Noções sobre Submissão e Avaliação de Spam no FOPE

 

Aplica-se a: Forefront Online Protection for Exchange

Última modificação do tópico: 2013-03-11

Os seus utilizadores e administradores podem ajudar a reduzir a utilização abusiva do correio eletrónico seguindo os procedimentos aqui fornecidos. Estes procedimentos explicam como submeter mensagens à equipa de análise de spam do Microsoft® Forefront® Online Protection for Exchange.

No âmbito do produto FOPE, o termo spam refere-se a mensagens que sejam não solicitadas e indesejadas. No entanto, nenhum filtro de spam consegue ser perfeito e, ocasionalmente, o FOPE permitirá que seja entregue numa pasta A receber uma mensagem que possa ser considerada como spam. É por este motivo que disponibilizamos uma forma de os utilizadores notificarem a Microsoft de que uma mensagem foi classificada incorretamente. O procedimento seguinte explica como reportar esses tipos de mensagens.

TipSugestão:
Para os utilizadores do Microsoft Office Outlook®, a forma principal de reportar spam é através de um plug-in como o Suplemento para Reportar Correio Eletrónico Não Solicitado para o Microsoft Office Outlook. Para mais informações, consulte a Ferramenta de Reporte de Correio Eletrónico Não Solicitado no centro de transferência da Microsoft (http://www.microsoft.com/download/en/details.aspx?displaylang=en&id=18275) (em inglês).
Como reportar spam
  1. Crie uma nova mensagem em branco e adicione a mensagem de spam como anexo.

  2. Copie e cole a linha de assunto da mensagem de spam original na linha de assunto da nova mensagem.

    ImportantImportante:
    Deixe o corpo da nova mensagem vazio.
  3. Envie a sua nova mensagem para abuse@messaging.microsoft.com.

No âmbito do produto FOPE, o termo falso positivo refere-se a uma mensagem que está a ser bloqueada ou filtrada pelo serviço, mas o destinatário considera que não deve ser. Por outras palavras, um falso positivo é uma mensagem que o destinatário deseja permitir sem que seja marcada como spam. Pode tratar-se de mensagens em massa, como newsletters, comunicações empresariais legítimas entre duas pessoas ou correio eletrónico pessoal. Através de uma monitorização exaustiva, o FOPE verificou que a taxa de mensagens que constituem falsos positivos é inferior a aproximadamente 1 em cada 250 000, o que corresponde a 0,0004%. No entanto, nenhum filtro de spam consegue ser perfeito. Ocasionalmente, o serviço FOPE encontra itens que considera serem spam mas que o utilizador final ou o destinatário da mensagem não deseja que sejam classificados como spam. É por este motivo que disponibilizamos uma forma de os utilizadores notificarem a Microsoft de que uma mensagem foi classificada incorretamente. O procedimento seguinte explica como reportar esses falsos positivos.

TipSugestão:
A forma principal de reportar falsos positivos encontra-se na caixa de correio de quarentena de spam. Nessa caixa de correio, adicione uma marca de verificação para indicar as mensagens que deseja reportar e, em seguida, clique no botão Solicitado que se encontra acima da lista de mensagens. Para mais informações, consulte o tópico Gerir Mensagens em Quarentena no FOPE.
Como reportar falsos positivos
  1. Crie uma nova mensagem em branco e adicione a mensagem que deseja guardar (ou seja, o falso positivo) como um anexo.

  2. Copie e cole a linha de assunto da mensagem original na linha de assunto da nova mensagem.

    ImportantImportante:
    Deixe o corpo da nova mensagem vazio.
  3. Envie a sua nova mensagem para false_positive@messaging.microsoft.com.

A equipa de análise de spam examina as mensagens submetidas e ajusta os filtros de mensagens em conformidade para evitar futuros abusos. Como resultado, o serviço Forefront Online Protection for Exchange atualiza e refina constantemente os processos de proteção e prevenção de spam. Quaisquer itens submetidos são avaliados ao nível de toda a rede. As submissões de falsos positivos, que são mensagens legítimas marcadas erradamente como spam, são examinadas e avaliadas para um possível ajuste de regras que permitam a passagem de mensagens futuras através dos filtros de spam. Assim, notificar o serviço sobre falsos positivos e também spam não filtrado é vantajoso para si e para todos os clientes que utilizam a rede global do FOPE. A equipa de spam examina os indicadores em cada mensagem submetida. Por exemplo:

  • Endereço De

  • Endereço IP de envio

  • Palavras-chave

  • Frases feitas

  • Frequência de transmissão

  • Outras tendências e padrões

Depois de rever este tipo de informações, a equipa de spam pode escolher efetuar as alterações relevantes nas camadas de filtragem de spam do FOPE. Para mais informações sobre a equipa de spam, pode ver o vídeo da equipa de spam da Microsoft Exchange em http://youtu.be/-TpX_-GMC7o?hd=1 (5:56) (em inglês).

A avaliação de spam é um processo contínuo que é aplicável independentemente do idioma ou conjunto de caracteres de origem. Uma vez que uma mensagem de spam pode ser vaga ou até mesmo não ter texto no assunto ou no corpo, é frequente a equipa de spam basear-se noutras características disponíveis na mensagem para executar a filtragem. Isto significa que, depois de a equipa de spam assinalar uma mensagem específica como spam e alterar a base de regras em conformidade, a mensagem será bloqueada no futuro até que as suas características tenham sido suficientemente modificadas para conseguirem evitar os nossos filtros. São continuamente desenvolvidas novas regras de spam. Os períodos de tempo para regras destinadas a submissões individuais dependem da quantidade e da qualidade das submissões. Uma vez que as regras de spam novas são definidas globalmente para todos os clientes do FOPE, tenha em atenção que nem todas as submissões individuais de spam resultarão numa regra de spam nova.

 
Mostrar: