Planear para utilizar o Gestor de Conversão de Pacotes no Configuration Manager

 

Aplica-se a: System Center 2012 Configuration Manager, System Center 2012 Configuration Manager

Utilize as informações neste tópico para ajudá-lo a planear a utilização do Microsoft System Center Configuration Manager - Gestor de Conversão de Pacotes no System Center 2012 Configuration Manager.

Os passos seguintes descrevem um plano típico para converter pacotes do Configuration Manager 2007 em aplicações do System Center 2012 Configuration Manager.

Esta secção descreve dois exemplos de planos de conversão de pacotes; um para ser utilizado num ambiente de teste com elevada disponibilidade de recursos e um para utilização num ambiente de teste com recursos limitados. O seu plano individual precisará de suportar outros problemas específicos ao seu ambiente.

Se o seu ambiente de teste tiver os recursos, permissões e arquitetura para analisar eficientemente e converter todos os seus pacotes do Configuration Manager 2007 e testar todas as suas aplicações do Gestor de configuração, então poderá efetuar tudo isto no seu ambiente de teste. Depois de concluir esse trabalho, pode exportar as aplicações convertidas do ambiente de teste e, em seguida, importá-las para o ambiente de produção. Neste caso, os passos do seu plano de conversão de pacotes seriam semelhantes aos seguintes:

  1. Selecione os pacotes que pretende converter.

  2. Efetue a migração dos pacotes para conversão para o seu ambiente de teste do Gestor de Conversão de Pacotes.

  3. Prepare os pacotes para conversão.

  4. Selecione os pacotes para teste.

  5. Analise, investigue e converta os pacotes de teste.

  6. Teste as aplicações convertidas.

  7. Analise e converta os pacotes restantes (não destinados a teste).

  8. Exporte as aplicações do ambiente de teste e importe-as para o seu ambiente de produção.

Se o seu ambiente de teste não possuir os recursos, permissões e arquitetura para analisar e converter todos os seus pacotes do Configuration Manager 2007 e testar todas as suas aplicações do System Center 2012 Configuration Manager, analise, investigue, converta e teste apenas os seus pacotes de teste neste ambiente. Em seguida, efetue a migração dos restantes pacotes de teste para o ambiente de produção para análise e conversão. Neste caso, os passos do seu plano de conversão de pacotes seriam semelhantes aos seguintes:

  1. Selecione os pacotes que pretende converter.

  2. Selecione os pacotes de teste.

  3. Efetue a migração dos pacotes de teste para o seu ambiente de teste.

  4. Prepare os pacotes de teste para conversão.

  5. Analise, investigue e converta os pacotes de teste.

  6. Teste as aplicações convertidas.

  7. Exporte as aplicações de teste do ambiente de teste e, em seguida, importe-as para o seu ambiente de produção.

  8. Efetue a migração dos restantes pacotes para o ambiente de produção e prepare-os para a conversão.

  9. Analise, investigue e converta os restantes pacotes no ambiente de produção.

  10. Disponibilize as restantes aplicações no ambiente de produção.

Estas secções descrevem problemas a resolver quando seleciona e prepara pacotes para conversão.

Nem todos os pacotes são adequados para serem convertidos em aplicações. Antes de começar a converter pacotes, identifique os pacotes que não serão convertidos e mova-os para uma pasta em separado na consola do Gestor de configuração.

Os melhores tipos de pacotes para converter em aplicações são aqueles que contêm software destinado ao utilizador, por exemplo:

  • Ficheiros de atualização do Windows: .msi e .msu.

  • Programas do Microsoft Application Virtualization (App-V).

  • Ficheiros executáveis no Windows: .exe

Os tipos de pacotes que são mantidos preferencialmente como pacotes e não convertidos em aplicações incluem:

  • Ferramentas de manutenção do sistema; por exemplo, scripts e utilitários de cópias de segurança.

  • Pacotes em Fim-de-Vida.

System_CAPS_noteNota

Depois de identificar os pacotes que não são adequados para serem convertidos em aplicações, mova-os para uma pasta separada na consola do Gestor de configuração.

System_CAPS_tipSugestão

Para criar uma pasta de pacotes na consola do Gestor de configuração:

  1. Na consola do Gestor de configuração, clique com o botão direito do rato em Pacotes.

  2. Clique com o botão direito do rato em Pastas e, em seguida, clique em Criar Pasta.

  3. Introduza o nome da pasta, por exemplo Não Convertidos.

  4. Clique em OK.

Para cada pacote que pretende converter, certifique-se de que cumpre as seguintes condições:

  • A localização especificada para ficheiros de origem é um caminho UNC completo, por exemplo \\Server\Volume\File.

  • Os ficheiros de atualização do Windows, .msi e .msu, utilizam apenas um PID (Product Identification Locator) exclusivo.

Se possível, o grupo de pacotes de teste que selecionar deve incluir pacotes que cumpram os seguintes critérios:

  • Pelo menos um pacote de teste com um estado de preparação de Automático.

  • Pelo menos um pacote de teste com um estado de preparação de Manual.

Idealmente, os seus pacotes de teste devem ser pacotes núcleo, da seguinte forma:

  • Pacotes que conheça bem.

  • Pacotes que sejam importantes ao seu negócio.

  • Pacotes que consiga testar facilmente.

Depois de identificar os pacotes que são mais adequados para teste, mova-os para uma pasta à parte na consola do Gestor de configuração.

Utilize as informações nesta secção para o ajudar a analisar, investigar e converter pacotes.

Pode analisar pacotes das seguintes três formas:

System_CAPS_noteNota

O Dashboard de Conversão de Pacotes apresenta informações resumidas sobre os processos de análise e conversão. Utilize as informações no Dashboard de Conversão de Pacotes para ajudar os seus processos de análise e conversão.

Depois de analisar os pacotes de teste, investigue os pacotes com um estado de preparação Manual ou Erro. Determine as razões para terem esse estado. Algumas razões comuns para um estado de preparação Manual ou Erro incluem:

  • O pacote não contém as informações necessárias para criar um método de deteção numa aplicação de tipo de implementação.

  • O pacote não contém as informações necessárias para converter coleções para condições e requisitos globais.

  • O pacote contém mais do que um programa.

  • O pacote depende de outro pacote que não foi convertido para uma aplicação.

Para além disso, reveja as mensagens de erro e resolução de problemas em Referência Técnica das Mensagens de Erro do Gestor de Conversão de Pacotes e reveja o ficheiro de registo do PCMTrace.log para ações, problemas e erros gerados pelo Gestor de Conversão de Pacotes. Para mais informações, consulte Resolução de Problemas do Gestor de Conversão de Pacotes no Configuration Manager.

Para obter informações sobre como converter pacotes, consulte Como Analisar e Converter Pacotes no Gestor de Conversão de Pacotes.

System_CAPS_noteNota

O Dashboard de Conversão de Pacotes apresenta informações resumidas sobre os processos de análise e conversão. Utilize as informações no Dashboard de Conversão de Pacotes para ajudar com o seu processo de análise e conversão.

Teste as aplicações no seu ambiente de teste ou no seu ambiente de produção de acordo com o seu plano de conversão de pacotes detalhado.

Mostrar: