Este artigo foi traduzido por computador. Para ler o artigo em Inglês, selecione a caixa de verificação Inglês. Também é possível apresentar o texto em Inglês numa janela pop-up ao mover o ponteiro do rato por cima do texto.
Tradução
Inglês

Variáveis de ação de sequência de tarefas no Configuration Manager

 

Aplica-se a: System Center 2012 Configuration Manager, System Center 2012 Configuration Manager SP1, System Center 2012 Configuration Manager SP2, System Center 2012 R2 Configuration Manager, System Center 2012 R2 Configuration Manager SP1

Variáveis de sequência da tarefa ação especificar definições de configuração que são utilizadas por um passo individual num System Center 2012 Configuration Manager sequência de tarefas.Por predefinição, as definições utilizadas por um passo de sequência da tarefa são inicializadas antes do passo é execução e disponível apenas enquanto o passo de sequência da tarefa associada é executado.Por outras palavras, a definição de variáveis de sequência de tarefa é adicionada para o ambiente de sequência da tarefa antes do passo de sequência da tarefa é executado e o valor é removido do ambiente de sequência da tarefa depois do passo de sequência da tarefa foi executada.

Por exemplo, pode especificar um diretório de início de uma ação da linha de comandos, utilizando o Executar linha de comandos passo de sequência da tarefa.Este passo inclui um Iniciar no propriedade cujo valor predefinido é armazenado no ambiente de sequência de tarefas, como o WorkingDirectory variável.O WorkingDirectory variável de ambiente foi inicializado antes do Executar linha de comandos acção de sequência da tarefa é executada.Durante a Executar linha de comandos passo, o WorkingDirectory valor pode ser acedido através do Iniciar no propriedade.Em seguida após o passo de sequência da tarefa estiver concluído, o valor da WorkingDirectory variável é removida do ambiente de sequência da tarefa.Se a sequência contém outra Executar linha de comandos passo de sequência da tarefa, o novo WorkingDirectory variável é inicializado e definido para o valor inicial para esse passo de sequência da tarefa.

Enquanto que o valor predefinido para uma definição de ação de sequência de tarefas está presente enquanto o passo de sequência da tarefa for executado, qualquer novo valor que definir pode ser utilizado por vários passos na sequência.Se utilizar um dos métodos de variável de criação de sequência da tarefa para substituir um valor de variável incorporado, o novo valor permanece no ambiente e substitui o valor predefinido para outros passos a sequência de tarefas.No exemplo anterior, se um Definir variável de sequência de tarefas passo é adicionado como o primeiro passo da sequência de tarefas e conjuntos de WorkingDirectory variável de ambiente para o valor C:\, ambos os Executar linha de comandos passos a sequência de tarefas, irão utilizar o novo valor inicial do diretório.

Gestor de configuração variáveis de sequência da tarefa são agrupadas pelo respetiva acção de sequência da tarefa associada.Utilize as ligações seguintes para recolher informações sobre as variáveis de ação associada a uma ação específica.As variáveis de sequência das tarefas definem o funcionamento da ação de sequência de tarefas. A ação de sequência de tarefas lê e utiliza as variáveis assinaladas pelo utilizador como variáveis de entrada. Em alternativa, as variáveis podem ser configuradas no runtime através da ação Set Task Sequence Variable ou do objeto TSEnvironment COM. Apenas a ação de sequência de tarefas assinala variáveis como variáveis de saída que são lidas pelas ações que tenham lugar mais tarde na sequência de tarefas.

System_CAPS_noteNota

Nem todas as ações de sequência de tarefas estão associadas a um conjunto de variáveis de sequência da tarefa.Por exemplo, apesar de existirem variáveis associadas com a ação de ativar BitLocker, existem não variáveis associadas com a ação de desativar BitLocker.

As variáveis para esta ação Especifique qual imagem de um ficheiro WIM é aplicada ao computador de destino e se pretende eliminar os ficheiros na partição de destino.Para mais informações sobre o passo de sequência da tarefa associada estas variáveis, consulte o artigo Passo de Sequência de Tarefas Aplicar Imagem de Dados.

Nome da variável de ação

Descrição

OSDDataImageIndex

(Introdução)

Especifica o valor de índice da imagem que é aplicado ao computador de destino.

OSDWipeDestinationPartition

(Introdução)

Especifica se pretende eliminar os ficheiros localizados no partição de destino.

Valores válidos:

"true" (predefinição)

"false"

As variáveis para esta ação especificam informações de instalação de controladores de armazenamento em massa e se pretende instalar controladores não assinados.Para mais informações sobre o passo de sequência da tarefa associada estas variáveis, consulte o artigo Aplicar Pacote de Controlador.

Nome da variável de ação

Descrição

OSDApplyDriverBootCriticalContentUniqueID

(Introdução)

Especifica o ID de conteúdo do controlador de dispositivo de armazenamento em massa para instalar a partir do pacote de controlador.Se isto não for especificado, não está instalado nenhum controlador de armazenamento em massa.

OSDApplyDriverBootCriticalINFFile

(Introdução)

Especifica o ficheiro de INF de controlador o armazenamento em massa para instalar.

System_CAPS_noteNota

Esta variável de sequência da tarefa é necessário se a OSDApplyDriverBootCriticalContentUniqueID está definido.

OSDApplyDriverBootCriticalHardwareComponent

(Introdução)

Especifica se está instalado um controlador de dispositivo de armazenamento em massa, tem de ser "scsi".

System_CAPS_noteNota

Esta variável de sequência da tarefa é necessário se a OSDApplyDriverBootCriticalContentUniqueID está definido.

OSDApplyDriverBootCriticalID

(Introdução)

Especifica o ID de crítico de arranque do controlador de dispositivo de armazenamento em massa para instalar.Este ID se encontra listado na "scsi" secção do ficheiro de txtsetup.oem o controlador de dispositivo.

System_CAPS_noteNota

Esta variável de sequência da tarefa é necessário se a OSDApplyDriverBootCriticalContentUniqueID está definido.

OSDAllowUnsignedDriver

(Introdução)

Especifica se pretende configurar o Windows para permitir que a instalação de controladores de dispositivo não assinada.Esta variável de sequência da tarefa não é utilizado quando implementar o Windows Vista e posterior sistema operativo.

Valores válidos:

"true"

"false" (predefinição)

As variáveis para esta ação especificar definições de rede para o computador de destino, tais como definições para os adaptadores de rede do computador, definições de domínio e definições de grupo de trabalho.Para mais informações sobre o passo de sequência da tarefa associada estas variáveis, consulte o artigo Passo Aplicar Definições de Rede.

Nome da variável de ação

Descrição

OSDAdapter

(Introdução)

Esta variável de sequência da tarefa é uma variável de matriz.Cada elemento da matriz representa as definições para uma placa de rede único no computador.As definições definidas para cada adaptador são acedidas através da combinação o nome de variável de matriz com o índice de placa de rede baseado em zero e o nome da propriedade.

System_CAPS_noteNota

Se vários adaptadores de rede serão configurados com esta ação de sequência da tarefa, são definidas as propriedades para a segunda placa de rede utilizando o respetivo índice no nome da variável; Por exemplo, OSDAdapter1EnableDHCP, OSDAdapter1IPAddressList, OSDAdapter1DNSDomain, OSDAdapter1WINSServerList, OSDAdapter1EnableWINS e assim sucessivamente.

Por exemplo, os nomes de variáveis seguintes podem ser utilizados para definir as propriedades para a primeira placa de rede que será configurado por esta ação de sequência da tarefa:

  • OSDAdapter0EnableDHCP – verdadeiro para ativar protocolo de configuração dinâmica de anfitrião (DHCP) para a placa.

  • OSDAdapter0IPAddressList – lista delimitado por vírgulas de IP endereços para a placa.Esta propriedade é ignorada, a menos que EnableDHCP está definida como Falso.

  • OSDAdapter0SubnetMask – lista delimitado por vírgulas de máscaras de sub-rede.Esta propriedade é ignorada, a menos que EnableDHCP está definida como Falso.

  • OSDAdapter0Gateways – delimitado por vírgulas lista de endereços de gateway IP.Esta propriedade é ignorada, a menos que EnableDHCP está definida como Falso.

  • OSDAdapter0DNSDomain -domínio de sistema de nomes de domínio (DNS) para a placa.

  • OSDAdapter0DNSServerList – delimitado por vírgulas lista dos servidores DNS para o adaptador.

  • OSDAdapter0EnableDNSRegistrationVerdadeiro para registar o endereço IP para a placa no DNS.

  • OSDAdapter0EnableFullDNSRegistrationVerdadeiro para registar o endereço IP para a placa no DNS sob o nome DNS completo para o computador.

  • OSDAdapter0EnableIPProtocolFilteringVerdadeiro para ativar protocolo IP filtragem na placa.

  • OSDAdapter0IPProtocolFilterList – lista delimitado por vírgulas de protocolos permitidos para executar over IP.Esta propriedade é ignorada se EnableIPProtocolFiltering está definida como Falso.

  • OSDAdapter0EnableTCPFilteringVerdadeiro para ativar a filtragem para a placa de porta TCP.

  • OSDAdapter0TCPFilterPortList – lista delimitado por vírgulas de portas para ser concedidas permissões de acesso de TCP.Esta propriedade é ignorada se EnableTCPFiltering está definida como Falso.

  • OSDAdapter0TcpipNetbiosOptions – opções para NetBIOS através de TCP/IP.Os valores possíveis são:

    • 0 NetBIOS utilizar definições de servidor DHCP.

    • 1 ativar NetBIOS através de TCP/IP.

    • 2 desativar NetBIOS através de TCP/IP.

  • OSDAdapter0EnableWINSVerdadeiro utilizar WINS para a resolução do nome.

  • OSDAdapter0WINSServerList – delimitado por vírgulas lista de endereços IP do servidor WINS.Esta propriedade é ignorada, a menos que EnableWINS está definida como Verdadeiro.

  • OSDAdapter0MacAddress – multimédia aceder endereço controlador (MAC) utilizado para fazer corresponder as definições para a placa de rede física.

  • OSDAdapter0Name – nome da ligação de rede, tal como aparece no programa de painel de controlo de ligações de rede.O nome é entre 0 e 255 carateres de comprimento.

  • OSDAdapter0Index – índice as definições de placa de rede na matriz das definições.

OSDAdapterCount

(Introdução)

Especifica o número de placas de rede instalado no computador de destino.Quando o OSDAdapterCount valor é definido, todas as opções de configuração para cada adaptador tem de ser definidas.Por exemplo, se definir o OSDAdapterTCPIPNetbiosOptions valor para um adaptador específico, em seguida, todos os valores para esse placa também tem de ser configurada.

System_CAPS_cautionCuidado

Se este valor não for especificado, todos os OSDAdapter valores são ignorados.

OSDDNSDomain

(Introdução)

Especifica o servidor DNS principal utilizado pelo computador de destino.

OSDDomainName

(Introdução)

Especifica o nome do domínio Windows que junta o computador de destino.O valor especificado tem de ser um nome de domínio do Active Directory Domain Services válido.

OSDDomainOUName

(Introdução)

Especifica o nome do formato de RFC 1779 da unidade organizacional (UO) que junta o computador de destino.Se for especificado, o valor tem de conter o caminho completo.

Exemplo:

LDAP://ou=MyOu, DC = MyDom, DC = MyCompany, DC = com

OSDEnableTCPIPFiltering

(Introdução)

Especifica se a filtragem de TCP/IP está ativada.

Valores válidos:

"true"

"false" (predefinição)

OSDJoinAccount

(Introdução)

Especifica a conta de rede que é utilizada para adicionar o computador de destino para um domínio Windows.

OSDJoinPassword

(Introdução)

Especifica a palavra-passe de rede que é utilizada para adicionar o computador de destino para um domínio Windows.

OSDNetworkJoinType

(Introdução)

Especifica se o computador de destino associa um domínio Windows ou um grupo de trabalho.

"0" indica que o computador de destino associa um domínio Windows. "1" Especifica que o computador associa um grupo de trabalho.

Valores válidos:

"0"

"1"

OSDDNSSuffixSearchOrder

(Introdução)

Especifica a ordem de pesquisa DNS para o computador de destino.

OSDWorkgroupName

(Introdução)

Especifica o nome do grupo de trabalho que junta o computador de destino.

Tem de especificar um deste valor ou a OSDDomainName valor.O nome do grupo de trabalho podem ter um máximo de 32 carateres.

Exemplo:

"Accounting"

As variáveis para esta ação especificar definições para o sistema operativo que pretende instalar o computador de destino.Para mais informações sobre o passo de sequência da tarefa associada estas variáveis, consulte o artigo Aplicar Imagem do Sistema Operativo.

Nome da variável de ação

Descrição

OSDConfigFileName

(Introdução)

Especifica o nome de ficheiro do ficheiro de resposta de implementação do sistema operativo associado com o pacote de implementação do sistema operativo.

OSDImageIndex

(Introdução)

Especifica o valor de índice de imagem do ficheiro WIM aplicado ao computador de destino.

OSDInstallEditionIndex

(Introdução)

Especifica a versão do Windows Vista ou posterior do sistema operativo que está instalada.Não se for especificado nenhum versão, configuração do Windows irão determinar qual das versões deve instalar utilizando a chave de produto referenciada.

System_CAPS_noteNota

Utilize apenas um valor de zero (0) se as condições seguintes forem verdadeiras:

  • Estiver a instalar um sistema de operativo do Windows anterior à Vista

  • Estiver a instalar uma edição de licença de volume do Windows Vista ou posterior e nenhuma chave de produto é especificado.

Valores válidos:

"0" (predefinição)

OSDTargetSystemDrive (resultado)

Especifica a letra da unidade da partição que contém os ficheiros de sistema operativo.

As variáveis para esta ação Especifique definições do Windows para o computador de destino, como o nome do computador, chave de produto de Windows, utilizador registado e organização e a palavra-passe de administrador local.Para mais informações sobre o passo de sequência da tarefa associada estas variáveis, consulte o artigo Aplicar Definições do Windows.

Nome da variável de ação

Descrição

OSDComputerName

(Introdução)

Especifica o nome do computador de destino.

Exemplo:

"% _SMSTSMachineName %" (predefinição)

OSDProductKey

(Introdução)

Especifica a chave de produto do Windows.

System_CAPS_noteNota

O valor especificado tem de ser entre 1 e 255 carateres.

OSDRegisteredUserName

(Introdução)

Especifica o nome de utilizador registado predefinido no novo sistema operativo.

System_CAPS_noteNota

O valor especificado tem de ser entre 1 e 255 carateres.

OSDRegisteredOrgName

(Introdução)

Especifica o nome da organização registado predefinido no novo sistema operativo.

System_CAPS_noteNota

O valor especificado tem de ser entre 1 e 255 carateres.

OSDTimeZone

(Introdução)

Especifica a definição de fuso horário predefinida que é utilizada no novo sistema operativo.

OSDServerLicenseMode

(Introdução)

Especifica o modo de licença do Windows Server que é utilizado.

Valores válidos:

"PerSeat"

"PerServer"

OSDServerLicenseConnectionLimit

(Introdução)

Especifica o número máximo de ligações permitido.

System_CAPS_noteNota

O número especificado tem de estar no intervalo entre 5 e 9999 ligações.

OSDRandomAdminPassword

(Introdução)

Especifica uma palavra-passe gerada aleatoriamente para a conta de administrador no novo sistema operativo.Se definido como "true", a conta de administrador local será desativada no computador de destino.Se definido como "false", a conta de administrador local será ativada no computador de destino e a palavra-passe da conta de administrador local será atribuída o valor da variável OSDLocalAdminPassword.

Valores válidos:

"true" (predefinição)

"false"

OSDLocalAdminPassword

(Introdução)

Especifica a palavra-passe de administrador local.Este valor é ignorado se o aleatoriamente gerar a palavra-passe de administrador local e desativar a conta em todas as plataformas suportadas opção está ativada.

System_CAPS_noteNota

O valor especificado tem de ser entre 1 e 255 carateres.

As variáveis para esta ação especifique quais controladores de Windows instalados no computador de destino e se não assinados controladores estão instalados.Para mais informações sobre o passo de sequência da tarefa associada estas variáveis, consulte o artigo Aplicar Controladores Automaticamente.

Nome da variável de ação

Descrição

OSDAutoApplyDriverCategoryList

(Introdução)

Uma lista delimitado por vírgulas da categoria de catálogo de controlador IDs exclusivos.Se for especificado, o automática aplicar controlador acção de sequência da tarefa considera apenas essas controladores que estão no, pelo menos, uma destas categorias ao instalar os controladores.Este valor é opcional e não esteja definida por predefinição.A categoria disponível IDs pode ser obtida ao enumerar a lista de SMS_CategoryInstance objetos no site.

OSDAllowUnsignedDriver

(Introdução)

Especifica se o Windows está configurada para permitir que os controladores de dispositivo não assinadas ser instalada.Esta variável de sequência da tarefa não é utilizado quando implementar o Windows Vista e sistemas operativos mais tarde.

Valores válidos:

"true"

"false" (predefinição)

OSDAutoApplyDriverBestMatch

(Introdução)

Especifica o que faz a ação de sequência da tarefa se existirem várias controladores de dispositivo no catálogo de controlador que são compatíveis com um dispositivo de hardware.Se definido como "true", apenas o controlador de dispositivo melhor será instalado.Se "false", todos os controladores de dispositivo compatível serão instalados e o sistema operativo será escolher o controlador melhor utilizar.

Valores válidos:

"true" (predefinição)

"false" 

As variáveis para esta ação Especifica se as informações de configuração rede placa definições (TCP/IP, DNS e WINS) são capturadas e se a informação de membro do grupo de trabalho ou domínio é migrada como parte da implementação sistema operativo.Para mais informações sobre o passo de sequência da tarefa associada estas variáveis, consulte o artigo Capturar Definições de Rede.

Nome da variável de ação

Descrição

OSDMigrateAdapterSettings

(Introdução)

Especifica se as informações de configuração rede placa definições (TCP/IP, DNS e WINS) são capturadas.

Exemplos:

"true" (predefinição)

"false"

OSDMigrateNetworkMembership

(Introdução)

Especifica se a informação de membro do grupo de trabalho ou domínio é migrada como parte da implementação sistema operativo.

Exemplos:

"true" (predefinição)

"false"

As variáveis para esta ação especificam informação sobre a imagem de sistema operativo que está a ser capturada, tais como onde está armazenada a imagem, que criou a imagem e uma descrição da imagem.Para mais informações sobre o passo de sequência da tarefa associada estas variáveis, consulte o artigo Capturar Imagem do Sistema Operativo.

Nome da variável de ação

Descrição

OSDCaptureAccount

(Introdução)

Especifica um nome de conta do Windows que tem permissões para armazenar a imagem capturada numa partilha de rede.

OSDCaptureAccountPassword

(Introdução)

Especifica a palavra-passe para a conta do Windows utilizada para armazenar a imagem capturada numa partilha de rede.

OSDCaptureDestination

(Introdução)

Especifica a localização onde a imagem capturada sistema operativo é guardada.O comprimento do nome de diretório máximo é de 255 carateres.

OSDImageCreator

(Introdução)

Um nome opcional do utilizador que criou a imagem.Este nome é guardado no ficheiro WIM.O comprimento máximo do nome do utilizador é de 255 carateres.

OSDImageDescription

(Introdução)

Uma descrição opcional para definidos pelo utilizador a imagem capturada sistema operativo.Esta descrição é armazenada no ficheiro WIM.O comprimento máximo da descrição é 255 carateres.

OSDImageVersion

(Introdução)

Número da versão opcional definido pelo utilizador para atribuir à imagem do sistema operativo capturada.Este número de versão é armazenado no ficheiro WIM.Este valor pode ser qualquer combinação de letras com um comprimento máximo de 32 carateres.

OSDTargetSystemRoot

(Introdução)

Especifica o caminho para o diretório do Windows do sistema operativo instalado no computador de referência.Neste sistema operativo é verificado como sendo um sistema operativo suportado para capturar por Gestor de configuração.

As variáveis para esta ação Especifica informações utilizado pelo utilizador Estado migração ferramenta (USMT), tal como a pasta onde o estado de utilizador é guardado, opções de linha de comandos para USMT e os ficheiros de configuração utilizados para controlar a captura dos perfis de utilizador.Para mais informações sobre o passo de sequência da tarefa associada estas variáveis, consulte o artigo Capturar Estado do Utilizador.

Nome da variável de ação

Descrição

OSDStateStorePath

(Introdução)

A UNC ou nome de caminho local da pasta onde o estado de utilizador é guardado.Não predefinido.

OSDMigrateAdditionalCaptureOptions

(Introdução)

Especifica o estado migração ferramenta (USMT) linha de comandos opções do utilizador que são utilizadas quando capturar o estado de utilizador, mas não expostas no Gestor de configuração interface de utilizador.As opções adicionais são especificadas no formulário de uma cadeia que é acrescentado à linha de comandos USMT gerada automaticamente.

System_CAPS_noteNota

As opções de USMT especificadas com esta variável de sequência da tarefa não são validadas para exatidão antes de executar a sequência de tarefas.

OSDMigrateMode

(Introdução)

Permite-lhe personalizar os ficheiros que são capturados por USMT.Se esta variável é definida como "Simples", em seguida, são utilizados apenas os ficheiros de configuração de USMT padrão.Se esta variável é definida como "Avançadas", em seguida, a variável de sequência da tarefa OSDMigrateConfigFiles Especifica os ficheiros de configuração que utiliza o USMT.

Valores válidos:

"Simples"

"Avançadas"

OSDMigrateConfigFiles

(Introdução)

Especifica os ficheiros de configuração utilizados para controlar a captura de perfis de utilizador.Esta variável é utilizado apenas se OSDMigrateMode está definida como "Avançadas".Este valor delimitado por vírgulas lista está definido para efetuar a migração de perfil de utilizador personalizadas.

Exemplo: miguser.xml,migsys.xml,migapps.xml

OSDMigrateContinueOnLockedFiles

(Introdução)

Permite a captura de estado de utilizador continuar se alguns ficheiros não podem ser capturados.

Valores válidos:

"true" (predefinição)

"false"

OSDMigrateEnableVerboseLogging

(Introdução)

Ativa o registo verboso para o USMT.

Valores válidos:

"true"

"false" (predefinição)

OSDMigrateSkipEncryptedFiles

(Introdução)

Especifica se são capturados ficheiros encriptados.

Valores válidos:

"true"

"false" (predefinição)

_OSDMigrateUsmtPackageID

(Introdução)

Especifica o ID de pacote do Gestor de configuração pacote que irá conter os ficheiros USMT.Esta variável é necessária.

As variáveis para esta ação Especifica se as definições específicas do Windows são migradas para o computador de destino, como o nome do computador, o nome da organização register e informações de fuso horário.Para mais informações sobre o passo de sequência da tarefa associada estas variáveis, consulte o artigo Capturar Definições do Windows.

Nome da variável de ação

Descrição

OSDMigrateComputerName

(Introdução)

Especifica se o nome do computador é migrado.

Valores válidos:

"true" (predefinição)

"false"

Se o valor for "verdadeiro", em seguida, a variável de OSDComputerName está definida para o nome NetBIOS do computador.

OSDComputerName

(resultado)

Definido como o nome NetBIOS do computador.O valor está definido apenas se a variável de OSDMigrateComputerName está definida como "verdadeiro".

OSDMigrateRegistrationInfo

(Introdução)

Especifica se as informações organizacionais e o utilizador do computador é migrado.

Valores válidos:

"true" (predefinição)

"false"

Se o valor for "verdadeiro", em seguida, a variável de OSDRegisteredOrgName está definida para o nome da organização registados do computador.

OSDRegisteredOrgName

(resultado)

Definido como o nome da organização registados do computador.O valor está definido apenas se a variável de OSDMigrateRegistrationInfo está definida como "verdadeiro".

OSDMigrateTimeZone

(Introdução)

Especifica se o computador fuso horário é migrado.

Valores válidos:

"true" (predefinição)

"false"

Se o valor for "verdadeiro", em seguida, a variável OSDTimeZone está definido para o fuso horário do computador.

OSDTimeZone

(resultado)

Defina o fuso horário do computador.O valor está definido apenas se a variável de OSDMigrateTimeZone está definida como "verdadeiro".

As variáveis para esta ação especificar informação sobre uma pasta numa rede, tal como a conta utilizada e a palavra-passe para ligar para a pasta de rede, a letra da unidade da pasta e o caminho para a pasta.Para mais informações sobre o passo de sequência da tarefa associada estas variáveis, consulte o artigo Ligar à Pasta de Rede.

Nome da variável de ação

Descrição

SMSConnectNetworkFolderAccount

(Introdução)

Especifica a conta de administrador que é utilizada para ligar à partilha de rede.

SMSConnectNetworkFolderDriveLetter

(Introdução)

Especifica a letra de unidade de rede ao qual ligar.Este valor é opcional; Se não for especificado, a ligação de rede não está mapeada para uma letra da unidade.

System_CAPS_noteNota

Se este valor for especificado, o valor deve ter o intervalo de d: a Z:.Além disso, não utilize x: como é utilizada pelo Windows PE durante a fase de Windows PE a letra da unidade.

Exemplos:

"D:"

"E"

SMSConnectNetworkFolderPassword

(Introdução)

Especifica a palavra-passe de rede que é utilizada para ligar à partilha de rede.

SMSConnectNetworkFolderPath

(Introdução)

Especifica o caminho de rede para a ligação.

Exemplo:

"\\servername\sharename"

A variável para esta ação Especifica o número do disco físico para converter de uma basic disco dinâmico.Para mais informações sobre o passo de sequência da tarefa associada estas variáveis, consulte o artigo Converter Disco em Dinâmico.

Nome da variável de ação

Descrição

OSDConvertDiskIndex

(Introdução)

Especifica o número de disco físico que é convertido.

As variáveis para esta ação especifique as palavra-passe e arranque chaves opções de recuperação utilizadas para ativar BitLocker no computador de destino.Para mais informações sobre o passo de sequência da tarefa associada estas variáveis, consulte o artigo Ativar BitLocker.

Nome da variável de ação

Descrição

OSDBitLockerRecoveryPassword

(Introdução)

Em vez de criar uma palavra-passe de recuperação aleatório, o Ativar BitLocker acção de sequência da tarefa utiliza o valor especificado como a palavra-passe de recuperação.O valor tem de ser uma numérica BitLocker recuperação palavra-passe válida.

OSDBitLockerStartupKey

(Introdução)

Em vez de gerar uma chave de arranque aleatório para que a opção de gestão de chaves "chave de arranque no USB apenas," o Ativar BitLocker acção de sequência da tarefa utiliza o módulo de plataforma fidedignos (TPM) como a chave de arranque.O valor tem de ser uma chave de arranque do BitLocker codificados em Base64 válida, 256 bits.

As variáveis para esta ação especificam informações de formatação e criação de partições um disco físico, tais como o número de disco e uma matriz de definições de partição.Para mais informações sobre o passo de sequência da tarefa associada estas variáveis, consulte o artigo Formatar e Particionar Disco.

Nome da variável de ação

Descrição

OSDDiskIndex

(Introdução)

Especifica o número de disco físico para ser particionado.

OSDDiskpartBiosCompatibilityMode

(Introdução)

Especifica se pretende desativar a otimizações de alinhamento da cache quando o disco rígido para compatibilidade com determinados tipos da BIOS de criação de partições.Isto pode ser necessário ao implementar sistemas operativos Windows XP ou Windows Server 2003.Para obter mais informações, consulte o artigo artigo 931760 e artigo 931761 na Base de dados de Conhecimento Microsoft.

Valores válidos:

"true"

"false" (predefinição)

OSDGPTBootDisk

(Introdução)

Especifica se pretende criar uma partição EFI num disco rígido GPT para que pode ser utilizado como o disco de arranque em computadores baseados em EFI.

Valores válidos:

"true"

"false" (predefinição)

OSDPartitions

(Introdução)

Especifica uma matriz de definições de partição; consulte o tópico SDK para aceder às variáveis de matriz no ambiente de sequência de tarefas.

Esta variável de sequência da tarefa é uma variável de matriz.Cada elemento da matriz representa as definições para uma única partição no disco rígido.As definições definidas para cada partição podem ser acedidas através da combinação o nome de variável de matriz com o número de partição de disco baseado em zero e o nome da propriedade.

Por exemplo, os nomes de variáveis seguintes podem ser utilizados para definir as propriedades para a partição primeira que serão criados por esta ação de sequência da tarefa no disco rígido:

System_CAPS_noteNota

Se múltiplas partições irão ser definidas com esta ação de sequência da tarefa, podem ser definidas as propriedades para a partição segunda utilizando o respetivo índice no nome da variável; Por exemplo, OSDPartitions1Type, OSDPartitions1FileSystem, OSDPartitions1Bootable, OSDPartitions1QuickFormat, OSDPartitions1VolumeName, e assim sucessivamente.

  • OSDPartitions0Type -Especifica o tipo de partição.Esta é uma propriedade necessária.Os valores válidos são "principal","expandida","lógico", e "oculto".

  • OSDPartitions0FileSystem -Especifica o tipo de sistema de ficheiros para utilizar quando formatação a partição.Esta é uma propriedade opcional; não se for especificado nenhum sistema de ficheiros, a partição não será formatada.Os valores válidos são "FAT32"e"NTFS".

  • OSDPartitions0Bootable -Especifica se a partição é de arranque.Esta é uma propriedade necessária.Se este valor está definido como "Verdadeiro" para discos MBR, em seguida, esta será efetuada a partição ativa.

  • OSDPartitions0QuickFormat -Especifica o tipo de formato que é utilizado.Esta é uma propriedade necessária.Se este valor está definido como "Verdadeiro", um formato rápido será executado; caso contrário, será efetuado num formato completo.

  • OSDPartitions0VolumeName -Especifica o nome atribuído para o volume quando que está formatada.Esta é uma propriedade opcional.

  • OSDPartitions0Size -Especifica o tamanho da partição.Unidades especificadas pelo OSDPartitions0SizeUnits variável.Esta é uma propriedade opcional.Se esta propriedade não for especificada, a partição é criada utilizando todo o espaço livre restante.

  • OSDPartitions0SizeUnits -Especifica as unidades que vão ser utilizadas quando interpretar a OSDPartitions0Size variável de sequência da tarefa.Esta é uma propriedade opcional.Os valores válidos são "MB"(predefinição),"GB", e "percentagem".

  • OSDPartitions0VolumeLetterVariable -partições sempre irão utilizar a seguinte letra de unidade disponível no Windows PE quando estas serem criadas.Utilize esta propriedade opcional para especificar o nome de outra variável de sequência de tarefas, que será utilizado para guardar a nova letra de unidade para referência futura.

OSDPartitionStyle

(Introdução)

Especifica o estilo da partição para utilizar quando a criação de partições de disco."MBR" indica o estilo de registo partição de arranque principal, e "GPT" indica o estilo de tabela de partições GUID.

Valores válidos:

"GPT"

"MBR"

A variável para esta ação Especifica se pretende instalar todas as atualizações ou apenas atualizações obrigatórias.Para mais informações sobre o passo de sequência da tarefa associada estas variáveis, consulte o artigo Instalar Atualizações de Software.

Nome da variável de ação

(Introdução)

Descrição

SMSInstallUpdateTarget

(Introdução)

Especifica se pretende instalar todas as atualizações ou apenas atualizações obrigatórias.

Valores válidos:

"Todos"

"Obrigatório"

As variáveis para esta ação especificam informações necessárias para associar o computador de destino para um domínio Windows ou grupo de trabalho.Para mais informações sobre o passo de sequência da tarefa associada estas variáveis, consulte o artigo Associar Domínio ou Grupo de Trabalho.

Nome da variável de ação

Descrição

OSDJoinAccount

(Introdução)

Especifica a conta que é utilizada pelo computador de destino para aderir ao domínio Windows.Esta variável é necessário ao participar um domínio.

OSDJoinDomainName

(Introdução)

Especifica o nome de um domínio Windows no computador de destino associações.

System_CAPS_noteNota

O comprimento do nome de domínio do Windows tem de ser entre 1 e 255 carateres.

OSDJoinDomainOUName

(Introdução)

Especifica o nome do formato de RFC 1779 da unidade organizacional (UO) que junta o computador de destino.Se for especificado, o valor tem de conter o caminho completo.

Exemplo:

LDAP://ou=MyOu, DC = MyDom, DC = MyCompany, DC = com

System_CAPS_noteNota

O comprimento do nome de UO de domínio do Windows tem de ser entre 0 e 32.767 carateres.Não é definir este valor se a OSDJoinType variável está definida como "1" (grupo de trabalho de associação).

OSDJoinPassword

(Introdução)

Especifica a palavra-passe de rede que é utilizada pelo computador de destino para aderir ao domínio Windows.Se a variável não for especificada, em seguida, é tentou uma palavra-passe em branco.

System_CAPS_noteNota

Este valor é necessário se a variável OSDJoinType variável está definida como "0" (domínio de associação).

OSDJoinSkipReboot

(Introdução)

Especifica se pretende ignorar reiniciar depois associa o computador de destino de domínio ou grupo de trabalho.

Valores válidos:

"true"

"false"

OSDJoinType

(Introdução)

Especifica se o computador de destino associa um domínio Windows ou um grupo de trabalho.Para associar o computador de destino para um domínio Windows especificar "0".Para aderir a especificar o computador de destino para um grupo de trabalho "1".

Valores válidos:

"0"

"1"

OSDJoinWorkgroupName

(Introdução)

Especifica o nome de um grupo de trabalho que junta o computador de destino.

System_CAPS_noteNota

O comprimento do nome do grupo de trabalho tem de ser entre 1 e 32 carateres.

Exemplo:

"Accounting"

As variáveis para esta ação especificam informações utilizadas para capturar o sistema operativo do Windows a partir do computador de destino.Para mais informações sobre o passo de sequência da tarefa associada estas variáveis, consulte o artigo Preparar ConfigMgr Client para Captura.

Nome da variável de ação

Descrição

OSDBuildStorageDriverList

(Introdução)

Especifica se sysprep cria uma lista de controlador do dispositivo de armazenamento em massa.Esta definição aplica-se apenas Windows XP e Windows Server 2003.-Irá preencher a secção [SysprepMassStorage] sysprep.inf com informações sobre todos os controladores de armazenamento em massa que são suportadas na imagem para ser capturado.

Valores válidos:

"true"

"false" (predefinição)

OSDKeepActivation

(Introdução)

Especifica se sysprep repõe o sinalizador de ativação do produto.

Valores válidos:

"true"

"false" (predefinição)

OSDTargetSystemRoot

(resultado)

Especifica o caminho para o diretório do Windows do sistema operativo instalado no computador de referência.Neste sistema operativo é verificado como sendo um sistema operativo suportado para capturar por Gestor de configuração.

As variáveis para esta ação especificam informações utilizadas para libertar o estado de utilizador armazenado.Para mais informações sobre o passo de sequência da tarefa associada estas variáveis, consulte o artigo Disponibilizar Armazenamento de Estados.

Nome da variável de ação

Descrição

OSDStateStorePath

(Introdução)

A UNC ou pathname local para a localização a partir do qual o estado de utilizador é restaurado.Este valor é utilizado por ambos o captura utilizador estado acção de sequência de tarefas e o restaurar utilizador estado acção de sequência de tarefas.

As variáveis para esta ação especificam informações utilizadas para solicitar o estado armazenado do utilizador, tal como a pasta no ponto de migração de estado, onde os dados de utilizador são armazenados.Para mais informações sobre o passo de sequência da tarefa associada estas variáveis, consulte o artigo Disponibilizar Armazenamento de Estados.

Nome da variável de ação

Descrição

OSDStateFallbackToNAA

(Introdução)

Especifica se a conta de acesso de rede é utilizada como uma contingência quando a conta de computador não consegue ligar ao ponto de migração de estado.

Valores válidos:

"true"

"false" (predefinição)

OSDStateSMPRetryCount

(Introdução)

Especifica o número de vezes que o passo de sequência da tarefa tenta localizar um ponto de migração de estado antes do passo falha.

System_CAPS_noteNota

A contagem especificada tem de ser entre 0 e 600.

OSDStateSMPRetryTime

(Introdução)

Especifica o número de segundos que o passo de sequência da tarefa espera entre as tentativas de repetição.O número de segundos pode ser um máximo de 30 carateres.

OSDStateStorePath

(resultado)

O caminho UNC para a pasta no ponto de migração de Estado onde está armazenado o estado de utilizador.

As variáveis para esta ação especificam informações utilizadas para reiniciar o computador de destino.Para mais informações sobre o passo de sequência da tarefa associada estas variáveis, consulte o artigo Reiniciar Computador.

Nome da variável de ação

Descrição

SMSRebootMessage

(Introdução)

Especifica a mensagem para ser apresentado aos utilizadores antes de reiniciar o computador de destino.Se esta variável não estiver definida, o texto de mensagem predefinido é apresentado.

System_CAPS_noteNota

A mensagem especificada não pode exceder os 512 carateres.

Exemplo:

  • "Este computador será reiniciado; Guarde o trabalho."

SMSRebootTimeout

(Introdução)

Especifica o número de segundos que o aviso é apresentado ao utilizador antes de reinícios o computador.Especifica zero segundos para indicar que é apresentada nenhuma mensagem de reinício.

Exemplos:

"0" (predefinição)

"5"

"10"

As variáveis para esta ação especificam informações utilizadas para restaurar o estado de utilizador do computador de destino, como o caminho da pasta a partir do qual o estado de utilizador é restaurado e se a conta de computador local é restaurada.Para mais informações sobre o passo de sequência da tarefa associada estas variáveis, consulte o artigo Restaurar Estado do Utilizador.

Nome da variável de ação

Descrição

OSDStateStorePath

(Introdução)

A UNC ou pathname local da pasta a partir do qual o estado de utilizador é restaurado.

OSDMigrateContinueOnRestore

(Introdução)

Especifica que o restauro de estado do utilizador continua mesmo se alguns ficheiros não podem ser restaurados.

Valores válidos:

"true" (predefinição)

"false"

OSDMigrateEnableVerboseLogging

(Introdução)

Ativa o registo verboso para a ferramenta USMT.

System_CAPS_noteNota

Este valor é obrigatório pela ação; tem de ser definido como "verdadeiro" ou "false".

Valores válidos:

"true"

"false" (predefinição)

OSDMigrateLocalAccounts

(Introdução)

Especifica se a conta de computador local é restaurada.

Valores válidos:

"true"

"false" (predefinição)

OSDMigrateLocalAccountPassword

(Introdução)

Se o OSDMigrateLocalAccounts variável é "verdadeiro," Esta variável tem de conter a palavra-passe que é atribuída a todas as contas locais que são migradas.Porque a mesma palavra-passe é atribuída a todas as contas locais migradas, é considerado uma palavra-passe temporária que será alterada posteriormente por alguns método diferente de Gestor de configuração implementação do sistema operativo.

OSDMigrateAdditionalRestoreOptions

(Introdução)

Especifica o utilizador adicionais Estado migração ferramenta (USMT) linha de comandos opções que é utilizadas quando restaurar o estado de utilizador.As opções adicionais são especificadas no formulário de uma cadeia que é acrescentado à linha de comandos USMT gerada automaticamente.

System_CAPS_noteNota

As opções de USMT especificadas com esta variável de sequência da tarefa não são validadas para exatidão antes de executar a sequência de tarefas.

_OSDMigrateUsmtRestorePackageID

(Introdução)

Especifica o ID de pacote do Gestor de configuração pacote que contém os ficheiros USMT.Esta variável é necessária.

As variáveis para esta ação especificam informações utilizadas para executar um comando a partir da linha de comando, tal como o diretório de trabalho onde o comando é executado.Para mais informações sobre o passo de sequência da tarefa associada estas variáveis, consulte o artigo Executar Linha de Comandos.

Nome da variável de ação

Descrição

SMSTSDisableWow64Redirection

(Introdução)

Por predefinição, quando a ser executado num sistema operativo de 64 bits, o programa na linha de comando está localizado e executado utilizando o redirecionador de sistema de ficheiros WOW64 para que são possível encontrar as versões de 32 bits do sistema operativo programas e DLLs.Definir esta variável "verdadeiro" desativa a utilização do redirecionador de sistema de ficheiros WOW64 para que possam ser encontradas nativos versões de 64 bits do sistema operativo programas e DLLs.Esta variável não tem qualquer efeito quando a ser executado num sistema operativo de 32 bits.

WorkingDirectory

(Introdução)

Especifica o diretório de partida para uma ação da linha de comandos.

System_CAPS_noteNota

O nome de diretório especificado não pode exceder 255 carateres.

Exemplos:

  • "C:\"

  • "% SystemRoot %"

SMSTSRunCommandLineUserName

(Introdução)

Especifica a conta através do qual a linha de comandos é executada.O valor é uma cadeia do nome de utilizador do formulário ou domínio \ nomedeutilizador.

SMSTSRunCommandLinePassword

(Introdução)

Especifica a palavra-passe para a conta especificada pela variável SMSTSRunCommandLineUserName.

A variável para esta ação Especifica as propriedades de instalação de cliente que são utilizadas ao instalar o Gestor de configuração cliente.Para mais informações sobre o passo de sequência da tarefa associada estas variáveis, consulte o artigo Configurar Windows e ConfigMgr.

Nome da variável de ação

(Introdução)

Descrição

SMSClientInstallProperties

(Introdução)

Especifica as propriedades de instalação de cliente que são utilizadas ao instalar o Gestor de configuração cliente.

Mostrar: