Operações e Manutenção de Relatórios no Configuration Manager

 

Aplica-se a: System Center 2012 Configuration Manager, System Center 2012 Configuration Manager SP1, System Center 2012 Configuration Manager SP2, System Center 2012 R2 Configuration Manager, System Center 2012 R2 Configuration Manager SP1

Após a configuração da infraestrutura do Microsoft System Center 2012 Configuration Manager, existe um conjunto de operações que são geralmente efetuadas para gerir relatórios e subscrições de relatórios.

Utilize as secções seguintes deste tópico para o ajudar a gerir as operações de relatórios e subscrições de relatórios na sua hierarquia do Gestor de configuração:

O Gestor de configuração fornece mais de 400 relatórios predefinidos para o ajudar a recolher, organizar e apresentar informações sobre os utilizadores, inventário de hardware e software, atualizações de software, aplicações, estado do site e outras operações do Gestor de configuração na sua organização. Poderá utilizar os relatórios predefinidos tal como são fornecidos ou modificar um relatório para satisfazer os seus requisitos. Também poderá criar relatórios personalizados baseados em modelos e baseados em SQL para satisfazer os seus requisitos. Utilize as secções seguintes para o ajudar a gerir os relatórios do Gestor de configuração.

Os relatórios do Gestor de configuração são armazenados no SQL Server Reporting Services, sendo os dados compostos no relatório obtidos a partir da base de dados do site do Gestor de configuração. Poderá aceder aos relatórios na consola do Gestor de configuração ou utilizando o Gestor de Relatórios, a que poderá aceder num browser. É possível abrir os relatórios em qualquer computador que tenha acesso ao computador com o SQL Server Reporting Services, mas terá de possuir os direitos suficientes para visualizar os relatórios. Ao executar um relatório, o título do relatório, a descrição e a categoria são apresentados no idioma do sistema operativo local.

System_CAPS_noteNota

Em alguns idiomas que não o inglês, alguns carateres poderão não ser corretamente apresentados nos relatórios. Nesse caso, os relatórios poderão ser visualizados utilizando o Gestor de Relatórios baseado na Web, ou através da Consola de Administrador Remoto.

System_CAPS_warningAviso

Para executar os relatórios, terá de possuir direitos de Leitura para a permissão Site e para a permissão Executar Relatório, configuradas para objetos específicos.

System_CAPS_noteNota

O Gestor de Relatórios é uma ferramenta de acesso e gestão de relatórios baseada na Web, utilizada para administrar uma única instância do servidor de relatórios numa localização remota através de uma ligação HTTP. Poderá utilizar o Gestor de Relatórios para tarefas operacionais, como por exemplo visualizar relatórios, modificar propriedades de relatórios e gerir as subscrições de relatórios associadas. Este tópico descreve os passos para visualizar um relatório e modificar as propriedades de relatório no Gestor de Relatórios. Para mais informações sobre as restantes opções fornecidas pelo Gestor de Relatórios, consulte Report Manager (Gestor de Relatórios) no SQL Server 2008 Books Online.

Utilize os procedimentos seguintes para executar um relatório do Gestor de configuração.

  1. Na consola do Gestor de configuração, clique em Monitorização.

  2. Na área de trabalho Monitorização, expanda Comunicar e clique em Relatórios para listar os relatórios disponíveis.

    System_CAPS_importantImportante

    Nesta versão do Gestor de configuração, os relatórios Todo o conteúdo apresentam apenas pacotes, e não aplicações.

    System_CAPS_tipSugestão

    Se não forem listados quaisquer relatórios, certifique-se de que o ponto do Reporting Services se encontra instalado e configurado. Para obter mais informações, consulte Configurar Relatórios no Configuration Manager.

  3. Selecione o relatório que pretende executar e, no separador Home Page, na secção Grupo de Relatórios, clique em Executar para abrir o relatório.

  4. Se existirem parâmetros necessários, especifique-os e clique em Ver Relatório.

  1. No browser, introduza o URL do Gestor de Relatórios, como por exemplo http://Servidor1/Relatórios. Poderá determinar o URL do Gestor de Relatórios na página URL do Gestor de Relatórios dos Reporting Services do Gestor de configuração.

  2. No Gestor de Relatórios, clique na pasta de relatórios do Gestor de configuração, como por exemplo ConfigMgr_CAS.

    System_CAPS_tipSugestão

    Se não forem listados quaisquer relatórios, certifique-se de que o ponto do Reporting Services se encontra instalado e configurado. Para obter mais informações, consulte Configurar Relatórios no Configuration Manager.

  3. Clique na categoria do relatório que pretende executar e clique na ligação do relatório. O relatório é apresentado no Gestor de Relatórios.

  4. Se existirem parâmetros necessários, especifique-os e clique em Ver Relatório.

Na consola do Gestor de configuração é possível visualizar as propriedades de um relatório, tais como o seu nome e descrição. Para alterar as propriedades, utilize o Gestor de Relatórios. Utilize o procedimento seguinte para modificar as propriedades de um relatório do Gestor de configuração.

  1. No browser, introduza o URL do Gestor de Relatórios, como por exemplo http://Servidor1/Relatórios. Poderá determinar o URL do Gestor de Relatórios na página URL do Gestor de Relatórios dos Reporting Services do Gestor de configuração.

  2. No Gestor de Relatórios, clique na pasta de relatórios do Gestor de configuração, como por exemplo ConfigMgr_CAS.

    System_CAPS_tipSugestão

    Se não forem listados quaisquer relatórios, certifique-se de que o ponto do Reporting Services se encontra instalado e configurado. Para obter mais informações, consulte Configurar Relatórios no Configuration Manager.

  3. Clique na categoria do relatório cujas propriedades pretende modificar e clique na ligação do relatório. O relatório é apresentado no Gestor de Relatórios.

  4. Clique no separador Propriedades. Poderá modificar o nome e a descrição do relatório.

  5. Quando tiver terminado, clique em Aplicar. As propriedades do relatório são guardadas no servidor de relatórios e a consola do Gestor de configuração obtém as propriedades atualizadas para o relatório.

Se um relatório existente do Gestor de configuração não obtiver as informações de que necessita ou não fornecer o esquema ou estrutura pretendidos, poderá editá-lo no Report Builder.

System_CAPS_noteNota

Poderá também optar por clonar um relatório existente, abrindo-o para edição e clicando em Guardar Como para o guardar como um novo relatório.

System_CAPS_security Segurança Nota

A conta de utilizador terá de ter as permissões Modificar Site e Modificar Relatório nos objetos específicos associados ao relatório que pretende modificar.

System_CAPS_importantImportante

Quando o Gestor de configuração é atualizado para uma versão mais recente, os relatórios predefinidos são substituídos por novos relatórios. Se modificar um relatório predefinido, terá de fazer uma cópia de segurança do relatório antes de instalar a nova versão e, em seguida, restaurar o relatório no Reporting Services. Se estiver a efetuar alterações significativas a um relatório predefinido, considere em vez disso a criação de um novo relatório. Os novos relatórios que criar antes de atualizar o site não serão substituídos.

Utilize o procedimento seguinte para editar as propriedades de um relatório do Gestor de configuração.

  1. Na consola do Gestor de configuração, clique em Monitorização.

  2. Na área de trabalho Monitorização, expanda Comunicar e clique em Relatórios para listar os relatórios disponíveis.

  3. Selecione o relatório que pretende modificar e, no separador Home Page, na secção Grupo de Relatórios, clique em Editar. Se lhe for solicitado, introduza a conta de utilizador e a palavra-passe e clique em OK. Se o Report Builder não estiver instalado no computador, é-lhe solicitado que o instale. Clique em Executar para instalar o Report Builder, necessário para alterar e criar relatórios.

    System_CAPS_importantImportante

    Apenas para o Gestor de configuração sem nenhum Service Pack: Se estiver a executar o SQL Server 2008 R2, tem de alterar o nome manifesto do Report Builder para que o Gestor de configuração abra o Report Builder 3.0 em vez do Report Builder 2.0. Para mais informações, consulte a secção Configurar Relatórios para Utilizar o Report Builder 3.0 do tópico Configurar Relatórios no Configuration Manager.

  4. No Report Builder, modifique as definições de relatório adequadas e clique em Guardar para guardar o relatório no servidor de relatórios.

Um relatório baseado num modelo permite selecionar interativamente os itens que pretende incluir no relatório. Para mais informações sobre como criar modelos de relatórios personalizados, consulte Criar Modelos de Relatórios Personalizado no SQL Server Reporting Services.

System_CAPS_security Segurança Nota

Para criar um novo relatório, a conta de utilizador terá de ter a permissão Modificar Site. O utilizador só poderá criar um relatório em pastas para as quais tenha permissões Modificar Relatório.

Utilize o procedimento seguinte para criar um relatório do Gestor de configuração baseado num modelo.

  1. Na consola do Gestor de configuração, clique em Monitorização.

  2. Na área de trabalho Monitorização, expanda Comunicar e clique em Relatórios.

  3. No separador Home Page, na secção Criar, clique em Criar Relatório para abrir o Assistente para Criar Relatório.

  4. Na página Informações, configure as definições seguintes:

    • Tipo: Selecione Relatório Baseado num Modelo para criar um relatório no Report Builder utilizando um modelo do Reporting Services.

    • Nome: Especifique um nome para o relatório.

    • Descrição: Especifique uma descrição para o relatório.

    • Servidor: Apresenta o nome do servidor de relatórios em que está a criar este relatório.

    • Caminho: Clique em Procurar para especificar a pasta em que pretende armazenar o relatório.

    Clique em Seguinte.

  5. Na página Seleção do Modelo, selecione um modelo disponível na lista para utilizar na criação deste relatório. Ao selecionar o modelo de relatório, a secção Pré-visualizar apresenta as vistas e entidades do SQL Server que são disponibilizadas pelo modelo de relatório selecionado.

  6. Na página Resumo, consulte as definições. Clique em Anterior para alterar as definições ou clique em Seguinte para criar o relatório no Gestor de configuração.

  7. Na página Confirmação, clique em Fechar para sair do assistente e reabrir o Report Builder para configurar as definições do relatório. Se lhe for solicitado, introduza a conta de utilizador e a palavra-passe e clique em OK. Se o Report Builder não estiver instalado no computador, é-lhe solicitado que o instale. Clique em Executar para instalar o Report Builder, necessário para alterar e criar relatórios.

    System_CAPS_importantImportante

    Apenas para o Gestor de configuração sem nenhum Service Pack: Se estiver a executar o SQL Server 2008 R2, tem de alterar o nome manifesto do Report Builder para que o Gestor de configuração abra o Report Builder 3.0 em vez do Report Builder 2.0. Para mais informações, consulte a secção Configurar Relatórios para Utilizar o Report Builder 3.0 do tópico Configurar Relatórios no Configuration Manager.

  8. No Microsoft Report Builder crie o esquema do relatório, selecione os dados nas vistas do SQL Server disponíveis, adicione parâmetros ao relatório, etc. Para mais informações sobre a utilização do Report Builder para criar um novo relatório, consulte a Ajuda do Report Builder.

  9. Clique em Executar para executar o relatório. Certifique-se de que o relatório fornece as informações que pretende. Clique em Estrutura para regressar à vista Estrutura e modificar o relatório, se necessário.

  10. Clique em Guardar para guardar o relatório no servidor de relatórios. Poderá executar e modificar o novo relatório no nó Relatórios da área de trabalho Monitorização.

Um relatório baseado em SQL permite obter dados com base numa instrução SQL de relatório.

System_CAPS_importantImportante

Quando cria uma instrução SQL para um relatório personalizado, não faça diretamente referência a tabelas do SQL Server. Em vez disso, faça referência a vistas de relatórios do SQL Server (nomes de vistas que começam por v_) a partir da base de dados do site. A partir do Gestor de configuração SP1, também é possível fazer referência a procedimentos armazenados públicos (nomes de procedimentos armazenados que começam por sp_) a partir da base de dados do site.

System_CAPS_security Segurança Nota

Para criar um novo relatório, a conta de utilizador terá de ter a permissão Modificar Site. O utilizador só poderá criar um relatório em pastas para as quais tenha permissões Modificar Relatório.

Utilize o procedimento seguinte para criar um relatório do Gestor de configuração baseado em SQL.

  1. Na consola do Gestor de configuração, clique em Monitorização.

  2. Na área de trabalho Monitorização, expanda Comunicar e clique em Relatórios.

  3. No separador Home Page, na secção Criar, clique em Criar Relatório para abrir o Assistente para Criar Relatório.

  4. Na página Informações, configure as definições seguintes:

    • Tipo: Selecione Relatório Baseado em SQL para criar um relatório no Report Builder utilizando uma instrução SQL.

    • Nome: Especifique um nome para o relatório.

    • Descrição: Especifique uma descrição para o relatório.

    • Servidor: Apresenta o nome do servidor de relatórios em que está a criar este relatório.

    • Caminho: Clique em Procurar para especificar a pasta em que pretende armazenar o relatório.

    Clique em Seguinte.

  5. Na página Resumo, consulte as definições. Clique em Anterior para alterar as definições ou clique em Seguinte para criar o relatório no Gestor de configuração.

  6. Na página Confirmação, clique em Fechar para sair do assistente e reabrir o Report Builder para configurar as definições do relatório. Se lhe for solicitado, introduza a conta de utilizador e a palavra-passe e clique em OK. Se o Report Builder não estiver instalado no computador, é-lhe solicitado que o instale. Clique em Executar para instalar o Report Builder, necessário para alterar e criar relatórios.

    System_CAPS_importantImportante

    Apenas para o Gestor de configuração sem nenhum Service Pack: Se estiver a executar o SQL Server 2008 R2, tem de alterar o nome manifesto do Report Builder para que o Gestor de configuração abra o Report Builder 3.0 em vez do Report Builder 2.0. Para mais informações, consulte a secção Configurar Relatórios para Utilizar o Report Builder 3.0 do tópico Configurar Relatórios no Configuration Manager.

  7. No Microsoft Report Builder, forneça a instrução SQL para o relatório ou crie-a utilizando colunas nas vistas do SQL Server disponíveis, adicione parâmetros ao relatório, etc.

  8. Clique em Executar para executar o relatório. Certifique-se de que o relatório fornece as informações que pretende. Clique em Estrutura para regressar à vista Estrutura e modificar o relatório, se necessário.

  9. Clique em Guardar para guardar o relatório no servidor de relatórios. Poderá executar o novo relatório no nó Relatórios da área de trabalho Monitorização.

As subscrições de relatórios do SQL Server Reporting Services permitem configurar a entrega automática de relatórios especificados por correio eletrónico ou numa partilha de ficheiros, em intervalos agendados. Utilize o Assistente para Criar Subscrição no System Center 2012 Configuration Manager para configurar as subscrições de relatórios.

Ao criar uma subscrição de relatório para entregar um relatório numa partilha de ficheiros, o relatório é copiado, no formato especificado, para a partilha de ficheiros que especificar. Poderá subscrever e solicitar a entrega de apenas um relatório de cada vez.

Ao contrário dos relatórios alojados e geridos por um servidor de relatórios, os relatórios que são entregues numa pasta partilhada são ficheiros estáticos. As funcionalidades interativas definidas para o relatório não funcionam em relatórios que sejam armazenados como ficheiros no sistema de ficheiros. As funcionalidades de interação são representadas como elementos estáticos. Se o relatório incluir gráficos, será utilizada a apresentação predefinida. Se o relatório ligar a outro relatório, a ligação será apresentada como texto estático. Se pretender manter as funcionalidades interativas num relatório entregue, opte por utilizar a entrega por correio eletrónico. Para mais informações sobre a entrega por correio eletrónico, consulte Criar uma subscrição de relatório para entregar um relatório por correio eletrónico, mais adiante neste tópico.

Ao criar uma subscrição que utilize a entrega em partilha de ficheiros, terá de especificar uma pasta existente como pasta de destino. O servidor de relatórios não cria pastas no sistema de ficheiros. A pasta que especificar terá de estar acessível através de uma ligação de rede. Ao especificar a pasta de destino de uma subscrição, utilize um caminho UNC e não inclua barras invertidas finais no caminho da pasta. Eis um exemplo de caminho UNC válido para a pasta de destino: \\<servername>\reportfiles\operations\2011.

Os relatórios podem ser compostos num conjunto de formatos de ficheiro, tais como MHTML ou Excel. Para guardar o relatório num formato de ficheiro específico, selecione esse formato de composição ao criar a subscrição. Por exemplo, se escolher Excel, o relatório será guardado como um ficheiro do Microsoft Excel. Embora possa selecionar qualquer formato de composição suportado, alguns formatos funcionam melhor do que outros durante a composição para um ficheiro.

Utilize o procedimento seguinte para criar uma subscrição de relatório, para entrega de um relatório a uma partilha de ficheiros.

  1. Na consola do Gestor de configuração, clique em Monitorização.

  2. Na área de trabalho Monitorização, expanda Comunicar e clique em Relatórios para listar os relatórios disponíveis. Poderá selecionar uma pasta de relatório para listar apenas os relatórios que se encontram associados a essa pasta.

  3. Selecione o relatório que pretende adicionar à subscrição e, no separador Home Page, na secção Grupo de Relatórios, clique em Criar Subscrição para abrir o Assistente para Criar Subscrição.

  4. Na página Entrega de Subscrição, configure as seguintes definições:

    • Relatório entregue por: Selecione Partilha de Ficheiros Windows para entregar o relatório a uma partilha de ficheiros.

    • Nome do Ficheiro: Especifique o nome de ficheiro para o relatório. Por predefinição, o ficheiro de relatório não inclui uma extensão de nome de ficheiro. Selecione Adicionar extensão de ficheiro ao ser criado para adicionar automaticamente uma extensão de nome de ficheiro a esse relatório com base no formato de composição.

    • Caminho: Especifique um caminho UNC para uma pasta existente para a qual pretende enviar o relatório (por exemplo, \\<nome de servidor>\<partilha de servidor>\<pasta de relatórios>).

      System_CAPS_noteNota

      O nome de utilizador especificado posteriormente nesta página tem de ter acesso a esta partilha de servidor e ter permissões de Escrita na pasta de destino.

    • Formato de Composição: Selecione um dos seguintes formatos para o ficheiro de relatório:

      • Ficheiro XML com dados de relatório: Guarda o relatório no formato de linguagem XML (Extensible Markup Language).

      • CSV (delimitado por vírgulas): Guarda o relatório no formato de valores separados por vírgulas.

      • Ficheiro TIFF: Guarda o relatório no formato TIFF (Tagged Image File Format).

      • Ficheiro Acrobat (PDF): Guarda o relatório no formato PDF (Portable Document Format) do Acrobat.

      • HTML 4.0: Guarda o relatório como uma página Web visualizável apenas em browsers que suportam HTML 4.0. O Internet Explorer 5 e versões posteriores suportam HTML 4.0.

        System_CAPS_noteNota

        Se tiver imagens no relatório, o formato HTML 4.0 não as inclui no ficheiro.

      • MHTML (arquivo web): Guarda o relatório no formato MIME HTML (mhtml), que é visualizável em muitos browsers.

      • Compositor de RPL: Guarda o relatório no formato RPL (Report Page Layout).

      • Excel: Guarda o relatório como uma folha de cálculo do Microsoft Excel.

      • Word: Guarda o relatório como um documento do Microsoft Word.

    • Nome de Utilizador: Especifique uma conta de utilizador do Windows com permissões para aceder à partilha do servidor de destino e à pasta. A conta de utilizador tem de ter acesso a esta partilha de servidor e permissão de Escrita na pasta de destino.

    • Palavra-passe: Especifique a palavra-passe para a conta de utilizador do Windows. Em Confirmar Palavra-passe, reintroduza a palavra-passe.

    • Selecione uma das seguintes opções para configurar o comportamento quando existe um ficheiro com o mesmo nome na pasta de destino:

      • Substituir ficheiro existente por uma versão mais recente: Especifica que, quando o ficheiro de relatório já existe, é substituído pela nova versão.

      • Não substituir um ficheiro existente: Especifica que, quando o ficheiro de relatório já existe, não é efetuada qualquer ação.

      • Incrementar nomes de ficheiros quando são adicionadas novas versões: Especifica que, quando o ficheiro de relatório já existe, é adicionado um número ao nome do ficheiro do novo relatório para o distinguir de outras versões.

    • Descrição: Especifica a descrição da subscrição de um relatório.

    Clique em Seguinte.

  5. Na página Agendamento da Subscrição, selecione uma das seguintes opções de agenda de entrega para a subscrição de um relatório:

    • Utilizar agendamento partilhado: Um agendamento partilhado é um agendamento definido anteriormente que pode ser utilizado por outras subscrições de relatório. Selecione esta caixa de verificação e, em seguida, selecione um agendamento partilhado na lista se tiver sido especificado algum.

    • Criar novo agendamento: Configure o agendamento para execução deste relatório, incluindo o intervalo, a hora e a data de início e a data de fim desta subscrição.

  6. Na página Parâmetros de Subscrições, especifique os parâmetros deste relatório, que são utilizados quando este é executado de forma automática. Quando não existem parâmetros para o relatório, esta página não é apresentada.

  7. Na página Resumo, reveja as definições da subscrição de um relatório. Clique em Anterior para alterar as definições ou clique em Seguinte para criar a subscrição de um relatório.

  8. Na página Conclusão, clique em Fechar para sair do assistente. Certifique-se de que a subscrição do relatório foi criada com sucesso. Pode ver e modificar subscrições de relatórios no nó Subscrições, em Comunicar, na área de trabalho Monitorização.

Quando cria a subscrição de um relatório para entregar um relatório por correio eletrónico, é enviada uma mensagem de correio eletrónico aos destinatários configurados com o relatório incluído em forma de anexo. O servidor de relatórios não valida endereços de correio eletrónico nem os obtém a partir de um servidor de correio eletrónico. Precisa de saber com antecedência que endereços de correio eletrónico pretende utilizar. Por predefinição, é possível enviar relatórios por correio eletrónico para qualquer conta de correio eletrónico válida, dentro ou fora da organização. Pode selecionar uma ou ambas as seguintes opções de entrega de correio eletrónico:

  • Enviar uma notificação e uma hiperligação para o relatório gerado.

  • Enviar um relatório incorporado ou anexado. O formato de composição e o browser determinam se o relatório é incorporado ou anexado. Se o browser suportar HTML 4.0 e MHTML e se selecionar o formato de composição MHTML (arquivo web), o relatório é incorporado como parte da mensagem. Todos os outros formatos de composição (CSV, PDF, Word, etc.) fornecem relatórios como anexos. O Reporting Services não verifica o tamanho do anexo ou da mensagem antes de enviar o relatório. Se o anexo ou a mensagem excederem o limite máximo permitido pelo servidor de correio, o relatório não é entregue.

System_CAPS_importantImportante

Tem de configurar as definições de correio eletrónico no Reporting Services para que a opção de entrega Correio Eletrónico fique disponível. Para obter mais informações sobre como configurar as definições de correio eletrónico no Reporting Services, consulte Configurar um Servidor de Relatórios para Entrega de Correio Eletrónico no SQL Server Books Online.

Utilize o procedimento seguinte para criar uma subscrição de relatório para entregar um relatório por correio eletrónico.

  • Na consola do Gestor de configuração, clique em Monitorização.

  • Na área de trabalho Monitorização, expanda Comunicar e clique em Relatórios para listar os relatórios disponíveis. Pode selecionar uma pasta de relatório para listar apenas os relatórios que se encontram associados a essa pasta.

  • Selecione o relatório que pretende adicionar à subscrição e, no separador Home Page, na secção Grupo de Relatórios, clique em Criar Subscrição para abrir o Assistente para Criar Subscrição.

  • Na página Entrega de Subscrição, configure as seguintes definições:

    • Relatório entregue por: Selecione Correio Eletrónico para entregar o relatório em forma de anexo numa mensagem de correio eletrónico.

    • Para: Especifique um endereço de correio eletrónico válido para enviar este relatório.

      System_CAPS_noteNota

      Pode introduzir vários destinatários de correio eletrónico, separando cada endereço de correio eletrónico por um ponto e vírgula.

    • Cc: Opcionalmente, especifique um endereço de correio eletrónico para copiar este relatório.

    • Bcc: Opcionalmente, especifique um endereço de correio eletrónico para enviar uma cópia oculta do relatório.

    • Responder a: Especifique o endereço de resposta a utilizar se o destinatário responder à mensagem de correio eletrónico.

    • Assunto: Especifique uma linha de assunto para a mensagem de correio eletrónico de subscrição.

    • Prioridade: Selecione o sinalizador de prioridade desta mensagem de correio eletrónico. Selecione Baixo, Normal ou Elevado. A definição de prioridade é utilizada pelo Microsoft Exchange para definir um sinalizador que indica a importância da mensagem de correio eletrónico.

    • Comentário: Especifique o texto a ser adicionado ao corpo da mensagem de correio eletrónico de subscrição.

    • Descrição: Especifique a descrição da subscrição do relatório.

    • Incluir Ligação: Inclui um URL para o relatório subscrito no corpo da mensagem de correio eletrónico.

    • Incluir Relatório: Especifique que o relatório é anexado à mensagem de correio eletrónico. O formato em que o relatório será anexado é especificado na lista Formato de Composição.

    • Formato de Composição: Selecione um dos seguintes formatos para o relatório anexado:

      • Ficheiro XML com dados de relatório: Guarda o relatório no formato de linguagem XML (Extensible Markup Language).

      • CSV (delimitado por vírgulas): Guarda o relatório no formato de valores separados por vírgulas.

      • Ficheiro TIFF: Guarda o relatório no formato TIFF (Tagged Image File Format).

      • Ficheiro Acrobat (PDF): Guarda o relatório no formato PDF (Portable Document Format) do Acrobat.

      • MHTML (arquivo web): Guarda o relatório no formato MIME HTML (mhtml), que é visualizável em muitos browsers.

      • Excel: Guarda o relatório como uma folha de cálculo do Microsoft Excel.

      • Word: Guarda o relatório como um documento do Microsoft Word.

  • Na página Agendamento da Subscrição, selecione uma das seguintes opções de agenda de entrega para a subscrição de um relatório:

    • Utilizar agendamento partilhado: Um agendamento partilhado é um agendamento definido anteriormente que pode ser utilizado por outras subscrições de relatório. Selecione esta caixa de verificação e, em seguida, selecione um agendamento partilhado na lista se tiver sido especificado algum.

    • Criar novo agendamento: Configure o agendamento para execução deste relatório, incluindo o intervalo, a hora e a data de início e a data de fim desta subscrição.

  • Na página Parâmetros de Subscrições, especifique os parâmetros deste relatório, que são utilizados quando este é executado de forma automática. Quando não existem parâmetros para o relatório, esta página não é apresentada.

  • Na página Resumo, reveja as definições da subscrição de um relatório. Clique em Anterior para alterar as definições ou clique em Seguinte para criar a subscrição de um relatório.

  • Na página Conclusão, clique em Fechar para sair do assistente. Certifique-se de que a subscrição do relatório foi criada com sucesso. Pode ver e modificar subscrições de relatórios no nó Subscrições, em Comunicar, na área de trabalho Monitorização.

Mostrar: