Referência do Esquema WMI do Fornecedor de SMS no Configuration Manager

 

Aplica-se a: System Center 2012 Configuration Manager, System Center 2012 Configuration Manager SP1, System Center 2012 R2 Configuration Manager

O System Center 2012 Configuration Manager utiliza a Windows Management Instrumentation (WMI) para gerir os respetivos objetos. Qualquer objeto gerido, como uma unidade de disco ou uma coleção de computadores, pode ser representado por uma instância de uma classe do Gestor de configuração. O Gestor de configuração também inclui classes que representam funcionalidades, como implementação de software ou atualizações de software. No seu conjunto, estas classes do Gestor de configuração constituem o esquema WMI do Fornecedor de SMS.

O Gestor de configuração utiliza uma base de dados do SQL Server para armazenar dados de objetos geridos. Tanto o SQL Server como a WMI podem ser utilizados para ver dados geridos do Gestor de configuração. Uma nova consulta ou coleção criada na consola do Gestor de configuração utiliza uma consulta de linguagem WQL (WMI Query Language) para pedir os dados de objeto do Gestor de configuração a partir do Esquema WMI do Fornecedor de SMS, o que, por sua vez, obtém os dados da base de dados do site. Quando cria um relatório personalizado no Gestor de configuração, as instruções SQL do relatório obtêm os dados de objeto do Gestor de configuração a partir das vistas SQL na base de dados do site, o que, por sua vez, obtém os dados de uma ou mais tabelas ou vistas SQL.

Muitas das vistas SQL e dos nomes de colunas de vista utilizados pelo Gestor de configuração foram concebidos para estarem tão próximos do Esquema WMI do Fornecedor de SMS quanto possível. Outras vistas SQL obtêm dados a partir de outras vistas ou de múltiplas tabelas ou vistas, não existindo um mapeamento direto para o esquema WMI do Fornecedor de SMS. Além disso, como a vista SQL e os nomes de colunas de vista têm de ser identificadores SQL válidos, existem algumas discrepâncias entre nomes WMI e SQL quando existe um mapeamento. Na maioria dos casos, podem-se aplicar as seguintes regras gerais para converter um nome de classe WMI para a vista SQL correspondente:

  • No início do nome da vista, v_ substitui SMS_.

  • Se tiver mais de 30 carateres, o nome da vista é truncado.

  • Os nomes das propriedades WMI são os mesmos nas vistas de classes de inventário ou deteção.

Por exemplo, se pretendesse converter a classe WMI SMS_Advertisement para a vista SQL associada, teria de remover SMS_ e substituí-la por v_, o que resultaria em v_Advertisement, o nome de vista correto.

SELECT AdvertisementID, PackageID, CollectionID, SourceSite FROM v_Advertisement 

Neste exemplo, a consulta devolve as linhas seguintes.

AdvertismentID

PackageID

CollectionID

SourceSite

MCM20000

MCM00003

SMS00001

MCM

MCM20001

MCM00002

SMS00004

MCM

MCM20002

MCM00006

SMS00001

MCM

SELECT AdvertisementID, PackageID, CollectionID, SourceSite FROM SMS_Advertisement 

Neste exemplo, a consulta devolve linhas idênticas à consulta de vista SQL acima.

Quando não existe nenhum mapeamento direto para uma vista SQL e para a classe do esquema WMI do Fornecedor de SMS e pretende determinar de onde vêm os dados na vista SQL, pode analisar a estrutura da vista SQL. Isto ajuda a determinar se uma vista SQL está a obter dados a partir de uma única tabela SQL, de outra vista SQL ou de uma ou mais tabelas ou vistas. Quando a vista SQL obtém dados a partir de uma ou mais tabelas ou vistas, a vista SQL irá provavelmente mapear para mais do que uma classe no esquema WMI do Fornecedor de SMS. Utilize o procedimento seguinte para apresentar a estrutura da vista SQL.

System_CAPS_warningAviso

Não modifique a estrutura das vistas SQL incorporadas do Gestor de configuração, pois tal pode resultar em erros na criação de relatórios e na funcionalidade do seu site.

Para apresentar a estrutura da vista SQL

  1. Inicie o Microsoft SQL Server Management Studio no servidor que aloja a base de dados do site do Gestor de configuração.

  2. Navegue para <Nome do Computador> \ Bases de dados \ <Nome da base de dados do Configuration Manager>  \ Vistas.

  3. Clique com o botão direito do rato na vista SQL na qual pretende ver a estrutura e, em seguida, clique em Estrutura. O painel SQL apresenta a instrução SQL. Observe a tabela ou nome da vista logo a seguir à cláusula FROM para saber de onde a vista obtém os dados. Quando a vista obtém dados a partir de mais do que uma origem, a tabela ou vista utilizará ASSOCIAÇÕES.

Mostrar: