Planear uma estratégia de hierarquia de origem no System Center Configuration Manager

 

Aplica-se a: System Center Configuration Manager (current branch)

Antes de configurar uma tarefa de migração no seu ambiente do O System Center Configuration Manager, terá de configurar uma hierarquia de origem e recolher dados de pelo menos um site de origem nessa hierarquia. Utilize as secções seguintes para o ajudar a planear a configuração de hierarquias de origem, configurar sites de origem e determinar o modo como o Gestor de configuração recolhe informações dos sites de origem na hierarquia de origem.

Uma hierarquia de origem é uma hierarquia do Gestor de configuração que contém os dados que pretende migrar. Ao configurar a migração e especificar uma hierarquia de origem, deverá especificar o site de nível superior da hierarquia de origem. Este site é também designado por site de origem. Os sites adicionais na hierarquia de origem de que possa migrar dados são também denominados sites de origem:

  • Ao configurar uma tarefa de migração para migrar dados a partir de uma hierarquia de origem do Gestor de configuração 2007, deverá configurá-la para migrar dados de um ou mais sites de origem específicos na hierarquia de origem.

  • Quando configura uma tarefa de migração para migrar dados de uma hierarquia de origem com o System Center 2012 Configuration Manager ou posterior, só precisa de especificar o site de nível superior.

Apenas é possível configurar uma hierarquia de origem de cada vez:

  • Se configurar uma nova hierarquia de origem, essa hierarquia torna-se automaticamente a hierarquia de origem atual, substituindo a hierarquia de origem anterior.

  • Ao configurar uma hierarquia de origem, tem de especificar o site de nível superior da hierarquia de origem, as credenciais do Gestor de configuração a utilizar para estabelecer ligação ao Fornecedor de SMS e a base de dados desse site de origem.

  •  O Gestor de configuração utiliza estas credenciais para executar a recolha de dados, de modo a obter informações sobre os objetos e pontos de distribuição do site de origem.

  • Como parte do processo de recolha dados, são identificados os sites subordinados na hierarquia de origem.

  • Se a hierarquia de origem for uma hierarquia do Gestor de configuração 2007, poderá então configurar esses sites adicionais como sites de origem, com credenciais separadas para cada um.

Embora seja possível configurar sucessivamente várias hierarquias de origem, a migração apenas ficará ativa para uma hierarquia de origem de cada vez:

  • Se configurar uma hierarquia de origem adicional antes de concluir a migração a partir da hierarquia de origem atual, o Gestor de configuração cancelará todas as tarefas de migração ativas, adiando as tarefas de migração eventualmente agendadas para a hierarquia de origem atual.

  • A hierarquia de origem recém configurada torna-se então na hierarquia de origem atual e a hierarquia de origem original encontra-se agora inativa.

  • Em seguida, poderá configurar as credenciais de ligação, sites de origem adicionais e tarefas de migração da nova hierarquia de origem.

Se restaurar uma hierarquia de origem inativa e não tiver utilizado anteriormente a ação Limpar Dados de Migração, poderá consultar as tarefas de migração anteriormente configuradas para essa hierarquia de origem. No entanto, para poder prosseguir a migração a partir dessa hierarquia terá de reconfigurar as credenciais para estabelecer ligação aos sites de origem aplicáveis na hierarquia e, em seguida, reagendar as tarefas de migração que não tenham sido concluídas.

System_CAPS_cautionCuidado

Se migrar dados de mais do que uma hierarquia de origem, cada hierarquia de origem adicional terá de conter um conjunto exclusivo de códigos de site.

Para mais informações sobre como configurar uma hierarquia de origem, consulte Configurar hierarquias de origem e sites de origem para migração para o System Center Configuration Manager.

Os sites de origem são os sites da hierarquia de origem que contêm os dados que pretende migrar. O site de nível superior da hierarquia de origem é sempre o primeiro site de origem. Quando a migração recolhe dados do primeiro site de origem de uma nova hierarquia de origem, deteta informações sobre os sites adicionais dessa hierarquia.

Após a conclusão da recolha de dados do site de origem inicial, as ações seguintes a efetuar dependem da versão de produto da hierarquia de origem.

Após a recolha de dados do site de origem inicial da hierarquia do Gestor de configuração 2007 SP2, não terá de configurar sites de origem adicionais para poder criar tarefas de migração. No entanto, para poder migrar dados de sites adicionais, terá de os configurar como sites de origem e o O System Center Configuration Manager terá de recolher dados com êxito a partir desses sites.

Para recolher dados de sites adicionais, terá de configurar individualmente cada site como site de origem. Isso requer que especifique as credenciais do O System Center Configuration Manager para ligar ao Fornecedor de SMS e à base de dados de cada site de origem. Após configurar as credenciais de um site de origem, é iniciado o processo de recolha de dados desse site.

Quando configurar sites de origem adicionais numa hierarquia de origem do Gestor de configuração2007 SP2, terá de os configurar por ordem descendente, o que significa que os sites da camada inferior serão os últimos a ser configurados. A qualquer momento poderá configurar os sites de origem num ramo da hierarquia, mas terá de configurar um site como site de origem antes de poder configurar quaisquer dos seus sites subordinados como sites de origem.

System_CAPS_noteNota

Numa hierarquia do Gestor de configuração 2007 SP2, só os sites primários são suportados para migração.

Após a recolha de dados do site de origem inicial de uma hierarquia do System Center 2012 Configuration Manager ou posterior, não terá de configurar sites de origem adicionais nessa hierarquia de origem. Tal sucede porque, ao contrário do Gestor de configuração 2007, estas versões do Gestor de configuração utilizam uma base de dados partilhada, o que permite identificar e migrar todos os objetos disponíveis a partir do site de origem inicial.

No entanto, ao configurar as contas de acesso para recolha de dados, poderá ter de conceder acesso à Conta do Fornecedor de SMS do Site de Origem a vários computadores na hierarquia de origem. Isto pode ser necessário quando o site de origem suporta múltiplas instâncias do Fornecedor de SMS, cada uma num computador diferente. Quando a recolha de dados é iniciada, o site de nível superior da hierarquia de destino contacta o site de nível superior da hierarquia de origem para identificar as localizações do Fornecedor de SMS desse site. Só é identificada a primeira instância do Fornecedor de SMS. Se o processo de recolha de dados não conseguir aceder ao Fornecedor de SMS na localização identificada, o processo falhará, não tentando estabelecer ligação a computadores adicionais que executem uma instância do Fornecedor de SMS desse site.

Imediatamente após especificar uma hierarquia de origem, configurar as credenciais de cada site de origem adicional de uma hierarquia de origem ou partilhar os pontos de distribuição de um site de origem, o Gestor de configuração inicia a recolha de dados do site de origem.

Em seguida, o processo de recolha de dados repete-se numa agenda simples, para manter a sincronização com eventuais alterações dos dados do site de origem. Por predefinição, o processo é repetido a cada quatro horas. Poderá modificar a agenda deste ciclo editando as Propriedades do site de origem. O processo inicial de recolha de dados tem de consultar todos os objetos da base de dados do Gestor de configuração, podendo demorar algum tempo. Os processos de recolha de dados subsequentes identificam apenas as alterações dos dados, demorando menos tempo.

Para recolher os dados, o site de nível superior da hierarquia de destino estabelece ligação ao Fornecedor de SMS e à base de dados do site de origem para obter uma lista de objetos e pontos de distribuição. Estas ligações utilizam as contas de acesso do site de origem. Para obter informações sobre as configurações necessárias para a recolha de dados, consulte Pré-requisitos de migração no System Center Configuration Manager.

Poderá iniciar e interromper o processo de recolha de dados utilizando as ações Recolher Dados Agora e Parar a Recolha de Dados na consola do Gestor de configuração.

Após utilizar a opção Parar a Recolha de Dados para um site de origem por qualquer motivo, terá de reconfigurar as credenciais do site para poder voltar a recolher dados desse site. Até reconfigurar o site de origem, o Gestor de configuração não conseguirá identificar novos objetos ou alterações a objetos anteriormente migrados nesse site.

System_CAPS_noteNota

Antes de expandir um site primário autónomo para uma hierarquia com um site de administração central, terá de parar todas as Recolhas de Dados. Poderá reconfigurar a Recolha de Dados após a conclusão da expansão do site.

Após a execução do processo inicial de recolha de dados de um site, o processo é repetido para identificar os objetos que tenham sido atualizados desde o último ciclo de recolha de dados. Também poderá utilizar a ação Recolher Dados Agora na consola do Gestor de configuração para iniciar imediatamente o processo e para repor a hora de início do ciclo seguinte.

Após a conclusão com êxito do processo de recolha de dados de um site de origem, poderá partilhar os pontos de distribuição do site de origem e configurar as tarefas de migração de dados do site. A recolha de dados é um processo de migração recorrente, continuando até que altere a hierarquia de origem ou utilize a ação Parar a Recolha de Dados para terminar o processo de recolha de dados desse site.

Poderá utilizar a ação Parar a Recolha de Dados para terminar o processo de recolha de dados para um site de origem em que já não pretenda que o Gestor de configuração identifique objetos novos ou alterados. Esta ação também impede que o Gestor de configuração ofereça quaisquer pontos de distribuição partilhados da origem como localizações do conteúdo migrado aos clientes da hierarquia de destino.

Para interromper a recolha de dados de cada site de origem, terá de executar a ação Parar a Recolha de Dados nos sites de origem da camada inferior, repetindo então o processo em cada site principal. O site de nível superior da hierarquia de origem terá de ser o último em que a recolha de dados é interrompida. Terá de interromper a recolha de dados em cada site subordinado antes de efetuar essa ação num site principal. Normalmente, apenas interromperá a recolha de dados quando estiver pronto para concluir o processo de migração.

Após interromper a recolha de dados de um site de origem, as informações anteriormente recolhidas sobre objetos e coleções desse site continuarão disponíveis para utilização quando configurar novas tarefas de migração. No entanto, não verá os novos objetos ou coleções nem as alterações efetuadas em objetos existentes. Se reconfigurar o site de origem e recomeçar a recolher dados, verá o estado e informações sobre os objetos anteriormente migrados.

Mostrar: