de Avaliação e Implantação) para provisionar aplicativos em uma imagem do Windows 8 ou do Windows 8.1 para todos os usuários. Para obter mais informações, consulte Como adicionar e remover aplicativos. O Windows PowerShell e o DISM são ferramentas fundamentais.

O System Center 2012 Configuration Manager Service Pack 1 oferece suporte nativo para a implantação de aplicativos da Windows Store aos usuários do Windows 8, e o Microsoft Deployment Toolkit 2012 Update 1 oferece suporte para o provisionamento de aplicativos da Windows Store durante a implantação da imagem do Windows 8. No Windows 8.1, você precisará usar o System Center 2012 R2 Configuration Manager e o MDT (Microsoft Deployment Toolkit) 2013. Além disso, o Windows Intune pode publicar aplicativos da Windows Store no Portal da empresa.

Posso controlar quais aplicativos da Windows Store os usuários podem instalar e executar?

Sim. Você pode usar o AppLocker na Política de Grupo para negar e permitir a instalação de aplicativos da Windows Store com base em vários critérios. Por exemplo, é possível impedir que os usuários de um grupo específico instalem determinados aplicativos. Para obter mais informações sobre o AppLocker, consulte a Visão geral técnica do AppLocker.

Voltar ao início

Implantação

Há alguma maneira de impedir que meus usuários instalem o Windows 8.1 da Windows Store?

Os usuários verão o Windows 8.1 na Windows Store apenas se tiverem uma versão de varejo ou uma versão ativada por OEM do Windows 8. Os computadores ativados por volume não terão a oferta da atualização. Se você desejar impedir que os usuários vejam a atualização sob quaisquer circunstâncias, poderá definir a política de grupo "Desativar a oferta para a versão mais recente do Windows" localizada em “Computador\Modelos Administrativos\Componentes do Windows\Store”. Isso corresponde ao valor do Registro “DisableOSUpgrade” (DWORD) na chave “HKLM\Software\Policies\Microsoft\WindowsStore”. Quando definida como 1, a atualização não será oferecida.

Qual é a diferença entre a implantação do Windows 8.1 e a implantação do Windows 7?

A implantação do sistema operacional Windows 8 ou Windows 8.1 não é significativamente diferente da implantação do Windows 7. Se você fez a implantação do Windows 7, poderá aproveitar quase toda aquela experiência para implantar o Windows 8 e o Windows 8.1. Isso é porque a implantação do Windows 8 e do Windows 8.1 se baseia nas mesmas ferramentas, tecnologias e processos comprovados já usados na implantação do Windows 7. Para obter mais informações, consulte Implantação do Windows 8.1 no TechNet.

A Microsoft já atualizou suas ferramentas populares de implantação para o Windows 8.1?

Sim. O Windows ADK para Windows 8.1 inclui suporte para o Windows 8.1, assim como o System Center 2012 R2 Configuration Manager e o MDT (Microsoft Deployment Toolkit) 2013, que já estão disponíveis.

ícone de observaçãoObservação: para implantar o Windows 8.1 com o System Center, você deve usar o System Center 2012 R2 Configuration Manager ou o System Center 2012 Configuration Manager SP1 CU3. Consulte as perguntas de suporte sobre o Windows 8.1 e o Windows Server 2012 R2 para obter mais informações. Para implantar o Windows 8.1 usando o MDT, você deve usar o MDT 2013. Além disso, como a nova versão da USMT (Ferramenta de Migração do Usuário) no Windows ADK para Windows 8.1 não dá suporte à captura de dados do Windows XP ou do Windows Vista, é necessário usar a versão USMT 5, disponível em Windows ADK para Windows 8, para capturar os dados e a nova versão para restaurá-los para o Windows 8.1.  

O que está envolvido na migração do Windows 8 para o Windows 8.1?

Os computadores de VL (licença de volume) gerenciados pela distribuição de software do Configuration Manager ou pela Política de Grupo podem ser migrados para o Windows 8.1 como atualização in-loco. Os clientes que usam uma versão de varejo ou de OEM do Windows 8 poderão atualizar para o Windows 8.1 por meio da Windows Store. Em todos os outros cenários e SKUs, o Windows 8.1 exigirá uma instalação atualizada usando o System Center 2012 R2 Configuration Manager, o MDT 2013 e/ou o Windows ADK para Windows 8.1.

Posso instalar o Windows 8.1 no meu computador que executa o Windows 7 e fazer uma inicialização dupla dos sistemas operacionais?

Sim. Para avaliação, o método mais simples e fácil de reverter é a instalação do Windows 8.1 em um VHD (disco rígido virtual) de início nativo. Se você desejar apenas garantir que o Windows 7 esteja disponível devido à compatibilidade de aplicativos, ao teste etc., uma alternativa será instalar o Windows 8.1 em seu computador e, em seguida, instalar o Windows 7 em uma máquina virtual Hyper-V Cliente. Por fim, é possível configurar seu computador para a inicialização dupla do Windows 7 e do Windows 8.1, instalando o Windows 8.1 em um volume separado em seu computador.

Voltar ao início

Virtualização

Qual é a diferença entre o Hyper-V Cliente no Windows 8 e no Windows 8.1 e o Virtual PC no Windows 7?

O Hyper-V Cliente é uma plataforma de virtualização disponível nas edições Pro e Enterprise do Windows 8 e do Windows 8.1. Ele fornece um ambiente local para testar aplicativos e cenários de implantação sem exigir um servidor Hyper-V. O Hyper-V Cliente usa a mesma tecnologia de virtualização que o Windows Server 2012. Como resultado, você não precisa aprender novas ferramentas para usá-lo. Além disso, é possível executar sistemas operacionais convidados de 64 bits no Hyper-V Cliente e exportar/importar VMs com um Hyper-V baseado em servidor. Para obter mais informações, consulte Hyper-V Cliente.

Quais são os requisitos para instalar o Hyper-V Cliente em um computador que executa o Windows 8.1?

Você pode instalar o Hyper-V Cliente em computadores de 64 bits que tenham o recurso SLAT (Conversão de Endereços de Segundo Nível) habilitado. A maioria dos computadores modernos têm suporte para o SLAT que, por sua vez, oferece suporte a até 12 monitores, à maioria dos dispositivos USB, a redes sem fio e aos estados de suspensão e hibernação. Ele também proporciona uma experiência de fidelidade total, incluindo 3D, áudio, multitoque etc. Para obter mais informações, consulte Hyper-V Cliente.

Voltar ao início

Administração

Onde estão as ferramentas do administrador no Windows 8.1?

Você pode exibir um menu de ferramentas administrativas pressionando a tecla Windows + X. Também é possível adicionar as ferramentas administrativas à tela Inicial: Na tela Inicial, pressione a tecla Windows + I, clique em Blocos e em Mostrar ferramentas administrativas para alterá-lo para Sim. Ao retornar para a tela Inicial, você poderá exibir todas as ferramentas administrativas no lado direito da tela.

As ferramentas Windows Sysinternals funcionam com o Windows 8 e o Windows 8.1?

A maioria das ferramentas Windows Sysinternals funciona com o Windows 8 e o Windows 8.1. Baixe as versões mais recentes dessas incríveis ferramentas no site Windows Sysinternals no TechNet.

Há uma nova versão das Ferramentas de Administração de Servidor Remoto disponível para o Windows 8.1?

Sim. As Ferramentas de Administração de Servidor Remoto para Windows 8.1 incluem o Gerenciador de Servidores, os snap-ins do MMC (Console de Gerenciamento Microsoft), consoles, cmdlets e provedores do Windows PowerShell e algumas ferramentas de linha de comando para gerenciamento de funções e recursos que executam no Windows Server 2012 R2 e no Windows Server 2012. Para gerenciar o Windows Server 2012 R2 remotamente, você deve usar a versão do Windows 8.1 do RSAT. O RSAT também pode ser usado para gerenciar versões mais antigas do Windows Server. Para obter uma matriz de suporte completa, consulte o TechNet Wiki.

Voltar ao início

Segurança

Quais os novos recursos de segurança oferecidos pelo Windows 8.1?

O Windows 8.1 oferece um espectro completo de novos recursos de segurança melhorados, de dispositivos que podem ser totalmente bloqueados por TI a opções de segurança remota para proteger seus funcionários e sua empresa em um ambiente BYOD (traga seu próprio dispositivo), a proteções para dispositivos pessoais que precisam acessar determinados recursos a partir da residência dos funcionários. Alguns dos novos recursos de segurança específicos do Windows 8.1 incluem:

  • Controles de acesso modernos – foi adicionado suporte sofisticado de primeira classe para biometria baseada em impressão digital. Sua identidade baseada em impressão digital fornece segurança de identidade aprimorada e, ao mesmo tempo, oferece uma experiência de usuário muito melhor para autenticação em dispositivos, recursos e até mesmo para fazer compras na Windows Store. A autenticação multifator usando VSCs (cartões inteligentes virtuais) será ainda mais fácil com o suporte sofisticado para provisionamento de VSCs para dispositivos de usuários e para cenários de dispositivos não gerenciados.
  • Resistência a malware – melhorias substanciais foram feitas em tecnologias, como o Windows Defender e o Internet Explorer, para ajudar a mantê-lo protegido enquanto você está online. O Windows Defender agora inclui monitoramento do comportamento da rede para ajudar a detectar e interromper a execução de malware conhecido e até mesmo desconhecido, e o Internet Explorer agora inclui a habilidade de ter extensões binárias (por exemplo: ActiveX) examinadas pela solução de antimalware antes da execução do código. O Windows 8.1 também poderá tirar proveito da potência da nuvem para habilitar análise remota de dispositivos, de forma que até mesmo as ameaças mais sofisticadas, incluindo aquelas que tradicionalmente tiveram a habilidade de se manter ocultas, possam ser detectadas e removidas.
  • Proteger seus dados corporativos – a remoção remota de dados de negócios do Windows permitirá que as organizações apaguem os dados da empresa com segurança de um dispositivo deixando os dados do usuário para trás. Para proteger os dados de dispositivos perdidos ou roubados, a Criptografia do Dispositivo, uma tecnologia que era encontrada anteriormente no Windows RT e no Windows Phone 8, foi adicionada a todas as edições do Windows. Esse recurso é automaticamente provisionado quando o Windows é implantado em hardware com suporte.

O que há de novo na criptografia do dispositivo?

A Criptografia do Dispositivo, que é baseada na tecnologia BitLocker e atualmente está incluída no Windows RT e no Windows Phone 8, será adicionada a todas as edições do Windows 8.1. Se o dispositivo estiver certificado para InstantGo, esse recurso estará disponível e será automaticamente implementado no dispositivo.

Como você garante que a remoção remota de dados de negócios tira apenas documentos da empresa e não apaga arquivos pessoais?

O dados (por exemplo: email, dados de pastas de trabalho) recebidos da corporação são protegidos com a remoção remota de dados de negócios (criptografados) quando são recebidos pelo cliente, o que os torna facilmente identificáveis para serem apagados. 

Quais ferramentas específicas vocês estão oferecendo para proteção contra ataques de hardware?

A UEFI (Unified Extensible Firmware Interface) fornece uma raiz de segurança confiável para os dispositivos Windows e ajuda a garantir que o firmware e até mesmo o próprio carregador de inicialização dos sistemas operacionais seja assinado e livre de adulterações. 

Em computadores sem a UEFI ou o TPM, quais recursos de segurança não estarão disponíveis?

Sem a UEFI, a Inicialização Segura não estará disponível. O Antimalware de Início Antecipado e o Atestado ainda funcionam sem a UEFI. Se um TPM não estiver presente, nem a Inicialização Medida, nem o Atestado das medidas de inicialização serão possíveis. O BitLocker está disponível sem um TPM, mas não será tão seguro. Para saber mais sobre o BitLocker, consulte a Visão geral do BitLocker.

O que é a Inicialização Confiável no Windows 8 e no Windows 8.1?

A Inicialização Confiável é um recurso que protege todo o processo de inicialização no computador e impede malwares de se esconderem e ficarem na máquina permanentemente. A Inicialização Confiável pode proteger o processo de inicialização garantindo que todos os componentes do Windows que são carregados durante a inicialização não tenham sido adulterados. A Inicialização Confiável garante que o software antimalware seja carregado antes de qualquer driver de dispositivo e aplicativo de terceiros. Isso impede o malware de se autoinserir na frente do mecanismo antimalware no ponto em que ele pode comprometer a capacidade do mecanismo de proteger o sistema. No caso em que o malware puder comprometer com êxito o processo de inicialização, a Inicialização Confiável tentará corrigir o problema automaticamente. Para obter mais informações, consulte Reestruturando a experiência de inicialização do Windows.

Qual é a diferença entre a Inicialização Confiável e a Inicialização Segura?

A Inicialização Confiável é um recurso do Windows 8 que pode proteger a solução antimalware do processo de inicialização do Windows contra adulteração do malware (isto é, se ele for adequadamente desenvolvido e estiver em conformidade com a ELAM). Especificamente, ele impede infecções Boot Kit, que se injetam no processo de inicialização do Windows. A Inicialização Confiável é capaz de proteger melhor o sistema, o processo de inicialização e a solução antimalware nos dispositivos certificados para o Windows 8, o que inclui o hardware UEFI 2.3.1 que habilita a inicialização segura de um sistema operacional. Esse recurso é chamado de "Inicialização Segura". A Inicialização Segura foi especificamente desenvolvida para impedir a inicialização das infecções "Root Kit" que se injetam antes do processo de inicialização do Windows. A Inicialização Confiável não exige um dispositivo certificado para o Windows 8 ou um dispositivo que inclua a UEFI 2.3.1. A Inicialização Segura exige um dispositivo certificado para o Windows 8 ou um dispositivo que inclua a UEFI 2.3.1. A Inicialização Confiável oferece a melhor proteção de ponta a ponta quando é acoplada com os recursos da Inicialização Segura. Para obter mais informações, consulte Reestruturando a experiência de inicialização do Windows.

O que é a Inicialização Medida?

A Inicialização Medida é um recurso que complementa a Inicialização Confiável. Embora a Inicialização Confiável possa proteger o processo de inicialização, os componentes do Windows e o software antimalware, fornecendo um nível alto de segurança, somente um terceiro externo confiável pode verificar a integridade do sistema. A Inicialização Medida mede cada aspecto do processo de inicialização, em seguida, assina e armazena seguramente as medidas em um TPM. Mediante solicitação, essas medidas podem ser enviadas a um terceiro confiável conhecido como um serviço de Atestado Remoto que pode comparar as medidas com valores válidos conhecidos. A partir daí, ele pode atestar que o processo de inicialização é seguro e que o software antimalware está funcionando corretamente. O serviço de Atestado Remoto também pode emitir uma Declaração do Dispositivo segura ao cliente, que pode então ser usada para cenários de controle de acesso (por exemplo, conceder acesso à rede ou ao arquivo se a Declaração do Dispositivo do cliente indicar que ele é seguro). Para obter mais informações, consulte Reestruturando a experiência de inicialização do Windows.

A Inicialização Segura me impede de executar a inicialização dupla ou de executar outros sistemas operacionais no meu computador?

Não. O recurso de Inicialização Segura da UEFI impede o computador de iniciar sistemas operacionais não assinados e não autorizados. Isso pode impedir determinados tipos de malware (por exemplo, Boot Kits) de serem iniciados no computador. Se desejar executar uma inicialização simples ou dupla em um computador certificado para o Windows 8 com um sistema operacional que não oferece suporte à Inicialização Segura (por exemplo, Windows 7 ou Linux), você pode desabilitar a Inicialização Segura. Para obter mais informações sobre a UEFI e seu recurso Inicialização Segura, consulte Protegendo o ambiente pré-SO com a UEFI.

Quais proteções estão implementadas para proteger os cartões inteligentes virtuais?

Os cartões inteligentes virtuais, como os cartões inteligentes físicos, utilizam segurança baseada em hardware e proteção anti-hammering para proteger informações confidenciais como a identificação de chaves privadas. No caso de cartões inteligentes virtuais, essa proteção é fornecida pelo TPM (Trusted Platform Module) do dispositivo que é um componente de segurança de hardware baseado em padrões.

Voltar ao início

Recursos adicionais


Downloads

Avaliação do Windows 8.1 Enterprise

Microsoft Deployment Toolkit

Kit de Avaliação e Implantação do Windows

Treinamento

Demonstrações e tutoriais

Microsoft Virtual Academy

Laboratórios virtuais do TechNet

Suporte

Principais soluções de suporte

Fóruns de profissionais de TI do Windows

Base de Dados de Conhecimento Microsoft

Eventos e erros

Fique informado

Windows IT Pro Insider

Blog do Windows para profissionais de TI

Windows para profissionais de TI no Twitter

 

Sites relacionados

TechCenter do Internet Explorer

Centro de Desenvolvimento do Windows

Windows Server

Windows Enterprise

A Microsoft está realizando uma pesquisa online para saber sua opinião sobre o site. Se você optar por participar, a pesquisa online lhe será apresentada quando você sair do site.

Deseja participar?